English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Humor. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Humor. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Guaranteed: Multiply Your Chances of Winning the Lottery - Humor



Guaranteed: Multiply Your Chances of Winning the Lottery



Wealth and magick can be good humored.

Note: This is a humor topic, Ok? But with some serious comments about.



There are a lot of speculation about methods for winning in the Lottery. 

So I will share with you a fantastic and garantee way to multiply your chances!

What about receive at once the money to buy a dream house, the car you always wanted, pay your bills, place your children at the best universities and give to your family a better future? 

This can be yours!


I will teach you by free!
Yes! As a long time magician I learned a lot, suffered a lot, had a lot of deep experiences. 
And for sure, as a magician I'm not a millionaire, I just use this method and let the Universe work to choose when it will be

So I know a lot about things that work! 

And this proposal works to multiply your chances! 

And why I can assure you this?
Because I had the practice and also, I learned from others too!
 
Note: A very good work about, and I suggest you to read is the article from Brother Moloch: Lotto & Gambling Spells. He give more information about what are your real chances and how it work. It is a great work about magick and Lottery, and he give some extras about how increase your luck and that are suitable to many areas. Highly recommended.



So I have to share this with you!

Not everyone want to become a millionaire, they just are looking for some extra money.
And even lesser values can do a difference for sure.   

What about some extra money at once? 
Most people want it!

What about have the money to give to your lover a nice jewerly or have vacations at the some of the best places in the world with your family? Or give to your dad that wonderfull machine he always wanted? Or make your mom happy with a complete new garden? 

Whatever are your dreams, winning a Lottery prize is always a way to realize it! 


House at Lago Moreno, Bariloche - Argentina
Photo credit: Zonaprop


First of all, you must have clear in yout mind this is a dream a lot of people have.

So remember this is like a dream, no problem to think about one and other time. The problem is to get lost into dreams and forgot reallity.

But some minutes of positive dreaming is a way many people discovered to think what they really want in life.
When people think clear about what they want, many discover they can do a plan, and work step by step to reach it. This is one way.


But when chance smile to you.... Wow!  You are one in millions! A big prize!
 
A big house with a private playground, boats, hot cars, travels of dream, the best clothes, support charity groups, have your own farm or even a temple for your practices!


Well, for sure many of this this can be yours if you win a big prize in the lottery.

So I learned a fantastic method to multiply my chances!

And guess what? It works!

Most of the ancient grimoires and most magick areas have spells to better your luck on gambling.

But what was gambling that old times? Dice games?

Something a minor group of people played together. Too often half a dozen.
So that techiniques work best for minor groups.

But when millions of people are after the same? What is your true chance?

Can magick help you?

Well, I can asure this method will help you!

Magick can do many things, but some magical works are just the result of planning and acting!

Well, sorry to say, but on thousands of people are doing spells each week trying the same.

This is simple statistics!

And because this, is really hard to say there's a magick way to multiply your chance. 

So, the best you can do is to use math to increase your chances!

Yes, use statistics to improve your chance! 

And here is the best of all!

No candles, no rituals, no pyramids, no


Ok, Here is the method: 

First, if you want to have a chance, you must buy a ticket!
This is the first reason most why people got delusional and lose their mind into dreams, they just never buy that fucking lottery ticket!

But if you want to use this fantastic method, I say, if you really want multiply your chance, for example by 100%, just buy two tickets! (with different numbers for sure).

Get this?



Money is good! 

And when you use your money for good things, all that is good too!
And the best way is to do a good use for your money.

So just buy an extra ticket and all it's done.

And if you win, that is grace! 
And please, remember to save some 10% for true charity, not looking for who and remember doing true charity. 

So buy an additional ticket wil double your chance! But don't be stupid buying thousands because that won't change statistics so easy.


And When Luck Comes...

If luck come to you, I wish you have nice and wise ways to use it!

Even for something you desired since you was a children.





.'.




sexta-feira, 7 de março de 2014

Focus - Hocus Pocus - Letra / Lyrics

Foto: Focus at the Picturedrome, Holmfirth 2012 - YouTube
Clique para o vídeo de 1974


Hocus Pocus é uma das mais famosas músicas da banda Focus.

E por acaso, encontrei num destes foruns sobre música, a transcrição da letra.

Alguém havia solicitado e teve uma pessoa que se deu ao trabalho de anotar toda ela.

Acompanhando pela gravação original parece estar correta. E estou rindo até agora.

A pronúncia obviamente é inglês:


Pergunta:
Post by: Sian on May 01, 2009, 07:01:28 PM
Talking of songs by Focus, does anybody know the words to Hocus Pocus?

Resposta:
Post by: Red Shoes (Caz+Mark) on May 01, 2009, 07:12:38 PM


Hocus Pocus
By Focus

Ôi orôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorô poPÔ
Yôi orôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorô
poPÔ

Aaaah aaah aaah aaah
Uuuh oooh oooh ooooooooh

Ôi orôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorô poPÔ
Yôi orôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorô
BoumPÔ

Aaaah aaah aaah aaah
Uuuh oooh oooh ooooooooh

Tatrrrepôtetretrepiecôã-é-é-ô-hã-hén-Hén
Ôi trégueregué-dôi detêro deguedô
A tataro teguereguedaw
Teguereguedêro dêdow Ô-Éhr-Ôhr-Êhr-Êhr-Áhr-Ó
Hé Hã He How

Ãi erêrãi rãrãrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorô poPÔ
Yôi orôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorôm
pomPÔ

Aaaah aaah aaah aaah
Uuuh oooh oooh ooooooooh

Ôi orôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi rôrôrôi ohrorô poPÔ
Yôi orôrôi rôrôrôi rô

Aaaah aaah aaah aaah
Uuuh oooh oooh ooooooooh

UaaahuHahaha... Eee hi hi hááá


.'.



Clique no link ao lado para a postagem: "Red Shoes (Caz+Mark)", em 01/Maio/2009.


Nota: Já vi outra versão por aí, mas achei completamente diferente e pouco fiel ao original.


O amigo Rubens Hardt achou o vídeo da versão de 1973, que é a do disco Live at the Rainbow:




.'.

domingo, 28 de abril de 2013

Minhas Mardições de Pinxações Maligrinas





Minhas Mardições de Pinxações Maligrinas


Editado.  Com o tempo fiz muitas outras, então algumas foram perdidas. Mas vamos adicionando porque são feitas por merecimento, mesmo ilustrativo ou como elogio cômico para alguém.



Estas são minhas próprias Mardições de Pinxações Maligrinas são uma homenagem pessoal ao Grande Chico Anísio,  um dos mais criativos e respeitados humoristas do Brasil, o verdadeiro pai das Pinxações Maligrinas, que são as falas típicas do seu personagem Bento Carneiro, o Vampiro Brasileiro.

Estou sempre avisado que que gosto de usar humor mesmo em assuntos sérios.

Ao escrever essas Pinxações Maligrinas, posso brincar ao mesmo tempo que falamos de coisas a serem pensadas por quem esteja sendo alvo da “Mardição”.

Ao grande artista Chico Anísio minha permanente homenagem.

