English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Tecnologia. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Tecnologia. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Software - Simplificação Inteligente é Trabalho do Desenvolvedor

As fotos mostram um belo exemplo de design bem bolado. 
Software bem feito também pode ser assim.
Multiplo by HeyTeam

Software - Simplificação Inteligente é Trabalho do Desenvolvedor
18/03/2010

Em resposta ao artigo "A Dificuldade da Simplificação", de Letícia Polydoro publicado no site Baguete. 

"Menos é mais. Esta sábia frase foi dita em 1919, por Mies van der Rohe, sintetizando a filosofia da renomada escola de design e arquitetura alemã Bauhaus que fez história. Que impacto teria essa frase dita por um arquiteto do século passado nas nossas empresas de tecnologia atuais?"


Meu comentário


Simplificar é agregar inteligência ao sistema. Acho muito oportuno os comentários sobre a tendência dos programadores, quanto a colocarem excesso de recursos de software numa mesma tela, ou num mesmo programa.

Excessos de mecanismos são prejudiciais, tanto quanto a falta de funcionalidade que observamos em muitos sistemas.

Um programa inteligente, ou que utilize conceitos de sistemas especialistas, deve ter previsão no seu funcionamento para executar, sem esperar pela solicitação do usuário, muito mais do que os tradicionais 10% a 20% (quando muito) do que a ampla maioria dos analistas e programadores fazem.

Infelizmente por aqui, o nível de requerimento das empresas para gerar bons resultados desenvolvendo recursos melhores para suas atividades fim (ou seja gerar lucro ao invés de só cuidar de economizar papel higiênico), costuma ser tão baixo quanto seu descaso em formação de equipes e estrutura adequada. Mas continuam gastando fortunas em propaganda para fingir que são modernas, mostrando até Ferraris quando só querem pagar por fusquinha para não gastar nem com água.
Não existe milagre no desenvolvimento de software profissional para gerar verdadeiros e bons resultados. E não adianta ficarem publicando aquela tantos estúpidos artigos sobre "falta de jovens talentos". Tradução: querem novatos sem experiência mas que sejam gênios de nascença (existe um a cada 10 milhões talvez) e com o poder de um deus e com salário de faxineiro. Por favor me desculpem os zeladores que cuidam de manter nossos ambientes limpos por favor.

Desenvolver com inteligência deve ser abrangente tanto em termos do que é o mínimo a fazer (nem isto vemos tantas vezes), seja otimizando a navegação entre campos, telas, etc., seja efetuando pré-processamentos, ou por outro lado, realizando uma grande quantidade de tarefas pela dedução (mecanismos de inferência) das atividades e passos complementares que o usuário vai realizar, o sistema deve fazer mais com menos.

Mas também, lembremos que fazer mais na interação com o usuário, também deve seguir um conceito de “menos é mais”. Eliminar interações desnecessárias, atuar como um expert na atividade que realiza, são atributos de um programa inteligente.

Uma interface bem feita é importantíssima. E fazer com que esta interface tenha um funcionamento de alto nível, é mais ainda.

Existe uma relação inversa entre cada recurso que o programa disponibiliza facilitando a vida do usuário e a quantidade de trabalho de programação necessária para criar seu funcionamento. Ou seja, quanto mais simples (e poderoso) para o usuário, a tendência é de que haverá muito mais trabalho para o programador.

Existe certa resistência entre trabalhar para criar soluções inteligentes de software, amigáveis ao usuário final e, desenvolver objetivando facilitar a vida do programador ou de usar aqueles recursos que este está interessado.

Devemos lembrar, nosso trabalho é para o usuário final, não para nós mesmos. Imagine um restaurante em que o cozinheiro tende a ignorar o gosto dos clientes, e impor seus gostos pessoais, mesmo que o restaurante acabe ficando quase vazio, ou que o pessoal da cozinha nem consiga limpar os pratos depois.

É importante interagir com os usuários para avaliar suas necessidades. Mas também, pela experiência, aprendemos que apenas reuniões não fornecem tudo que precisamos saber. Um certo distanciamento, como apenas estar por perto, observando o que os usuários realmente fazem quando estão por sua própria conta, fornece muitos pontos importantes.

Outra coisa importante de lembrar, é que o processamento faz parte da interface, tanto quanto quaisquer retornos fornecidos ao usuário. Uma mensagem de erro que não seja extremamente clara e precisa sobre o ponto e o que causou um problema, é inútil.
Inclusive, neste aspecto, tratamentos de erro devem ser inteligentes sim! Veja, voltando para o exemplo comparativo do restaurante, boa parte dos programas que vemos por aí, servem arroz queimado para o cliente. Se o cozinheiro viu isto, deve por sua própria conta preparar outro arroz, trocar os pratos e servir o cliente, e também avisá-lo sobre a demora se for o caso. Um programa razoavelmente bem feito tem que ter estas características.

Dá trabalho? Sim, dá muito trabalho. Mas este é o meu trabalho e a minha opinião. Eu não acredito em fazer “programinha” e tenho pavor de trabalhos sem um pingo de acabamento ou interfaces precárias. Acredito que nossa área é trabalhar na interação Homem X Máquina e que isto faz parte do processo de evolução social, econômica, científica, enfim, de tudo em que poderemos realizar e melhorar com a utilização dos computadores.

Nosso trabalho é criar boas soluções, dentro é claro, dos recursos disponíveis, mas que devem ser necessários para o que se pede. Não existe sistema de grátis, assim como nenhum restaurante distribui comida. Pode ser um sanduíche, mas pode ser bem feito e ter um guardanapo para acompanhar.
Se o cliente do restaurante deve pegar uma mesa, buscar as cadeiras, levar o pedido na cozinha, comer qualquer coisa que seja servida, ou então receber a comida numa dúzia de potinhos separados e ainda descobrir que é ele quem tem de lavar a louça porque o pessoal da cozinha não gosta, é algo de se pensar. Vemos isto acontecer em software a toda hora e é preciso melhorar. Temos excelentes exemplos no mercado internacional, e não estou falando das megacorporações de software.

E também é possível fazer tanto trabalho de forma simples. De que adianta tantos frameworks se isto não for usado justamente para otimizar a qualidade e a produtividade? A barbaridade que virou o uso da linguagem Java é um exemplo catastrófico de como conseguiram piorar toda experiência acumulada por décadas com o Cobol. Cada empresa tem uma "coisa" tipo framework de Java que não tem nada a ver com o resto. Todo mundo quer sentir-se importante inventando mais um framework apesar da solução já existir por toda parte. Mas não. O ego, a vaidade tem falado tão alto que é realmente uma temeridade olhar cada nova proposta na área. 
Não está na hora de pararem de reinventar a roda o tempo todo?

Mas mesmo assim, se usarem inteligência aquela coisa que faz parte do cérebro, (sim existe algo dentro da cabeça, acreditem), pode-se criar grandes resultados, com simplicidade. Mas é preciso pensar, estudar, aprender sobre interações humanas e empresariais, observar o mundo ao redor.

Um software simples de usar pode ser não tão trabalhoso de fazer. Mas se tiver que ser que seja, mas também, já como o alicerce para um próximo passo em que podemos utilizar aquilo que aprendemos e realizamos. Ou seja, um trabalho bem feito, mesmo que difícil, vai facilitar o que for feito depois.


.'.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Que Setores Precisam de Idéias Inovadoras

Foto: Georgia Wiggs


Faz parte da inovação, estar atento para tudo.

Nem sempre vamos encontrar respostas fáceis e mastigadas prontas para ser usadas. Discernimento, ponderação, fazem parte do processo de aprendizado.

Pessoalmente, acho que na fase de "crise" recente, houve muito oportunismo, alguns casos beiraram o verdadeiro terrorismo no melhor estilo "continuar tendo vantagem de qualquer jeito".

Mas voltando ao texto do artigo citado, e ainda sobre estar atento a tudo, a frase (sobre inovações em áreas tecnológicas):
"...Esses mercados estão em ritmo de pioneirismo e os participantes precisam fazer experiências com o produto e com o mercado para encontrar o encaixe correto...." 
Nos lembra do aprendizado constante, da prática e experiência necessários para aprender continuamente.

Quem são os melhores médicos, os novatos?

Os melhores arquitetos, engenheiros, cozinheiros, enfim, em todas áreas aonde é valorizado o imenso recurso que representa o conhecimento, são os novatos?

Muito raramente surge um supergeniosinho, mas é um entre centenas de milhares.

Em qualquer área, é necessário recursos destinados para o pensamento, incentivar os criadores.

É muito fácil sustentar os "amigos do peito" numa empresa qualquer que está mamando nas costas do mercado e depois botar a culpa na crise.

As boas empresas, as mais criativas e que aliaram a capacidade inovadora com o conhecimento de administração e a visão estratégica de verdadeiros empresários (pessoas de visão) passaram relativamente tranquilas, sempre olhando para a frente e sem esquecer da sua base no passado.

Quais setores precisam idéias inovadoras? TODOS!

.'.

Comentário publicado na Revista Amanhã

.'.

Leia outros artigos clicando nas tags abaixo:
...

Novas Idéias Fazem as Cidades Inteligentes

Foto: The Idea Desk


Precisamos de mais pensadores, visionários, gente que olhe para o futuro.

