English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Censura. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Censura. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Do Thick Salt Bath or Herbal Bath Over Your Head?

Photo: Gina Blank - Canada


Do Thick Salt Bath or Herbal Bath Over Your Head?
How to make a big mess just because a bath or an incomplete cleanup.


Portuguese resume: "Banho de Sal Grosso ou ervas pode e deve ser feito incluindo a cabeça. A estória sobre fazer só do pescoço para baixo é só repetição de algo que é para sacerdotes formalmente iniciados em religião africana. Se você não é de alguma religião destas (ou apenas frequenta mas não tem assentamentos de Orishas/Lwas), faça seu banho tranquilo. E depois faça um banho com ervas para fortalecimento das areas desejadas".


Spiritual baths are used at almost all traditions.

To start I took as example the very popular Thick Salt Bath.
Most of this apply to others baths types too.

Such baths have in basic one or more of these purposes, I just made a simple resume, not complete but that give an idea:

Cleaning baths:
  • Remove negative energy.
  • Banish some negative spirits and/or astral larvae.
  • Cleanup part of the negative influences due curses/magical attacks.
  • Neutralize some aspects due diseases.
Protective Baths:
  • To empower your body and soul. 
  • Keep away energies and spirits.  
  • To make strong your barriers.
Empowering baths:
  • Attract positive energy (love, health, wisdom, wealth, etc).
  • Add needed energy aspects. For example, some baths are good for mediumship or dreams.
  • Add protection power to body and soul.
  • Add specific powers like planetary aspects due proper correspondences.
  • Become in tune with some desired energies.
  • Healing.
  • Protection.


There are some similar results while washing your house/office with herbs or smoking with herbs for cleanup or attract desired energies.


For sure I won’t discuss about doing cleanups at large buildings, offices or land areas like farms. There are many other practices proper to such places, that need more power. But even so, the basic are related, so you will have an idea about what is to be done.


What is the Thick Salt Bath? 

What is the Thick Salt Bath? It’s just a cleanup, most for eletronic type energy and low-level spiritual energies including astral larvaes. Start with the idea of the purifying aspects of the salt, plus the simple electronic results it has over any energy.

A salt bath is just a cleanup, not selective, to remove any energy, bad or good.

Such bath is very popular just because it’s used when people feel they are at bad times and need a cleanup of the bad aspects in life.

Many people use to do a sea bath at the New Year celebrations as a cleaning too.


You must get this: a Thick Salt Bath is not a banishing against strong spirits. Such cases need more to be done.


Many of such baths may have a prayer part, most used by former magicians and people who works at spiritual areas.

By other side, the common, “normal” person just is after a bath to cleanup the bad and they just think about to attract the good energies into their lives.

But the salt only remove and clean, so you need to do a second bath later to attract the good energies


A classic example used by many ceremonial magick practitioners is the Solomonic Bath, that uses consecrated water and salt, a lot of prayers and sometimes some herbs:
“…Enter the bath once again, recite Psalms 104 and 81 and pour the water over your head several times....”
 from: The Solomonic Bath – Aaron Leith


If you do not have a bathtub, you can use a bucket. 
Yes, this is a water with ice bath, and is a good spiritual bath too!

The problem

Too often I see people cite about doing cleanup baths and add a “warning” to not pour that over your head.
I fully disagree. Who are they? Do your herb or salt bath without fear from head to toes.


Such baths are part of the many ways for a spiritual cleanup, to remove bad energy, banish spirits, protection or to just to attract good energies into your life.

To be clear: as cited above there are baths to remove energies and the same there are baths to get energies.

And to be very clear: having a bath in a clear fall in the mountains, or in a stream, or a rain bath, including your bathtub or shower also have spiritual capabilities for cleanup!


Source: Spiritualjapan


Even a clear water is a cleanup or empowering bath if proper used. To be clear, do a prayer and consecrate the water.
It’s just a bath to make it simple. But with additional effects.
And many of that works near in the same way like doing smoking with herbs.
To repeat, some will banish energies and some will attract energies.
And for sure there are rituals to do since the basic to even more complete cleanups.



Why some people say to not pour the bath over your head?

Most of them does not know the why. They are just repeating like parrots. Someone told, or they read at any magazine, etc.

The most popular source for this idea in the western countries is because a mixing of practices with some from ATR (African Traditional Religions).

The idea presented is because the head is a kind of “property” of some spirits of that religions, the Orishas, Lwas or someone else. Some use a different word, but still the idea is “property”. Some even forbid their members to have a simple bath at the sea! Yes, you can’t swim in the ocean!



If you are not a former initiated member of such religions that in no ways apply for you. Dot.


Some religion say you can’t eat pork. Others say cow are sacred. Others are vegans and etc.

Each area have their practices.

So keep yours, just respect others the same way they have to respect you. .


If you are a client at some of that areas for sure be respectful, but they also must respect you too. That is their practice, their faith, not yours. You are not forced to enter into a religion if you are just a client.


You have to go after information too. Look for more sources.
For sure I respect the good and serious priestess and priestesses. I'm a Babalorixa at Candomble, so this is my opinion.
I just had too much bad experiences and knew so much bad corrupt ones to learn and think more what may be or not to be right. And be sure this happened at other areas I work for decades.


Do not act blind! If you do not receive a very clear and decent clear reply from spiritual mentors, or even become threated due asking, get out fast!

"No true spiritual ally, like a true friend in the land of the living, should treat you as a pet. Either they serve you or you're equals. - Gordon Finn” 
from the Ritual Offerings book.


This is something simple and is part of all I wrote about the risk of mixing practices for the Ritual Offerings book. The part I wrote is related to many other magical areas too. There are many ways to opportunists spirits (and the charlatans) get control and feed from your life. 99% of what I wrote most ATR priestess won’t tell you. That’s my practical experience, I went deep in the darkest corrupt areas, I learned under blood and tears. So please remember there are the good ones who are serious and do a good work. I'm just pointing the many traps.

The other problem as told above, are the people who just repeat things like parrots about magick and spirituality. They become victims too, just are working blind in the magic/spiritual because they don't know what's really behind that.

Holly Dip. A sadhu swings his head as he takes bath at Sangam in Allahabad.
Photo: Jagran.com - India


What may happens if you do not bath your head too?

To be simple, the bath will be incomplete and allow opportunists spirits to take you.

If you don’t bath your head, that important area become opened to any intrusive spirits and energies.
One simple idea to compare is doing unsafe sex. Would you trust if someone you just found, want sex at start without condoms and even get furious if you question that?
Think on risks. Have safe sex and the same way, have safe religion and spiritual practices.


So if you are not a former initiated member at such religions, and avoid doing a bath over your head because an idea that appears even a threat from an unknown source, guess what kind of spirit will find very easy to find an opened door and take that space? Uhm? The bath will cleanup the entire body, including any guardian for a time, and that space will be taken by any energies waiting safe in the head!

And more important: if you are not a former initiated and do not wash your head with the baths because fear some spirits, be sure that spirits won't be working to protect you. Forget the parrots talk, all that are incomplete. At any area, the spirits only will start to do some if you start working with them and doing offerings and even worship. At some areas this is the real purpose of tell you to not wash your head. A trap.



Higher spirits won’t destroy your life because a bath.

The higher ones spirits means to be powerful and able to keep some distance while you have a needed care. If some of that cause harm to your life because this, be sure you are not in a good area, so is better to get out and move to a safe place.


And see later the comment bellow about a needed second bath after the cleaning with salt or herbs.

I fully keep my position about anyone who is not an initiated at some religion. They have not to obey to some spirits that have nothing about their lives.The same if you eat pork, or like meat, is not a vegan, etc.


How baths work to make it simple:

If you do a cleanup (to remove energies), the only precaution is to remember if you have some kind of guardians. Just notify them so they will be apart for some time and return as you finished.