Atenção: Direitos autorais: Eu sou o autor original destas Pinxações Maligrinas inspiradas pela maneira de falar do personagem. Todas foram publicadas em foruns de debates na última década e estão devidamente arquivadas e registradas para confirmação de anterioridade.
Já quanto aos direitos autorais pelo uso da expressão Pinxação Maligrina estes estão devidamente creditados ao autor Chico Anísio, grande mestre da arte, fabuloso e grande artista, um verdadeiro Mestre de Mestres.

Nota: As pinxações estão apresentadas em ordem decrescente de data.







Mas atenção: “se percisá de mais qui isso cêis vái tomá nas fuça um vento de sepurtura de banhado de fundo de banheiro di rodoviária. I adespois nóis vái trazê o pórpio Bento Carneiro prá esfrega o suvaco nas toalha e nas panela das casa docêis i ele só vái saí despois de fazê todo mundu comê rapadura de unha encravada de caminhoneiro nordestino i reza 333 padri-nosso prantando bananeira só com as orêia!”


Pinxação begnirna di adesculpamentu!
20/04/2017
(é qui nós espiritu dus mortu também reconheci us qui são bão e fazermos das desculpas)

Qui daqui das sete catacumba dus espíritu das coisa qui mexi cus pôvo dus vivu ocê teje segura qui us sete vento tempestuoso não vão pegar mais no suvaco feito bolacha mastigada em boca de véia desdentada i que aquele barbudo que nos busca prás coisas da Luiz ti enlumine e leve nóis junto se quisé prá nóis dormir di veiz e deixar us vivu sossegado!
E qui us espiritu di sete cruz di igreja alumiem nas caminhada!



Tu me chamou de Cafetão?
18/04/2017
(sobre um relacionamento com alguém e sua turma que a Operação Lava Jato faria uma farra se entrar no 2nd escalão)

Defendendo aquela?
Eu vou te rogar uma pinxação maligrina!
Bem daquelas dus mortu aprodrecidu di cemitério donde pegam us caixão de vorta prá despois vendê de novamente passando aquele perfúmi Tabu das Argentinas que ficam chorando prus macho tudo veadinho que elas pegam usando aquela coisa que parece mais fedô di carniça di suvaco de lagarto de banhado di cemeitériu di filme sinistro!
Vai mijá sentada na patenti bem gelada por seis estação di inverno com a janela aberta cum os frios ventosos soprando bem gelado nas parte prá arrepiar até os cabelu dás oreia e só vai tê paper bem de lixa de serragem prá usar!
E só vai tê café feito da tal fabriquenta Bon Jesuiz cum bastanti serragi e poera de giz ralado di escola de ralento cheios das meleca qui num respeitam perfessora e passam a mão nos forévis curtido sem o banho da semana!
Arresspeita us morto da sete catacúmbica donde as vida morreram sinão vai ter sopro nu suvaco com perfume de gosma de lesma mal amada e arrependida e vai se grudar nas babas melequentas sopradas cum todas caveiras notúrnicas das Lua sombria e maligrinas assoprando nas ventas!


Explicação de ensinamento sobre quem é São Fudêncio da Bunda Preta:
27/10/2015

Vixi! Isso vem da Maligrina-Pédia: São Fudência tem a bunda preta porque não arrespeitava us mortu i fazia das coisa em cima das tumba dus mortu! Precisou muita vela queimada na bunda prá aprendê a respeitá as esqueleta mas não se converteu tanto assim e sempre que pode usa o fogo do capeta prá esquentá aquelas bunda fria qui nem bafu dus mortu assim elas aprendem a ser coisa mior qui catacumba gelada.


Pinxação maligrina prus que não acreditaram que o mecânico era safadozo além da conta.
15/10/2015

Num creu neu??? Intão vô pinxar uma mardição maligrina numcêis! 
Cêis não arrespeita us avizú de sabedoriamentu intão quando chegá na setima badalada da meia-noite notúrnica us ispiritú das almas de todas DKW penadas vão se alevantar das treva sebosas do ferro véio e cêis tudo vão ficá cum bafu de óleo queimado e vai se grudar as freada de borracha queimada nas cueca du cêis tudo com catinguencia de oreia di lobisomi!!!


Pinxação Maligrina prus cabra qui falaram  quase desbochando du Bento Carneiro.
29/04/2013

Cêis num dêsbochão não qui senão vô tocá nocêis uma pinxação maligrina daquelas i ocêis vão ficá cus nariz cheio de meleca de barata sarnenta criada em mitório di buteco di leproso!

E nun debócha cus mortu das sete catacumbica sinão o vento gelado das cripta vai passar bem no meio daquele dente cariado qui ocê vai ter assim que terminá de lê isso aqui e os dentista tudo que não tivé di greve vão tê bafo de seis dia só comendo rabanete podre. 
Cusp! Vampiro brazileiro...


Pinxação Maligrina Para quem usa o nome dos morto prá fazê bagunça
04/03/2013
Arrespeita us espíritu dus mortu sinão vai tê pinxação maligrina nocês! Us defuntu não tem culpa dos abobajamento dus vivo ainda. Si não respeitá ús mortu das dôzi badalada noturnica cèis vão ficá com suvaco di cobra perneta toda veiz qui quizé namorá!


Pinxação Maligrina Para Quem Não Fez Backup e Briga Antes do Carnaval
24/02/2012


Cêis ficam sastisfeitu então né? Tá du bão? Miór qui teje!
Pur que cês num fizerum becape então apreinderam qui sem becape nem a IBE-EME
resórve. I da ôtra veiz compra dois dessas porquera.
I si ficá se cutucando uns nos ôtros dessa veiz vão tê mêmo!!!

É carnavar, fésta do tinhoso cês não sabe que nóis tá ocupadu com otras cosa???
Tê quê largá do demo prá vê ocêis?

É sete lua das badalada notúrnica e toca sem pará di-dia e di-noite.

Então se não chegá de coisa qui nem tem a vê cás coisa o vento daqui donde avévi
us mortu vai soprá qui nem bafo de jumento gago no cangote docês quando tiverem
tentando fazê aquelas coisa com as muié e os Hôme docêis!!!

Vai tê mais qui pinxação maligrina! Vai sê da mardição da perdição!

Vão tê bifet-froat di pinxação maligninenta!

Aperitivo vai sê licô di sêbo di cueca di defunto enterrado sem banho.

A entrada vai sê maiolhonésima di furúnculo di bahiano lambuzento dispois de
sete dia e sete noite de carnavar só bebendo xixica-riol com feijoada di
repolho.

Dispõis vai tê orelha de morcego surdo frita em azeite de lesma velha na TPM.

I ensalada de urtiga com unha di capataz di óbra.

E sobremesa de absorvente usado de patricinha que só faiz c***-doce.

Cêis tenderam?

Deu pau qui deu mas cê passou.

Si num dé entãonces não deu-se.

Mas até lá se finou-se!

Pinxação Maligrina Prá Quem Se Faz de Esquecido
Sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Se esqueceu de eu? Num faz már!!! Eu também vô esquecê de tu.