Cidades grandes tem o potencial financeiro para alicerçar grandes investimentos, mas é oportuno lembrar, que as pequenas e médias cidades oferecem enormes possibilidades em termos de funcionamento inteligente.

As cidades menores, geralmente possuem características sociais mais destacadas, costumes, tradições, determinadas atividades típicas ou oportunidades que o ambiente natural em que estão permitem.

Empresas e cidades de sucesso tem estimulado o trabalho de pessoas que trabalham interagindo com seu ambiente, explorando possibilidades, desenvolvendo e aplicando novas idéias, formando opiniões.

Colocar em prática é uma questão de permitir que essas idéias sejam ouvidas para que de tempos em tempos, grandes melhorias aconteçam, em todas as áreas.

.'.


Meu comentário publicado na Revista Amanhã: A era das cidades de alto QI


.'.
Leia outros artigos clicando nas tags abaixo:

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Prédios Floresta

Fonte: inhabitat
Idéia interessante.

Os prédios seriam feitos de qualquer maneira, com ou sem árvores, ocupando o terreno.

E isto estimula as pessoas a terem plantas em casa.

Além de embelezar, ajudar a fazer sombra. Se forem frutíferas, tem-se o prazer de comer algo que você mesmo plantou.

Vão atrair pássaros que terão onde fazer seus ninhos e encontrar mais alimento.

Se mais pessoas tivessem plantas nas suas sacadas, nossas cidades poderiam ficar um pouquinho mais saudáveis.

Podem ser pouco para alguns, mas citando umo velho ditado: "é de grão em grão que se faz a plantação".
.'.

Meu comentário feito na Revista Info:  Prédio abrigará floresta na Itália.

.'.

Leia também:

.'.

Seu celular pode saber se você digita ou o que faz

Sobre a matéria da Paula Rothman na Revista Info: Celular pode espionar seu teclado

 Um inocente smartphone colocado ao lado do seu computador pode se tornar um espião capaz de descobrir tudo o que você está digitando no teclado.
Quem garante são os pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Georgia, nos Estados Unidos.
Basicamente, através do acelerômetro que estes aparelhos possuem (detector de movimento), pode-se determinar as teclas pressionadas no teclado. Simples e bem bolado não?


Você conhece o que a tecnologia pode fazer?
Foto: knownunsense

Meu comentário:

Alerta! Muito boa a pesquisa e isto nos faz lembrar que em tecnologia, existe uma quantidade quase infinita de possibilidades.

Muitas vezes, o recurso já está aí, bem na nossa frente, até que alguém se de por conta de que aquilo pode ter outra utilização. É a curiosidade que move a invenção, o desenvolvimento tecnológico e também, pessoal.

Quanto mais incentivarmos as pessoas a observar e pensar sobre as coisas, desde a natureza até os processos mais obscuros, mais teremos uma evolução geral.

Pelo lado técnico, só para sugerir um exemplo, usando o acelerômetro dos celulares, que detecta movimentos e vibrações mínimas, talvez já exista (me corrijam), seria o aparelho medir as vibrações do corpo.

Aparelhos colocados junto a pele, poderiam detectar a pulsação e analisar o ritmo cardíaco, até o estado de stress.

Se a pessoa estiver se movimentando, analisar os passos, sua duração e intensidade. Isto indicaria o quanto e como a pessoa se move e seu estado geral de relaxamente ou ansiedade.

Caso o aparelho fique numa bolsa, o simples balançar desta indica se a pessoa está parada ou se movimentando e como.

Se estiver sobre uma mesa, dentro de casa, poderia indicar que tipos de movimento estão ocorrendo no ambiente, etc

.'.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Precisa se Cuidar? Alguns Hábitos Para Se Dar Mal Com o Celular:

Celular deve ser possível de usar em qualquer lugar.
Fotos como esta são parte da cultura dos novos tempos.
Foto: Nick Kocharhook - Ko:(char *)hook
O colega Horacio Fialho Moreira passou um link sobre o lançamento de um novo modelo celular (quase) a prova d´água.

E daí?

Tá bom. Eu sei que já tem alguns celulares a prova d´água. Ou quase.

Já teve propaganda de telefone celular (não lembro a marca) em que o ator entrava dentro do mar falando normalmente no aparelho.

Mas isto é só uma pontinha do iceberg.

Existem muitos mistérios sobre o assunto.


Então, aproveitando (mais) um lançamento do mercado, lembrei de outro artigo humorístico é claro, em que falo sobre justamente daqueles montes de cuidados que você tem que ter no computador mas que em pleno século XXI mais parecem os recatados cuidados da Era Vitoriana:



Continuando, quem disse que celular é um aparelho portátil para uso pessoal não deve estar muito ligado no que as pessoas fazem.

Portátil? Bem, já dá para levar junto mais facilmente. Ou quase.

O que que mudou desde os primeiros aparelhos portáteis, que tinham uma maleta também portátil de uns quinze quilos e com um telefone de baquelite a disco?

Olha, em termos de previsão futurística, o Sapatophone do Agente 86 ainda está dando de dez a zero: além de resistir ao chulé, as secreções sebáceas das meias, ele andava em poças de água, barro, pulava, chutava pedra, fazia de tudo e o aparelho continuava funcionando. E ainda por cima, tinha SINAL em qualquer lugar! Nem perto dos atuais, em que é comum a gente estar a 200 metros de uma antena totalmente visível e o sinal estar uma droga! (risos) Quem nunca passou por isto atire o primeiro floco de algodão doce.

Então lá vai:

Precisa se Cuidar? Alguns Hábitos Para Se Dar Mal Com o Celular:

Este é um artigo humorístico. Não leve a sério nada do que está escrito aqui. Não tenho nada a ver com fabricantes de celular e este texto destina-se apenas a brincar com a tecnologia atual.



Fale na Rua Despreocupadamente.

Fale aonde quiser. Ora, se você está na rua e alguém ligou, é porque precisa falar com você. E se você viu que é alguém com quem quer falar, é ÓBVIO que isto requer sua atenção. Então aproveite e converse com a pessoa.
Se tiver algum trombadinha ou assaltante por perto, isto não é problema seu. Bandido é problema da polícia e dos governantes.
Então se você não pode nem parar para bater um papinho sossegado numa rua movimentada, ou deserta, tanto faz, isto quer dizer que os seus governantes não estão fazendo o trabalho deles. O celular não tem nada a ver com isto. Fale tranquilo e não tenha complexo de culpa.
Se não tem policiais para zelar pela sua segurança, quer dizer que os poucos que tem estão dando duro para proteger a população sem ter uma quantidade adequada de efetivo em serviço. E para piorar, todo mundo sabe que os que estão ali tem um salário que mais parece presente de algum devoto servidor das forças do mal.  
Percebe? A porcaria do celular é desculpa dos malignos para culparem você por colocarem pessoas trabalhando sem condições dignas por um trabalho que requer dedicação e realmente vestir a camiseta (sim, a ampla maioria dos policiais são bons, acredite). Lembre disto quando for votar, ou conversar com seus representantes no governo.
E antes de telefonar para a operadora para bloquear seu celular que foi roubado no meio da rua por um trombadinha, telefone para seu vereador, deputado, prefeito, governador, senador, etc e reclame porque eles tem que pagar um salário decente, montar uma estrutura decente e colocar uma quantidade decente de policiais, que são seres humanos dignos de respeito como todo cidadão.

Aliás, você nem deveria avisar a operadora que roubaram o aparelho. Acontece que com toda essa tecnologia, é um absurdo que o aparelho não te conheça, não te respeite. Ele fica grudado em você o tempo todo, na sua orelha, é tão íntimo que vocês praticamente se beijam a toda hora. Tem pessoas que até fazem coisas fisicamente bem íntimas com eles (quem nunca brincou com o toque de vibrador? risos...). E ainda  guardam seus segredos e fotos pessoais (muito) ousadas.

Use seu celular no banheiro a vontade.

Que legal! Um dos principais motivos da existência do celular é justamente para você poder conversar com alguém enquanto dá aquela relaxada no vaso sanitário. E também para acabar com aqueles chatos que reclamavam que você não atendia o telefone por que estava no banheiro.
Graças ao celular você se conecta em qualquer lugar!
Então, se o aparelho cair no vaso sanitário, é mais do que óbvio a culpa é do fabricante do celular. Tem um monte de estatísticas, artigos, conselhos, conhecidos, etc que relatam a quantidade incrível de celulares que caem no vaso sanitário.
Reparam nisto? Por acaso existe alguma estatística, artigo, conhecidos, etc que relatem uma quantidade no mínimo destacada de quaisquer outros objetos que caiam dentro do vaso sanitário?
Percebem que tem algo errado nisto?
Pensem bem: Quanto óculos caem no vaso sanitário? E quantas canetas, livros, cigarro recém aceso, xícara de café, batom, escova de dentes, secador de cabelo, iô-iô, pente e tudo o mais que se usa calma e relaxadamente quando se está no assento sanitário caem lá dentro? Quantos?

Quantos?