This is the same if you wash or smoke your house with herbs. Any spirit, angels, etc. will take distance. So if you have an altar for example, be sure the spirits/angels of the altar will also take a safe distance. Just remember to notify your guardians or altar spirits about the cleaning you will do and after some hours, call them back as commented bellow.

At the drawing I omitted any guardians just to make it more simple.

At the first, is an example of someone with all kind of bad energies, inside and outside.
The second, is what happens if you do not pour the bath over your head. That is simple: any energies at head level, inside and outside can stay there and later, will feed from the fertile area resulting bellow. This is why I used a grass area as example.
The third, is an example for a optimun full bath. In practice this is what is desired. To have a powerfull cleanup and empowerment and get good energy around.

Also, to make it simple, the idea here is doing a cleanup bath followed by an empowerment bath as cited next.





After the bath/cleaning remember to fill the place again

Once you had your bath, or did a house cleanup like smoke, etc., wait some few 3-4 hours so that have the needed effect and follow that with another bath or smoke with herbs to attract good energies.
Prayers are good too.

Get this? If it was a cleaning bath, just wait some 3-4 hours and do another bath, first just clean water to remove the salt and then bath with other herbs to attract the desired good energies.


As the cleaning salt/herbs bath can remove anything, so after you need to fill again the space with good energies.
And if you have guardians, altar spirits, etc., just light a candle, do a proper prayer and offer incense or smoke the place with positive herbs calling them to come back to the place you pointed to them at your house and life.

Note: sometimes after the first bath, when the person is to heavy due bad energies, the body will relax and need to sleep to rest. If this happens, is very Ok so have the needed sleep and then do the following bath.


This is the same basic idea for a general building cleaning. For sure these are other procedures and even stronger rituals to be done by a magician/priest. First banish the undesired spirits, then make a powering rite and invite the protection spirits to care of the place.
About buildings and land areas, for sure there are some extreme cases, where exorcism is needed and some of that can be really hard to deal.  To be sincere, some places are near impossible to cleanup again because is needed to negotiate with the spirits and what they ask may cost a lot, not just money for sure. So only mother nature will do that working for thousand years.


What herbs use later for an empowering bath?

That vary a lot.

Since the generic ones to specific areas, we have a lot of herbs to use and the choice sometimes is related with what area the person need more.

Some very easy to find:

  • Rose petals. For Spiritual and Love areas.
  • Bay Laurel. For protection and good to connect with higher levels of spirituality like spiritual mentors.
  • Cinammon. Body force and prosperity. Lavender. Peace and calm.
  • Rosemary. Mind focus. 
  • Hyssop. Cleanup physical and spiritual, remove negative energy and is also good for protection. See Psalm 51. You can use Mint in the same way.

You will find many herbs references. The important for the second bath is look for herbs to attract energies, not the cleansing ones. Remember, the idea is to add desired energies.

And repeating, always is good to do a prayer according your faith for your spiritual mentors bless the baths you are doing.


To resume

A spiritual cleanup bath can't be seen as a sin.
There are the cleanups, the protective and the empowering baths.

If you get all this, I’m sure some of you may start to think about some cases when people had did such baths not pouring the water over head and times later had the same or even worse effects as before. For example, some spirits asking for offerings to keep out.
It's easy to find people who started doing simple things and later they had to do more and more other works, too often to solve problems they had not before.
The same for buildings/houses cleanups when people do the banishing and don’t add the needed protection rite after the cleaning.

Remember, an empty body or building or land area is a place to be filled.
So have control over your life and do a decent complete cleanup and follow that with a rite/bath to invite the desired good energy/spirits to care of that.

So just do the complete bath and add an empowering one after for a complete result

Get this? Simple, uhm?

So do your bath from head to toes without fear and later just do another one to get good energy.


Additional reading suggestions: 

The Uncrossing Ritual - A great resource and lots of information by Brother Moloch.
The Solomonic Bath – A complete review and step by step of this classic Grimoires procedure by Aaron Leith.



.'.

P+

26/12/2016


sexta-feira, 19 de abril de 2013

O escândalo vergonhoso de ser um pouco feliz pode custar seu emprego.


Para muitos é insuportável a simples idéia de que nalgum lugar, de alguma maneira,
alguém possa estar sendo feliz.
Imagem: Harlem Shake – CIn UFPE


"Harlem Shake em cartório no RS rende 6 demissões
Vídeo divulgado na internet mostra os funcionários dançando em cima de pilhas de processos. Tribunal de Justiça do RS considerou o episódio lamentável..."
Fonte: Revista Exame


"Dentro do fórum, no meio do expediente, a brincadeira não agradou. A juíza, pelo menos, não achou graça alguma. “É uma situação vergonhosa para o Poder Judiciário e temos que agora tomar todas as providências de forma a amenizar uma pouco toda a repercussão negativa que teve“, disse a juíza diretora do Fórum."
Fonte: Tribuna Hoje



Meu comentário:


O nobre desembargador com certeza parece estar desatento a questão da qualidade de vida no ambiente de trabalho. 

Cartórios são famosos pelo seu ambiente triste e pesado. E pela demora. Eu mesmo tenho um monte de coisa parada por estes cartórios e que vão e voltam dúzias de vezes do juiz. E o pessoal do cartório que leva a culpa. Mas eu sei que um mau ambiente de trabalho é o maior veneno para produtividade e qualidade. Esta é que é a verdadeira situação vergonhosa nos cartórios, o mau ambiente de trabalho de uma forma geral. Você conhece algum cartório com um ambiente um pouco mais leve? São poucos.

Então numa rara oportunidade em que se revelou que pessoas humanas (que tem emoções e sentimentos como quaisquer outras), teriam um pouco de vitalidade para interagir entre si e mostrar algo alegre, foram severamente reprimidos de forma autoritária. 

É certa a preocupação com o material de trabalho e acredito que a maioria das pessoas são responsáveis e capazes de uma brincadeira inocente de forma adulta e madura. 

Por outro lado, entre centenas, milhares de exemplos, incluindo até exercitos de muitos países, a NASA apresentou sua própria versão humorada do mesmo. 
Enquanto alguns carrancudos ficam escandalizados por ver alguém um pouco mais feliz, um dos mais altos centros tecnológicos do planeta mostra que todo mundo precisa rir um pouco. 

Não é com atitudes como esta que o judiciário vai resolver seus imensos problemas. Não adianta depois gastar uma fortuna do bolso dos contribuintes, em reuniões e campanhas tentando melhorar a imagem do judiciário. 


O judiciário precisa melhorar, mas não é no chicote que vai fazer isto. 

Pergunto: Não desconfiam que a punição foi um pouco demais para uma simples brincadeira? Em quem doeu tanto assim assistir um pouco de alegria natural? Não seria melhor então, se for o caso de preservar o ambiente de trabalho, de chamar as pessoas e aplicar a tradicional e costumeira advertência  ao invés de sair distribuindo porrada e chicotada?

E a segunda pergunta: puniram só os terceirizados, afinal, eles estavam no seu local de trabalho como a maioria dos terceirizados. E onde estavam os concursados?  (risos...)... brincadeira, conheço muito concursado que trabalha mesmo. Mas que ficou engraçado ficou. ôps, estou fazendo brincadeira...

.'.

terça-feira, 5 de junho de 2012

O Custo de Não Gostar dos Fãs/Clientes da Empresa

Foto: ..Looking Glass


Meu comentário a respeito de matérias citadas nestes sites

"Externar o amor e a admiração por uma marca extrapola as questões tradicionais de proteção à marca que nós, profissionais de marketing e comunicação, estabelecemos para nós mesmos. Que mal faz se um fã desenha um coração, cola em cima da sua marca e resolve criar um blog tendo isso como símbolo?"
Mauro Segura, autor do blog A Quinta Onda



Meu comentário


O maior custo de uma empresa é a burrice.