Só vou dar uma lembradinha nas doze badalada notúrnica quando o capeta vai arrepia us cangote dos esquecido só com o cheiro de vela feita com cera de ouvido de cortador de cana depois de treize dias sem chuva nem banho.

Pinxação Maligrina Prá Quem Fala Mal de Rock Progressivo
Ter, 8 de Jun de 2010 9:54 am


Quem falô mal di róqui progressivo?

VÔ TASCÁ UMA PINXAÇÃO MALIGRINA NOCÊ! Ceu vizinho di 14 ano vai comprá uma
bateria prá aprendê a tôcá depois qui voltá da aula notúrnica e vai formá uma
banda di côver da Família Dó-Ré-Mi!

Ondé que já si viu, falá mal do róqui progressivo.

Ziiiiuuummmm-ziiooooiiimm...
Ziiiiuuummmm-ziiooooiiimm...
Ziiiiuuummmm-ziiooooiiimm...


Pinxação Maligrina Prá Quem Se Faz de Besta e Manda Spam
Qui, 6 de Mai de 2010 4:48 pm


Deu desculpa do auto-completar prá mandar mensagem que não era do assunto (ou spam)

Da próxima veiz que oncê perturbá cum essas côsa vai tomá uma pinxação maligrina
daquela de arrepiá os pelu du zuvido inté ficá coas vontadi di sentá num
furmigueiro de formiga elefante.
I si tivé renpetição do tar di artocompletamentu vai ficá preso nos elevador com
uns cara recém saído di vinte ano di cadeia, tudo a perigo e doidinhos prá fazer
um autucumpletamento nalgum qui seja o primeiro que ficá pela frente.
É só si bobiar qui nas dozi badalada notúrnica o ventu daqui donde vévi us mortu
vai fazer cócega soprandu dentro dus bolso di tras das calça.
Di castigo pódi passa prá cá no PêVêTê as foto e fone daquelas amiga boazuda qui
fica sempre iscondendu di nóis sinão elas vão ti trocá por sete caveira di
jogador do time du cemitério.

Pinxação Maligrina Prá Quem Acha que É e os Outros Não
Sex, 22 de Jan de 2010 6:10 pm


Casos discordantes, resta a minha saudável e infalível pinxação maligrina feita com legítima terra di séti catacumba de loira virgi i que intorta os dedu dos papudo prá não podê contá us dinheiru i só saí zuiiiimmm do tal Termerin. I ocês si preparô porqui si tivéesta estrovenga no ajuntamento qui vai tê agora no riu, iu vô ficá assobiando as mesmas nóta cadaverica dentro das cárie dus dente de ôceis tudo! É só não si comportá qui a vela vai queima até os pelo do suvaco.
Então si arrespeite qui na prócsima eu junto tudo pro moderado e taco sarrafo de
sabugo nocês.

Pinxação Maligrina Prá Quem Insiste Em Falar o Que Não Deve
Qui, 28 de Fev de 2008 4:30 pm

Eu estou com pouquíssimo tempo, mas isto não impedirá de que eu
tasque uma legítima pinxação maligrina naqueles fios duns zóio vêsgo
que se insistirem-se de se fazer das porcariada na lista. Si não si
comportá, vai ficá com bafo ingual qui nem de braço de tocador de
cavaquinho suvaquento e ser perseguido por uma bando de tocadores de
bumbo. Só vai si discurpá despois que for treze veiz no cemitério rezá
ajoelhado embaixo da tumba do Creozépio Cheiroso, vulgo fantasma das
dozi badala noturnica.
I teja dito, façam o favor di se comportá dus direito qui nóis tá tudo
di oho nocêis.


Pinxação Maligrina Prá Mau Palavreado
Qua, 12 de Dez de 2007 7:54 pm


(para um pessoal falando palavrão demais numa comunidade)

Será que eu vou ter que recomeçar a mandar pinxação maligrina para osespécimios duns fios di sabi-lá-di-quê pur que se subesse tavam tudofincado com o vento dus môrto nas orêia e com um órguinho Saema sempedal prá si virar.

Entônces ocêis tudo si comporta direitim sinão a cobra vai fuma semcinzeiro em cima do tecrado docêis, despois nem o Véio Braga limpa!

I si alguém mais quisé segui no assunto, vão lá prá aquele outro grupo de bobajada.


Pinxaçâo Maligrina Prá Lojista Que Só Incomoda Querendo Se Mete Nas Conversa Prá Vender
Sex, 31 de Ago de 2007 5:28 pm

Re: Não é por aí... era: Mais uma vez o fulano...

Meus 1,5 cents finais. Os 0,5 que faltam eu vou usá prá tascá ôtra pinxação maligrina, daquelas di só pegá muié de bigóde com bafo di corrimão di escada de pensão! Mwahahahahahahaha


Mais Uma Pinxação Maligrina para Quem Faz Spam
Sex, 31 de Ago de 2007 1:12 am

E aqui vai uma pinxação maligrina di lua cheia, purquê us papudo si gósta di se achá dus dotô prá fazê troça dus ôtro, mas toma nas fuçasete pitada di pó di sepurtura com bastante óleo de fígado di bacalhau nu risôto di carne di galinha véia com bastante sal e sem um pingod´água prá bebê despois. Só vai tê querosene com açucar di sobremesa.I us midi só vai fazê midi in no out dele inté fica com o midi thru intupido!
Cêis entenderam seus papudo! São as dozica badalada notúrnica daqui adonde véve us mortu i oji é lua cheia! Mwahahahahahahahahahahahah!

Pinxação Maligrina Não Tem Preço
Sex, 27 de Abr de 2007 4:58 pm

[Mode Pinxação Maligrina = ON]

Zóia seus papudo, perdê menos de duzeintos pilá num é nada. Perdê sózin, sózin as fama i credibilidade é mais. Mwahahahahahahah!

[Mode Pinxação Maligrina = OFF]


Pinxação Arrasa Contra-Mardição
Qui, 21 de Dez de 2006 1:53 am

Nono: Será que isto foi causado por uma contra-pinxação-maligrina do Fulano?
Se for, ele vai tê di tocá Garota de Ipanema no Theremin no próximo encontro de tecladistas, dentro de um banheiro azulejado até o teto, com bastante reverberção, e a porta trancada do lado de fora!

Pinxação Maligrina para Trazer na Marra Alguém Sumido
Qua, 26 de Jan de 2005 11:02 pm

Se não aparecer aqui prá nós duma veiz vai levá uma pinxação daquelas bem maligrina, bem das danada feitinha na horinha aqui mesmo dadondi vévi os mortu!
Intão se apruma, bota as carça, se ajeita e dá as cara por aqui.