Pensem bem: QUANTOS? (estou gritando).
Confie no seu coração: se deu medo, desconfie, muito.
Foto: Alan Lamers
Existe uma clara e óbvia constatação imediata de que os aparelhos celulares SE JOGAM para dentro do vaso sanitário.

Repito: os celulares se jogam dentro do vaso sanitário.

Parece que tem uma espécie de imã que os atrai. Ou provavelmente tem um dispositivo eletromagnético que se utiliza da condutividade da água e da refração da louça sanitária (que funciona como um tubo condutor de ondas eletromagnéticas) para alinhar o movimento do celular em direção ao interior do vaso sanitário.

Podem testar.
Imaginem que é como um funil, em que as energias telúricas e eflúvios eletromagnéticos são inteligentemente usados pelos circuitos eletrônicos e as antenas ocultas dentro do aparelho, que assim se locomove de acordo com uma programação previamente inserida pelos fabricantes.
Isto significaria que as mesmas tecnologias que permitiram a construção de naves voadoras baseadas apenas no magnetismo natural existente em todo universo, já está nas mãos dos fabricantes que com isto, dominam o mercado forçando as pessoas a comprarem novos aparelhos.
Todo mundo sabe que na Área 51 e noutros lugares do planeta tem projetos secretíssimos que não podemos nem falar. E a tecnologia de outras civilizações planetárias também está sob o controle dos poderosos governantes.
Pense nisto na próxima vez que sentar no vaso sanitário.


Mas e o chuveiro? E a banheira?

Bem, isto é óbvio: como é que a porcaria do aparelho não suporta nem um vaporzinho de nada? Qualquer criança sabe que bastaria colocar umas borrachas de vedação e pronto. Se qualquer relógio  meia-boca continua funcionando debaixo do chuveiro, então um aparelho com sofisticada tecnologia extraterrestre de alinhamento condutivo com a água deveria funcionar também.
Até para o sofá da sua sala tem um spray que é repelente de água.
Mas assim como o caso do vaso sanitário, o celular é feito para absorver água por um simples motivo: SEDE.
Já ouviu falar em mensagens subliminares? Aquelas escondidas em toda parte e que hipnotizam as pessoas? Pois é, todos sabem ou já ouviram falar que um dos grandes problemas do futuro será a falta de água potável. Pois estes aparelhos estão ajudando a aumentar o problema, atraindo para dentro de si, as minúsculas partículas. Gota por gota, façam a conta, multiplicado por milhões e milhões, resultam numa quantidade assombrosa de água que deixa de estar disponível para a população sedenta. E com isto, desviam a atenção das pessoas do real problema, que é a preservação de todos recursos hídricos!  Inclusive os mares! As pessoas se veem as voltas de um aparelho que absurdamente oxida como se fosse uma lata velha qualquer, e esquecem de cuidar do rios e mares.
Quantas pessoas estão alertas para a gigantesca catástrofe ambiental que acontece no Mar de Aral? Os caras secaram um mar inteiro desviando os rios que o alimentavam. Aquilo virou um deserto de sal e morte. E quem fez isto, está muito provavelmente, também utilizando das tecnologias extraterrestres de controle da população.

Então, se a porcaria do celular vai oxidar por causa de uma porcaria de uma banho quer dizer que ele não atende requisitos mínimos de construção. Isto evidentemente é de propósito!

Reclame com os fabricantes, e acorde! Não seja mais enganado! Não deixe que desviem sua atenção de coisas importantes, como exigir dos governantes que restaurem o curso natural dos rios e devolvam o Mar de Aral!!!
Isto não é brincadeira. Vejam por exemplo, o assoreamento do Rio Araguaia, é uma vergonha! Cuidem de nossas hidrovias também e exijam que os barcos voltem a ser usados para transporte de cargas e passageiros! Não acreditem nestas ONGs que pregam "turismo ecológico". Por acaso quem é idiota para apregoar que milhões e milhões de pessoas vão viver de paparicar turistas? Todo mundo vai botar fantasia de índio e beijar a mão dos turistas estrangeiros? E a vergonhosa transposição do Rio São Francisco? Estão destruindo um dos nossos maiores rios. Ah sim, não tem muita notícia e se tem é contra o governo não é? Que incrível! Cadê as ONGs? Muitas destas ONGs estão na verdade a mando de governos e grandes corporações para defender outros interesses que não tem nada a ver com salvar o planeta ou o desenvolvimento do país.
Nota: é claro que existem boas ONGs e institutos internacionais, mas muitos incluíndo alguns dos mais famosos não são nem de longe o que vocês pensam.

Então tome seu banho sossegado pô! Se você precisar falar com alguém neste tempo, o aparelho está ali para isto. Não vá confundir o celular com o sabonete também. É só colocar no viva voz e pronto. Aliás, é muito sexy conversar com sua/seu namorada/namorado enquanto ela toma banho e você ouvindo o chuveiro ligado e se imaginando como as gotas de águas deslizando e... ôps...


Na rua, na chuva, na selva

Olha, um celular na selva pode salvar vidas. Se não dá para usar a porcaria do aparelho num lamaçal  qualquer no meio de uma selva tropical a 35-40ºC é porque é uma porcaria mesmo. Os antigos nativos tinham uma coisa que funcionava na boa em qualquer tempo: tambores e sinais de fumaça. E de quebra, serviam para animar festas e baladas. E a fogueira, quando não era usada para chamadas interurbanas, assava o churrasco.

E a foto do início do artigo, é na Costa Rica, num lugar que seria condenado para um celular: um lindo recanto natural, com cascata (muita água no ar), barro, suor, etc


Não se preocupe com lugares sujos e empoeirados

Ah tá. O aparelho é todo cheio de frescura e precisa de uma sala esterilizada pra funcionar? Então vendam só para cirurgiões, ou melhor, para as enfermeiras auxiliares, pois o cirurgião está operando alguém e tem as mãos lambuzadas com as tripas ensanguentadas do paciente. As auxiliares provavelmente estarão de luvas e com mãos limpinhas.
Olha, que recomendação é esta de lugares limpinhos? Já viram quarto de adolescente? E banheiro de patricinha dondoca que ficou dois dias sem empregada? (credo, essa foi podre...) E quem trabalha em indústria? Ou na estrada? Quem trabalha em padaria, ou é cliente de parques de diversões então não  pode ter celular? Se você está no parque de diversões e as crianças estão na caixinha de areia você tem que desistir do celular?
O aparelho pode riscar porque a porcaria da tinta deve ser muito fininha e risca com qualquer coisa. Com toda tecnologia, cadê o BOM E VELHO ESMALTE? Lembram das canecas e pratos esmaltados? Metal com esmalte processado num forno. Não risca, ou é muito resistente. O velho pinico  esmaltado tem uma tecnologia de proteção de superfície muito melhor que qualquer celular cheio de frescuras. E não interessa o tamanho da feijoada, o pinico não risca. E pode ser lavado sem problemas!!! E se estiver encardido, é só passar bicarbonato de sódio e está novo! Tenta fazer isso no celular!!! Ainda falam em “corpo em titânio”, “materiais da era espacial...” pois coitados dos astronautas então!
Quando responder as pesquisas de opinião, reclame da pintura mal feita que não protege nada. Aproveite para jogar a porcaria fora e comprar um melhor, mais novo e mais moderno.
E se entrar sujeira no aparelho, já falamos, é porque não aprenderam a colocar umas borrachas nos buracos. Um pouco de silicone de vedar juntas, conhecido por qualquer pedreiro, resolve o problema. 


Limpe o aparelho

Olha, já ouvi até que tem de ser papel higiênico daquele mais caro ou flanela especial para limpar. Qual é o problema de dar uma boa esfregada na sua camisa que está limpa? Toalha não serve? Um alcoolzinho qualquer estraga o aparelho?
Olha, no mundo inteiro tem aparelhos de televisão funcionando faz décadas, que são limpas até com o mesmo pano que foi usado para lavar o chão, e com os mesmos produtos. E continuam funcionando! E isto que todo mundo sabe que TV tem circuitos de monitoramento e de interferência radiônica. Mas TV tem que estar funcionando o máximo tempo possível, esse é o grande negócio das forças que estão por trás do controle dos terráqueos.Por isso que TV é algo mais difícil de estragar: ela manipula sua mente, sua família.
Se as mesmas forças estão por trás dos celulares também, é porque eles querem lhe obrigar a dispersar sua atenção com bobagens.

Até bem pouco tempo atrás, as crianças corriam e brincavam por toda parte. Agora querem esterilizar tudo.

Até a porcaria do celular??? Como é que vou esterilizar a porcaria do aparelho se não dá para passar álcool, nem detergente, nem colocar na máquina de lavar e nem pensar em usar um esterilizador?
Então não se deixe dominar e limpe seu aparelho com o lenço, papel higiênico de rodoviária, guardanapo de lanchonete, pano de limpar a pia, água sanitária, o que for. O aparelho vai ficar limpo e se estragar, é porque é uma porcaria mesmo que ainda não alcançou NEM a tecnologia do bom e velho pinico esmaltado de seus antepassados.
E qualquer fogão doméstico faz muito tempo possui forno auto-limpante. Como é que em pleno século XXI ainda não tem celular auto-limpante?