Só imagino o que vai acontecer se na mesma onda, os fabricantes de automóveis começarem a mandar fechar todos os clubes de amantes de carros e os milhares de sites dedicados a eles.
Vão mandar fechar também os blogs e sites de apreciadores de vinho, os que gostam de moda.
E chegando ao delirium supremus, vão mandar fechar todos fãs clubes de artistas para preservar a imagem.
Ninguém mais vai poder usar camisetas com logotipos pois uma pessoa feia/alta/baixa/linda/cética/religiosa/nariguda/careca/etc. poderia prejudicar a imagem the empresa.

Para atitudes ridículas, nada mais explicativo do que exemplos que só não são tão ridículos porque pelo menos estes exemplos são apenas exemplos e não atos que foram feitos realmente demonstrando uma visão de mercado no mínimo ridícula. Depois falam que a economia e o governo é que atrapalham os negócios e despedem os funcionários (que também eram clientes) para cortar "custos".


Geralmente um blog, twiter, o que for feito por um fã do produto muito dificilmente poderá vir a ser identificado como sendo the própria empresa.
Acho algo bem paranóico e extremista achar que ninguém pode nada. Claro que precisa olhar o site/blog por mais de meio segundo para notar a diferença.
Só que aí precisa cérebro que funcione e não apenas estatísticas compradas nalguma agência de publicidade qualquer, com ou sem publicitário socialyte.
Cliente não é intocável com certeza e muito menos empresa. O seu argumento parece é o tipo de posicionamento que temos visto de tantas empresas (que andam quebrando aos montes) que não aceitam serem criticadas e consideram clientes como suas propriedades.
Claro que certas empresas como por exemplo, as de fornecimento de energia elétrica para a população tem monopólio e são exclusivas do setor, então as pessoas praticamente não tem escolha, a menos que comprem painéis solares.
Mas isto não vai durar para sempre, acredite.
Pior, esquecem que já estamos no século XXI e que graças a internet, estas coisas não são mais varridas para debaixo do tapete.
Trataram mal sim uma pessoa que voluntariamente divulgava o produto. Acharam ruim? Podiam ter sido NO MÍNIMO educados ao invés de passar o pé pelas mãos mandando advogado passasr intimação no melhor estilo CARTEIRAÇO.
O Iberê Rodrigues, era FÃ dos produtos the Mercur e tinha apenas alguns milhares de seguidores no Twitter que se interessvam. Mesma balela de proteger a marca.
Só esqueceram de proteger justamente seu ganha pão: os clientes. Eram só 15 mil que gostavam e demonstrar isto deve ter sido horrível para empresa.
Repito meu comentário publicado noutro site: Mais um caso de Fã de produto que recebe uma notificação destas. Mesmo caso do José Antonio Oliveira que criou o blog NokiaBR que mantinha, a seu próprio custo e por gostar dos produtos. A própria empresa mandava material para ele. Até que um dia, eu disse, um dia, em 2010, algum advogadozinho de um departamento do tipo que nem sabe o que se passa na empresa mandou uma carta no mínimo imensamente grosseira (pelo desatino cometido), mandando fechar o blog sob a balela de proteger a marca.
O blog muito provavelmente ERA apenas a melhor fonte de referência no país para esses produtos. Perderam milhares de fãs e um de seus melhores divulgadores.
Cadê a FIDELIDADE destas empresas?
Proteger a marca é atirar em quem voluntariamente fazia uma ÓTIMA propaganda, e não por ser grátis, mas por FALAR BEM? Credo!
Não se trata de pagar agência de publicidade para empurrar imagens bonitinhas como muitas empresas fazem.
Trata-se apenas de uma das coisas mais difíceis de se conseguir e manter: a (ex-)boa imagem the empresa.
Perderam só alguns milhares de clientes que vão passar a olhar com mais atenção os produtos da  concorrência. Se as pessoas tiverem opção para trocar de fornecedor de energia elétrica a empresa vai mudar o discurso?
Que tal uma concorrência verdadeira? Estes milhares de clientes que também não gostaram do acontecido e vão olhar outros concorrentes sem tanto apego e interesse, pelo menos não vão correr o risco de ouvir desaforo de empresa mal agradecida.
Exemplo de péssima comunicação empresarial, desconhecimento e descaso com sua ÚNICA fonte de renda.
Empresa privada não tem teta do governo nem monopólio que dure para sempre.
Para quem não sabe, por acaso essa única fonte de renda são seus clientes.
Mas o que é perder alguns milhares de clientes para quem (ainda) tem milhões de clientes? AINDA tem.
Dois anos depois, a Nokia está bem mal das pernas e esta é uma entre tantas pedras dos ALICERCES que eles próprios chutaram para bem longe.

É uma das coisas que acontecem quando se coloca a empresa na mão de tantos novatos, ou carreiristas ou bonitinhos especialistas em fazer gráficos. Ou simplesmente o poder sobe a cabeça.
Quando escrevo no meu blog sobre consciência falo justamente do fator HUMANO, the interação REAL que deve haver.
Uma empresa é um organismo social, sujeita as mesmas leis que qualquer organismo vivo.
É fácil ser uma empresa grande. Difícil é ser uma Grande Empresa.
Acabaram os tempos de dominar o mercado só pelo tamanho. Tem que ter conteúdo de verdade. E aprender que essa mesma internet que tantos 'executivos faz-de-conta' acham bobagem, tem uma memória e alcance muito, mas muito grandes.
Vocês empresários lidam com pessoas. Vocês mesmos são pessoas.
Gostariam que seus filhos levassem um pontapé na cara só porque eram fãs de um produto? E neste caso, você continuaria a usar estes produtos?

.'.

.'.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Fechar Sites faz os falsos deuses rirem

Evil Bunny.
Os vilões podem ter aparência inocente.
Foto ecpica


Fecharam o Megaupload por pirataria.

Em plena discussão de novas leis que dariam ao governo norte-americano maior controle sobre a internet, os caras devem achar que isto foi uma demonstração de força.

Não foi. Lamento.O pessoal do FBI pode ter a melhor das boas intenções, mas a força não está mais com eles.

O contra-ataque já veio. Um de muitos.

Algum tempo atrás escrevi justamente sobre o gigantesco poder que está nas mãos dos nerds que estão controlando a internet.

A ação do grupo "Anonymous" é só uma mostra disto, mas esta é uma facção supostamente independente das grandes empresas.

Na prática, são as grandes empresas que controlam a maior parte do movimento na internet, que hoje tem mais poder que qualquer rede de TV, jornais, etc. E governos inclusive. Vide Google, Yahoo, Microsoft, etc, etc, etc

E o que é pior, não são grandes "magos do mal" que estão com as armas nas mãos. 

Nem grandes órgãos a serviço dos governantes.

Uma boa parte são um bando de nerds, ou de filhinhos de papai megalomaníacos, ou neuróticos completos que passaram com nota dez na faculdade e agora se acham o máximo porque arrumaram um (primeiro)  empreguinho bonitinho de mico amestrado dentro de uma gaiola dourada numa empresa qualquer que virou gigantesca.

Não são os diretores e presidentes destas empresas que podem fazer o estrago maior. São os operadores do sistema, os que tem acesso direto aos sistemas, os que se masturbam enquanto bisbilhotam a vontade o que deve ser o paraíso dos fofoqueiros, a totalidade das informações pessoais a que tem acesso.


São pessoas com acesso e controle de tantas informações que estão começando a se manifestar de forma megalomaníaca como sendo "eleitos dos deuses" ou pior, estão começando a pensar que também são deuses, donos da vida dos outros, senhores do destino.

Sobre o ataque do "anonymous", vejam matéria do Slashdot, lá é a primeira de todas as fontes:
Slashdot - anonymous takes down doj-riaa-mpa and universal-music.

"Shortly after a federal raid today brought down the file sharing service Megaupload, hackers aligned with the online collective Anonymous have shut down sites for the Department of Justice, Universal Music Group and the RIAA. 'It was in retaliation for Megaupload, as was the concurrent attack on Justice.org,' Anonymous operative Barrett Brown tells RT on Thursday afternoon."


