English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Consciência. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Consciência. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Como Funciona A Amarração na Goetia e Noutras Magias?

Where is the love? (Onde está o Amor?)
Photo: Draysen - France
Note for english readers: Article about love binding. The word "amarração" is used meaning "tying" someone.



Aviso inicial: Se você chegou nesse artigo apenas querendo saber preço para "amarração" sem consulta, sugiro que faça uma pausa pessoal, respire e tente pensar que existem tantas coisas que talvez não tenha percebido e até encontrar soluções melhores.
Eu não faço magia as cegas, tenho minha ética pessoal e muito menos sou como alguns por aí que dizem fazer qualquer coisa oferecendo "milagres".
Eu só vou fazer algo conforme considere adequado para a pessoa pois de nada adianta ser omisso e fazer qualquer coisa em troca de dinheiro quando o trabalho não tem possibilidade ou vai até poderia piorar muito a situação da pessoa.

Certamente fique a vontade para procurar qualquer outra opinião que seja conveniente para você.
Não sou nenhuma Lei Universal e não pretendo isso.

Não estarei julgando você por fazer tal pedido, apenas vou analisar o necessário, apresentar orientações e explicar o tanto quanto possível a situação para de forma clara e sem prometer milagres que não existem sugerir que tipo de ação poderei realizar a respeito. Um simples motivo pelo qual prefiro as consultas por e-mail pois o que eu apresentar estará registrado por escrito, coisa que poucos fazem.



Eu pessoalmente prefiro primeiro de tudo a abordagem de "harmonizar relacionamento" e vou repetir isso bem mais abaixo.
Na maior parte das vezes o que é necessário é apenas limpar energias, ter orientações para uma vida melhor.
Só depois vamos para as atividades de lidar com energias maiores que envolvem mexer com a cabeça de outras pessoas.

A pergunta é se funciona. Sim, pode funcionar. Mas você pode pagar por isso? Não falo apenas de muito dinheiro, mas de todas as consequências!



Existe Magia de Amarração baratinha?

Sim, existem.
Papai Noel também existe.
Vou insistir que é muito mais barato trabalhar para "harmonizar um casal", até mesmo realizar aberturas de caminho, etc. do que lidar com energias de força bruta que precisam de muitos recursos e são perigosas de usar. 
No final do artigo cito alguns problemas que certas soluções aparentemente "fáceis" facilmente podem causar e vão ser as mais caras de todas para se limpar depois e conseguir ajeitar a pessoa novamente.
São as que mais causam problemas sempre.


Quem procura a amarração? Por que?

Infelizmente algumas coisas são comuns entre quem procura logo de cara por "amarração".


Noutro artigo sobre Goetia (leitura recomendada) já comento e isso vale para qualquer tipo de procura por serviços de magia:

De uma maneira geral, observamos as pessoas em três aspectos: 

  1. "O quê" buscam.
  2. "Como" buscam.
  3. Como "pretendem" conseguir isto.
(não vou colar o texto do artigo citado logo acima pois é bem extenso).

Não faço magia sem consulta e em hipótese alguma vou citar preço sem saber aonde poderei estar entrando.
É bem simples. Não sei quem é você, qual é a verdadeira situação nem os envolvidos. 
Mesmo que eu tenha minha "visão interior" desenvolvida e já tenha minha percepção no ato sobre sua situação, eu preciso detalhar tanto para mim quanto para esclarecer isso para você.  Orientar e explicar o que está havendo. Tem outros motivos que vou citar mais abaixo que nos obrigam a ter uma prevenção a respeito de quem nos procura.
E nenhum magista sério vai realizar algo em magia sem consulta formal para analisar a situação.

Vou repetir uma citação minha:
Entenda que a consulta é para analisar a situação, portanto:
Quando você analisa a situação, isso já é parte da solução também pois assim terá mais clareza do que precisa ser feito.


Não existe uma formula padrão para este tipo de magia. 

Certamente cada magista/sacerdote tem suas práticas e varia muito a experiência e conhecimento de cada um para utilizar até mesmo áreas diferentes sem estar preso nalgum sistema ou religião.
Assim alguns certamente usarão as únicas práticas que conhecem e se trabalham bem, sem problema quanto a isso. Cada um com suas ferramentas.
Entenda que não existe uma fórmula padrão. Cada caso é diferente. Quem oferece apenas a mesma opção, o mesmo ritual para todo mundo, certamente não será capaz de cobrir todas variações.  Vou repetir isso mais adiante.
Assim, para constar como cito na minha apresentação pessoal, tenho formação de décadas em muitas áreas, Bruxaria, Paganismo, Candomblé, linhas Orientais, Magia Cerimonial (Goetia, Angélica, etc). E mais toda minha vivência pessoal indo a fundo em tantas áreas e situações que poucos conheceram. Certamente não estou limitado a uma única área ou formula.

Enfatizando: eu entendo que para cada caso existem diferentes espíritos, maneiras variadas de agir e quantas etapas serão necessárias em relação à questão e tenho visão e prática em muitas destas.
Não existe um sistema melhor ou pior. O que existem são maneiras que sejam adequadas a cada caso.



Alguns dos problemas típicos que precisamos lidar com as pessoas que nos procuram:

Quem me procura ou a outros colegas avançados normalmente já passou por tantos outros.
Raramente somos a primeira opção.
Primeiro as pessoas vão seguir palpites de conhecidos, pesquisar aleatoriamente.
E claro, é comum primeiro buscarem as opções baratinhas, as ofertas milagrosas.
Mas também tem os que desde o início já tentam conseguir vantagens.
Um simples motivo para o que cito abaixo ser de conhecimento dos mais experientes.


A lista é situações problemáticas causadas pelas próprias pessoas que nos procuram.
Certamente tantos outros agem de boa fé e obviamente não se enquadram nos casos citados.
Mesmo assim, a lista não é completa, são algumas das coisas negativas que notamos com muita frequência nas pessoas.
Entre magistas avançados isso é até comentado de forma bem humorada pois as pessoas pensam que não estamos vendo todos esses aspectos.
Entendemos é claro que a vida humana comum tem essas situações, por isso repito sobre a necessidade de consulta para aconselhamento antes de tudo e assim evitar ser apenas mais um repetindo coisas que enxergamos toda semana.

Entenda que ao procurar um magista, feiticeiro ou sacerdote de nível avançado este vai ter uma visão maior das coisas então tantas vezes sabemos antecipadamente o que realmente acontece mas precisamos explorar algumas coisas mais e também que a própria pessoa se dê por conta de que estamos enxergando bem além do que ela percebe no momento.
Entendam que não estamos emocionalmente envolvidos também. 