Parabéns Fulano!!! Di Presente Ocê Lasca a Pinxação!
Sáb, 16 de Dez de 2006 1:28 am


Pinxação Maligrina de Ano Novo Para Completar


---"Fulano" escreveu
>
> Acho que o premio vai ser o mesmo que ganhou o cara da mensagem
> número 25.000, que até foi melhor que o cara da de número 40.000.
> Fico no aguardo da grande equipe de moderados, perdão, moderadores
> da emérita instituição.
>


Pus então tá seo moço!
Entãonces cê vai ganhá um prêmio extra: Vai lascá a pinxação maligrina prô outro Fulano qui tá se arripiando os pêlo do braço prá módi não cumê a custela assada com nóis tudo.
Ocê compreta a mardição que já si começa assim, i vai pegá bem nos dentinho de trás lá do céu da boca do vivente, purque si vai fugi, no domingo vai cumê churrasquinho de pele de lagartixa de porão di igreja, daquelas qui comia os osso das cripta dus defuntu di padre, e si expricando pru sogro bem de mansinho tendo di bebe uns vinhu de três pila o garrafão servido em copo de conserva, inquanto arruma correndo a teVElizão varvulada do véio prá ele assisti o porgama das viola qui toca na TV Curtural i cum todos subrinho da muié dele qui vai tá di TPM se enrolando nus arredor purque num vai tê otra coisa prá fazer. E istu vai sê só a primeira hora du domingo despois de tê de levar a sogra na missa i fazê penitência.
Aí vai dá tempu depois prá ele pegá us tecrado dele e vai .... (coloca aqui a tua mardição seu Saba)...

... até qui os pêlo que tava arripiado fiquem lisinho di novo.
I si não crêram neu ceis si danaram viu seus papudo?

I nu dumingo eu vô tá de forga, vô no churrasquinho purquê vampiro também gosta de costela sangrando com cervejinha gelada! Vô ficá pousado juntos dos tecrado aí seis tocá umas melodia cavernósa i ressonante qui nem cripta de catedral, quié divertido i us espíritu vão tudu tá cuidando di quem for.
I quem for nu churrasco já sabe qui vai tê um ano novo de 2007 tudu dos facêro e com muita alegria, sinão nóis daqui adonde véve us mórtu vai tê trabáio catando us furão!



Pinxação Maligrina Para Que Alguém Se Comporte na Festa
Qui, 14 de Dez de 2006 12:01 pm

Pôs não há de ser nada vivente, vô tascá uma pinxação maligrina, purque u homi vai tá dos ocupado e não pode passa us cascudo junto, mas u fulano vai tê di tocá nus tecrado, e cantá uma moda sertanoja
esculhida na rádio AM do primêru fusquinha qui passá na frente dôceis, enquantu solda us contato dos videogueime das filharada docêis tudu pendurada nu pescocinho dele querendo mexer nas coisa e sem derramá nenhuma gota da cerveja enquanto segura o soldador com os dente. I vai tê de ser em Ré Bemol, qui sinão si vai peidá moiado!

Pinxação Maligrina Para Quem Ameaça Com Mardição Sem Poder
Seg, 30 de Out de 2006 5:28 pm

Si vê qui uncê num é vampiro brasileiru mêsmu. As pinxação maligrina são aqui das estirpe dus mortu-vivo e si eu pega ocê di novo bolindo com coisa sérica vai toma uma ventania de chulé de defunto na oréia dum jeito qui a patroa vai mandar lavá cum creolina prá saí o xeiro.

I mardição num é prá quem perdê o xurrasco sinti-berre seu moço, quem perdê já tá si lascando de arrependimento i vão tê di tomar cerveja xixicariol no verão inteiro. Xoca.

Tenderam seus papudo?


Pinxação Maligrina para Acabar com Bate Boca
Seg, 23 de Out de 2006 5:26 pm

E se não resolver, vão levar uma pinxação maligrina na costas, daquelas bem daondi vévi us môrtu. O Dia das Bruxa tá vindo e os esqueleto percisa di comê. Entenderam seus papudo?


Pinxação Maligrina para Quem Reclama
Qui, 10 de Ago de 2006 9:08 am


Ôtra désta i vai levá uma pinxação maligrina nas fussa prá móde di arrepará no qui si tá dizendo invêis di si catá nas bobagi.I só di geito di prevenir antis que a Lua cheia pegue, ocê vai tê que ficá muito tempão só na pescaria, daquelas qui os casado tem di respeitá, i sem pegá pêxe, prá vê como é bão tá do ladinho du rio vendo as coisa boa i sem comê nada. Vai tê di lavar muita panela inté qui aqueli ôtro praneta se baixe de brilhá tanto nu céu i as côisa si acarme pru teu lado traveiz.
I si não respeitá vai ficá coas mão cheia di pêlo qui nem o cumpádi lobisomi!


Pinxação Maligrina Para Preconceituosos Com Estilo dos Outros Músicos
Seg, 20 de Mar de 2006 6:07 pm

E quem achar que não, vai levar uma pinxação maligrina, bem nas dozi badalada notúrnicas e vai fica com o botão de Patch Change grudado no nariz cheio de meleca e cada vez que tiver quo trocá de pétchi vai tê meleca nos dedu... achô poquinho papudo? Percisa vê adondi vô mandá oceis tôca... vai sê lá depois adondi que vévi us mortu!I vamos respeitá dama sinão o teu bafu vai fica qui nem xulé de milico no final do acampamento... I xhama us murcego qui é hora....
Mwhahahahahahahahahahahah


Pinxação Maligrina Prá quem Reclama Antes do Natal, com Bençãomento Despois.
Ter, 22 de Nov de 2005 6:51 pm

Vai levar uma pinxação de mardição maligrina...
Vai ser esculhidu prá sê u Papai Noér du bairru todu, bem duranti a quermesse du padri qui vai te enxê di óstia e santinho prá entregá prôs pai daquele monti di criança suada, ranhenta e fidida di miju. I vai fazê tudo rindo i feliz da vida sinão os pivete vão ficá tirando meleca du nariz e limpando na tua barba.
Mas fique tristi não, depois, prá compensá da trabalhêra, cê vai ganhá presente du Papai Noér, mas vai tê qui sentá no colo do Papai Noér, e o coitado, ocêis sabi, de tanto trabaiá já vai tá de sacu duro...
I num iscapa até as dôzi badalada notúrnica...
Depois disso pódi casá, ficá rico, i sê feliz prô resto dus dias.


Pinxação Maligrina para Proteger um Objeto Pessoal
Sex, 11 de Fev de 2005 3:18 pm

Realmente é difícil conseguir um. Preventivamente coloquei uma mardição maligrina no meu qui si arguém fizé di máu prá ele i tentá di tirá ele di eu vai si finaro com tudo quanto é tufo de fumo brabo nas orêia prá di mode a tentá espantá os piôlho e us burrachudo qui vão ficá grudadu mordendo no cangote inté o fim dos dia! Num vai tê remédio qui amelhore purque esta é daquelas pinxação maligrina qui fizêmo aqui adonde vévi os mortu i purque us nômi já tão iscrito com sangue duma galinha prêta em sete vela de sebo di defunto.


.'.






quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Como um Vampiro Faz Exame de Consciência


Soul portal
Foto: Diana Cretu - Bucharest, Romania



Como um Vampiro Faz Exame de Consciência
29/10/2012


Exame de consciência é algo que se pode fazer a sós, em qualquer lugar. Mas um dos preferidos nos tempos mais modernos é em frente ao espelho. É prático, está ali na sua frente, pelo menos na hora em que você tiver que passar na frente de um. 