O poder não está mais nas mãos dos governos

O poder está nas mãos da nova classe de nerds com poderes ilimitados para acessar informações. São os funcionários das grandes controladoras da internet.

É a nova classe de governantes ocultos que está surgindo e ela é composta por gente anônima. Já escrevi sobre isto no blog. 


E poderes ilimitados para estes que vão se achar algum tipo de "deuses" tem seus efeitos rápidos. A primeira é de rirem muito de ações como as do FBI e dos políticos. Afinal, quem tem o poder nas mãos? Quem está la na sala de controle das conexões?

Alguém ainda acredita que grandes fornecedores de software, pegam só informações técnicas da máquina para atualização de seus softwares?


Imaginem então o que os funcionários que tem acesso a tudo estão fazendo. E com toda certeza, as informações são acessadas por muitos. Se alguém acredita que existem realmente "níveis de proteção", isto vale para acesso externo. Internamente é muiiiiiiito provável que muita gente tenha acesso praticamente direto a tudo.

Pensem por um instante no verdadeiro paraíso dos fofoqueiros que é o acesso livre ao conteúdo de todos e-mails do mundo.

Imagine as delícias tentadoras que devem ser para os que preferem ficar se masturbando com a vida privada dos outros.

Alguém acha que todos profissionais que tem acesso  informações privadas tem algum tipo de formação pessoal, de caráter, consciência, respeito, visão de algo maior e melhor, respeito pela vida, etc??? Infelizmente os que tem uma visão mais humanista são poucos. Muitos só estão ali pelo poder.


O FBI fez seu papel de policia. Tudo bem. O grupo anonymous mostrou um pouco da força que tem.

Mas quem está mostrando para todo mundo e a maioria não tem se dado conta, são os grandes provedores de internet. Eu não me preocupo com os presidentes, reis, governantes.

Eu me preocupo é com os funcionários destas empresas. São aquelas pessoas que ficam no seu quarto pendurados no computador dia e noite, só tem uma vida social virtual pela internet e para piorar, são contratados para ter acesso LIVRE as informações de todos, pessoas, empresas, governos, etc.

Tem gente boa nestas empresas, mas os maus, os que não estão nem aí para a vida dos outros, estes tem tomado vantagem. E fingem que estão quietos no seu canto enquanto planejam e colocam em ação atos megalomaníacos. Depois no seu quarto celebram solitários "sou o maior do mundo... mwhahahahahaha...."

Pensem nisto. Esta é uma nova classe dominante, pulverizada por toda parte e com poderes terríveis. E pior, como só conhecem o mundo de forma virtual, ou quando muito, trabalham nalguma empresa "bonitinha" vivem num aquário, isolados do mundo. Quem vive numa situação destas, irreal, confortável, pode facilmente  achar que o resto das pessoas também são assim, feito micos satisfeitos numa gaiola dourada.

Quem só enxerga o mundo de forma virtual, dificilmente vai ter muita sensibilidade ou cuidado com as demais pessoas.

Não se resolve problemas práticos das pessoas apenas clicando um "+1" na internet. Muitas vezes precisa botar a mão na massa. Ir na rua, ir numa comunidade e trabalhar, tirar a bunda da cadeira e pegar na enxada para cuidar da terra, etc.

.'.

Leita outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

sábado, 12 de novembro de 2011

Bloquear sites adultos na inglaterra?

A notícia não é nova, mas as correntes ainda  estão procurando escravos e grupos tentam conseguir invadir a vida das pessoas: Revista Exame: Inglaterra quer bloquear sites pornôs.
Provedores de banda larga deverão aumentar as restrições a todos os sites com conteúdos impróprios para menores.


Meu comentário publicado na matéria:


Acho que é mais uma mentira.

Cuidado com aqueles que querem protege-lo dos perigos e riscos.

O custo será seus direitos e a sua liberdade!!!

Voltar a famosa "moral vitoriana" (na verdade uma total opressão da população) sob a desculpa de proteger as inocentes crianças é apenas uma forma de obrigar todas as pessoas a serem escandalosamente vistoriadas.

Ou seja: todos são considerados maus.

De quebra, volto a falar sobre o paraíso dos fofoqueiros, que certamente também farão parte da horda de censores legalizados para bisbilhotas, invadir e farrear amplamente com a vida das pessoas.

Com isto, estarão obrigando literalmente, todos a se confessarem com um supremo padre (o estado) e termina até o direito a ter uma vida sexual livre.

Erotismo faz parte da vida humana como qualquer outra coisa e é só mais uma vez que vemos, em pleno século XXI, o quanto a ganância do poder em escravizar as pessoas se faz presente.

20/12/2010

.'.

Leia também

.'.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Querem proibir embalagens de cigarro na Austrália. Mas embriagar-se pode.

Meu comentário referente a matéria do site Conjur: Philip Morris aciona Austrália por causa de lei contra logomarcas em maços

Que legal, querem colocar embalagem genérica nos cigarros na Austrália. País lindo e cheio de diversidades que vale a pena conhecer.

Mas com a desculpa de proteger a saúde de quem sabe que fumar faz mal, querem padronizar as embalagens nalguma coisa tipo papel verde, com letras iguais para tudo.


Escrevi um longo comentário, mas esqueci de salvar o mesmo antes de submeter, e o mesmo acabou perdido, talvez bloqueado por ter um link para este blog com meus artigos a respeito do assunto, então refiz apenas uma parte:


Minha opinião: (as pessoas ainda tem direito a opinião nalgum lugar)



Quem fuma sabe que faz mal. Até respirar faz mal se você não se cuidar. Comida industrializada faz MUITO mal. Cadê as bandeirinhas reclamando contra o envenenamento que crianças e adultos sofrem consumindo substãncias tóxicas?



Porque não fazem antes disto, com que todas as bebidas alcoólicas também tenham uma mesma embalagem genérica, única? Whisky, vinho, cerveja, etc. Todos com a mesma embalagem e cor de qualquer coisa feia. E acabam as propagandas mostrando mulheres bonitas. Fabricantes de bebidas terão que colocar no rótulo do whisky 12 anos, fotos de pessoas despedaçadas por motoristas embriagados, crianças mutiladas por bêbados. Fotos explícitas de mulheres espancadas, violentadas e mortas barbaramente por pessoas completamente bêbadas farão a alegria de muitos pervertidos.
Imagine os rótulos cheios de sangue nas mesas dos bares. E que tal as celebrações das pessoas assistindo uma partida de futebol com as garrafas todas iguais e rótulos de imagens podres? Alguém ainda iria servir "champagne" nas celebrações se a garrafa for igual a da cachaça e com um rótulo mostrando uma mulher violentada ou alguém atropelado?


Fumar parece ser para alguns, a causa de todos males do universo, até da dor de barriga do vira-latas da vizinha.

Parece aquela velha história de gente que está de mal com a vida então joga a a culpa e os seus recalques em cima dos outros.
O mesmo se aplica aos eco-chatos. Fui vegetariano, deixei de fumar e beber. Pratico yoga e várias outras coisas faz décadas. Atualmente, bebo normalmente, fumo, como carne (para desespero de muitos), mas conheço os dois lados da questão, tenho tempo equivalente em ambos os lados para poder falar.

Então, considerações existem várias. Já escrevi sobre esta pestilência que tem se tornado a agressividade desnecessária e até doentia manifestada por aqueles que mais parecem interessados em dominar e se intrometer na vida dos outros. Sugiro que leiam alguns outros artigos a respeito de cigarro/tabaco que fiz por causa das manifestações agressivas demais que tenho observado. Parece mais coisa de eco-chato, ou fanático religioso querendo impor uma determinada conduta.

Estou citando o exemplo das bebidas alcoólicas porque causam muito mais problemas. E muitas destas pessoas que falam muito mal de fumantes, BEBEM.

Então, antes de falar tanto dos fumantes, como fica a quantidade assombrosa de NÃO-fumantes embriagados que assassinam no transito?