Assim facilmente notamos coisas do tipo:
  • Não leem nem ouvem o que dizemos. Inclusive a mensagem desse artigo. A maioria que está lendo esse artigo está procurando onde está escrito "resultado garantido" e o "preço". É triste mas é a realidade. 
  • Procuram por magia de amarração como se estivessem comprando sabão no supermercado. Acham que é tudo parecido. Limpar roupa suja de terra ou graxa é bem diferente. E sabão não vai consertar roupas rasgadas! Uhm? Percebe a comparação? 
  • Discordam de imediato se a resposta for diferente de "Sim". É o caso desse artigo que discorda de posições pré-formadas pois não oferece milagres fáceis.
  • Não querem realmente resolver seu problema de relacionamento principalmente quando elas não querem mudar a si próprias.
  • Não querem entender que existem dois lados numa relação e pensam ser os donos da verdade. 
  • Já têm uma imagem fixa do resultado que desejam e não cogitam ter a mesma coisa com uma roupagem diferente.  
  • Querem saber imediatamente quanto tempo vai demorar. Se for mais de um ou dois dias já acham demais. Risos.
  • Oportunistas. Não precisaria explicar mas existem aqueles que só querem se dar bem.
  • Muitos mentem descaradamente sobre a situação. Querem mentir para um feiticeiro e acham que não enxergo?
  • Tantos estão em busca de vingança mas pedem por "Amor" e alguns até choram para valer o que é muito cômico se não fosse ridículo e até trágico.
  • Boa parte é só por sexo ou interesse financeiro. Aliás, as duas maiores causas.
  • Não querem fazer consulta por pura mesquinharia, mesmo que fosse para apresentar soluções melhores e mais fáceis para a mesma coisa.No mínimo da minha parte vão ter um amplo aconselhamento e análise de possibilidades reais.
  • Se fazem de vitimas. São todas "coitadinhas".Por mais que tenham elas mesmas causado os problemas.
  • Citam filhos como desculpa. Isso é horrível. Na maioria das vezes estão preocupadas apenas com sua própria luxúria ou ganância e não com as crianças que são apenas vítimas disso. Opinião pessoal aqui, mas considero uma profunda mesquinharia.
  • Passaram por tudo quanto é terreira, bruxo, simpatias, etc. que encontraram. O que piorou muito a situação em 100% das vezes.
  • Querem respostas "convenientes" e se ofendem com a verdade. Ou seja, querem que a gente concorde com elas por mais erradas que estejam. 
  • Em público colocam mensagens como sendo inocentes porém em privado são até muito rudes querendo exigir milagres. Sei bem o festival de grosserias que me dizem.
  • Não respeitam as operações de magia feitas nem prazos e rapidamente vão fazer qualquer outra coisa de magia noutro lugar, arruinando todo trabalho em andamento. Obviamente cancelo meu trabalho no ato nesses casos. Não tenho obrigação nenhuma de arrumar o que a pessoa destruir novamente depois.
  • Alguns pulam em cima do "alvo" poucas horas depois para ver se "já teve resultado" e novamente piorando mais ainda a situação. Isso infelizmente é muito comum.
  • Repetindo, não reconhecem os próprios erros pois acham que apenas o "alvo" é quem está errado. 
  • Prontamente acreditam em qualquer charlatão que diga garantir resultado. Na prática são suas merecidas vítimas. Para cada charlatão existem dúzias e até centenas de pessoas que buscam justamente suas promessas milagrosas. Repito, algumas vão de boa fé, mas para muitos é um bom castigo. 
  • Tentam provocar brigas entre sacerdotes/magistas/bruxos, incluindo fazer fofocas ou falando mal em público achando que vão se livrar de algum problema que elas mesmas criaram. Incluindo terem deixado de pagar por um serviço corretamente realizado mas não gostaram de receber um resultado verdadeiro mas que não era exatamente o que esperavam.
  • Não tem comprometimento com o que estão fazendo. Tendem a ser mais desregrados e deixam de cumprir compromissos ou fazer o mais básico que deveriam fazer por si mesmo e tentam culpar quem ajudou. 
  • Repito: pensam que não precisam mudar a si próprios. Na verdade isso é falta de "pensar".
  • Não valorizam o que recebem. Mesmo que seja apenas uma orientação clara e sincera facilmente poderão se mostrar mal agradecidas.
  • Ansiedade extrema: querem atenção total a qualquer hora do dia ou da noite. Acham que não temos vida pessoal, não precisamos dormir e nem que tenham que pagar por isso.
  • Abusam do atendimento. Novamente, acham que temos todo tempo do mundo e que não precisam pagar por isso. Quem já recebeu ligação a cobrar as 4h da madrugada de alguém na balada porque enxergou o "Ex" sabe do que falo.
  • Pensam que tudo é igual. Comparam magistas de alto nível com picareta de fundo de quintal. Ou que as muitas áreas de magia são tudo "macumba". Questionam consultas sérias comparando com as palavras fáceis de qualquer um. É um motivo pelo qual esse artigo ficou grande e os que estão citados ao final são realmente grandes. Trazem muita informação pois são para esclarecer o assunto nas suas muitas facetas. Novamente recomendo que leiam esses artigos e deixem de ser "merecidas vítimas".
  • Tentam esconder quem é o "alvo" na verdade. Pensem nisso: e se o alvo for um Pai-de-santo ou um feiticeiro? Ou um grande empresário, alguém com recursos para se proteger com magia séria? Acham que não vamos sofrer retaliação se ajudarmos e tentam novamente nos colocar numa briga muito séria. E muitos na verdade já estão sofrendo represálias e tentam nos jogar dentro de uma briga muito séria achando que vão se livrar facilmente dos problemas que causaram. 
  • Estão prontos a gastar fortunas com qualquer um que concorde facilmente com eles mas quando se dão conta que estão no caminho errado querem que solucionemos o problema todo de graça novamente se fazendo de coitadinhos. Para piorar, na maioria das vezes estarão ao mesmo tempo prontos a gastar novamente grandes somas com outro espertalhão e suas palavras fáceis. 
  • Abandonam o que fizemos logo em seguida, buscam outra alternativa pensando ser mais rápida e pioram ainda mais a coisa. E retornam querendo continuar como se não houvesse mudado nada. Na verdade multiplicaram os problemas e não querem pagar por isso. 
  • Alguns pedem amarração por um desejo fútil, algo apenas imediato. Desistem logo em seguida mas esquecem de pedir que a operação seja interrompida e a magia continua ativa. Tempos depois o "alvo" aparece e elas não querem mais a situação e vão ter um novo problema tentando se livrar da pessoa. Dependendo do caso, pode ser bem mais difícil afastar a pessoa atraída dessa forma.
  • Alguns querem pagar apenas "após resultados". Pois então que procurem os que oferecem isso. Na maioria das vezes estes de alguma outra maneira pedem coisas de maneira disfarçada e a pessoa acaba pagando muito mais. Cansei de ver isso acontecendo. E é muito mais mesmo. Até sacrificando sua vida pessoal sem ter retorno. Ou acabam ficando anos e anos atreladas nalgum desses daí, tornam-se escravos. E no caso dos demais magistas que são corretos e aceitam receber após resultados, normalmente não recebem nada depois que o problema termina e são esquecidos ou até são ofendidos.
  • Coloco essa por último apesar de que deveria ser uma das primeiras da lista. Algumas vezes as pessoas precisam de terapia. Seja nas linhas alternativas (autoconhecimento) ou até de um psicólogo ou um psiquiatra para tratar suas neuroses e incapacidade de lidar com perdas.


Como é a tal da Amarração?

Para citar primeiro, temos a magia de atração que tem vários níveis mas basicamente é para abrir caminhos entre as pessoas, tornar-se melhor visto pela outra parte e até já atuar para harmonizar aspectos em comum entre ambos.
Veja, muitas vezes o que um relacionamento precisa é apenas de amizade, compreensão mútua, participar e entender o outro. Isso tantas vezes seria resolvido apenas com aconselhamento. Ou seja, boa parte das vezes as situações seriam resolvidas apenas com uma consulta séria para orientação. Mesmo que seja o caso de sugerir que a pessoa procure o serviço profissional de um psicólogo.



Quanto a amarração, essa é um tipo de magia para dominar outra pessoa.
Amarrar, prender.

Daí o nome: "amarração". É para prender uma pessoa na outra.

E isso vai afetar os dois lados. Na verdade ambos ficam presos e tudo o mais pode parar nas suas vidas porque estão amarrados.

Pense nisso. Quem pede também vai ficar preso e também não vai mais poder se livrar tão fácil quando se arrepender do que fez ou perceber que isso trouxe outros problemas.