Calor e frio não fazem mal

Os antigos computadores de grande porte (mainframes) , precisavam de salas refrigeradas para funcionar. Agora querem que o celular só seja preferentemente mantido e usado entre 15ºC e 30ºC?? E que temperaturas extremas, menos ou mais que estas podem prejudicar a porcaria da bateria?
Quer dizer que o pessoal que mora nas nossas paradisíacas praias, de todo planeta, além da poeira, não pode ter celular porque é muito quente? No oriente médio então nem pensar? Coitados de todos aqueles árabes ricos que sofrem de uma maneira torpe por causa de uma porcaria que não suporta um calorzinho???

Entendem quando falo que dinheiro é bom, mas que a partir daí é importante cuidar do espírito e de nossas vidas?O que fazemos e nossos ideais são base para nos elevarmos e dar um sentido verdadeiro e evoluirmos de forma integral em todas áreas da vida.

Quem estiver esquiando nas montanhas então, nem pensar. E quem mora em áreas montanhosas se lasca no inverno?
Cadê a tecnologia da porcaria do aparelho? Exija de seus governantes medidas drásticas para acabar com isto!!! Se eles acatam os comandos do governo secreto por trás disto tudo, então está na hora de fazer coberturas climatizadas, tipo grandes domos transparentes, sobre as cidades. De quebra vão poder criar mais uma secretaria, comissões, etc, fazer concursos públicos e dar emprego para especialistas no manejo e recolocação dos urubus que se perderem dentro do domo.

Isto é um rádio a pilha transistorizado.
Foto:r tonyolm
Todo mundo sabe que qualquer radinho de pilha funciona de qualquer jeito em qualquer temperatura! É só passar num parque popular, no maior verão, e lá estará tranquilamente repousando alguém deitado na grama (terra e sujeira), com o radinho de pilha no ouvido. Isto se não estiver babando em cima do mesmo. E sem problema!

 E o radinho geralmente continua funcionando por anos e anos, pode ser no chuveiro, frio e calor e até na chuva! É só botar no bolso da camisa prá não pegar água direto. Lembram que antigamente os radinhos tinham uma capinha de imitação de couro vagabundo mas que era suficiente para proteger o aparelho? No máximo a pilha até podia vazar, mas não era uma “bateria” de alta tecnologia metida a besta que vive dando problema ou explode no bolso de alguém.


Coloque o celular junto com o resto das coisas SIM!!!

O aparelho é portátil, faz parte dos utensílios e acessórios de uso pessoal intensivo e não pode ficar perto das outras coisas porque pode riscar ou alguma coisa pode entrar no aparelho?
Olha, o radinho de pinha pode ficar dentro da bolsa, ligado, sem problema de riscar. E se o batom abrir e der uma boa esfregada nele não tem problema: é só limpar com o que tiver a mão.

Ou então compre uma bolsinha separada, uma mala mesmo, como as que apareceram lá nos anos 70, 80, para os primeiros telefones móveis que precisavam de uma mala para serem carregados. Dentro da porcaria da mala a porcaria do aparelho pode ficar envolvida em espuma e até ter um aparelho de ar condicionado só para ele não sentir calor.
Tantos anos e ainda não conseguem fazer uma porcaria de um aparelho que se lasca todo se tiver um simples molho de chaves básico por perto (chaves da casa, carro, escritório, etc)???

Então não adianta o aparelho ser pequeno para caber em qualquer lugar SE não pode ser colocado em qualquer lugar. Aparelho pequeno é só para você perder mais facilmente (aumentando as vendas) e também, para você ser mais facilmente enganado pelo circuito de movimentação eletromagnética que faz com que o aparelho se jogue sozinho para dentro do vaso sanitário!

O pinico da sua vó continua sendo melhor!!!


Ter mais cuidado na praia

Melhor lugar prá paquerar, conversar com os amigos, tomar uma caipirinha, cerveja, sorvete bem lambuzado, brincar com as crianças fazendo castelo de areia, praticando esportes, etc e a porcaria do aparelho tem que ficar numa redoma de cristal com ar condicionado protegido de tudo e todos?

Deixa essa porcaria em casa então. Mas deixe mesmo. Esqueça da porcaria do aparelho. E vá bastante para a praia. Fique o máximo de tempo lá, longe da porcaria do aparelho. Quanto mais gente fizer isto, mais rapidamente vai acontecer algo muito importante: os fabricantes da porcaria do aparelho que não suporta um calorzinho, nem uma poeirinha, nem uma agüinha nem nada, vão se dar conta que as pessoas estão USANDO MENOS o celular e estarão felizes fazendo outras coisas muito mais saudáveis!
Mostre prá eles que eles não fazem falta! As companhias telefônicas também vão perceber que tem menos gente usando seus serviços.
Deixe de correr atrás desta porcaria. É que nem amante ingrata/ingrato. Deixe prá lá. Se ele (o celular) não valoriza tudo que você faz, parta prá outra sem pena.


Claro que não pode cair

Qualquer coisa que cair pode quebrar mesmo. Até o pinico esmaltado da sua vó pode lascar ou quebrar.

Mas se espatifar escandalosamente é outra coisa bem diferente. Se você der sorte, o aparelho cai meio retinho, de jeito, e só dá uns riscos ou um amassado e a porcaria da bateria pula longe. Mas se for de canto, ele vai se desmanchar de um jeito que revela e prova que foi engenhosamente planejado para responder como um brinquedo de molas maluco e se desfaz.
Mas acho que é ainda mais escandaloso. Existe uma tecnologia automotiva, em que os carros são feitos de elementos que se deformam e se soltam, com isto, absorvem o impacto restando a gaiola principal que protege e salva os passageiros. Tem até air-bag.
Parece que fizeram a mesma coisa nos celulares: eles se desmantelam, mas a parte principal do celular NÃO TEM a porcaria da gaiola para proteger o celular! Espatifou, morreu tudo! Se fosse um carro, seria algo tipo até o motor se desmanchar para todos os lados e ainda teria uma mola gigante para jogar você, sua mulher, sua sogra e até o coitado do cachorro para bem longe.
Essas porcarias já vem até com sensor de movimento. Poderiam perfeitamente ter um Air-Bag para proteger contra quedas. E nem precisa tanto. É só soldar um pouco melhor, colocar parafusos de verdade (e não aqueles pinguinhos ridículos disfarçados de parafuso) e peças com um pouquinho de solidez.
Falam em materiais de alta tecnologia, mas na hora de mostrar a coisa mais básica, as porcarias se quebram como se fossem de casca de ovo.

Então, relaxe. Se a porcaria cair e se desmanchar, é porque é uma porcaria mesmo, não é culpa sua. Compre um melhor. E não esqueça de levar o pinico da sua vó para mostrar para o vendedor poder comparar com algo que tenha tecnologia de verdade!



Celular é um ótimo parceiro para esportes

Praticar esportes nas montanhas, ou num bosque é muito bom com os sons da natureza ao seu redor. O vento nas árvores, os pássaros cantando, um riacho cantarolando entre as pedras.
Já na área urbana, tem o som dos carros. Então, nada melhor que colocar uns fones de ouvido e adivinhem? Praticamente qualquer celular hoje em dia tem rádio, MP3 player, tem até opção de tocar vídeo e assistir TV.
Mas aí a porcaria do aparelho pode estragar por causa do seu suor, por causa da poeira, ou quem sabe o pólen das flores do bosque pode deixar a porcaria do aparelho estressadinho. E a atividade esportiva pode resultar em impactos no aparelho, etc, etc.
Enfim: vá praticar seu esporte e deixe a porcaria do aparelho sózinho em casa. Ou use assim mesmo e se estragar é porque é uma porcaria mesmo.
Daqui a pouco vai ter cartazes em toda parte dizendo que dançar com o aparelho celular pode estragar a porcaria do aparelho. Imagine, você na balada, o maior calorão, todo suado, dançando feliz da vida e a porcaria do celular reclamando do calor, da poeira, da umidade, do perfume, do chulé e seja lá o que for. Pega essa porcaria e joga no lixo e compre um que funcione direito.


Carregue na mão o quanto quiser.

Claro que todo mundo sabe que faz mal para a coluna andar com as mãos ocupadas. E o celular na mão pode ser roubado né? Né? Ouvi bem, eu disse: NÉ??? Se deu conta? Dizem para você ter a porcaria do aparelho portátil mas que não gosta de calor, frio, poeira, não pode isto e aquilo e que você não pode andar com ele na mão por causa do suor, do tatuzinho de nariz que ficou embaixo da unha ou porque, prestem atenção, pode ser roubado!!!
Perceberam a tramóia? Tem uma quantidade imensa de advertências e relatos sobre celular na mão e roubo.

Mas cadê as advertências para andar com casquinha de sorvete na mão, vassoura na mão, pasta na mão, compras na mão, copo na mão, criança na mão, livro na mão, frutas na mão, "aquilo" na mão, etc, etc???? Porque alertam tanto uma coisa enquanto DESVIAM sua atenção das outras? Que porcaria é essa então que te empurraram na loja que ELES tem medo que você perca, quebre ou seja roubado???

Que tanto medo é esse que na verdade ELES (lembre da teoria da conspiração) tem de perder você de controle? Enquanto o celular estiver na sua mão, você está na mira, está fisgado.