Quantos NÃO-fumantes embriagados espancam, torturam, violentam mulheres e crianças?

Quantos NÃO-fumantes embriagados infernizam a vida dos outros, etc.

Quantos NÃO-fumantes são inventores, cientistas, donos de indústrias que fabricam e vendem de propósito comida que faz mal, produtos que poluem ou mantém atividades que prejudicam os demais?

Quantos NÃO-fumantes vendem produtos hospitalares vencidos, falsificados, superfaturados?

Quantos NÃO-fumantes são comprovadamente corruptos, ou agiotas, ou verdadeiros mau caráter sem escrúpulos sendo capazes de roubar a própria mãe?

Quantas mulheres metidas a socialites NÃO-fumantes transformam em chiqueiro qualquer banheiro de empresas e lugares públicos?

Quantos NÃO-fumantes desrespeitam até coisas mínimas da convivência social, como uma fila qualquer num local público, ou estacionam em local reservado para deficientes, tudo isto de propósito, provando que são deficientes mentais (ou até psicopatas).


Uma pessoa vai publicamente chamar alguém de doente porque não aceita que alguém não tenha tido os mesmo "mimos de papai e mamãe e quatro criados cuidando", portanto com opções de vida diferente, é comprovadamente uma pessoa com sérios distúrbios psicológicos.


Sabem quanto tempo os bombeiros passam atendendo problemas causados por bêbados?

Uma fedorenta patricinha metida a besta vai a dizer que fumante é isto e aquilo? Mas todos tem que suportar o sufocamento do caríssimo e forte perfume que ela usa? Ou achar normal ela e a turma/família dela explorar de forma vil  alguém em condições indignas de trabalho e renumeração miserável?


Falam dos gastos que o governo tem com saúde por causa dos fumantes? E quanto gastam por causa de coisas feitas por não-fumantes-corruptos, não-fumantes-bêbados, não-fumantes-agiotas, não-fumantes-fabricantes-de-produtos-vagabuntos, não-fumantes-donos de indústrias-poluentes, etc?

Gastam muito mais cuidando da saúde de pessoas que são mal pagas, de pessoas que ficam doentes por causa de indústrias milionárias que poluem, ficam doentes porque algum não-fumante (que provavelmente gosta de beber) prefere pagar R$ 20 mil pelo vestido de festa da filha, do que ser mais justo com seus funcionários e comunidade? Gastam muito mais com pessoas que ficam doentes porque se alimentam mal, porque não sabem se alimentar melhor, porque não tem acesso decente a informação, estudo, cultura, esportes, etc causados por pessoas que não fumam, mas geralmente bebem, e são incompetentes ou corruptos e desviam o dinheiro para outras coisas.


Acho que os excessos em relação aos fumantes são racistas, vexatórios e abusivos, e nada deixam a dever a muitas das mentiras usadas pelos tiranos facistas e outros que históricamente oprimem a população.


Oficializem o fundamentalismo fanático então.

Aproveitem isto para desviar a atenção dos outros verdadeiros e mais graves problemas.

Mas gastem mais tempo combatendo não-fumantes que bebem álcool que são donos de fabricas de comida cheia de quimicas altamente prejudiciais, falsificam ou fazem imitações vagabundas de produtos, ou que simplesmente não tem educação para manter o banheiro limpo, começando pelas mulheres.

Então combatam os males que a música causa! Sua filhinhas que tem cara de santinha, meus caros, adoram pagode, por exemplo. E muitas, nos embalos desta música satânica (estou sendo irônico), que poderia ser tango, gospel ou qualquer outro estilo, vão se embebedar, entrar em delírio e dar o rabo prá qualquer um. Elas não vão fumar mas vão dar o rabo enlouquecidas prá qualquer um, enquanto entoam cânticos e baladas. E coitados dos filhos que virão e dos demais que terão que aturar a chatice.

Combatam os males que a internet causa! Qualquer um copia um texto, altera e inventa coisas a vontade e coloca num site qualquer e muita gente acha que é verdade, por mais absurdo que seja! Tem acontecido com frequência. Textos absurdos aparecem assinados como se fossem do Mário Quintana, do Jabor, até do Dalai Lama!!!

Quantos filhos indesejados, quantos relacionamentos sexuais indevidos, quantos adultérios foram causados pelo álcool? Agora responda com sinceridade, quantos ocorreram por causa do cigarro?


Deve ter ocorrido nalgum lugar, mas nunca vi cigarro provocar acidentes de transito, nem tantas tragédias como por exemplo, o álcool.

Fundamentalismo religioso também mata e muito.

Fundamentalismo sócio-político mata mais ainda.



Já teve empresa multinacional dizendo por aí que prefere contratar um bandido condenado do que um fumante!!! Você deixaria sua filha/esposa/mãe trabalhar numa empresa que declara que prefere um fascínora pervertido do que um fumante? Se a resposta for sim, lamento muito porque eu prefiro não saber o que alguém como você pensa sobre estupro/estelionato ou falsificação de alimentos.

Interessante notar que uma destas empresas recentemente declarou que deixou de ser inovadora... claro! Quem é que vai querer trabalhar num lugar assim? Só quem não tem iniciativa. Quem tem iniciativa, fumante ou não, não vai aceitar tanto cerceamento. Produtividade implica numa relativa liberdade de atuação. As pessoas tem que ter responsabilidade, e guiar-se pelos resultados.


As pessoas que fumam sabem que faz mal. E uma das piores coisas que existem, é gente se intrometendo na vida dos outros, querendo obrigar que as coisas sejam assim ou assado. Tempos medievais, feudalismo, facismo, racismo, preconceitos emergindo vergonhosamente. Fofoqueiros se intrometendo na vida dos outros. Se a professora apanha do aluno marginal numa suposta escola de gabarito, ela é quem se ferra. E se ela fumar, vai ser perseguida. Mas o vagabundo do aluno não sofre nada, é chamado de coitadinho... Se o pai dele for "bêbado chique" (e anti-fumante) pior ainda, vai ir no colégio bater na professora de novo!

FOFOCA MATA MUITO MAIS QUE O CIGARRO!!! Gente fofoqueira, intrometida na vida dos outros fazem muito mais mal que todas fábricas de cigarro do planeta.

Parece que não se  pode mais fumar cigarro publicamente em São Paulo. E nem em Londrina (coitados dos turistas). Estão estimulando as pessoas a trocarem o cigarro pelo álcool (isto póóóde) ou então fumar CRACK!!! Do jeito que está, e as pessoas assistem na TV, quem fuma crack vai se incomodar menos do que os usuários do tabaco. Quer dizer que alguma dondoquinha acha melhor a polícia deixar de exercer a sua principal vocação para perseguir quem fuma um cigarro?

Imaginem os noticiários:
  • "Mais uma casa de luxo assaltada e os ladrões escaparam tranquilamente enquanto a polícia perseguia uma pessoa fumando cigarro na rua."!
  • "Presos mais dois fumantes. E em letras pequenas: bêbados atropelaram e mutilaram mais quinze crianças de uma vez só fazendo racha na frente do colégio... os bêbados são filhos de classe média alta e não fumam!"

Olha gente, quem se mete demais na vida das pessoas além de intrometido e inconveniente, está deixando claro que logo mais vai querer dar todo tipo de ordem. Daqui a pouco as pessoas serão novamente perseguidas por causa da cor, da comida, da religião, por causa da música, porque não dizem amém quando são espancadas ou sei lá o quê.

Cigarro faz mal. Eu sei. Vou republicar algumas coisas que escrevi durante os muitos anos que fiquei sem fumar. Sâo ótimos para quem não fuma. Mas no momento, eu escolhi isto.

Se um dia tabaco for crime, tudo bem, aí a questão seria diferente. Mas não é.

Agora, daqui a pouco vão dizer que sexo é só para procriar se e sómente se o prefeito ou o padre deixarem! E faltará muito pouco para criarem a absurda "Prima nocta"

Cadê o bom senso das pessoas?