Já citado acima, uma situação que as vezes acontece é quem pediu ter seguido noutra direção, ou era apenas uma futilidade e perdeu o interesse. Só que então se vê as voltas com seu antigo "alvo" que retorna e em certas áreas de magia/religião pode ser bem complicado tentar desfazer a coisa toda.


Outra que ocorre é tempos depois quem pediu se arrepende e vai descobrir que não vai conseguir se livrar tão fácil pois também está amarrada!

Seja atração ou amarração, certamente não é uma atividade que vá ser feita com elementos mais sutis, usar apenas coisas mais leves como Cristais cor-de-rosa e pedidos para as "fadinhas do Amor" que são coisas até bem inocentes e muito básicas. Isso poderia funcionar para algo muito básico mas não quando é preciso de maior força. 


A magia de amarração funciona na Goetia da mesma maneira que nas outras áreas de magia e religiões como as de matriz africana populares em nosso país. 

Não existe uma área que seja melhor ou mais poderosa. Mas existem diferenças no como isso vai atuar com toda certeza. 


As vezes a magia é solicitada quando ambos já tem um relacionamento, porém uma das partes sente-se insegura e quer garantir a ligação.
Noutras vezes existe infidelidade. Ou é apenas por ciúmes mesmo sem justificativa.

Vou repetir a frase que postei ao início: eu pessoalmente prefiro primeiro de tudo a abordagem de "harmonizar relacionamento". Fortalecer os bons aspectos, trabalhar para solucionar os aspectos negativos. E muitas vezes isso apenas necessita de orientação e aconselhamento, lidar com aspectos pessoais. Noutros casos realmente espíritos sejam dæmons ou anjos vão ajudar.




Humor: uma das únicas maneiras garantidas. Risos... .
(English:I bring you the loved one under beating...)


O problema é quando apenas um dos lados quer e o outro não. Aí lamento, mas aquela coisa popular de “trazer a pessoa amada na marra” na maioria das vezes não funciona.
Infelizmente tantos abusam do desespero das pessoas para suas práticas sórdidas em busca de dinheiro sujo.

Boa parte senão a ampla maioria das pessoas que vão atrás de "amarração" como um recurso milagroso, estão apenas desesperadas e desejam ter a posse, a propriedade sobre outra pessoa. Uma mistura de conflito emocional e mental.



Quer mesmo? Tu pode com isso?

Ok, quer dominar alguém na marra, possuir a pessoa? Podemos ajudar nisso.
Mas você pode pagar? Vai custar muito caro!
Falo sério.
Lamento para os que vão ser os coitadinhos, mas magia de amarração nunca é baratinha.
As áreas de magia pesada é para quem pode realmente pagar.
Vou ser claro: não é para quem apenas "quer", é para quem "pode".
Temos recursos a serem usados mas que para nós também representam trabalho muito duro então não pense que isso vai custar barato.

E por isso repito sobre a importância da consulta.

Na maneira que trabalho vou procurar apresentar sugestões e tantas coisas que a própria pessoa pode fazer por si mesma. Será uma boa orientação e também uma grande economia.
Algo que repito com frequencia, pois só faço magia se eu achar realmente necessário, é que boa parte dos problemas das pessoas se resolvem com orientação, banhos de ervas e até orações que a própria pessoa pode fazer e estarei indicando isso tudo.
Eu não quero escravos!

Se a própria pessoa pode fazer por si mesma eu fico muito satisfeito!
Prefiro fazer menos rituais para clientes, que certamente me renderiam um certo valor, mas fazer isso apenas quando eu acredito que realmente é necessário. Não gosto de fazer magia por futilidade e muito menos para fazer uns trocados em cima da ansiedade de alguém. Sei quantas vezes isso acontece todos meses.


Magia de alto nível custa muito caro. Lidamos com energias poderosas mas muito perigosas também.
"Os dæmons da Goetia são poderosos mas perigosos. 
São perigosos porque são poderosos." 

E mesmo assim, ninguém pode garantir resultados.
Toda operação de magia envolve uma negociação com os espíritos que terão seus modos de atuar, poderão não aceitar a situação ou vão propor alternativas que precisam ser analisadas e negociadas. Um simples motivo pelo qual em magia como a Goetia dificilmente se obtém exatamente o que foi pedido. É uma grande negociação com espíritos milenares.

Mas para qualquer área, entendam que ninguém pode assegurar resultados em magia. Quem disser tal coisa apenas está atrás do seu dinheiro. Opinião minha e de 100% de todos magistas sérios que conheço, incluindo os maiores autores na área.

Em magia você não está comprando Aspirina, algo que todo mundo sabe que não resolve tudo.
Um médico vai fazer o possível em favor de seu paciente, mas não pode garantir a cura. Um advogado não pode garantir a vitória perante o juiz.
Então, o que vamos fazer é usar o melhor de nossa experiência mas isso vai até a realização dos rituais. A partir daí apenas vamos acompanhar o andamento da operação.

Seja o que for realizado em seu favor, isso terá que ter esclarecimento também. Não se trata de simplesmente "não funcionar". A situação e os resultados que vão ocorrer terão que trazer a informação sobre o que realmente está ocorrendo ou o que foi possível. Por isso obviamente já incluo consultas para acompanhamento.
Será um aprendizado muito sério.
As operações em magia precisam de acompanhamento e também se for o caso de renovação após um certo período nunca maior que um mês.
Entenda que essas operações podem demorar de poucas semanas até meses. Alguns citam prazos de 2 semanas até quase um ano se valer a pena. Mas repito, após cada mês é necessário fazer reforços e consultas para acompanhamento. Tudo isso é trabalho e vai ter custo.

E pessoalmente no caso de busca de atração amorosa ou amarração, acho que após três meses quem pediu também já estará em sofrimento maior, precisando de apoio emocional ou até considerar se vale a pena continuar ou se render, desistir e seguir para uma vida nova, conhecer outra pessoa.
Nem todos vão ter a disciplina e paciência necessárias.
Tudo isso vai ter custo, bastante trabalho e paciência da nossa parte para lidar com alguém que estará ansioso e até tentando fazer outras coisas que vão atrapalhar.

Então entenda que se é você quem quer, é você quem tem de pagar para ver e aprender. Mas não espere valores pequenos em troca de muito trabalho.

Vejo por aí pessoas oferecendo coisas nessa área por valores tão baixos que é óbvio que a coisa não está correta. Cobrar o valor de uma uma pizza para evocar espíritos poderosos e perigosos para trazer um amor de volta? Quem acredita nisso? Infelizmente muitos.
Noutro extremo alguns pedem o valor de um automóvel 0Km. Porém em ambos os casos falam de resultados garantidos. Não acredito em nenhum dos casos e repito que ninguém pode garantir resultados.
A pessoa que pede o valor de um automóvel poderá realmente estar lidando com espíritos muito perigosos, mas ainda assim, o "alvo" poderá resistir contra isso.
Novamente a razão da consulta para avaliar. Eu não posso citar valores sem saber o tamanho real do problema, o quanto precisa ser feito.
E enfatizando: não existe uma fórmula padrão. Cada caso é diferente. Quem oferece apenas a mesma opção certamente não será capaz de cobrir todas variações.




Amarração não tem nada a ver com Amor. Se houver real interesse sexual ou alguma outra afinidades, e certamente espíritos que apontem essa possibilidade aí sim já temos algo com que trabalhar.
Mas sem nada disso, ainda é até possível usando energias muito trevosas. Porém entenda que isso tecnicamente é estupro. E mesmo que a pessoa venha nessa condição, sem reação contra você, ela vai sentir-se sem forças para lutar por ser espiritual, mental e fisicamente estuprada.