Chega disto!!! No momento em que você disser "não" vai descobrir que é o mesmo que os traficantes fazem quando descobrem que seus clientes viciados querem largar da maldita droga. Primeiro eles ameaçam, atordoam com milhares de orientações. Quando percebem que vão perder a vítima, digo, o freguês, eles querem mudar de discurso e se fazewm de amigos, oferecem até promoção. 

Ande com essa porcaria na mão sim. É seu, você enfia aonde quiser. Se o aparelho não reconhece o próprio dono, é porque não tem tecnologia decente, em pleno século XXI.
E se os fabricantes estão TÃO preocupados se você vai ser roubado na verdade ELES deveriam ajudar de verdade para melhorar a qualidade de vida e de serviço dos policiais. E também deveriam contribuir de verdade para que todos tivessem condições de urbanização melhores, assim teria menos poeira para a porcaria dos aparelhos deles. Ou então que pelo menos aprendam a colocar uma borrachinha decente para lacrar a porcaria do aparelho que é coisa que qualquer relógio meia-boca tem faz décadas.

Vai ver quanto casos existem de roubo de pinico esmaltado. Praticamente nenhum. E sabe porque??? Porque se roubarem o pinico você simplesmente pega outro e pronto.

Então se a porcaria do aparelho derreter, quebrar, oxidar, for roubado, etc, é porque é uma baita de uma porcaria, sem tecnologia, pior que um pinico esmaltado  e não presta.
Deixe essa droga sair da sua vida para nunca mais voltar. A porcaria do aparelho não reconhece nem o próprio dono. E qualquer um rouba e desbloqueia. Então compre um celular que presta, reclame dos governantes e fabricantes boicotando e chamando a atenção deles e exigindo condições decentes para você ter seu aparelho. Você paga impostos e paga pelo seu celular, então eles que lhe deem algo decente que você possa NO MÍNIMO, usar no seu banheiro sem se preocupar.



Se cair na água seque bem

Se a porcaria do aparelho molhar você vai ter que secar porque a porcaria do aparelho celular geralmente não suporta água.
Aí o problema é que tem que ter jeitinho especialzinho para secar a porcaria do aparelho. Não pode colocar na secadora de roupa nem usar o secador de cabelos, que fariam o serviço ligeirinho!!! Aí sugerem colocar ele dentro de arroz seco e deixar lá dentro. Depois quem sabe você faz um arroz ao celular? E sem molho porque a porcaria do aparelho pode sujar.
Olha, já vi lavarem com mangueira até computador mainframe IBM (casos verídicos) depois de enchente, secarem com panos e jatos de ar, darem uma revisada nos contatos e o sensacional aparelho funcionou!!! Já soube de TV lavada no tanque de roupa. Eu já tive teclado Korg e Yamaha que foram inundados pela chuva e funcionaram depois sem qualquer problemas.
Aí você gasta um dinheirão numa porcaria dum aparelhinho que não pode nem passar uma toalha que risca? E se for para tentar secar ainda assim tem que acender junto vela prá tudo quanto é santo porque a porcaria do aparelho dificilmente vai funcionar de novo? Tão me gozando?
Pode botar a porcaria do aparelho na secadora. Se ele se desmantelar lá dentro, é porque a construção dele é vagabunda.
Use o secador de cabelos na velocidade alta assim você não perde tanto tempo. Se o aparelho não funcionar porque o verniz das placas de circuito se desmanchou com um calorzinho qualquer, é porque o aparelho é uma porcaria e já está na hora de trocar por um com tecnologia mais avançada. Por exemplo, um que tenha uma pintura no mínimo tão decente quanto o pinico esmaltado da sua vó que não lasca e se encardir dá para lavar e secar sem problema.


P+
20/10/2011
 
.’.
.’.     .’.

Atenção:

Lembrando: tudo que falei acima é brincadeira. Tecnologia é coisa séria. Cuide bem do seu aparelho e de preferência, leia e procure observar as recomendações que são dadas por especialistas da área:

Algumas fontes:

Alguns artigos que coletei ao acaso para servir de referência)


http://infornews.org/2010/02/dicas-e-cuidados-com-seu-celular/


Humor:


.'.

Leia outros artigos relacionando clicando nas tags:

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Sustentabilidade ainda para poucos

Qualidade de vida começa com coisas simples, como uma sombra refrescante.
Foto Todd Mecklem

No artigo da Revista Amanhã: Obra sustentável cresce e desperta interesse de banco comenta-se sobre investimentos que os bancos aos poucos estão começando a fazer em obras que sejam sustentáveis, mais integradas ao ambiente natural.


Meu comentário:


Já é alguma coisa neste caminho. Mas falta muito.

Tenho falado, de forma ilustrativa, que além dos controles técnicos, tais empreendimentos deveriam contar com a certificação de shamãs.

Por exemplo, os orientais tem a técnica do Feng-Shui, algo muito profundo, que requer muita experiência e que não se aprende em cursinhos de final de semana. Também não considero as decoradoras e arquitetas com uma cadeira qualquer sobre o assunto. Espero de alguém nesta área, uma vivência prática profunda, diária, com as energias naturais. Isto tem que fazer parte da vida da pessoa, seja qual for sua atividade.

Falo de mestres com uma vida dedicada a isto.

Esta como outras práticas, consideram o ambiente, o ser humano, a relação das energias envolvidas, etc.

Um prédio bonitinho todo ajardinado, pode ter deixado de lado, a chance de ter espaço para as pessoas plantarem algo, por exemplo, ter seu próprio pé de frutas na sacada. Não se trata de algum arquiteto colocar isto ou aquilo. É preciso por exemplo, deixar um pouco de mato natural surgir, das sementes que são trazidas pelos pássaros.

Sem extremismos, e também sem esperar com milagres que a lábia de alguns vendedores se atreve, a adoção desde pequenos hábitos e considerações de bom senso, pode trazer resultados diferenciados importantes para todos envolvidos e captar uma simpatia muito maior.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Para onde vai a Apple? Não sei, mas uma coisa é quase certa.

Tempo de buscar na clareza do silêncio, o entendimento dos novos momentos.
Foto: wildbryde


A Apple é (ou era) uma empresa voltada a criação, coisas realmente novas.

Simplesmente pegar um modelo que funciona e vender aos milhões é uma coisa bem diferente.

Pode ter escala de mercado mas não tem inovação.

Sem os moldes que teve nestes anos, a Apple vai tornar-se mais uma empresa com um laboratório com regras herdadas tentando criar uma "regra" para "fazer" pessoas seguirem algum tipo de "modelo" que alguém acha que pode dar certo.

Tipo: "Programa de criatividade! Vamos aumentar em 10% nossa criatividade!". Com sala e horário para permitir a tal criatividade e com psicólogos para ajudarem as pessoas a se tornarem criativas e ainda por cima, com grande aproveitamento do tempo e das escalas de trabalho.

Dá para entender? Enquanto isto, as pessoas realmente criativas, em muitas empresas, são criticadas porque não usam a roupa da moda, ou porque tem um amigo que gosta de filmes trash, ou porque fuma (lá na rua sem incomodar ninguém, exceto talvez alguns os fanáticos nazi-facistas fundamentalistas), ou porque a mesa não fica padronizada em tal canto e arrumadinha com cheiro de talquinho Pom-pom, ou porque gostam de Rock (Steve Jobs gostava né? HAHAHAHAHA),. Ou simplesmente, em pleno século XXI, porque não podem sequer acessar seu próprio e-mail no trabalho. Muitos sequer podem ler este (ou qualquer outro) blog. (sussurrando:) Deve ser muito perigoso mesmo...

Engraçado que justamente empresas que deveriam estar profundamente integradas e (a muito tempo) relativamente harmonizadas com a tecnologia que nos permite contato e acesso a informação ampla, AINDA acham normal alguma patricinha ficar pendurada toda hora no celular batendo papo sabe-se lá com quem, mas reclamam e fazem o maior escarcéu se alguém usar a internet mais do que 20 (longuíssimos) minutos. Ah sim, e ainda acham que este imensos 20 minutos devem coincidir obrigatoriamente, ou melhor, é naquele momento que a pessoa vai estar totalmente aberta para uma captação maciça de informações e interagir com milhares de fontes do mundo todo e com isto TRAZER resultados milagrosos para a empresa.

Sabe, tipo fazer sexo com hora exata marcada, tempo pré-marcado para tudo. Mas claro que com 2,36 minutos para as preliminares que seria o tempo médio cientificamente calculado adequado para que alguém se prepare para os próximo 4.31 minutos e ainda anotando na planilha os beijos de acordo com a escala, duração e localização. Sensacional!!!! Além de gozar dentro da mais moderna metodologia de gestão, os dados coletados ajudarão a contabilizar e melhorar o rendimento e aproveitamento das sessões. Claro que serão distribuidos paninhos úmidos para limpar o teclado do computador e o mouse (dados coletados em tempo real né?)... risos... Piada, mas tem gente que está profundamente ofendida neste momento com uma barbaridade destas que acabei de escrever... Uééé... quem será que são os bárbaros e quem são os civilizados?