Quem sabe, só para citar um bom exemplo, estas pessoas ao invés de darem a entender que querem se meter DENTRO da casa das pessoas e controlar tudo, então que gastassem este tempo e empenho, para lutar por algo muito mais digno e importante, como melhorar a vergonha que são os salários dos policiais, que enfrentam bandido de todo tipo, desde maníacos assassinos perigosos até os piores que são os de colarinho branco? 



E sobre consumir bebidas alcoólicas: 

Eu bebo sim. Uma boa bebida, bem apreciada é uma ótima coisa!O Juiz bebe, o Padre bebe, o médico bebe, etc, etc...

.'.

Leia também:  



.'.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Direitos Trabalhistas no Facebook

Foto: Chris Devers


Empresas não podem punir trabalhadores por discutir condições de trabalho nos USA.


O "US National Labor Relations Board" (NLRB) citou formalmente empresas por demitir funcionários que teriam falado mal de seus superiores no Facebook.

Os trabalhadores tem direito de se reunir e falar sobre suas condições de trabalho, mas claro que falar aberta e publicamente de seus superiores, colegas de trabalho e a própria empresa, podem ser antiético ou simplesmente muito arriscado.

Mesmo que seja a verdade, bom senso sempre é fundamental. Se seu chefe é um canalha que protege a amante incompetente (e ainda por cima feia!...risos...), ou a empresa apregoa uma falsa qualidade de trabalho ou dos produtos, os turnos são escravizantes, o salário ruim, enfim, seja o que for, sempre é possível se conversar sem atirar a podridão no ventilador de forma escancarada.

A NLRB sabiamente notificou as companhias que punem seus funcionários por se manifestarem publicamente em redes sociais, por estarem cerceando e violando os direitos dos trabalhadores.

Quem sabe o Ministério do Trabalho, os sindicatos, líderes empresariais e nossas cabeças pensantes observem isto também.

Falei em líderes? Bem, é fácil ser uma empresa grande. Difícil é ser uma Grande Empresa.

Veja a matéria no US Agency Challenges Corporate Facebook Sacking.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Fechado Site Que Parodiava Folha de S.Paulo

Olha só: Folha de S.Paulo consegue liminar que tira do ar site que a satirizava


Só posso responder em tom de paródia:


Arrasaram com os caras sob a desculpa de "proteger a marca do Jornal". Se o problema era este, era só pedir para mudar o nome, por que fechar tudo?



Na minha opinião, creio ter sido falha a atitude do magistrado ao acatar tal pedido, pois esta gerando o direito de fecharem todos os programas, jornais, rádios, teatros, etc, enfim, todos que fazem algum tipo de paródia humorística.

Papinho de "apropriar-se de marca"??? Olha meus caros, lamento mas discordo profundamente. Porque não gastam seu linguajar e seus estudos jurídicos para combater a vergonhosa falcatrua dos produtos similares nos supermercados, para acabar com a escandalosa vigarice dos pacotes que reduzem a quantidade e aumentam o preço, e outros tantos. Vão prender bandido!

Asssistam um pouco por exemplo, o Casseta e Planeta e Pânico na TV, que tem vários quadros em que os nomes dos personagens são versões humorísticas de personalidades.

Roubo de marca? Prendam o Jô Soares, mandem o Marcelo Tas para a cadeia, acorrentem com seu abuso de poderio econômico, o senso de humor que é uma das poucas coisas que podem ser massacradas covardemente sob porretes, fuzis e perseguições de todo tipo, mas nunca chegam a ser totalmente caladas.

Nem vi, mas acaso o tal blog praticava alguma afrontosa degradação vil da imagem do jornal, ou é apenas mais uma comédia como tantas? Prendam o Amaury Junior e o Silvio Santos por fazerem versões as vezes sem a mesma graça de seus chargistas.

Chamem de uma vez os carrascos e torturadores para calarem esse bando de vagabundos como gostam tanto de chamar. Aproveitem para eliminar a Lei Áurea e coloquem novamente os escravos aonde tantos e tantos acham que deveriam estar.


Não esqueçam de Crucificar o Tiririca. Pelo menos, este cara é um palhaço que é Homem para dizer que ele é palhaço sim.


Editado em 06 de Outubro de 2010: 

Várias pessoas não ficaram caladas perante o ocorrido, e colocaram no ar cópias das imagens do site que fazia as sátiras no ar.

Fui lá, olhei e pessoalmente não achei nada de tão grave. Olhe e veja por si mesmo se tamanha celeuma se justifica: http://falhadespaulo.tumblr.com

Pessoalmente, achei um pouco parecido com o antigo Jornal Pasquim, uma das poucas vozes que conseguia se erguer de alguma forma contra a ditadura militar falando de assuntos que os ultradireitistas não podiam sequer conceber, como por exemplo: sexo! (Uiii... Que coisa nojenta de gente pervertida!)

(Risos....)

Tomei a liberdade de pegar esta imagem abaixo lá do site tá? Por favor não me processem.





Mais informações.


Folha de S. Paulo deixou Ombudsman falar do Falha (www.conjur.com.br)


Folha de S. Paulo e blog não entram em acordo (www.conur.com.br)
"Terminou sem acordo a audiência entre a Folha de S.Paulo e os blogueiros do Falha de S.Paulo, na última quinta-feira (26/5/2011)."

Foto: Teacher Dude (Grécia)

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Apedrejamento - Manifesto

É tão pervertido que especifica o tamanho das pedras e quanto
do corpo deve ficar de fora, para que o sofrimento dure mais.

As notícias sobre uma mulher que foi condenada a morte por apedrejamento no Irã, são pelo menos, a chance desta mulher ter uma morte menos violenta nalgum outro momento, ou como é comum de acontecer, simplesmente desaparecer.

Tento entender, como o islamismo, uma religião que tem nos seus escritos sagrados, algumas das mais belas palavras sobre a vida humana, tem dentro de si, tamanha crueldade e barbarismo.


Animalesco é o mínimo que posso pensar sobre tais atitudes. Mas observando um pouco mais, pelo tamanho da reação que certos assuntos causam naqueles povos, a coisa mais parece uma imensa aberração sexual, típica das maiores perversões.

As leis de cada país a muito deixaram de ser apenas coisas resolvidas a portas fechadas.

O mundo todo está em comunicação, e as pessoas não aceitam mais coisas como comprar produtos feitos pelo trabalho escravo, ou sentar-se a mesa de alguém que acha normal ficar mais de uma hora jogando pequenas pedras, para aumentar sadicamente o sofrimento de um apenado.



Homens e mulheres sofrem semelhante bárbaro e covarde martírio.

O Cristianismo, através da Inquisição praticou algumas das maiores atrocidades já vistas.

A culpa não é do estado se a religião é quem dita as regras.

Que mundo viveremos logo adiante?

Que mundo semeamos para nossos filhos?

Apedrejamento é uma ação tão pervertida quanto a pedofilia.
Covarde, cruel, bárbara, animalesca, primitiva e sub-humana.

Somos cidadãos do mundo, podemos dizer que buscamos uma vida honrada, ou apenas passamos um dia após o outros, inventando estórias para esconder nossos defeitos?

Alguns sites sobre o assunto, com textos e vídeos, inclusive de dissidentes. Opiniões políticas a parte, leia, olhe, pondere e chegue as suas próprias conclusões.

Atenção: os vídeos e imagens são realmente fortes.

Video of Stoning to Death 

6 Muslim Countries Inflict Death by Stoning

Afghan couple stoned to death by Taliban after their families turned them in when they tried to elope


Mais imagens no Google

.'.

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Monitorar a Internet? Será?

Este é um comentário publicado na Conjur: Provedores de internet devem fazer monitoramento preventivo a respeito da criação de lei para um mecanismo de controle preventivo da internet.