Então vamos fazer de conta neste caso, que preferimos usar o espelho para nosso exame de consciência. 


Então é um problema entre você e o espelho. Acontece que se você for um vampiro não vai aparecer no espelho então você precisa de outra coisa. Neste caso, um Grilo Falante, tipo aquele que estava junto do Pinóquio, e que será sua consciência, pois todos sabem que vampiros não tem consciência.
Também tem outro problema de você ser um vampiro: por causa da AIDS tornaram-se uma raça em sério risco de extinção porque não existe camisinha para dentadura.
Assim, para que você possa então fazer seu exame com sua consciência de Grilo Falante, será necessário primeiro uma dieta alimentar regrada e seguir alguns cuidados básicos, reduzir parceiros e assegurar-se da validade dos exames de sangue de seus doadores. 


Feito isto, você poderá finalmente confrontar-se com uma busca de entendimento do porque e do como e assim analisar e encontrar respostas. Se você não for um vampiro, este post não se aplica a você e, portanto será oportunamente analisado noutra oportunidade.

No momento, enquanto escrevo, estou imaginando como alguém que vende algodão doce encara as bençãos da vida durante os dias de chuva.

Nem todos têm as mesmas habilidades. Talvez tu sejas um criador de mundos que ainda não descobriu a que dimensão da existência está sintonizado. Todos somos mundos em formação e descobrir sua própria essência interior é uma das grandes metas da caminhada do ser humano na sua evolução. 

Por exemplo, a numerologia indica as características deste e outros aspectos, mas é só pelo próprio trabalho pessoal que isto será realmente percebido e se manifestará na sua totalidade.

Mas veja bem, essa criatividade me deu a oportunidade de fazer uma breve reminiscência e conjecturar sobre alguns aspectos da vida, ou melhor, da morte do vampiro que tenta fazer um exame de consciência mas como não tem vida nem consciência tem que encarar então uma longa jornada de autoconhecimento até que lá pelo 40º capítulo ele descobre que pela falta de sangue saudável, pode se tornar um herói de filmes americanos, comer frutas, andar de dia e na verdade, ter se tornado uma fada

Deve ter sido assim que surgiu a série Crepúsculo.


.'.

Leia também:

.'.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Dente do Siso Dói Por Juízo ou Karma?

Self dentistry handbook
Arte digital: Funkwood - Canada  



Dente do siso dói ao nascer?
É sinal de juízo?
Os meus nasceram quase na boa.
Em silêncio foram aparecendo.
Quer dizer, quase. As vezes uma dor aguda vinha do nada, como um prego de 20 cm enfiados do lado da orelha e saindo no ombro, mas que logo sumia.
Até que um dia, algo estranho começou a acontecer. Uma dor mais esquisita surgiu, passou para algo mais agudo e rapidamente virou um tormento.
Tive certeza de que era problema de canal. Latejava o corpo inteiro. Até o som de uma mosca voando por perto fazia doer mais.
Mas não, não era canal.
Descobri que um dos dentes de siso ainda estava dentro da gengiva e estava virado uns 45 graus na direção do molar, empurrando este e mais outro.
Três dentes comprometidos de uma vez só.
Doia muito, horrível, não tinha analgésico que funcionasse até que consegui o horário na odonto que fez uma anestesia mega-reforçada para eu conseguir parar de esmurrar tudo que tinha pela frente.
Meteu o bisturi e abriu minha gengiva e com a ajuda de outra auxiliar. Conseguiu pegar aquele treco de lado e puxar até que soltasse. Por pouco minha orelha não saiu junto de tanto que puxaram até afrouxar.
Meus pés formigavam de tanta dor, eu não sentia meus braços.
Se pudesee, eu voltava a fumar a mesma hora mas não dava com todo aquele sangue e minha gengiva aberta feito corte de cesariana de emergência.
Finalmente tiraram, reforçaram os anestésicos e costuraram tudo.
Fiquei uns quantos dias bochechando malva para ajudar a cicatrizar e tomando mais um monte de remédios.
Aquele tormento valeu no mínimo pelo pagamento de todos terríveis pecados de umas três vidas. Talvez como como assassino nazista, estrangulador serial na Sibéria e inventor da TPM.
Quando pensei que tinha terminado o suplício algo mais estranho aconteceu.
Um pedaço da raiz furou a gengiva ainda inchada. Ou era outro dente desaparecido?
Depois de dias e dias daquela dor de dente horrorosa que começava no último fio de cabelo e irradiava até a ponta do dedão do pé tive que correr para o consultório.
Mais radiografias e de novo o bisturi.
Muita anestesia e o resultado: não era raiz, nem outro dente esquecido.
Tive que dar crédito para tanta propaganda e alerta dos dentistas: aquilo era um pedaço de placa dentária, aquela mesma que vivem falando para se cuidar. Pô, eu escovo os dentes todo mês! Qualé?
Mas a porcaria estava por dento da gengiva grudada na porcaria do espaço entre o siso extraído e os outros que ele esculhambou, e que finalmente quando teve espaço, veio a tona. Parecia um dente de tão grande. Mas finalmente a dor passou.
Fiquem tranquilos. Nem sempre dói assim quando essa desgraça começa a nascer.
É só até criar juízo ou pagar o karma de algumas vidas. Rsssss....

.'.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Ter dinheiro e sofrer. Hora de mudar isto!

Money Can't Buy Happiness
Artista: Kimberley Joanne Sinclair (UK)


Não desperdice sua vida com riquezas materiais.
Não perca sua vida sendo apenas um objeto na vida de alguém.
Não se venda a servir os prazeres mundanos que qualquer dinheiro sujo pode comprar.
Lembre que você não está só.
Não sofra só.
Diminua seus problemas pela metade.
É fácil e só precisa de um gesto seu para esquecer de vez de metade desta carga.
Divida seu fardo de dinheiro comigo que eu me encarrego de tirar esta parte do problema da sua vida.
(risos)
*Esta é uma campanha desinteressada pela melhoria de qualidade de vida de quem sofre e não precisaria passar por isto.


.'.

Gilberto Strapazon
25/10/2012

domingo, 12 de agosto de 2012

Intelectual Indo Tomar Café da Casa de Cultura Mário Quintana

Desinteressment
Arte: Bujwid (Polonia)



Intelectual Indo Tomar Café da Casa de Cultura Mário Quintana
25/04/2004


Nota do autor: para evitar desespero aos nossos leitores, omitiremos todas partes que se referem ao uso do telefone celular em público e as respectivas questões de bom senso, não comentar em voz alta a vida alheia nem quanto ao gosto musical dos toques do telefone e nem sobre deixar tocar a tal música por longo tempo como se estivesse apreciando profundamente o sentimento metafísico e inspirativo genialístico que só os eleitos entendem.


Aproveitando um recente tópico de um intelectual falando mal de quem não é intelectual, repasso o interessante relato vivencial que nos foi relatado pelos "especialistas de provimentos de solicitações individualizadas" (garçons) do café da Casa de Cultura Mário Quintana, aqui em Porto Alegre.