Boa parte do segmento da Apple é elitizado, tem um segmento que é receptivo a certas abordagens e produtos. É só olhar os números das vendas. Olhem as coisas que foram sugeridas, testadas, tentadas e realizadas.

Olha, sem investimento, sem retorno. Senzala funciona, mas não tem produtividade nenhuma. E escravos tem todo direito de fugir e lutar pela sua liberdade. Em tempo, jamais espere afeto sincero de alguém tratado como escravo.

A Apple com certeza tem seus defeitos também, mas olhando pelo menos na parte de produto, lá os caras estavam fazendo coisas novas. Pelo menos o Steve... hahahahah...

E agora sem o criador. Bem, lembrem do Tomas Edison. O laboratório dele continuou depois de sua morte né? E cadê os resultados? Existem é claro, mas sem ele, nunca mais foi a mesma coisa.

.'.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Alguém foi ao espaço? Ou alguém se fechou no quarto?




Meu comentário na matéria da Revista Info: O homem que duvida da NASA.


A grande aventura humana. 

Interessantes opiniões, apesar de que algumas saem do contexto da matéria dirigindo-se à crítica apaixonada, seja de direita ou esquerda, aliás, oposição parece ter o significado de "não somos nós quem mandamos desta vez"...(rsss).

Bem, quanto ao trabalho do site em questão, existem sites semelhantes noutras línguas, com embasamento e questões apresentadas que, digamos, são no mínimo interessantes, pois oportunizam ao leitor, de pensar no que lhe é proposto.

Entre as muitas vertentes que o assunto jorra, está também a de que os astronautas tem sido acompanhados de perto, com muita atenção, por seres extraterrestres.
Existem desde relatos de grupos de radioamadores que acompanharam as missões Apolo (naquele tempo frequencias de rádio eram mais acessíveis), e testemunharam diálogos sobre estranhos acontecimentos que ocorriam.

Existem fotos, que fazem do acervo oficial da Nasa, que mostram "algo" próximos aos locais de alunissagem, assim como a estação espacial internacional é constantemente visitada de perto por älguém" (digamos assim).
Uma foto famosa mostra em close, o capacete de um dos astronautas na Lua, não recordo seu nome, e na superfície espelhada percebe-se algo atrás da câmera, distante algumas centenas de metros.

Descontando os grupos muito mistificados, assim como os demasiado céticos, existem vários trabalhos que procuram aliar acontecimentos, como por exemplo os círculos de plantações (muitos forjados, mas muitos inexplicados),

Certo ou errado, primeiro de tudo está em questionar o que vemos e principalmente, COMO vemos.

Aceitar pura e simplesmente alguns acontecimentos é puro dogmatismo, passível portanto, de manipulação. Mas simplesmente negar qualquer coisa, também por dogmatismo, é cegueira e submissão voluntária.

Não são os políticos e governantes os errados. Cabe a cada um primeiro tornar-se ciente de si mesmo e buscar seu auto-aprimoramento. O que encontrar adiante na sua caminhada, é que lhe mostrará o valor de seu aprendizado.

É nosso grau de consciência que determina a oportunidade de encontros com seres mais evoluídos, ou pelo menos, de viajar para um pouco além das pequenas distâncias de seu mundo conhecido e conhecer outras culturas, nações e costumes.

Para terminar, citei ao início, esta foi uma das últimas grandes aventuras da raça humana. Quantos eventos, atualmente, mobilizariam tanto o interesse das pessoas em torno de algo assim?

Lembro de quando pequeno, ter assistido extasiado pela TV, todas transmissões cheias de chuviscos, os lançamentos, os problemas. Olhavamos aqueles painéis cheios de botões, os "modernos" monitores do centro de controle. Isto era novidade, era a tecnologia finalmente alçando-se mais elevado. Sonhos e ideais em movimento, que não ficaram só no bate papo da mesa de bar. E hoje?

O que acontece é que todo dia mais um qualquer acha que fez uma grande coisa em lançar a centesima-milionésima versão do mesmissimo programa.

Então, ao falar das missões Apolo, com ou sem interesses dos governantes (riam ingênuos se não o tivessem), eu questiono quais as direções conhecidas e quais as que podemos explorar, buscar o novo e crescer, como um todo.

P+
09/06/2011

.'.

Veja também:

UFOs divulgados pelo FBI
Videos. Ufos e viagem à Lua 

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Máquinas, Robots - Cadê a Humanidade?

Foto: Phil (Beast 1), França

Estas máquinas são incríveis. Gosto de assistir documentários sobre tecnologia e desde criança adorava estudar a vida dos grandes inventores.

Mas lembro que muitas destas invenções servem apenas para aumentar a produção, em detrimento das pessoas.

Máquinas são boas quando ajudam em tarefas perigosas, ou que seriam difíceis demais para as pessoas.

Por exemplo, uma lixadeira, ou até mesmo máquinas para descascar árvores.


Algumas máquinas são ótimas. Outras são um exagero. Algumas, um abuso.



Agora, quando tiram o trabalho de muitas pessoas a coisa muda bastante. Um robot de linha de montagem, uma máquina de colher cana, tira o emprego de centenas, até milhares.
E os ditos "empresários" ainda se perguntam porque estas pessoas deixam de consumir, ou demoram a conseguir outro trabalho.

Estas máquinas são caríssimas. Seu valor, muitas vezes é o mesmo (ou muito mais) que o salário dos trabalhadores, treinamento, etc que seriam necessários para fazer o mesmo serviço.

Porém, trabalhadores humanos precisam descansar.
Humanos estão sujeitos a problemas de saúde por condições insalubres ou perigosas.
Humanos reclamam quando as coisas não são satisfatórias.

Máquinas produzem sem reclamar.
Não falam da sujeira, nem do mau cheiro quando existe.
Máquinas não participam de sindicatos.


Não cogitam em fazer greve nem pedem aumento.

Máquinas não mudam sua produção se a máquina do lado quebrar. Nem se alguém do grupo estiver com algum problema sério. Muito menos, são afetadas pelos resultados de algum jogo esportivo ou pela política.

No máximo, a máquina precisa alguma manutenção de vez em quando.
Se estiver bem regulada, vai produzir um determinado resultado previsível de forma contínua.
Quando a máquina deixa de ser útil, é apenas jogada fora sem reclamar, sem ficar batendo na porta de alguém, sem ficar preocupada se vai passar necessidade.

Então, muitas vezes, a suposta economia está no corte de custos humanos, no corte do papel responsável dos dirigentes que preferem o cômodo e aparentemente fácil caminho da omissão.

Mas quando a empresa participa da comunidade, existem formas conscientes de gestão em que a maior parte do que seria problema para alguns, tornam-se pontos positivos para a empresa.

Se a empresa tem a visão de que é também um organismo social, que faz parte de uma coletividade e procura atuar junto dos demais, os resultados podem ser excelentes.

Que tipo de organismo social é sua empresa? Um organismo que interage com os demais de forma colaborativa? Ou será um predador? Quem sabe, mais uma sanguessuga.

O que sua empresa produz em termos de valores humanos e sociais, que são os verdadeiros objetivos para qualquer cadeia produtiva? Seja o que for que sua empresa faça, ela tem como meta os clientes, o público, a sociedade.

É como plantar sem nunca cuidar da terra. Pode-se ter alguma colheita, mas logo perde-se o chão. Alguns são predadores, faturam e abandonam a terra e procuram outro lugar para sugar.

As máquinas deveriam ser feitas tomando o ser humano como medida. Para ajudar na sua tarefa e não para jogá-lo no meio da rua. Para onde ele irá? Você está preparado para encontrar esta pessoa daqui algum tempo e saber que é diretamente responsável ou até culpado pela sua situação?
Ou seja, o que você faz como empresa realmente é algo bom para os demais?

Ao invés de monstruosas máquinas enormes, quem sabge seria melhor pensar em unidades menores, até mesmo indivíduais. Manteriam as pessoas e estas poderiam realmente ser mais produtivas, ter melhor qualidade de vida e teriam tempo para aprender mais, criar coisas novas. Deixariam muitas vezes de trabalhar tanto, poderiam até aumentar a produção, com mais qualidade. E até com uma renda pessoal melhor.

Algumas máquinas existem apenas para satisfazer o ego de alguém. Tirando a megalomania de algum cientista, são inúteis. "Olha mamãe, fui eu que fiz!"...

Humanos, precisam de manutenção sempre. Física, espiritual, emocional. Seres humanos precisam evoluir como pessoas.

Máquinas parecem não ser motivo de consciência pesada, uma vez afastado os humanos.

Se a automação acabar com os empregos, é pura ingenuidade e estupidez falarem que estes desempregados terão que buscar especializações. Vide os trabalhadores do campo por exemplo. Uma única máquina pode tirar o emprego de centenas. Porém só vai ter vaga para dois ou três especializados. E todos os demais? 
Automação em grande escala é ruim. É necessário substituir as grandes máquinas, por outras menores e mais inteligentes, mas que sejam feitas para as pessoas. Ao invés de trocar mil trabalhadores por uma máquina, por que não fazer máquinas menores, usadas or todos, que proporcionem melhor qualidade no que fazem? Muito do que se faz hoje na área, visa mesmo é acabar com reclamatórias trabalhistas por más condições de trabalho. As máquinas não reclamam.E os que tem cobiça demais, ou vaidade demais por seus inventos, não gostam de ouvir queixas nem de ser contrariados.