Repito, precisa haver alguma ligação entre as duas pessoas e da mesma forma espíritos que indiquem a possibilidade de trabalhar para isso.
E também entenda que certos espíritos vão aceitar a tarefa mas na prática não vão realizá-la completamente ou apenas vão mostrar que não é possível. E existem os muitos espíritos oportunistas, que apenas vão pedir mais e mais "oferendas" vampirizando a pessoa.


Casal harmonizado. Mas lamento geralmente não vai ser assim com amarração.


Vai durar?

Mesmo que exista alguma afinidade isso poderá as vezes resultar apenas em algo temporário. Geralmente apenas havia algum resquício de interesse sexual, financeiro, compaixão, etc. 
Lamento, mas casos de resultados temporários acontecem aos montes. Os espíritos apenas usaram o que havia de possível para trazer um resultado rápido. 

Você jamais vai receber um resultado do tipo "Amor de Almas Gêmeas" através de amarração.  

Por isso falo de novo sobre o quanto melhor é pensar sobre "harmonização de casal" e aí sim, quando existe algo verdadeiro os resultados certamente serão muito bons e também pessoalmente prefiro trabalhar com os espíritos Angélicos para isso, que buscam a evolução da pessoa. 

Vejo muitos por aí publicando "depoimentos de clientes" que curiosamente são todos parecidos, até com os mesmos erros de português de supostos clientes. Não acredito na maioria destes textos de autopromoção.

Também é comum quem pediu não saber usar a oportunidade para realizar algo mais duradouro. 

Amarração não mantém junto e tantas vezes precisa ser constantemente renovada ou pode ter sido feita com entidades que vão pedir mais e mais oferendas e até vão criar problemas para forçar isso.



Outra situação é quando o alvo é casado ou comprometido com outro alguém. Ou então é um Ex que já seguiu adiante para outro relacionamento.
Nesse caso primeiro temos que destruir o relacionamento atual daquela pessoa. É a destruição de casal. Depois limpar toda bagunça resultante e só então trabalhar para tentar criar laços com quem pediu a coisa toda.


Seja como for, a magia de amarração nunca é só uma única operação de magia.



Existem espíritos que são usados para isto, dæmons e também alguns espíritos do mundo dos mortos e o que vão fazer é até destruir a vida da pessoa, literalmente, e talvez ela apareça de volta já a beira da morte em último desespero tentando escapar da morte certa.
A amarração poderá também ser a destruição da vida de ambos que pode tornar-se um verdadeiro inferno.
Vi muitos casos assim que testemunhei pessoalmente e não é nada agradável de se ver que estão juntos mas em conflito constante.

E lidar com tais espíritos também é muito perigoso e podem voltar-se contra o magista também. Ou seja, caso eu aceite uma coisa destas, só por valores realmente mais altos, exige muito trabalho, pode demorar muito e as chances mesmo assim, muito pequenas, exceto o sofrimento garantido por mais tempo.

Sei que tem os que aceitam fazer qualquer coisa e sou testemunha pessoal de pessoas levadas a sofrimento extremo por muitos anos. Um simples motivo pelo qual eu não vou fazer qualquer coisa. Tenho escrúpulos também.

Repetindo, outra coisa que pode ocorrer e é bastante comum dependendo da situação, é que ocorra uma união que será muito rápida e logo a seguir estarão separados novamente.


A pessoa desejada sumiu depois dos rituais!

Claro, pode simplesmente não funcionar e até mesmo afastar a outra pessoa. 
Quando o "alvo" da operação possui intuição ou algum tipo de proteção espiritual, é comum que a pessoa "sinta" algo como um desconforto ou até passe a simplesmente evitar quem pediu a magia, até manifestando um imenso desagrado em relação a esta.

Nesse caso já é um resultado inteiramente válido pois a magia vai mostrar que a pessoa não quer mesmo! Recomendo seriamente que aceitem isso!

Outra opção seria para tentar fazer a outra pessoa a sentir sua falta, primeiro procurar estimular algo como "sentir saudade", mas geralmente isso é feito através da destruição da vida da pessoa (trabalho, saúde, vida pessoal, etc) que vai sentir-se muito mal se não estiver junto de quem pediu mesmo muito contrariada. Porém se retornar para estar junto, continua sentindo-se mal pois estará ali forçada. 

E repito, tem muitos casos em que a pessoa vai resistir e não vai vir mesmo. E assim vira um inferno para ambos. 

E tem o que chamamos de "alvos teimosos". Por algum motivo, algumas pessoas mesmo tendo suas vidas destruídas parecem ignorar o que está ocorrendo ou simplesmente não são afetadas. É uma situação curiosa, alvo de estudos profundos e mereceu um tópico específico no forum internacional StudioArcanis, atualmente o mais alto grupo de magia prática. O tópico é de magistas avançados debatendo situações extremas. Leia mais em: Handling stubborn targets/difficult victims. (Manipulação de alvos teimosos / vítimas difíceis). 
Antes de pensar que sua tentativa de amarração é difícil, estude o material apresentado ali pois são situações que mesmo os maiores nomes estudam a fundo, de forma objetiva e sem discursos fáceis de alguém se apresentando como sendo poderoso. Repito, ninguém pode assegurar nada. O tópico citado tem relatos práticos extremos de grandes nomes da magia.


Algumas coisas necessárias para isso:  

Já citado acima, deve haver algum tipo de ligação entre as pessoas. 
Deve haver indicação de algum espírito que considere a situação possível. 

Serão necessárias limpezas. Certamente a energia pessoal das pessoas precisa ter seu equilíbrio restaurado pois a situação atraiu energias negativas e também porque é comum que tenham sido feitas outras operações de magia ou as famosas simpatias que só pioraram a coisa toda. Isso tudo precisa ser desfeito e poderá envolver magias pesadas para remover energias parasitas e abrir caminhos novamente para só então ser possível iniciar os trabalhos de atração ou amarração.

Caso ocorra resultado a pessoa que pediu deverá trabalhar para preservar e fortalecer a relação pelos seus próprios méritos pessoais. 
De acordo com o caso serão necessárias renovações periódicas da operação. 

Sugere-se também trabalhar com outros espíritos para favorecer os aspectos positivos como harmonia, comunicação, amizade, etc. 



E como a pessoa vai ficar? Resultados.

Bem, se for na situação que citei ao início, de trabalhar com "harmonização de casal", certamente o resultado será de resgatar a união e os bons aspectos e o resultado será bem luminoso para ambos porém isso também estará visando a evolução de cada um então algumas coisas provavelmente mudarão mas para melhor. 


Se for apenas uma magia de atração, será o caso da pessoa ser estimulada a ter interesse nalguma aspecto, seja sexo, situação pessoal, curiosidade. Será como algo mais interior, a pessoa apenas sente-se curiosa e predisposta a participar em algo com você.


Mas e na amarração? Se a outra pessoa veio sob dominação dos espíritos o que esperar? 

Uhm? A pessoa vai ser arrastada a força até você e espera que apareça toda linda e sorridente?  

Pouco provável que você tenha um reencontro muito amoroso. Pelo contrário. 