Citação: "Beware of those that seek to protect you from harm or risk. The cost will be your freedoms and your liberty." (Cuidado com aqueles que querem protege-lo dos perigos e riscos. O custo será seus direitos e a sua liberdade.)

Manifestante contra o filtro da internet na Austrália

Se por um lado existe a necessidade de proteger as pessoas, por outro, temos o problema de "quem" e "com que intenções" estará fazendo esta proteção.

Temos o exemplo da Austrália, em que uma verdadeira censura aconteceu através da criação de uma lista negra de sites.

Por um lado, os problemas relativos a termos nossa vida pessoal sendo (mais) livremente acessada por pessoas de escrúpulos duvidosos, ou que sejam de linhas de pensamento/moral/espiritual/ideológico discordantes.

Outro lado da questão será de estarmos sujeitos ao agir de legítimos fofoqueiros. Creiam, assinar um termo de compromisso não muda o caráter de ninguém.

Existe o aspecto técnico e a dificuldade em avaliar corretamente que filtros e quais e como funcionariam as ferramentas destinadas a esta tarefa. Citando novamente o caso da Austrália, os casos de sites bloqueados indevidamente foram aos milhares. Sites de conteúdo legítimo,  foram barrados por puro interesse de alguém ou porque aleatóriamente ocorriam palavras aqui e ali, que eram consideradas pelo software de contole como sendo de teor perigoso, ofensivo ou ilegal. Verdadeiros disparates foram verificados.

Oportunistas de todo tipo e interesses vagos de toda espécie certamente margeiam a questão. Liberdade não é libertinagem, mas o direito de um começa quando este reconhece que os demais também tem direitos.

Se quiser pesquisar mais:  Google: Australia Internet Censorship. Observei que os sites em inglês tem muito mais informação do que os em língua portuguesa...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Google mostra que Brasil lidera na remoção de conteúdo

Foto: Griff Miester

 A liderança é brasileira no pedido de remoção de conteúdos do Google, com exceção da China que considera isto uma questão interna e não fornece dados a respeito.

O serviço do Google, Government Request tool (Ferramenta de Solicitações Governamentais), recém lançado, mostra no mapa, as quantidades de solicitações por categoria.

O assunto é comentado  em matéria publicada no site Conjur, "Brasil lidera pedidos para remover conteúdo do Google",

Claro que existem casos em que realmente é necessária a intervenção, como pedofilia e de clara instigação de violência e racismo.

Mas também vemos que é comum pintar o sol da cor que convém.

Mesmo que os números sejam parecidos, por exemplo, com os dos Estados Unidos, é importantíssimo lembrar que lá, internet é de longe muito mais utilizada do que aqui.

É comum o pedido de retirada de informações, sites, etc, por pura pressão originada por interesses particulares, políticos, sociais e até religiosos.

Notícias, debates em foruns, comentários que ferem os interesses unilaterais de alguém, tudo isto são motivos para que alguém que tem um pouco de dinheiro, se ache no direito de fazer a lei conforme lhe convém.

Foto: De Balie
Do outro lado, quem nem sempre está disposto a gastar, ou não tem força par se opor, opta "por livre e expontânea pressão", por retirar o conteúdo, para não se incomodar, pois quem tem mais recursos, infelizmente, ainda manda, mesmo que seja um criminoso. Experimente falar mal de bandidos de colarinho branco, ou de empresas grandes que são notórias delinquentes.

Mesmo que a pessoa enfrente a situação, corre o risco de ser perseguida, perder o emprego, ser queimado no mercado perante clientes e fornecedores, enfim, a retaliação é certa e ocorre no melhor estilo dos "Senhores de Senzala", e a internet no Brasil, muitas vezes tem revelado a existência da "Senzala Virtual".

Ao redor do mundo, vários países tem adotado práticas de restrição de conteúdos na internet, e isto tem sido amplamente questionado devido as claras implicações como censura institucionalizada.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Banco fecha conta de blog gay


Saiu agora no Slashdot, mas a coisa já foi ao ar desde ontem.

Citibank Cancels Bank Account of Objectionable Blogger


O Citibank, que como qualquer empresa tem é claro, direito de decidir com quem vai negociar, encerrou a conta do blog gay blog.fabulis.com por exibir "conteúdo questionável", o que gerou polêmica imediata.

O blog de temática gay, e em poucos dias, tornou-se um sucesso, faturando milhares e milhares de dólares.

As vezes este tipo de coisa acontece a revelia do comando principal da empresa, espera-se.

Lembram do que aconteceu com o extinto blog Nokiabr?

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Sem Revolução Francesa para o P2P

Foto Emmanuelle Waeckerle


Já foi comentado sobre o problema de invasão de computadores pessoais sob a desculpa de estarem procurando conteúdo pirateado e até mesmo de censura.

Também é importante destacar novamente, que nem tudo que está sendo copiado por conexões P2P é ilegal, pelo contrário.

Enquanto alguns justificam até a colocação de programas espiões para monitorar transmissões e conteúdo dos computadores, volto a perguntar o mesmo que já disse algum tempo atrás: Quem é que vai estar do outro lado olhando isto tudo? Existirá discrição? Existirá um pingo de ética, raciocínio pacifico e discernimento para deixar de lado crenças políticas, moralistas e religiosas ao avaliar o material que terá em mãos?

É bom lembrar, a França que é famosa por sediar tantos expoentes das artes, das ciências, da cultura em geral, é a mesma em que trabalhadores estão sendo tão pressionados que estão se suicidando as dezenas na companhia telefonica. Outros tantos devem estar fazendo o mesmo.

E gozado, até pode-se juntar mais coisas, quem tiver curiosidade que pesquise um pouco, mas trabalhadores se matando por más condições de trabalho, agora vai sendo imposto o controle das comunicações, está acontecendo na França. É a mesma França em que houve a famosa Queda da Bastilha? Liberdade, Igualdade, Fraternidade?

Muitas destas coisas estão acontecendo noutros países. Não estou defendendo más atitudes, mas acredito que é necessário bom senso e responsabilidade, tanto por parte dos usuários, quanto por parte dos governantes.

Aonde iremos depois?


.'.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Criticas certas ou não, neste ou naquele bar

O blog esenhaem6.blogspot.com havia publicado um posto criticando o atendimento e qualidade dos produtos num conhecido bar da metrópole. Os donos do estabelecimento não gostaram da reclamação e pediram para tirarem.
Entram aí, a veracidade dos fatos, e até que ponto pode-se manifestar publicamente sem que a outra parte possa argumentar excessos.
Um dos autores do blog, é da revista Info, na qual saiu uma matéria sobre o assunto:
http://info.abril.com.br/noticias/mercado/blog-e-ameacado-por-criticas-a-bar-29092009-34.shl?2
Vários outros blogs publicaram manifestações a respeito, favoráveis ou não, como por exemplo, o http://www.contraditorium.com


Meu comentário a respeito:

Parece-me que esqueceram que cliente bem atendido, vai te indicar até dez outros clientes. Mas cliente mal atendido, vai falar para todo mundo, conforme forem seus contatos. Se o cliente é blogueiro, vai escrever comentário negativo sim.
Sobre o que teria sido a réplica pública dos proprietários do estabelecimento, eu pessoalmente achei ofensiva, pois primeiro credita ao "tamanho" do estabelecimento, seu maior peso, em detrimento da qualidade.
Poderiam ter usado a tradicional resposta "lamentamos o ocorrido e estamos verificando para poder solucionar eventuais problemas e continuar atendendo bem nossos clientes..." só que não foi isto.
Eu já fiz comentário negativo de estabelecimentos no Orkut, em comunidades com mais de 20.000 membros e ninguém sequer cogitou de tentar negar, pois os locais (alguns dos melhores restaurantes de Porto Alegre), eram sabidamente pontos de problema semelhantes.
Claro que a intenção não é denegrir a imagem de ninguém, como o Arthur Cavalcante comentou. Em pleno século XXI, comentários deixam de ser apenas da pequena esfera pessoal. Pessoas utilizam sites de relacionamento, blogs, etc, para manifestar suas impressões e trocar idéias com seus conhecidos.
Mas também, é claro, não se pode falar qualquer coisa. Liberdade de expressão não significa libertinagem. É necessário responsabilidade, algum estilo e elegância ou humor, para falar sua opinião. E também estar preparado para opiniões contrárias.
Mas quando se fala a verdade, a minha recomendação para evitar incomodação com advogados prontos a ganhar um dinheirinho lhe importunando, é evitar a afronta muito direta. Pode-se elogiar serviço com ironia e humor, por exemplo.
No final, todos entendem a mensagem. Quem não quiser entender, ou mudar, azar.
O que não podemos mais é permitir que maus prestadores de serviço imponham-se por causa do seu poder economico, nem que qualquer um fale qualquer coisa sem uma adequada argumentação.

