Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Contrate um Buda

Foto: Todd Graham 
As empresa são organismos sociais, sua semente está no espírito de suas lideranças.

Todo organismo faz parte de algo maior. Chame isto de natureza, o próprio universo.

Como todo organismo, seu funcionamento assemelha-se de muitas formas ao que encontramos nos diversos reinos.
Veremos sistemas de alimentação, comunicação.
Um autêntico sistema nervoso existe pela comunicação e os próprios sistemas informatizados, costumam ser um reflexo de aspectos  dos proprietários/líderes responsáveis pela organização.

São coisas geralmente menos observadas pelas escolas de administração e mesmo das áreas de especialização técnica.

Daí que vem o papel de pessoas que trabalham ao lado ou próximo aos vários níveis, observando, eventualmente comentando, sugerindo, aconselhando.

São evangelistas/divulgadores dos caminhos tecnológicos futuros, do andamento da sociedade, do relacionamento das empresas com seu ambiente, da relação homem X máquinas.

Outras vezes serão conselheiros ou participarão de debates para ajudar a encontrar caminhos. Mais do que apresentar soluções, sugerir maneiras de pensar, mostrar pontos que as pessoas não estejam vendo ou ser um espelho aonde encontrar suas próprias respostas.

Chamamos de caminhada o trabalho espiritualista, porque a meta está justamente em cada passo, rumo a um objetivo que apenas é o próprio ser. Isto é um discipulado, disciplina. é o que faz o monge tanto quanto o mago e os que se dedicam a buscar o entendimento das coisas naturais e das ocultas.

A realização prática do discipulado prescinde obrigatoriamente do funcionamento efetivo e organizado de uma ampla base material, participa-se do mundo de alguma forma. Somos matéria e devemos nos relacionar com o que nos cerca.

O investimento na evolução do ser humano pode ser pulverizado se aplicado simplesmente em grande escala de distribuição sem que necessariamente obtenhamos quaisquer resultados efetivos.

Se direcionarmos os recursos em pontos chave, através do fortalecimento e estabelecimento de um trabalho dedicado a atuar em níveis sucessivos de abrangência, podemos gerar uma expansão ordenada e melhor distribuição e aproveitamento útil do trabalho realizado. Isto é evolução de consciência.

Por estar inserida diretamente no contexto do que podemos chamar de projeto, tanto empresas quanto os assim chamados benfeitores (mecenas) beneficiam-se diretamente com uma espécie de “ombudsman”, que atua em escala muito maior, junto à toda uma população, interna ou não, até em vários países, orientado à metas comuns, em alicerce mútuo para a disseminação de uma cultura atualizada no mercado e direcionada ao enfoque não exclusivista, de um desenvolvimento do ser humano consciente dos recursos tecnológicos em que baseiam-se nossa cultura e sua posterior evolução.

Empresas podem atuar de forma direta, parcial ou total dentro das áreas globais que envolvem a atividade em tempo integral, que envolvem a manutenção em geral, viagens (expedições) à vários locais de profundo interesse, transporte, comunicação, acesso à mídia de grande alcance. Publicação de trabalhos em livros, palestras, entrevistas, etc.

Muitas grandes empresas contratam monges, pesquisadores, etc e com isto atendem a necessidade de independência financeira para que um trabalho tenha real resultado, bem como assegurar que o retorno também seja efetivo.

Empresas que tem assim trabalhado, também podem vir a realizar atividades de captação e estruturação, como a manutenção de fundações, ONGs, etc.

Veja também o post "Grandes Pessoas em Grandes Cargos. Você empregaria Confúcio?

O caminho é trilhado por aqueles que sabem que não estão sós.

Foto: Todd Graham

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...