No mínimo ela não vai agir de forma natural. 
Haverá sempre uma falta de espontaneidade, as situações serão até mecânicas e a expressão no rosto será mais fria, nunca veremos um sorriso verdadeiro e faltará aquele brilho nos olhos. 
No fundo a pessoa vai sentir-se desconfortável de alguma maneira, mesmo que não se dê por conta do que está realmente havendo. Sentirá um vazio, estará incomodada.
Outra situação que pode ocorrer é um estado de agitação, stress e até uma irritação permanente. Lembre, a pessoa está ali forçada. Sentimentos de raiva são comuns e até reagirem de forma violenta sendo as brigas bastante comuns. 
Repito, violência doméstica é uma possibilidade bem grande. 
Impotência ou frigidez sexual também poderão ocorrer afetando ambos. 
Também poderá ocorrer do "alvo" perceber que está amarrado, mas não tem forças para reagir ou sequer procurar orientação por causa dos espíritos que estarão atuando para impedir isso. E a pessoa mesmo sem forças, poderá desenvolver sentimentos de repulsa e até ódio. Desenvolver frustração íntima e até entrar em depressão é comum também. 
E os espíritos que foram usados poderão continuar por perto, causando novos problemas e até atraindo outros espíritos oportunistas que vão causar novos problemas. 


Outros problemas possíveis. ALERTA!

Amarração pode ser feita até com feitiços relativamente simples.

Tem amarrações que são bem baratinhas e fáceis de se fazer.
Mas não significa que sejam seguras.
Muitas são publicadas aos montes por aí mas que não esclarecem o tipo de entidade que se lida nem alertam dos problemas que vão certamente causar, mesmo noutras áreas da vida.
E outras também são publicadas de propósito por sacerdotes corruptos que ao lado colocam seu número de telefone "se oferecendo" para ajudar depois as vítimas que obterem dessa maneira.
Solução imediata agora e muitos outros novos problemas bem piores depois parece ser um lema.

Tem alguns feitiços que são bem populares e publicados as dúzias por aí como se fossem inocentes "simpatias de amor".
Mas na prática, tantos podem literalmente explodir na cara de quem pediu e o resultado será ter um espírito obsessor grudado na pessoa e que vai demandar trabalhos mais pesados para afastá-lo.
Mas também muitos outros problemas podem ocorrer depois, semanas ou meses, noutras áreas até completamente diferentes.
Boa parte desses feitiços "supostamente fáceis" lidam com espíritos de mortos que vão se virar contra quem pediu ou estarão presentes na vida de ambos e serão bem difíceis de serem afastados.


Manter ou largar de mão?

Quando espíritos atuam dessa maneira, resultado em troca de sofrimento, acontece o problema de que a pessoa que pediu até perceber o ataque do espírito PORÉM ao mesmo tempo tem medo de perder sua "conquista". A pessoa que pediu tem medo de que se afastar, o espírito vai tirar o que conseguiu, mesmo que isso esteja causando outros tantos problemas.


Outro exemplo clássico é o espírito tentar tomar a situação em seu favor. E no caso de espíritos de mortos, tentará tomar a vida da pessoa, assumindo seu lugar.


Outras situações, já citadas acima mas sempre é bom lembrar:

  • O "alvo" poderá ficar até extremamente violento tentando lutar contra uma situação por sentir-se incomodado, mesmo sem entender o que realmente está acontecendo indo até o nível de brigas e uso de violência.
  • O "alvo" poderá ter sua vida destruída e implorar pela presença de quem pediu. Mas isso poderá ser na UTI do hospital já a beira da morte.
  • E claro, já citado, a pessoa retorna mas muito contrariada e violenta. 
  • Excessos por bebida, drogas e até violência doméstica são comuns.  
  • Frigidez e impotência sexual para ambos. 
  • Presença de espíritos obsessores prejudicando sua vida.

Mas nem tudo é violência. 

O "alvo" pode retornar dócil. Mas vai parecer uma boneca de borracha.
Não reclame da falta de iniciativa da pessoa pois teve sua vontade pessoal destruída.
Não espere um brilho sincero nos olhos nunca.
Frigidez e impotência sexual também são comuns de acontecerem com o alvo portanto a vida sexual não será mais tão prazerosa.



Será que vale a pena?

Quem sou eu para dizer o que é certo ou errado?
Claro que tenho minha opção pessoal.


Pode pagar bem caro por isso? OK, vamos trabalhar. O problema é seu, não meu.

Ou pense em outras possibilidades e novamente falo sobre "harmonizar o casal" e ter uma relação sujeita a todas as demais situações do Universo inclusive descobrir que pode ser feliz sem tanta ansiedade.



P+
15/11/2018


Outros artigos sugeridos: 

.'.


quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Feiticeiros e Magistas, mas uma vida comum

Algumas coisas parecem impossíveis. Ou é apenas a maneira de fazer?
Arte: Impossible nail-through-wood trick - by Steve Ramsey.



Feiticeiros e Magistas, mas uma vida comum

Estava lendo alguns comentários humorísticos num site da internet que se dedica justamente a observar como certas situações na área da magia são realmente engraçados dependendo do ponto de vista e algumas postagens as vezes tem um teor mais crítico ou bem incisivo.
Em todo caso acho interessante lembrar uma coisa absolutamente simples: nós somos pessoas normais e até comuns.
Quer dizer, pelo menos eu certamente me considero uma pessoa bem normal e comum de uma forma geral.
Vejamos, eu tenho todo tipo de problemas que a maioria das pessoas tem, independente do país em que vivem.
Nalguns países existem muito mais problemas é claro, mas de uma forma geral, eu posso afirmar que ter problemas pessoais, familiares, financeiros, sexuais, políticos, saúde ou porque seu time esportivo favorito está perdendo de novo o campeonato, etc. é algo que faz parte de nossa vida humana.
Mas então as pessoas observam que somos praticantes e estudiosos das artes ocultas. Os grandes mistérios e praticamos atividades em magia que podem revelar maravilhas ou nos colocar em contato com algumas coisas horripilantes.
Porém seria isso algo tão diferente assim?
Ter as vezes visões maravilhosas ou enxergar garras monstruosas aparecendo de entre as árvores enquanto caminhamos na rua só porque nos metemos nalguma confusão seria algo tão perturbador assim?
Sim, isso pode acontecer.
E qual é o problema?
Eu sinceramente acho muito mais engraçado as pessoas passarem na frente da banca de jornais e ali estarem estampadas as barbaridades que os políticos fazem! (risos).
Será que lidar com os demônios da Goetia é algo tão terrível assim para sermos até perseguidos as vezes por certas religiões e igrejas enquanto alguns ministros destes mesmos grupos chutam a pontapés um inocente cachorro abandonado na rua só porque estava na porta da igreja deles? E aqui citando uma situação que eu vi pessoalmente e amaldiçoei eles aos gritos no mesmo momento.
E infelizmente algo muito comum são os autoproclamados “muito bons” que encontramos em qualquer área da vida. Apresentam-se superconfiantes, plenamente resolvidos, fazem um marketing incrível sobre si mesmos. Mas é apenas uma máscara, portanto em seu trabalho também falta a verdade.
Mas geralmente nós é quem somos considerados diferentes.
Por ter um interesse por aprender mais sobre esse imenso Universo em que vivemos.
Depois por acreditar que a vida humana é muito mais do que nossos meros problemas comuns.
E aqui de novo, é claro que nós também estamos sujeitos as mesmas Leis Naturais.
A diferença é que não nos conformamos com uma vida limitada.
Aqueles que buscam o aprendizado e a prática das ciências ocultas também estarão vivendo dentro dessa mesma realidade e buscando por mudanças.

P+
17/08/2017
.'.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Os Doze Ciclos da Verdade para que a Paz se Manifeste.




Buscar a verdade sempre.
Arte: Sayoko - Thailand

Os Doze Ciclos da Verdade para que a Paz se Manifeste

Faz tempo que penso em escrever sobre um aspecto citado no livro da Jamie Sams, chamado "As Cartas do Caminho Sagrado" (Ed. Rocco) que além de oráculo considero muito interessante para auto-conhecimento e aprendizado.
Basicamente o livro e suas cartas abordam os ensinamentos de vários povos nativos norte-americanos.
O aspecto que quero citar é da carta "Roda do Arco-Íris", que fala da Unidade e Consciência da Totalidade.