O local trata-se de um dos "points" da intelectualidade, e com certeza, existem similares na maioria das grandes cidades.

O intelectual típico aparece no final do dia, geralmente após as 17h30minh até 18h, que é quando termina o expediente na repartição pública aonde trabalham. Isto já indica por si só que são exemplares seletos da casta que sabiamente optou por valorizar o dinheiro da família (ou de alguma entidade patrocinadora) e trabalhar, digo, estudar (decoreba) pelo menos uma vez na vida para conseguir aprovação num concurso.

Sempre trazem sua agenda moderna, e com o logotipo da empresa doadora discretamente apagado (ou raspado) da capa, além é claro, de algumas pastas com os famosos projetos...
Estes intelectuais costumam ter um monte de papéis que chamam de projetos, e muitos recortes de revistas e jornais de distribuição gratuita que corroboram suas teses.

Portanto chegam e sentam-se. Quer dizer, mostram que chegaram (sons de clarins) então começa a penúria do garçom...

1) Antes de sentar, escolhem atentamente qual a mesa mais adequada no recinto, visto ser necessário atentar ao fato de que uma eminente personalidade pública de renomada estirpe intelectual chegou ao local. Daí a necessidade de ficar de pé, se possível atrapalhando a passagem a de algum infeliz cliente ou garçom que por acaso tenha a pretensão de querer andar pelo mesmo espaço, normalmente suficiente para umas três pessoas, enquanto aquele que se considera um modelo para uma futura estátua em praça pública analisa. E "como" analisa o ambiente.

2) Após finalmente sentar-se, o garçom deve aguardar um bom tempo, até que a personalidade recém chegada se decida sobre quais pastas vai deixar em cima da mesa, e sobre quantas vezes vai abrir e fechar a agenda, enquanto coloca todo este material sobre a cadeira. Depois coloca de volta na mesa. Repete-se algumas vezes.

3) Finalmente após angustiosos minutos para os garçons, a distinta criatura faz um gesto quase imperceptível, mas que com certeza, caso questionado (um absurdo), ele terá toda gentileza de afirmar ter estado longamente de braços erguidos estando por aguardar a atenção do obviamente inepto garçom. E claro que comentará isto com seus colegas de ofício na primeira oportunidade.

4) Imediatamente atendido pelo garçom, solicita o "cardápio" ou "menu" como alguns preferem... Primeira vinda do garçom.

5) Recebido o cardápio, estudará detalhadamente todas as alternativas por alguns minutos.

6) Novamente efetua um longo e milimétrico movimento imperceptível para solicitar novamente a presença do garçom.

7) Atendido pelo garçom, é comum solicitar se teria um determinado prato do cardápio que está sem preço. Obviamente não tem, e a personalidade expressa seu descontentamento com um franzir de olhos ou um amplo movimento facial... (manda o garçom embora e continua a olhar o cardápio)... Segunda vinda do garçom...

8) Na falta de alguma alternativa atraente, então o distinto cliente, chama novamente o garçom, solicita "então só um café expresso"... Se for dia de pagamento, poderá pedir até um "capuccino"... Terceira vinda do garçom...

9) É servido o café expresso... Quarta vinda do garçom...

10) Como uma importante personalidade pública está deliciando-se com um dos melhores cafés do país, na mais importante casa cultural do estado, este deverá obrigatoriamente demorar uns 25 minutos entre saborear o paladar com o café, beber aquele minúsculo copinho com água, e apreciar demoradamente a demonstração culinária do biscoitinho que acompanha tudo isto...

11) Neste meio tempo, nosso importante exemplo da intelectualidade mundial, supra-sumo do conhecimento que precisa destes momentos merecidos de deleite e apreciação devido ao seu incansável sacrifício para a população mundial ao perdurar longamente na repartição pública, então aproveita para verificar sua agenda fartamente preenchida de importantes eventos culturais e rever outros tantos pontos dos projetos que estão nas pastas...

12) Sobe e descem as pastas da mesa para a cadeira lateral...

13) O garçom vem até a mesa neste período (por obrigação do ofício), para perguntar se o cliente deseja mais alguma coisa (se não vier o cliente vai pensar que está sendo desconsiderado)... Quinta vinda do garçom...

14) Se além de ser dia de pagamento dos salários, ou ainda, se por um raro acaso, estiver com alguém tão importante quanto ele (e também for dia do pagamento), poderá pedir mais um café... Sexta vinda do garçom...

15) Finalmente, depois de uns 30 minutos, outro gesto que seria interpretado incorretamente por pessoas comuns, como sendo uma coceira no nariz, indica ao garçom, que a nossa importante personalidade está requisitando atendimento novamente...

16) O garçom vem até a mesa. Então seu importante cliente... Pede a conta... Sexta vinda do garçom...

17) O garçom vai até o caixa, pede o boleto... Este é emitido rapidamente, mas o garçom deve aguardar precisos minutos ou o cliente pensará que estão com pressa para desocupar sua mesa para alguém de nível intelectual inferior.

18) O garçom volta à mesa com o boleto, naquele pratinho tradicional... Sétima vinda do garçom...

19) Obviamente o garçom apenas entrega a conta e retira-se de volta ao balcão...

20) Infelizmente, personalidades ilustres não andam com porta-moeda, sempre esquecem daquelas coisinhas tão sem importância, por isto paga com uma nota de R$ 10... Se for dia de pagamento, será uma de R$ 50...

20) Nosso importante exemplo da cultural mundial chama novamente o garçom para efetuar o pagamento...  Oitava vinda do garçom...

21) O garçom retira o pagamento e dirige-se ao caixa para comprovar a emissão do tíquete (necessário para que o cliente verifique se foi cobrado algo adicional) e para receber o troco necessário...

22) O garçom retorna à mesa, entrega o troco ao nosso exemplar modelo da humildade intelectualistica tão amplamente importante para o universo que ainda é capaz de escutar o garçom agradecer e ainda fazer um comentário citando um importante autor relativo ao advérbio utilizado... E finalmente fazer um gesto de condescendência ao serviçal que lhe trouxe o café... Nona vinda do garçom...

23) Se acaso estiver chovendo, acontece uma estranha descontinuidade neuronal que afeta a capacidade intelectiva ligada às necessidades práticas, como capacidade de locomoção, escolher o ônibus certo e saber fazer cocô sozinho, causando com que o intelectualóide (o cliente em questão), subitamente perceba-se numa situação em que necessita decidir em pelo menos 15-20 minutos como proceder para pegar suas coisas e sair.

24) Se não estiver chovendo, nossa personalidade artística facilmente tomará seu rumo em menos de 10 a 12 minutos...


Moral da história: Chamar NOVE vezes o garçom para tomar um cafezinho e depois acham que os outros é que são grossos mal educados e sem cultura?

E por último, muitos destes são justamente aqueles que aparecem falando mal do país, do povo, das pessoas. Em toda parte.

.'.

domingo, 3 de junho de 2012

Sexo e Música – Parte Um de Muitas...