Máquinas são uma coisa boa, quando bem usadas, quando adequadas ao que se destinam: o bem de todos.


Usada sem exageros, a tecnologia é benéfica.
Foto: Jean (safran83), França


NOTA IMPORTANTE: As imagens são meramente ilustrativas e foram procuradas apenas pelo seu contexto ilustrativo e valor artístico. O autor deixa claro que o artigo é de natureza geral e não pretende ofender, ameaçar, injuriar, caluniar, nem prejudicar de qualquer forma os fabricantes dos equipamentos ilustrados. A intenção do artigo é de propor uma melhoria na qualidade e produtividade na adoção de tecnologias em prol humanidade e evolução humana.

.'.

Leia também:
 

.'.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Finalmente Teletransporte: Primeiros Passos

A respeito de matéria na Revista Info, Teletransporte Quântico é Realizado no Japão"

Ao que entendi, o que os cientistas conseguiram foi realizar com sucesso mais um passo do processo de teletransporte. Digamos assim, demonstraram na prática que é possível operar de uma determinada maneira.

Existem outros métodos, outras possibilidades que o tempo irá tornar acessíveis.

A religiosidade, o desenvolvimento espiritual tem muitas coisas a acrescentar, basta ser vista e trabalhada desencapada de fanatismos e ceticismos. É apenas um método de se fazer as coisas.

O que é feitiçaria numa época, tempos todos tem-se tornado ciência.

Quem leu Castaneda, num de seus primeiros livros em que cita aprendizados sobre a arte de sonhar de forma consciente, vai lembrar que num dado momento, seu mestre, Don Juan, lhe disse que após sonhar de forma consciente, vendo a si próprio noutro lugar, o grande feito seria acordar "naquele lugar".

Isto sem falar de casos de bilocação (estar em dois lugares ao mesmo tempo), amplamente relatados.

Dimensões paralelas, o que for, são possibilidades a serem exploradas pela mente lúcida, não escravizadas pelas regras e leis que conhecemos até agora.

O universo é imenso e misterioso, com certeza muito temos por descobrir. Algumas das maiores invenções, vieram de coisas muito simples, bem debaixo de nossos olhos.

Precisamos apenas mudar o foco.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Inteligência Artificial no Futuro - A Soma Que Multiplica.

Muito do que supostamente seria chamado de "inteligência", nada mais é do que simples repetição de padrões. Isto inclui boa parte das atividades diárias das pessoas.

Muitas das nossas decisões, também são mero fruto de procedimentos que inconscientes ou não, são automáticos.

Isto tudo é passível de ser reproduzido, basta que pensemos que os mecanismos de processamento de lógica, estarão sendo programados em partes, que não precisam estar juntas.

Temos hoje uma capacidade incrível de armazenagem de dados, coisa quase impensável pouco tempo atrás.

Claro que ainda convivemos com imensas bibliotecas de dados armazenados em fitas magnéticas, o mesmo ocorrendo, por exemplo, com o acervo das emissoras de TV e quaisquer outros ramos que necessitem armazenagem para eventual acesso.

Quanto maior for a quantidade de informações disponíveis, para acesso imediato, maior o conjunto de dados disponíveis para processamento e obtenção de um determinado resultado.

Se tomarmos a internet como exemplo, em que milhões de sites fornecem cada um, uma pequena fração de um determinado processo de análise, ao juntar tudo teremos o que pode parecer raciocínio lógico.

Por exemplo, um site fornece a condição da meteorologia para um determinado local. Outro site fornece o mapa da região. Outro ainda, fornece dados sobre condição de trânsito. Outro sobre quais estabelecimentos estão naquela zona. Pode-se ter, então, um programa, que vai buscar todos estes fragmentos, para responder a pergunta "Aonde estacionar em caso de chuva". Será uma única pergunta, envolvendo diversos computadores.

Multiplique isto pela disponibilidade de milhões de computadores em rede, rodando milhões de programas deste tipo, capazes, cada um, de solucionar uma questão básica. O conjunto resultante será capaz de fornecer resultados bastante próximos ao do cidadão médio comum.

Lembram do cachorro robot da Sony, o Toy Bot? Ele simula com bastante eficiência um animal de estimação e ainda, podia receber melhorias no seu software. Imagine ligar ele numa rede de processamento como a sugerida acima.

Ficção científica? Não. É só lembrar que muitas decisões em negócios, tem sido feitas automaticamente por programas de computador. Análise de crédito, compra e venda de ações na bolsa, atender clientes em lojas virtuais...

Claro que falta em muitas destas interfaces, um rostinho mais bonito do que aquelas telas com carrinho de compras, mas é só uma questão que o pessoal ainda não se deu muito em conta de melhorar. Felizmente, já existem várias empresas trabalhando nisto e dispondo no mercado, avatars que simulam a expressão humana de alguma maneira.

.'.


Comentário publicado em 10/09/2009 na Revista Info - O Futuro da Inteligência Artificial.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A Pedra USB das Dimensões Impensadas - The USB Stone of Thoughtless Dimensions

A pedra na mesa de seu feliz dono. (The stone on the table of his happy owner.)
A Pedra USB das Dimensões Impensadas

Mais que um objeto, a USB Pet Rock representa a oportunidade de conscientização do espaço-tempo que ocupamos.

E melhor de tudo, oportuniza a reflexão sobre o que fazemos e guardamos.

Ela pode ser tanto aquele backup que nunca foi feito, quanto a expressão simbólica dos conteúdos que mantemos no computador, extraviados ou que simplesmente nunca mais serão necessários.

O que guardamos de nossa vidas senão as lembranças. Por isto, uma pedra arredondada, nos lembra para não ficarmos parados, criando limo.

A cada novo lar, uma mudança de paradigma.

A cada paradigma, o contato com os mistérios da vida.



(English)

The USB Stone of Thoughtless Dimensions
 
The stone on the table of his happy owner.
More than an object, USB Pet Rock represents the space-time awareness opportunity that we occupy.

Best of all, it gives us the opportunity to reflect on what we do and keep.

It can be both the backup that was never done, and the symbolic expression of the contents that we keep on the computer, lost or simply never needed again.

What we keep from our lives other than the memories. Therefore, a rounded stone reminds us not to stand still, creating silt.

With each new home, a paradigm shift.

To each paradigm, contact with the mysteries of life.


P+
11/11/2010
.'.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Se Cuidar Para Quê? 15 Hábitos Para Ferrar Com Sua Vida

Como se ferrar no computador. Ou melhor, se despreocupe, é só um trem vindo para cima de você.

Atenção: Isto é uma paródia! Leia por sua conta e risco! Não sugiro em hipótese alguma que realize o que se diz abaixo.

A vida toda, as pessoas dizem para você fazer isto e aquilo, proteger o computador, não falar com estranhos, não transar no primeiro encontro, não comer melancia com leite,  etc, etc... E dizem que é tudo para o SEU bem! Se querem tanto o meu bem porque não recebo presentes, dinheiro, ouro, incenso e mirra todo tempo? (risos)

Então, aproveitando uma idéia ao ler matéria do Christopher Null, da PC World EUA, vou  falar o contrário, que é um pouco daquilo do que um bom relaxado e preguiçoso gostaria mesmo de ouvir.

Sim, porque se pensarmos um pouco, a informática é uma das áreas com a maior quantidade de complexos de culpa que existe. Parece a apologia da gordura: "Tudo engorda!" Mas sabe-se que a culpa de comer acaba engordando mais ainda, muitas e muitas vezes.

Então, para seu deleite e pensando no seu bem, aqui estão 15 hábitos para ferrar com sua vida no mundo da tecnologia.




1. Não use software de segurança

Não use nada de antivirus, antispyware, antimalware, anti-isto e anti-aquilo.Você não entende mesmo aquela tralha toda.

Não contrate nem pague nenhum serviço de proteção de vírus para seu provedor de internet.

Se tiver, desative o Firewal.

Seu computador vai rodar muito mais rápido sem esta tralha toda.

Você não vai esperar mais tanto tempo para ligar a máquina.

Vai economizar dinheiro que você pagaria por isto tudo.

Se você tem carro, também não precisa trocar o óleo do carro. Nunca.

2. Não faça backup de seu computador

Fazer backup (cópia de segurança) é uma total inutilidade.

Você perde tempo.

Você nunca sabe aonde está aquela versão antiga.

Todo mundo sabe que quando se precisa nunca tem backup.

Economize tempo, dinheiro e muito espaço no seu disco sem juntar este monte de porcaria.



3. Não tenha backups noutro lugar.

Se você não faz backup, não precisa ter cópia noutro lugar né?

Economize mais tempo, mais espaço.

Evite de se chatear com aquele seu amigo que também não vai saber aonde está o tal de backup.

4. Aproveite as propagandas (SPAM)

Se a propaganda chegou até você de graça, é porque algum gênio supremo da humanidade sabe que alguém tão genial como ele (no caso, você) estará interessado no produto.

Então aproveite que chegou de graça até suas mãos as melhores dicas de aonde conseguir produtos de seu interesse ou para conhecer outras coisas novas.