As batalhas, não são entre armas. Mas entre idéias.

.'.

Leia outros artigos clicando nas tags abaixo:

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ama ou Amarra-me? Em busca de soluções

A matéria da Patrícia Lisboa, "Distribuidora de bebidas restringe uso de internet" é quase uma continuidade do assunto recentemente abordado sobre acesso de redes sociais na empresa.



Meu comentário:

A Empresa Somos Todos.

Um dos grandes problemas, são algumas pessoas que insistem em abrir qualquer e-mail ou site, por mais absurdos que sejam.

É o famoso problema da pessoa em frente ao computador e seu ambiente. Mas ficaremos eternamente cerceando as pessoas? Quando vamos trabalhar para que exista aprendizado e evolução de consciencia do papel de todos?

Amarrar as pessoas não faz com que essas mudem seu comportamente. No instante que houver um segundo de liberdade, elas continuarão a agir da mesma forma. Citando um comentário anterior, uma atividade que pode prejudicar a empresa pode ser feita em qualquer hora e lugar

Lista de sites autorizados, pode ser interessante, mas não são apenas os específicos de um ramo de atividade, que trarão informações ajudarão. Um pintor só acessa sites sobre composição química de tintas? Daonde vem as idéias? Onde estão os colegas?

As vezes é como maçã estragada junto com as boas. Atitudes concientes e produtivas, são parte de sentir-se parte da empresa, valorização, carreiras, níveis de satisfação, etc. Acessos indevidos na internet, tanto quanto banheiros sujos, etc, podem ser indicadores de insatisfação ou de que falta ensinamento.
Para rir um pouco, citando dois exemplos verídicos:

  1. Muitas infestações por vírus de e-mail e sites duvidosos:

    Causa: A maioria, abertos por filhos do dono ou pelo "assessor pessoal" deste. Solução: antivírus, lista-negra de sites no firewall e paciência...

  2. Tráfego maciço de pornografia e contatos pessoais muito íntimos com amantes pelo e-mail da empresa. Com frequencia a internet da empresa ficava mais lenta por conta das muitas mensagens com fotos e filmes.

    Solução: Ação direta: a diretoria chamou todos funcionários numa sala e "mijou" literalmente todo mundo prá valer...(desculpem o termo).

    Resultados da "solução":

    a) os demais funcionários reduziram até o acesso a sites de notícias que eram de interesse da empresa.
    b) contratou-se banda larga bem mais rápida.
    c) a diretoria "não entendeu" por que o ambiente de trabalho piorou e houve queda nas vendas.

    Causa real: 99,9999% do material eram enviados por duas pessoas:  um diretor e um supervisor, seu "amigo", promovido na semana seguinte a uma gerência mais alta que os demais e recebeu outro carro da empresa. A pornografia em larga escala e as mensagens continuaram. (risos)

Existem atitudes e atitudes. É importante estar atento e disposto a ouvir e escutar.

Senão for assim, como será a empresa daqui alguns anos? Voltaremos a ter um tambor tocando o ritmo como nas antigas galeras romanas?

E por último, sei que muitas vezes é difícil ter que adotar atitudes restritivas, mas precisamos pensar para melhorar como um todo.

Quando restringimos demais, colocamos limites e regras, também poderemos estar cortando a expontaneidade e a criatividade das pessoas.

Como tenho comentado a respeito da (falsa) falta de talentos, nenhum talento vai se desenvolver, ou se manter, sem a possibilidade de enxergar novos horizontes e caminhar até eles, olhando e explorando o que houver no caminho.

Se tiver tempo, ainda hoje vou passar um material que acho bem interessante, a repeito de como limitar o acesso à internet, abordando sobre monitoramento versus limitação, pontos a observar, etc.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Rede social - Ensinar é Melhor que Castigar

A matéria da Andrea Giardino, sobre o uso do Twitter para localizar profissionais e também divulgação de informação me fez lembrar de sexo.

Sabe aquela coisa que muitos consideram feio, outras apenas mal necessário, ou suja, nojenta, impensável, e outras fazem por carinho, amor, afeto ou por diversão saudável? Pois é. Se sua vida sexual é escondida, cheia de restrições, qual vai ser a qualidade?

A mesma coisa acontece nas redes sociais e trabalho. Eu gostaria de poder trocar idéias com as pessoas durante o dia, que é quando eu vou encontrar o pessoal no escritório. Claro que como todo ser humano normal, alguma coisa particular é trocada. É saudável, faz bem, e é só ter um pouquinho de maturidade.

Mas se o acesso só pode ser feito noutros locais, fora de expediente, quem é que se encontra em casa? E quantas pessoas vão estar afim de debate técnico de noite? Claro que tem muita gente com quem conversamos nestes horários, e muitas vezes, nossas mensagens são de um dia para outro.

E tudo vai ficando de um dia para outro, e para outro e outro. Coisas são esquecidas, outras se acumulam. Parece SEXO!!! Querem esconder de você que isto existe. Ou então que isto é só coisa da cegonha.
Ah, pode ser que o funcionário vá procurar oportunidades de emprego melhor. Ou pior, pode descobrir quer existe um mundo lá fora.
Bem, ao invés de negar que sexo existe, digo, que exista um mercado profissional, que existem atualizações tecnologicas, que tal melhorar a coisa em casa?
Não é escondendo as coisas que se resolve algo. Pelo contrário. Não é voltando cedo prá casa que se evita alguma coisa, pois muito se faz durante o dia. Com ou sem consentimento.

O que cada um vai fazer, vai depender do ensino e cuidado sincero. Não existe nada melhor para evolução da consciência e maturidade, do que uma atmosfera que estimule o aprendizado, valorize o que se faz e seja francamente acolhedora.

Veja a matéria da Andrea: "Integradora YKP usa Twitter para recrutar profissionais."
(segue meu comentário lá da matéria)



Maturidade e Consciência

Bom exemplo a ser seguido.

Quem acha que internet é só para "chats" e "paqueras", é porque na verdade, age assim e quer censurar os outros, ignorando que as pessoas são muito diferentes.

A web é o canal principal de referência e contato de todas empresas de gestão minimamente atualizadas.

O acesso as redes sociais, faz parte do cotidiano das pessoas tanto quanto ter a liberdade mínima de conversar com seus colegas.

Enquanto algumas empresas ainda dificultam acesso até mesmo ao Google, outras, estão além da propaganda e estimulam o amadurecimento de suas equipes.

As redes sociais são amplamente usadas por categorias profissionais para troca de informações, atualização e até investigação. Basta observar, algumas das maiores comunidades profissionais que estão nas redes sociais.

Twitter, Facebook, Orkut, Myspace, Google, e-mails e outros tantos, infelizmente, ainda são aterrorizantes para muitas empresas que parecem achar, que atualização técnica, busca de soluções diferentes, intercâmbio profissional e tecnológico, são coisas "muito feias" a serem feitas na rua, fora da empresa. Fazendo um comparativo, é como educação sexual. Se a família não ensina direito, o aprendizado vai ser na rua. Escondido e revoltado.


Consciência funciona melhor que repressão.

.'.
.'.   .'.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...