Enquanto eu preparava este material, Brother Moloch publicou um excelente artigo, Lying About the Truth (Mentindo sobre a verdade) onde comenta sobre as mentiras do mundo e como acabam fazendo parte de nossas vidas e a maneira com que lidamos com ela.

Aqui eu quero comentar sobre a busca da verdade como parte de um caminho pessoal.


Os Doze Ciclos da Verdade para que a Paz se manifeste.

A tradução da edição brasileira por uma falha menor de edição infelizmente omite uma destas (realmente está faltando) e por isso cito aqui a versão integral do mesmo, mas extraído de uma entrevista com uma famosa anciã do povo Seneca,  a Vovó Twylah Hurd Nitsch.
"Meu avô me ensinou a seguir os Doze ciclos da verdade e os caminhos da paz para preservar minha totalidade e me ajudar a caminhar em equilíbrio e cumprir a missão da minha vida. Eles são:
1-aprender a Verdade,
2-honrar a Verdade,
3-conhecer a Verdade,
4-ver a Verdade,
5-ouvir a Verdade,
6-falar a Verdade,
7-amar a Verdade,
8-servir a Verdade,
9-viver a Verdade,
10-trabalhar a Verdade,
11-compartilhar a Verdade
12-ser grato pela verdade. O Caminho da Paz está vivendo em harmonia com esta filosofia antiga.

Eu conheci este livro nos anos 90, e como não tinha acesso a edição original, sempre senti falta de mais um aspecto, assim acabei por meditar procurando qual seria a parte faltante e concluí que seria "ser verdadeiro". Veja, isso foi muito antes da Internet e certamente na época eu não iria importar o livro original para conferir isso.
Mas foi um exercício pessoal muito interessante.
E para mim "ser verdadeiro" sempre fez parte da minha índole pessoal. E entendo como isso está contido nos 12 aspectos.

Mas a a parte que faltava, só muito depois descobri ser "ouvir a verdade".
E uma amiga íntima muito querida também observou isso. Pessoa a quem sempre agradeço muito.

Ser verdadeiro é apenas um resultado da aplicação em nossa vida destes aspectos.
Seria como o 13º aspecto que assim como para os cristãos seria lembrar que eram 12 apóstolos e mais o 13º, a fonte a ser ouvida.
Seguir os 12 ciclos e ser verdadeiro. 


Então, percebi que o aspecto faltante na lista seria "Ouvir a verdade".

Leia os itens acima novamente. Pode parecer um pequeno detalhe mas isto fez muita diferença para mim.

E por que? Será apenas um único aspecto?
Bem, 1995-96 foi um período de contatos extremos com as forças espirituais, eu dentro disso fiz um ritual formal e com um juramento iniciático pessoal sobre os dozes ciclos, me comprometendo a seguí-los. Um simples motivo pelo qual não posso mentir. Posso estar errado nalgum posicionamento, mas eu vou dizer o que sinto e entendo.
Porém se estiver errado, estou aberto para reconhecer o erro e aprender. Faz parte.

E é a partir daqui que continuo este texto.



Muitas pessoas associam o ocultismo com espiritualismo ou que sejam parte de alguma religião.
Mas não é bem assim.
O ocultismo basicamente é uma linha de estudo e práticas a respeito do paranormal, etc. e que não necessariamente faz parte das tradicionais linhas científicas e até mesmo é proibido em certas religiões.
É o estudo do oculto, aquilo que não é revelado de forma mundana. Sugiro que você se divirta procurando primeiro de tudo, os significados mais básicos nos dicionários formais de seu idioma. Só depois olhe e compare as muitas definições que vai encontrar nos muitos livros dessa área.

Muitas áreas do ocultismo são também parte das linhas espiritualistas e tantas religiões.
Daí ser normal uma certa confusão em relação ao significado e aplicação destas palavras.

Para praticar magia não precisa ser espiritualista ou meditar. Daí termos a Teurgia e a Taumaturgia.
Da mesma forma, uma pessoa espiritualista pode não aceitar a magia.
E uma pessoa religiosa pode considerar a magia algo normal. Vide as religiões africanas, Taoistas ou simplesmente o uso dos Salmos nas tradições de origem cristãs.
E ao mesmo tempo, mesmo pessoas destas religiões não aceitam a magia por algum motivo.

Assim temos a magia baseada em espíritos, anjos, divindandes, etc. tanto quanto existe uma linha chamada de "modelo psicológico" da magia, em que seus praticantes não acreditam na existência de espíritos e acham que tudo está dentro da mente das pessoas.
Pessoalmente eu discordo do modelo psicológico por experiência pessoal. Citando um comentário de Rufus Opus, seria preciso ser muito narcisista para pensar que todo Universos já está dentro da mente da própria pessoa.

A maneira como percebemos as coisas tem a ver com o nosso próprio desenvolvimento nas diversas áreas da vida.
Assim, mesmo que não seja espiritualista, de alguma maneira os ocultistas também vão ter um desenvolvimento nessa área mesmo que não sigam certas práticas ou busquem por isso. Apenas vai ser algo que vai acontecer com o tempo a medida que aprendem mais, estudam e passam a observar tantas coisas relativas ao mundo e suas energias que assim acabam por ter também um desenvolvimento nestes aspectos.


E assim falamos de desenvolvimento pessoal.
Eu tenho uma linha espiritual que começou primeiro pelos aspectos mentalistas, cartesianos. Livros, estudos, práticas que podem ser feitas até de forma mecânica se houver todo o necessário esforço e aprendizado para isso.
Mas ao mesmo tempo, fui percebendo que isso estava relacionado a energias do mundo e apesar de ter dificuldades em fazer uma conexão entre resultados e as coisas que observava, já percebia que havia algo mais, as forças espirituais. Apenas não sabia como lidar com elas e continuei por muito tempo usando a minha mente, como principal canal de manifestação, mesmo que já tivesse uma percepção quanto a outras forças atuantes no universo.
Certamente minha vida era bem mundana e com tanta informação certamente era estranho lidar com as pessoas nessa vida e ao mesmo tempo em busca de outros horizontes.
Então descobri a meditação e meu Mestre e fiz uma guinada drástica na minha vida da noite para o dia. Uma experiência que já relatei nos foruns de magia.

O principal foi perceber que o único que poderia mudar era a mim mesmo. E começou a grande caminhada descobrindo a cada dia outros aspectos e pontos de vista a serem estudados e conhecidos.
Aprendi a meditar, observar o mundo, a quebrar dogmas e paradigmas que eu carregava comigo tanto pela formação social e familiar, quanto pelos meus próprios estudos que até então apenas tinham sido informação que eu não sabia realmente como usar.
Meditação tornou-se parte da minha vida assim como estar aberto a experiência, não aquela das crenças, mas minhas próprias experiências. Descobrir o novo, questionar, aprender, observar e experimentar. É por isso que digo que falo a partir de minhas próprias vivências. Eu gosto de estudar, sempre tive paixão pelos livros, por estudar outras vidas e como as pessoas conseguiram seus resultados. Mas isso é informação que pode ser útil certamente, mas quando você mesmo faz suas experiências arrisca-se a descobrir outros aspectos e novos horizontes.

E perceber o quanto a magia está relacionada a isso nos seus múltiplos aspectos.
Ver, ouvir, respeitar, ser grato, etc.

