English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Imprensa. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Imprensa. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Usuários do Internet Explorer e a Inteligência dos Outros

Foto: Marie Browder
Numerologia

Alguém fez uma pesquisa que supostamente demonstraria que usuários do Internet Explorer são menos inteligentes. A pesquisa foi rapidamente espalhada pelo mundo todo.

Mas, segundo a BBC, a tal empresa de pesquisa é falsa: BBC: Internet Explorer story was bogus


O que ocorre com frequência, além de sites propositadamente falsos como este, é a divulgação de textos copiados sabe-se lá daonde, numa mistura que muitas vezes serve apenas para “engordar a lábia” de quem se dispôe a ocupar espaço de qualquer maneira.

Exemplificando, um caso bem recente que comentei a respeito faz pouco aqui mesmo, foi sobre o falecimento da Amy Winehouse, aos 27 anos.

Prontamente surgiram variações de um mesmo texto fatalista sobre a numerologia do 2+7 e famosos artistas falecidos nesta data por causa de um tal ciclo e…, bem, ignorando que muitos outros se foram aos 26, 29, 30, 50…

Ora, pessoas tem problemas pessoais, espirituais, mentais, físicos e que não necessariamente vão estar ligados. Os ciclos numerológicos, assim como os astrológicos, apenas indicam períodos em que as energias estarão alinhadas ou tendendo nesta ou naquela direção. Assim como as estações do ano.

O mesmo texto de suposta numerologia exemplificado, foi colocado em sei lá quantos sites, alguns mudando ordem dos parágrafos ou trocando algumas palavras e até sendo assinados novamente.

Papus já falava no século XIX sobre a barbaridade que eram muitos livros, cópia da cópia, até a Enciclopaedia Britanica teria começado sabe-se lá como disse ele.

Hoje na internet, copiar e colar tem ajudado o que antes eram os “mestres rápidos de banca de revista” em “mestres de sitezinho da internet”. Daonde vem este material? Quem elaborou e com que fundamento?

E acho interessante como, certas pessoas divulgam seu trabalho, mas publicando vários textos, com características de redação e de idéias totalmente diferentes, quando não contraditórias. Geralmente é bem claro que não foi a pessoa quem escreveu.

Muitas pessoas não percebem a salada de finalidade puramente comercial.

O no caso desta pesquisa, desacreditar alguma linha de produto ou praticar phishing ou pior.

.'.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Apedrejamento - Manifesto

É tão pervertido que especifica o tamanho das pedras e quanto
do corpo deve ficar de fora, para que o sofrimento dure mais.

As notícias sobre uma mulher que foi condenada a morte por apedrejamento no Irã, são pelo menos, a chance desta mulher ter uma morte menos violenta nalgum outro momento, ou como é comum de acontecer, simplesmente desaparecer.

Tento entender, como o islamismo, uma religião que tem nos seus escritos sagrados, algumas das mais belas palavras sobre a vida humana, tem dentro de si, tamanha crueldade e barbarismo.


Animalesco é o mínimo que posso pensar sobre tais atitudes. Mas observando um pouco mais, pelo tamanho da reação que certos assuntos causam naqueles povos, a coisa mais parece uma imensa aberração sexual, típica das maiores perversões.

As leis de cada país a muito deixaram de ser apenas coisas resolvidas a portas fechadas.

O mundo todo está em comunicação, e as pessoas não aceitam mais coisas como comprar produtos feitos pelo trabalho escravo, ou sentar-se a mesa de alguém que acha normal ficar mais de uma hora jogando pequenas pedras, para aumentar sadicamente o sofrimento de um apenado.



Homens e mulheres sofrem semelhante bárbaro e covarde martírio.

O Cristianismo, através da Inquisição praticou algumas das maiores atrocidades já vistas.

A culpa não é do estado se a religião é quem dita as regras.

Que mundo viveremos logo adiante?

Que mundo semeamos para nossos filhos?

Apedrejamento é uma ação tão pervertida quanto a pedofilia.
Covarde, cruel, bárbara, animalesca, primitiva e sub-humana.

Somos cidadãos do mundo, podemos dizer que buscamos uma vida honrada, ou apenas passamos um dia após o outros, inventando estórias para esconder nossos defeitos?

Alguns sites sobre o assunto, com textos e vídeos, inclusive de dissidentes. Opiniões políticas a parte, leia, olhe, pondere e chegue as suas próprias conclusões.

Atenção: os vídeos e imagens são realmente fortes.

Video of Stoning to Death 

6 Muslim Countries Inflict Death by Stoning

Afghan couple stoned to death by Taliban after their families turned them in when they tried to elope


Mais imagens no Google

.'.

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

terça-feira, 23 de junho de 2009

Notícias falsas na Web sobre desastre da Air France

Meu comentário publicado na revista INFO: "TV cai em pegadinha e exibe falso Air France"
"...SÃO PAULO – Uma armadilha da web fez a emissora boliviana PAT exibir imagens do seriado Lost como se fossem fotos capturadas do desastre aéreo da Air France...."


Esta era de se esperar.

A falta de validação de fontes de informação é algo notório mesmo antes da internet.
Mas graças a Internet, o que vemos atualmente, é que boa parte do jornalismo tem-se revelado também um grupo bastante adepto da simplicidade de Recortar + Colar de qualquer coisa.
Isto não tem absolutamente nada a ver com o diploma do curso de jornalismo, que é algo muito bom para quem quiser se aprimorar na profissão.
Isto tem a ver, com a busca de resultados imediatos, a comodidade ou (até mesmo) preguiça, sem falar, que continua palco comum, a cena que alguns fazem copiando material de outros e assinando como sendo seus.
Grandes agências de notícias pelo mundo todo, já se viram flagradas por apresentarem matérias destas que alguém inventa e coloca na internet.
É muito fácil inventar uma credibilidade, basta que a "matéria" cite algumas fontes, de preferência noutro idioma, que sua verificação rapidamente será superficial.
Toda semana vejo este tipo de artigo, nos mais diversos e tradicionais meios de comunicação, incluindo alguns dos telejornais de maior audiência nacional. Basta estar um pouquinho atento e nas mais diversas matérias, "para engordar", aparecem citações que, para a pessoa um pouquinho mais informada, são verdadeiros disparates. E não é só nos quadros de variedades.
Outra coisa a ser lembrada, é a divergência de linha editorial. Basta exemplificar com a tal "crise" atual. Uma grande emissora, só apregoa tragédia, empresas fechando, empregados se jogando da ponte. Mas no canal ao lado, também de grande audiência, toda semana apresentam números positivos, dados de crescimento, ou de sucessos para quem não vive apenas de apregoar imagens sangrentas.
Neste últimos meses, assisti várias vezes, entrevistas no mesmo local, mudando apenas alguns personagens. Sobre os mesmos dados iniciais, uns choravam a tragédia desavisada. Outros, relataram detalhadamente que por meses já estavam sabendo do assunto e se preparavam.
Sempre é bom lembrar, procure ouvir mais de uma fonte. Não acredite nem na maior emissora, nem no jornal que parece ser o mais técnico. Todos tem pontos fortes e fracos e, numa coincidencia infeliz, isto pode levar a decisões erradas ou fazer com que percamos a decisão de sermos, um país forte, uma nação que é capaz de pensar, uma sociedade que tem imensas riquezas e que podemos sim, ter uma vida melhor, mais justa e perfeita.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...