Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Busca da espiritualidade no dia a dia e na empresa

Meu comentário postado na Revista Exame
Blog do Adriano Silva - 19/06/2009
Tópico: Em busca da espiritualidade (get back to where you once belonged)
"...Minhas tentativas de inserção no mundo da religião, das pessoas espiritualizadas, acabou naufragando. Foi bom ter tentado. Foi bom ter tido a experiência..."

O Adriano fala sobre sua incursão singular em busca da espiritualidade e sua desistência.

Acho que espiritualidade faz parte do ser humano, cada um dentro do seu nível de entendimento e evolução.

Isto vai refletir-se também nas nossas atividades profissionais, pois paralelos existem e muitos, em tudo que fazemos.
Administração de empresas, TI, negócios, não é só cuidar de números, ou ter lábia para vendas. Quem somos, porque somos e para que, são partes disto. Buscar uma visão mais abrangente de si e de nosso relacionamento com o todo, faz parte disto.

Daí, a minha opinião que empresas também são organismos vivos, e cuidar delas, faz parte do cuidado que temos com nós mesmos.

Segue o comentário que fiz ao tópico do Adriano, sobre sua desistência:

Parabéns pela desistência. Li seus comentários cartesianos, e a impressão que tive, é de uma ida ao supermercado em busca de algo que se imagina o que seja, apenas não sabemos a marca do produto.

Ir ao supermercado é o que muitas vezes fazemos, quando precisamos de algo. E hoje em dia, encontra-se praticamente de tudo por lá. Está com a mente suja? Vá correndo comprar produtos de higiene pessoal. As pessoas não entendem o que você fala? Quem sabe um enxaguatório bucal, ou então uma fruta deliciosa que deixe um hálito convidativo? Precisando de uma reciclagem na vida doméstica? Passe na sessão de padaria e compre alguns sonhos para compartilhar com amigos.

Não esqueça de algumas sessões de semi-extase, com um bom vinho enquanto ouve aquelas músicas que lhe tocam mais profundamente. Está carente e solitário? Aproveite para pedir dicas para outras pessoas que você ache interessante, como usar este ou aquele produto sempre é uma boa maneira de se aproximar de alguém.

E depois de tudo, vá passear por aí. Deus está no supermercado tanto quanto está em qualquer outro lugar.
Nenhum sistema é garantido para todos. Tem um manual de regras logo de cara, e você ainda nem pisou na soleira da porta? Então como é que você vai perceber o desconhecido se primeiro lhe dão um modelo a ser seguido?

Deus não tem regras e ao mesmo tempo, é a própria disciplina do universo. Algo para ser vivido como o lapidar de pedras brutas.

Claro que, seguir uma vida mais espiritualizada vai implicar em regramentos, mas é como saciar a fome.

Primeiro, come-se qualquer coisa. Depois, aprende-se que arrumando a cozinha consegue-se coisas melhores. Depois, aprende-se a cozinhar e como é bom manter os utensílios limpos. E até mesmo, chegaremos a convidar outras pessoas para desfrutar da mesa conosco. Pode-se tornar um chef querido ou um expert em salsicha cozida.

O que importa é fazer bem o que se faz.

Espiritualidade é bom, faz parte de tudo. Tem que ver o quanto os programas de computador que escrevo parecem mantrans, assim como observo que as empresas refletem aspectos emocionais, mentais, espirituais, etc de seus membros, e da mesma forma, suas decisões e questionamentos.

Olhe ao redor e descobrirá coisas como olhar para árvores e perceber que sua estrutura ensina sobre administração. Quem sabe, ao entardecer, poderá perceber o brilho discreto que paira sobre elas, o "prana", a energia vital.

O caminho começa por decidir estar disponível e apenas seguir vivendo.

Quando paramos de buscar, pode acontecer por si só.

Aí então inicia-se a caminhada.

Mas não somos nós quem escolhemos local, nem hora.

.'.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...