Como citei ao início, a magia para mim também é parte da busca espiritual, de uma maneira de viver e sentir a vida. Um ponto de vista pessoal certamente, pois continuo sendo um buscador do eterno, de perceber a vida em todos seus aspectos e a magia é para mim uma maneira de nos ligarmos ao todo, em suas múltiplas manifestações.



Novamente vemos como certas denominações tem mais de um sentido, como por exemplo a Alquimia, que tanto é uma área da magia quanto também se refere a alquimia interior, a transformação espiritual.


Assim nos tornamos ativos em relação a existência e não apenas mero espectadores.

Depois de muitas vivências nestas décadas, percebi que algo estava faltando quando busquei os doze ciclos da verdade como algo a trabalhar em mim mesmo.
E foi justamente o citado ao início: "ouvir a verdade". Eu percebia as coisas, procurava observar os aspectos. Mas de uma certa forma não estava realmente ouvindo. E por causa disso, tantas vezes eu pensei ter sido vítima de minha própria compaixão ao permitir que tantas coisas acontecessem ou fossem feitas em relação a mim, até mesmo me prejudicando.
Mas na verdade, eu estava recebendo a informação, mas não estava "ouvindo".
Portanto, não foi apenas compaixão. Foi não dar a necessária atenção ao que me era apresentado.
E certamente fiz muitas escolhas e tomei decisões erradas e que afetaram primeiro a mim e noutras vezes as pessoas que eu amava.
Ouvimos as coisas e ainda assim, optamos por diversas razões, a seguir outras opções. Chame isso de compaixão, paciência ou escolhas pessoais. Mas seguir o caminho do "bem" as vezes também significa ter que agir contra aqueles que buscam nosso mal.

O importante é manter a busca para realizar em nossa própria vida estes doze ciclos da verdade.

Um único aspecto pode fazer muita diferença em tudo o que vamos descobrir e aprender. São as bases para que tenhamos raízes sólidas naquilo que fazemos.

Isso tem muito a ver com a própria Roda da Vida do Tarot quando nos apresenta seus aspectos evolutivos e involutivos e faz parte do processo de cura de nossos aspectos pessoais para uma vida harmoniosa.

Quando deixamos de perceber algum aspecto, ou fazemos escolhas, isso pode até nos desviar de nosso caminho e teremos outras experiências que por um lado vão adicionar mais informações sobre o que podemos entender como certo ou errado, ou como adequadas ou não aos objetivos maiores que tenhamos em vida.

Mas o principal é nunca desistir de buscar a verdade. E ser grato por ela.


P+
04/08/2017
.'.

domingo, 25 de junho de 2017

Receiving Oracle Skills by Initiation.

Be sure giving the Key is not a physical act only.
Photo: Unknown author.


Receiving Oracle Skills by Initiation.

OR

How become instantly good with oracles due some occult supernatural ways. 


Learning a more complex oracle, like the Tarot, Runes, I-Ching, etc. is something that demand study, practice, research in other related areas according with the oracle being studies, etc.

Just to make simple comment, I'm using more the Tarot as an example. 
The first most people learn is a general meaning to each card, rune and some basic spreads to place the cards and have some kind of reply. Most of people don't do much more and only expect to be using their own natural intuition for that.
Even if the person have a gift of birth like vidence, this does not add so much. All they have are ideas or visions and will deal accordingly their life experience only to understand what they see.
So the next needed is to start a more former study about each card, not only the basic meanings, but some of the idea each card express and how it is related to the others. Is here people start to understand more about the real way the oracle works. This will add a lot to understand the ideas and how intuition may help too, and to get more complex understanding and relations amog

The following, is learning about the inner symbols of the cards, planets, astrological signs, numbers, elemental correspondences and so on.
This is just about technical aspects.
The other to develop is the own intuition capabilities, learn more about other areas to understand more about people, society, etc.
So this is a wide area to study for sure.

There's the possibility to increase that throught initiations. To access other levels and discover more areas and this way improve the reading capability.
For sure this is not something like "instant learning" nor "instant vidence" capabilities. 


Many see initiation just as a rite to get a diploma, many may think this is an instant miracle way for new super-powers.

Initiation at basic levels, is just to become in contact with some kind of knowledge.
This is the human level.

But at the higher spiritual levels, the initiation is a process to receive a kind of key.

You must see the idea of "key" just as something that may connect you to something.

Like opening a door to you.
BUT, see, the door just is opened, you still need to enter by your legs and learn what is behind that point.

Get this? Is not an instant capability.

You will just receive the key, or a connection to a resource at the other realms.
If you was working to prepare for it, for sure you will see results faster, but again, this is why you already have done all the previous needed work.

So you will enter there, entire new realms and possibilities and see by yourself to learn.
Some will have a lot to learn, others will be ready for that.
Anyways, they was in the merit to receive it despite how much practice.
Yes, even without so much practice some people may have the needed merit, just need more hard practice that often happens very fast.

I may give to someone an intiation to an oracle or something else, but still there are the need to work with it, practice and study. Before and after.

This is why some people may receive such initiation and have a jump on their skills: they was just working and was ready to receive a better resource.

And no, no, no, do not even think to ask for that. This is not something to buy too.
Yes, too often some people try and they received only what they deserved... Sorry...
You can buy a diploma, but never the merit or real skills.

I may give such initiations by my own to the ones who deserved the merit. Never to the ones who asked. They was just fooled by themselves.
I give such initiations sometimes, when the disciple/student is really ready.
Some have tryed to be "opportunists" and received just a fake key pointing into their own darkness. Betrayers! They even received a "mystic name" from me. To these ones,, as they are vampires out of light, such names was just what they never had done and what they have to discover to deserve what they asked for. A bill for life at most.
I'm looking at both sides, Uhm?

Remember the phrase: "When te disciple is ready the master comes"?
Is this.
You can't ask for it.
It may happens to you someday if you keep walking and do your own homework.

And this can happens in two basic ways:
1) Meeting someone who will give the keys and will be an incredible experience.
2) Astral initiation. Uhm something like at someday or night, you receive a vision, or the sky opens up and you see a big flame or spirit/angel and they will give it to you.
Yes, it really happens this way, I had some and will be only yours as you keep the work.

Some formal Orders do a nice work to give the keys to the ready ones . But even there you must do the work.
So, study, practice, take notes, improve yourself. Sometime when you are ready that will happens.

P+
08/07/2016

.'.

Reading for Yourself. How Ensure Objectivity in Personal Readings? Some notes.

Mirror Gazing. As an oracle too, what you see?
Unkonow photo author.


Someone questioned: I sometimes find it difficult to be objective when we do personal readings. So, my question is: how do you ensure objectivity in personal readings? I usually write it down in the third person as if I were speaking to someone else. Other methods?


My Reply:

At any oracle, Tarot, Runes, etc. a reading to someone else or just for yourself must be objective. 

Think on Meditation and Therapy.

Yes. something I found to be needed is therapy.

So is needed to be as most as possible like a third person, even about yourself. 

Meditation will lead into yourself. And what you will find there? Ego, traumas, a lot of personal problems and even from past lives to deal with.

Well, you can become a hero and deal with all that alone.

But there are a lot of methods that help to learn faster and will help to deal and even cleanup all that mess.

A good therapy is a very valuable resource.

Many schools use that and yes, many cases are well resolved with psychologists.
Ok, have some patience with the psychologists too.  :rofl

Once I got a female psychologist, and I commented to her some of my occult background. The result was funny: she had a real strong fear from me. She always used to keep at the opposite side of the room and each time she gave a reply, she used to say something like "I ask permission to all your degrees to suggest that... blah-blah-blah...". At third meeting she was presenting me some texts and books about the "crazy ones genious in history" and suggesting to introduce psychotropic drugs...  LOL...