Master Rick Wakeman is an English keyboard player, composer, and songwriter
best known as the keyboardist for progressive rock group Yes.
Foto: StarCards


Pois é, tem um cara aí que aparece com um diploma de algum lugar pra lá da Transilvânia, e sai metendo o pau logo em quem? Rick Wakeman
Quanta coisa deve ter passado pela mente desta pessoa. Eu mesmo fico embasbacado, pois sou incapaz de falar mal de Leandro e Leonardo, menos ainda do Rei Roberto Carlos, ou do “Caê”... Gostos pessoais são uma coisa, mas quando descamba para a intolerância religiosa, aí surgem os terroristas, agitadores, os inconformados extremistas, a turma do contra sempre, e claro, os argentinos (risos). Lamento a comparação, mas nosso querido Pelé só usou uma droga, todo mundo sabe o nome e boa parte dos marmanjos e gostariam de uma provinha. E as marmanjas também, já que parece ser o prato preferido da rainha... ôps... estou saindo do assunto.
Mestre é mestre. Não precisa ser unânime, mas respeito é sempre necessário. As pessoas não conseguem altos degraus de realização técnica sem ter passado por muito esforço, muito estudo, muito treinamento. É diferente ser filho do dono da empresa e aos 18-20 anos já estar posando de “Diretor Assistente do Pápi”, ao invés de ter nascido com um baita dom de nascença e ter a obsessão de estudar doze horas por dia até ser uma astro de qualidade técnicas altamente elevadas. 
Mas voltando ao artigo deste Sr. que fez um desdém que talvez tenha feito nosso amado Mestre das teclas, Rick Wakeman, perder noites intermináveis de sono, enquanto tenta descobrir qual foi a piada que outro contou para poder repassá-la. Para quem não sabe, o Mestre Rick é um notório piadista, faz gozação com tudo e todos, é um prazer ouvi-lo brincando. No recentíssimo DVD Yes Acústico a parte do making-off é narrada por ele e dá uma idéia das suas outras habilidades. 
Então, como alguém fala mal do Mestre Rick? Será ele ultrapassado? Será que ele não usa uma determinada marca da roupa? Quem sabe a bebida da moda não está no seu cardápio? Ou é algum tipo de racismo contra branquelos altos?
Muitos questionaram o autor daquele artigo, e nas listas de discussão pela internet que participo, foi uma coisa! E como inspirador e agitador mór, o Alex Saba comentou o seguinte: “..não houve quem concordasse com o autor. Por quê será? (isso não é uma pergunta, ok?) 
Partindo disto, ocorreu-me um interessante comparativo, o qual gerou esta breve digressão que segue:.

Então vamos lá, pegue sua bebida favorita, abrace quem você ama, ou venha para pertinho de mim (se for mulher viu!) 
De um lado, alguém que prefere Stravinsky e deixa resvalar que o que gosta mesmo é de jazz.
De outro lado, os amantes do rock progressivo, e neste caso, os que apreciam o estilo teatral, pouco criativo, exagerado, etc, etc do Mestre Rick Wakeman.
De um lado, o método, a técnica mental. Rigidez de formas. Busca de beleza pela apreciação da complexidade.
De outro, a fragilidade da mutante e diversificada beleza desenfreada como são as gotas que se projetam numa cascata.
De um lado, a técnica, a forma, como grande meta.
De outro lado, o resultado como meta.
Bem, a que chego então: como tudo o mais neste nosso mundo, como poderia deixar de perceber que se trata de SEXO!
Sim, basta observar os trabalhos divulgados publicamente, e que são criteriosamente qualificados como "pornografia" por uns, e como "arte erótica" por outros.
Então vejamos. O crítico em questão revelou-se apreciador do clássico formal. E de Jazz. E ainda afirma categoricamente do alto da sua inteligência que Rick Wakeman deveria ter se aposentado antes mesmo de dar a luz suas obras...
A que isto remete? Ao cinema pornô americano!!! Aquelas mulheres horrorosas, todas iguais, cheias de silicone, em poses totalmente artificiais, sempre olhando para a câmera em poses típicas da revista Playboy e Penthouse... Mas esquecendo que estão num filme!!! Gemidos e gritos estilizados (e dublados, muito mal dublados), em quantidade e diversidade... Cenas de um falso gozo em que os olhos da "suposta atriz" não desviam um instante dos flashes...
Por acaso alguém aí reconhece a semelhança naqueles milhares de shows de Jazz iguais a milhares de outros? Chatos e sem graça... Parecendo serem apenas bonecos em sofisticadas dublagens?
E quando a coisa vai para o sofisticado "soft porno", começando pelos cineastas franceses... Eruditos... E que fazem grandes obras tal como a música clássica daquele cronista? Alguém notou que a música clássica, devido a certas mãos (e mentes) vai tantas vezes na direção de parecer apenas sexo com fins procriativos?
Qualquer semelhança com algumas religiões que só permitem sexo para procriação (enfase na disciplina formal) não é mera coincidência...
Bem, Rick Wakeman é inglês, portanto tem que ter alguma coisa de punk na veia. Além de beber cerveja, e ficar de porre, o que deve ser um completo horror para os puritanos, acaba deslizando totalmente das boas maneiras e da estética de fotógrafos enrustidos, para criar então, com muitas encenações e brilho, o que seria o equivalente musical de um bom filme pornô italiano ou holandês, com enormes cenas de gozo como nos filmes alemães (GGG)... Uma autêntica putaria musical, divertida, sem muito método, sem muito cuidado com a forma, mas cheio de nuances e intensamente preocupada com o resultado, a satisfação dos clientes que somos nós, os ouvintes...
Musicalmente, e também sexualmente, eu não tenho o menor interesse em mocinhas de família (e música) do tipo que acham que sexo é só para procriar, e que deve ser feito de luz apagada, e que só pode ser politicamente-correto, sem cheiros, gostos, dedos, mãos, cremes, doces e salgados, gritos, festas, cordas, corridas... esta turma só de escutar a palavra máquina fotográfica digital tem um ataque de histerismo puritanista vitoriano crônico!
E um tipo de música que eu tenho de estudar anos a fio, para pensar se gostei ou não, é algo tão absolutamente broxante, que eu consigo entender porque alguém escuta "The Journey" e não entende porque alguém sentiria alguma alegria em correr nu pela praia cantarolando uma melodia, ou então escutar "Awaken" sem perceber o quanto da essência divina está contida entre cada uma das milhares de dobras dos lençóis suados que nos envolveram naqueles momentos tão inesquecíveis... 
Então, só para completar, posso dizer que "concordo que o autor" tenha uma percepção diferente. Talvez nunca tenha trepado de luz acesa, ou talvez seja fã daqueles filmes pornôs americanos.
Mas se concordasse com ele, eu gostaria até de jazz mal feito e música erudita ruim! 


Publicado na Revista Comentando 02/outubro/2004

Nota: Parte do comentário sobre filmes foi também incluído no artigo: EU ODEIO JAZZ!!!!