Se você não quiser mais a mensagem, sempre tem um link para clicar e remover. Viu como é fácil?

5. Não desligue seu notebook

Desligar prá quê? Os caras fazem um computador portátil e dizem que você não pode usar ele desta forma?

Olha, computador de mesa é uma coisa diferente, tem aquele gabinete enorme.

Notebook é portátil, então leve para todo lugar e use a vontade. Caminhando, correndo, no carro, ônibus, motocicleta, pendurado num braço só ou enquanto pratica arborismo.

Se o notebook der problema só por causa de uma balançadinha, você vai saber que aquela marca é uma porcaria e que você pode falar mal a vontade do fabricante.

Aproveite seu notebook com alegria. Ele está a seu serviço e não o contrário. Não tem nada mais divertido do que Twittar ao vivo no seu notebook enquanto passeia de buggie nas dunas lá do nordeste ou sacudindo bastante nas esburacadas estradas e ruas que tem por aí...

6.  Imprima tudo

Use sua impressora sim!

Se computador fosse seguro para se guardar alguma coisa, não iriam te dizer para usar programas de segurança, programas de backup, etc.

Até evitar de deixar a maldita máquina ligada eles te dizem!

O papel é sua segurança e garantia das suas coisas bem a vista.

E se a porcaria do computador pifar, você sabe que todos seus dados estão ali.

7. Notebook na cama é bom sim.

Aquele calor que sai debaixo do notebook é ótimo para manter suas cobertas quentinhas.

Se esquentar demais é porque é uma porcaria. E pode fazer mal aos seus genitais. É provado que os testículos não funcionam direito por causa disto. Mas deve ser bom para as mulheres que seguidamente tem que fazer escalda-pés por causa da friagem.

E se a porcaria do notebook queimar, é porque é uma porcaria mesmo e foi mal projetado.

Como é que o fabricante te vende um computador portátil que só pode ser usado em cima de uma mesa em condições especiais? Então que inventem um notebook que tenha uma sala de ar-condicionado portátil.

8. Deixe o notebook no carro e aonde quiser

O notebook é seu, quem disse que não pode deixar no carro?

Se os ladrões virem o notebook no banco e quebrarem o vidro, é por que o carro é uma porcaria!

Todo mundo sabe que pessoas andam de carro e colocam suas coisas de valor dentro da porcaria do carro!

Então se o fabricante te vende um carro que tem vidros que qualquer trombadinha quebra, é porque o carro só pode ser uma porcaria!

E se levarem aquela porcaria de notebook que esquenta demais e não funciona se ficar ligado quando você precisaria dele andando, estão te fazendo um favor! E de quebra, aproveite para trocar a porcaria do carro que tem aquela porcaria de janela tão fácil de arrombar.

9. Use um endereço de e-mail fixo

Use só um endereço de e-mail.

Prá que ter vários endereços alternativos ou descartáveis, se você vai ter que perder tempo da mesma maneira checando todos eles?

Olha, vai ter SPAM em todos eles de qualquer jeito.

E se aquela paquera da balada finalmente encontrar o endereço de e-mail que tu deixou e resolver te escrever com todo carinho, paixão e saudade justamente quando você também está bem carente? Num maldito e-mail descartável você perderia esta!

E-mail único vai simplificar sua vida!

10. Guarde todos os seus e-mails. Sim!

Seus e-mails são a base para sua autobiografia, dia a dia, naturalmente organizado.

Guarde tudo e não desperdice seu tempo tentando usar alguma classificação. Estas classificações mudam a todo tempo.

11. Não perca tempo com os atalhos de teclado

Atalho de teclado são aquelas malditas combinações de teclas que os nerds adoram.

Mas se tem os ícones (aqueles desenhinhos) com as opções para fazer a mesma coisa, só apontando com o mouse, prá que tanto atalho?

Vou contar a verdade: todo programa tem dúzias e dúzias de atalhos, a maioria inúteis. Aliás, atalhos de teclado são como a maioria daqueles estúpidos botões em controle remoto de televisor. Prá que tanto botão? Isto só serve para garantir o emprego do amiguinho nerd de alguém na fábrica, ou para te empurrarem mais coisas, como um curso para aprender a usar a porcaria dos atalhos.

Sabe quanto dinheiro as fábricas de TV faturam vendendo milhões e milhões de "botões" inúteis nos seus controles remotos? Tudo que vem ali é você quem paga, mesmo que nunca vá usar. E o amigo que tem a fábrica que fornece os botõezinhos fatura as suas custas, entre outras coisas. Já ouviu falar da Teoria da Conspiração?

Com computador é a mesma coisa. Vem um MONTE de porcaria e um MONTE de umas porcarias de atalhos de teclado que ninguém nem sabe que existe.  Mas que você tem que pagar por eles, mesmo que só use os ícones que estão na tela.

Esqueça os atalhos e use só os ícones e menus. Você vai ficar mais relaxado.

E pressa também prá quê? Quem tem de ser rápido é o computador, não você. E se o computador não é rápido você já sabe que está na hora de trocar por algo decente.

12. Instale tudo que quiser

Se você instalou é porque precisa. PONTO.

Se a porcaria do computador ficou lento é porque o computador é uma porcaria ou você precisa de um computador maior. PONTO.

Você já tem o maior computador e ainda assim está lento? Então agora você sabe que tem a maior porcaria!

De que adianta você ter um computador se não pode botar tudo que quer lá dentro? É que nem ter namorada/namorado cheio de frescuras que não te deixa satisfazer suas vontades naturais.

Convenhamos, computador fresco já é demais!



13. Salve arquivos no computador

Você gastou um monte de dinheiro num computador para ele organizar sua vida e te dizem que é você quem tem de fazer a organização? E isto porque a porcaria do computador vai esculhambar tudo e você não achar seus arquivos? Tão gozando com sua cara!

Salve sim tudo no computador e o computador que se vire!!!

Todos fabricantes anuncia a cada nova versão sobre as grandes facilidades para indexação automática, localização de conteúdo, etc, etc, etc Não é???? Como é que então depois vem dizer que VOCÊ (seu otário) é quem tem de organizar?

É que nem contratar uma doméstica, carteira assinada, tudo certinho e descobre que ela só aceita a louça se já estiver limpa, a casa sempre em ordem... então você contratou uma funcionária prá quê?

Prá que você vai jogar dinheiro no lixo numa porcaria de computador se a porcaria do computador NÃO SABE nem onde colocar seus documentos?

Vá simplificar sua vida!

Tá vendo porque é melhor imprimir tudo? Já que você mesmo vai ter que organizar as suas coisas, então é melhor estar no papel porque quando você precisa de algo, não vai precisar ligar a porcaria do computador!

Você além de tudo, vai economizar tempo, dinheiro e energia elétrica.

14. Use senha única

É um saco lembrar todas aquelas senhas, por isto que quase todo mundo tem um papel anotado colado na tela do computador né?

E todo mundo sabe que estes sites todos que você se cadastra, sites de relacionamento, sites de vendas, sites disto e daquilo, todos eles volta e meia aparecem nos jornais porque vazaram informações das pessoas na rede!

E isto acontece muitas vezes de propósito, porque a tal de "política de privacidade" é mudada a toda hora. Ou simplesmente (o que é bem comum), os caras vendem o teu cadastro na maior cara de pau e depois ficam fazendo discursinho hipócrita. É só olhar a quantidade de empresas de propaganda oficiais que vendem serviços de propaganda dirigida sob os auspícios destes sites todos. E depois dizem que é VOCÊ (seu otário) que tem de ter dúzias de e-mails alternativos, dúzias de senhas, dúzias disto e daquilo, porque é VOCÊ quem paga por tudo. Não eles.

Use uma única senha. Quem tem de cuidar da sua segurança deveriam ser eles, os que estão por trás de tudo. Lembra que falei da Teoria da Conspiração? Está começando a perceber o que as forças ocultas querem fazer?

Se eles se preocupassem realmente com você, eles mesmo jamais deixariam virus de computador circulando, nem espiões, nem esta bosta toda que vai entupindo a porcaria do teu computador até você ter que comprar outro computador maior que não consegue nem se proteger sózinho.

Sabe, é tipo você comprar um grande cão de guarda para descobrir que tem que contratar junto uma empresa de vigilância 24 horas, com monitoração por satélite e serviço de recuperação em caso de roubo... eiii, isto não é o serviço da polícia?

Use senha única e simplifique sua vida. Quem tem de cuidar de você são todos os fabricantes e fornecedores, afinal, VOCÊ (seu otário) é quem paga todos eles.

15. Não bote senha no celular, smartphone, etc


Você paga um fortuna por uma porcaria destas e o fabricante não coloca NEM uma identificação do proprietário? Esta porcaria tem câmera prá que se não reconhece nem a cara do dono???

Se a porcaria do aparelho não te reconhece, nem merece que você tenha MAIS UMA PORCARIA DE SENHA para se lembrar.

É só. Terminou.

Agora que você sabe como se ferrar e por acaso acha que é melhor se proteger e ter mais tranquilidade, então leia o artigo da ComputerWorld: Os 15 hábitos tecnológicos que você deve evitar

E que o Grande Irmão.'. nos proteja!

.'.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...