So I moved to another one, and just presented what I was in need to work, but no information about occult works. The guy did a fantastic specific work in just [b]two [/b]one hour meetings. Dot.

There are a lot of alternative therapies. As a sannyasin, I did a lot and my Master Osho told just this about, the need of cleaning, improving yourself and to save a lot of time.

Just to note, at the alternative therapies area, there are a lot of formal practices like the ancient Ayurvedic medicine, acupunture, Gurdjeff, etc, etc., that at many western countries still are not formally recognized, even with thousands years of practice.
And there are many workshops to work on specific areas of life, some last 2-3 days and even more, when people usually goes to some place and stay there doing an immersion to work that. For sure, the results vary a lot for each one accordingly your concioussness level and what you are working with.

Most of times, the good workshops with formal trained therapists do more in few days than you will get instead of working alone for a long time. Some of that workshops may be at easy levels while others may present workings where you will be really and deep faced with the possibility of dealing with deeper points.
In my specific case, I missed the opportunity to go to Poona in India while Osho was alive for the stupidest reason: a marriage and accepting due the wrong reasons the opinion of my ex-wife. Ok, I paid to learn that. But I never gave up and continued.
I learned that our personal development is above anything. No one will compensate for your work of self-evolution, just yourself.
I remember Osho used to say that when it comes to your own evolution, your personal work of consciousness, you must be selfish. No one will do it for you, only yourself. Ok, you can try to sell your soul, and lack the evolution.  LOL...
This is that always helped a lot to keep my faith, despite all the problems and even at the most difficult times.
So I continued and I had the opportunity to be at a Ashran with my Master in the Andes mountains, an entire month each year for many times in the 90s, and that was an immersive experience of workshops one after other in the mountain and the woods. Each workshopt was 2-3 days of extreme experiences. The ones who was easy got nice results. Yes, always there are a lot of people who are just mystics and so easy. Others who went deep, have meet big results. What about learn to run in the woods, having to climb a mountain running, blindfolded and with instructors actually chasing you and really hard beating you with wood sticks? I say really serious spanking. No masochism, that guys was really great. Think about to run like that in the middle of large bushes full of thorns that hurts a lot. Yes, we did that at very risk places like ravins and pits. Add to this all the spiritual part. And in my case, the contact with spirits I started many times before. If you had read some of Castaneda works, is this I'm talking. Near same kind of teaching. That school had some very related works and this means, no choice to error. Glad we never had see even a broken leg even with all extreme risk. Only many scrapes and cuts on the skin. One teaching I have for myself was if choose to give up facing the problems may hurt more in the rest of your life. I learned to run where there was no way.
Before someone ask, I fully give thanks to the teachings I experienced and did by myself, but the schools become something very soft later, the instructors I knew have gone and today it appears more like a nice SPA resort for rich people after spiritual tourism.  Still a nice place to visit and some of the current soft works can be interesting to who is not after a fashion life style.


When you take the Tarot for you, remember this is about having some better understanding about yourself.

This is what you will find in a personal reading. You.

Are you ready to look to yourself?


Something I disagree with others is about consider all posible card interpretations. As an oracle reader, you must develop your vision and have just one interpretation to each case.
For sure, this take time to learn, with practice and study.

But what is the right answer? Usually the first idea you get in your mind. Not what you get one second later.
You must be able to get the first impression, like a "flash" of light. That is the reply when working with any oracle.

But you is the one who have to accept what you see.

And trust me, by personal experience, this can be painfull sometimes, just because what the oracle sometime will point is not what you want.


To give an idea as an example too:
A practice I did in the past, is a shamanic method of self healing.
In this case, to heal your eyes if you use glasses.
I use it.
The practice is simple: think the source of the eyes health problems is just because you does not want to see something, nor accept something. In resume, our eyes troubles most often cames due our mind refuse to accept what is seen. This is the general idea.
So you have to compromise yourself and say: "I accept to see and I want to see all I don't want to see".
It's a daily practice. I removed my glasses more and more until I was for many months without wearing glasses.
BUT, see, I started to see a lot I was not wanting to see.
This means, you will see the world, the people, your life, any aspects.

And I became to suffer with that.
I already commented about not being masochist in another posts during personal healing practices nor at any therapy.
Well, after many months I was seeing too much about everything. My senses and visions about people and anything extended to a level I was really unaware to deal. I found a lot more behind all that I was not seeing. Most that was not important to solve nor desirable.
So I stopped with it. And yes, I'm kept fully aware from all that if needed.

Well, the Dalai Lama wear glasses, uhm?


Ok, this is one idea. You may use the oracle and ask to see.
This is why is a very good idea always to do a prayer and invoke a specific angel/spirit/deity to work with you on the reading.
This way you are not only on your knowledge as they will talk with you, develop your intuition.

But you have to ask to see and work to be able to accept what you see, no matters how much you dislike it.

Be sure my human part really hate many readings I do for myself.
One more reason sometimes I ask to others to do a reading for me, even beginners.
My human part need a check, no matters how good I know to be on my oracles and all the feedback I receive, still is my human part, and our mind can cheat us.




The lust for results.

This is one very important aspect about "personal readings": lust for results.

A good reply is when the oracle point a "no way" result.
Ok, you must be able to accept the reply and what is shown. Or be stupid to follow even when the oracle show a problem if you continue.

But there is something that can drive any one into nuts.

So, as I remember for now, there are at least two replies we may get from the oracle that we really dislike:
"Not yet".
"Wait. Things are going to change".

That is a shit!
And why?

You are doing all you can, using all teachings you received while working to change or make something happens.
And you deep need or want that to happens.

Here, the only I have to say is: have patience.

Oh shit!!!!

But sometimes is very hard to have patience when all kind of troubles are knocking at your door.
Or you are working for a long time to get something.

There's something to do?
Yes. One thing I learned is to be humble and talk to others who are on the path. The people who you know are already doing the work.
Remember, you are not alone.

May be some day you will be so high you will be be alone in the highest mountain.
And guess what? You won't be alone if you remember you can talk with the trees, the birds, the mountain himself.
They will talk with you too, just learn to listen.

Birds like to do gossip. This is what they are doing at the trees in the morning and at the eventide.
One more reason I have a place with food to the birds in my garden. They comment about everything they see in the town.
Pay attention to them. Is a way to learn their language.

But anyways, we are humans. I'm not so leveled up to just let any worry.

I survived to many hard events. But I'm human.
Glad I had people to talk with.
And always my full thanks to all who have helped, that is really priceless and never will be forgotten.



So to resume about your personal readings: work to cleanup your life history, develop your intuition, be ready to listen and as possible, get the first message and have a second view from someone else to compare with your results.
This will add power to your readings for other people too as you discover the best is to be clear with them about yourself.
If  you are clear, no masks, you will be objective and people will discover you is a normal person too. I have the same problems most people have, at all areas, be sure. I just had a lot of experiences that become part of my practices and learning and I can share this without fear.
Discovering yourself is part of becoming true.

P+
31/07/2016
.'.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Be True

Fun Time In Our Secret Neverland
Art by Perry Gunawan - Indonesia

Be True

Teachings of a life.


Always tell the truth.
Be true, even if it takes decades for someone to listen.
If that is real, it’s your truth.
No matter what's happens tell the truth.
A lie need a coward weak foundation.
The truth only need one time.
The lie need to be recreated and feed daily.
Lie need the weak foundations where to feed from
Lie need feed all the time but one day the truth will be revealed.
So persevere when you work for the truth.
If what you do and say is true, it will never be different and will be revealed.
Be true to yourself and always be true throughout your walk.
Only then you will he reap the greatest of all prizes: that of having a true life.


.'.

P+
29/03/2017
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...