Nota do autor: Aproveito para solicitar as nossas queridas leitoras que colaborem com a extensão deste importante trabalho de pesquisa psíco-mediunico-sensorial, enviando suas fotos pessoais, de preferência reveladoras, com pouca ou nenhuma roupa, ou em poses e atos íntimos explícitos relacionados ao tema. Este é um trabalho científico e que conta com a interação humana-social-hormonal e fluídica para sua consumação. Mulheres que gostam de Rick Wakeman, rock progressivo, são carinhosas e engolem terão preferência.

.'.

A influência do Rock no Sexo (ou vice versa)

Female Rock Singers, Hand-Made Typography
Imagem: Stana Tomsej


Nem tudo tem sexo no meio, pode ser nas pontas, e noutras partes também.

Os tecladistas sabem que um aftertouch bem aplicado pode resultados interessantíssimos na modulação de freqüência e com isto o sweeper é sensacional!

Sexo é uma das muitas manifestações da música, pois é baseado em ritmo, pulsação, timbres, freqüências, etc.
E também é uma das maiores fontes de inspiração da humanidade, logo, parece natural que os seres humanos tenham algum tipo de influência musical baseadas na sua sexualidade.
Aliás, qual é o problema de um pouquinho de sexo para quem gosta de usar o órgão? Conheci uma mulher que fazia uma leslie sensacional!

Mas falar de rock e sexo?

Pra alguns é pecado, coisa do demônio, heresia das brabas, a perdição suprema, inaceitável em qualquer forma, mesmo sendo criado por Deus desde o princípio dos tempos é negado e execrado por todo tipo de castradores, repressores, censores, alucinados e fanáticos religiosos em geral. E isto acontece também com sexo! Então claramente percebemos que o sexo compartilha esta aversão que muitas pessoas sentem pelo mais sagrado, belo e agradável ato criado por Deus, que é o prazer de um bom e saudável rock na veia. Eu disse na veia e não na velha seu tarado!

Falar de rock é falar de sexo, afinal, quem nasceu primeiro, o rock ou o sexo? Como falar de rock sem sexo e vice-versa?

Claro que sexo é algo de interesse de TODOS!!! Ôps, perdão, pois esqueci que temos leitores religiosos que acham que sexo é pecado e... (risos). Bem, Interessa a quase todo mundo então.

O quê? Ah sim... Tem os místicos que acham que sexo é divino e só deve servir numa conjunção cósmica de realização espiritual entre duas pessoas preparadas e purificadas pelo caminho sagrado na iniciação espiritual...

Ok, bem, então sexo interessa a uma boa parte da comunidade, ainda.

Hein, ah sim, desculpem. O pessoal da linha cartesiana discorda da abordagem religiosa espiritualista, pois sexo é natural como parte do matrimônio e deve ser praticado de forma correta e científica... ok, ok, então ainda temos alguns que se interessam, por sexo lendo este tratado de revelação ocultista.

Mas então o que acontece é que... Hein? O quê? Fala mais alto, por favor... Hããnn... Ah sim, sim, eu sei que tem vários solteiros encalhados e adolescentes lendo e onanismo não é considerado sexo... ok, ok, sem problemas.
Bem com certeza este é um assunto de interesse popular, afinal, todo mundo algum dia vai ter alguma atividade sexual e...

O quê? Sua santa mãezinha é uma senhora direita, sim, sim, não foi isto que eu quis dizer, claro, todos somos filhos de Deus, sim, sim, sim meu senhor, pois, entendi, ah... Sim, ok, está bem... Ufa...

Bem, sabemos que os seres vivos se multiplicam por graça das forças naturais e então uma sementinha encontra a outra sementinha e... O quê? Não minha senhora, aqui ninguém falou de cinta-liga... Hein... Como? Ah sim, desculpe, entendi mal...
Pessoal, por favor, quem foi que pegou o chicote com cabo vibratório da senhora ali da segunda fila faça o favor de lavar e devolver...
Ai... ai... ufa...

O rock é uma música de independência e liberdade. E o sexo é um ato em que duas pessoas, ou várias, relaxam juntas para compartilhar um momento de êxtase e união com o divino, e de outras partes também.

E liberdade é algo difícil para o ser humano. Nem terminou uma guerra, com bomba nuclear na cabeça de milhares de japonesinhas gostosas, o que foi um imenso desperdício de japonesinhas fofinhas e sensuais, e logo em seguida já estava colocando mais censura e repressão em todos.

Mas a guerra não foi para libertar? Bem, as coisas são meio avessas. E o rock neste processo de liberação, ou de estar presente na liberação sexual é trilha de fundo para todo tipo de coisa. Imaginem que a grande ascensão dos movimentos de libertação feminina, nos levou ao ponto de debater até a participação feminina na hora de pagar a conta, em atividades que antes eram tipicamente masculinas, como por exemplo, pagar a conta do motel.



Publicado na Revista Comentando, 2004

.'.

Leia também:
.'.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Rock Progressivo É a Evolução da Humanidade

Progressive Amusements for Progressive People Strand Theatre program.
Back in the 1920s progressive and liberal were good terms.
Imagem: Kathryn Usher


Rock Progressivo É a Evolução da Humanidade

Uma de muitas opiniões. Cada um tem a sua Ok?


O rock progressivo surgiu naqueles anos 60, quando em todo mundo, uma nova percepção de que somos muito mais do que mero receptáculos de uma alma predestinada a seguir padrões e esquemas genéticos e sociais.

O rock progressivo é um estilo que alia a necessidade libertária do rock, com o detalhamento e profundidades para a percepção e vivencia de forma integral da experiência psico-acústica.

Assim, uma das facetas percebíveis, é que se trata de uma música para ser percebida intimamente, atuando como um guia e meio para sintonizarmos outras esferas e dimensões, atuando nos diversos corpos energéticos do ser humano, levando a uma íntima união através do plano astral superior, chegando até a percepção das divinas emanações da criação.

Rock progressivo, como alguém já disse, é algo requintado e que se torna sofisticado, pois requer de seus amantes, mais do que alguns neurônios treinados nalgum estilo musical.

Pelo contrário, um intenso treinamento auditivo e cultural tende a bloquear a capacidade natural das pessoas de perceberem a vida fluindo, e com isto, acabam por serem insensíveis às delicadas nuances e múltiplas experiências que uma música neste estilo poderá proporcionar.

Por sua abrangência que vai até o espiritualismo profundo, o rock progressivo é naturalmente multicultural, sendo uma energia comum a praticamente quaisquer povos, explicando-se desta forma, porque é tão natural que quaisquer povos coloquem seus estilos nativos dentro do imenso fogo estelar que donde fluem as melodias progressivas, e dali resultem sonoridades que falam para tantas pessoas distintas.

Em comum, o público do rock progressivo costuma apresentar o gosto por trabalhos elaborados, pela satisfação em explorar muitas facetas e a diversidade de ideias.

Se o rock progressivo fosse um espelho, seria um diamante espelhado por dentro, com infinitos reflexos e a possibilidade da imersão por longo tempo, para renascermos do outro lado, renovados e inspirados, sempre com novas luzes.



Sw. Gilberto Prabuddha.'.
25/05/2006
Publicado no Orkut, na comunidade Rock Progressivo

.'.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...