English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta Futuro. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Futuro. Mostrar todas as mensagens

domingo, 29 de maio de 2016

Cybermagick Need Intent

Maybe in a soon future, we'll see the popular "Cyber Love Spell"?
Art: Cyber Girl

Artist:Ayya Saparniyazova - Turkmenistan

Cybermagick Need Intent
29/05/2016



Alex Sumner in a recent article commented about Cybermagick: Let’s Do Cyber!
So there I was, lying awake at night, tortured by that most exquisite of agonies – “what the hell is Cybermagick?” And more to the point, what is the real difference between cybermagick and any other type of magick?

 
It’s a very interesting work, and I will try to do some adding my comments.
We still lack of a proper definition of what Cybermagick really means.
Technomagick? EletronicMagick?
Uhm. 
Cyber means something “…relating to, or involving computers or computer networks (as the Internet)…” Source: The Merriam Webster Dictionary.   

So for now, I will follow with my personal idea:  
“Cybermagick as related to using computers to do magic(k)”. 
See this is in no ways related to the many magick areas nor religions practices, Grimoires, CM, Witchcraft, Chaos, ATRs, Candles, etc.
I think Cybermagick still is a bit far to become more than an idea to start for some usefull developments.

Art: The Matrix
by Daniel Prichard -Canada
For now, all that is just data source for information and the cyber level, including internet, is really very basic on that. The way data (information), images, sounds, etc. is registered still use a method of translating that into "bits", just eletric energy alternating from 0 to 1 using a media like a hard-drive, pendrive, memory chips, etc. Multiply this by billions, billions, and all you will see is a giant big mess of 0s and 1s mixed. That famous image of data moving in the movie “Matrix” is really just poetic. That need a program (software), developed by humans to all that make sense and to execute something using that as grouped “patterns”.
And shit, please, we got bored at the most extreme point about newbies promoting debates about Matrix idea. Go back to Narnia and Harry Potter and 1001 Nights. That still is more advanced! IMHO for sure. 
Forget the high velocity of modern computers, which still are the same very basic systems used first in the past to control textile machinery. Just faster. I’m very serious about this. Go study.
I have worked developing software since the 70s and in magic/spiritual study and practice near same time. Therefore, I use to say I have a personal interest in the Human X Computer development and is interesting how many a company and human kind is related to that.
In addition, we are faraway of what the Star Trek's computer was able to do, like to process an entire solar system data in seconds and present information like "that are a planet M-class with current civilization level". But think for a second and that still is just a machine processing data. Yes, even Star Trek computer does not do magick, and even with our beloved Mr. Spock with all his Vulcan Mind Power capabilities working on it. Just to remember, Vulcans was great at mind control, a kind of magick too in someway.  


Art: Parabolic Vehicle ofConception
by Adam Scott Miller - United States
So, as cited, what the difference for the Akashic Records? My personal experience going there is: the Akasha Records register everything, at all areas and realms. For some people, myself included, entering there appears you have entered in a kind of fog place, with partial symbols floating everywhere. This is why is good to have a target to go there, and this is the "key" to find what you want. Sometime one of that symbols may appear more clear and you "get it", like a door and enter in a complete scenario. Time, events, people, thoughts, everything is registered there. You may see events and be able to get the thoughts of each people there.
Computers are really far away from this.
Even the images you see at your computer screen are not the same as a drawing done with pencil and paper. This is why many people try to put seals in their computers and that works different. When it works. 
In practice, what is working there is mind and the magician intent. Not the computer. It’s the same to visualize a seal image, but without a drawing. The computer image in no ways can be seen as a valid drawn today. It may help you to remember how the image is, but it is not the true drawn seal.
In my personal opinion, this happens because the draw at the paper have already your intent registered. It became a tool used with energy to register the information of an intent! To magick, your pencil is a more powerful tool than any tablet.  
But the computer image, even if you put your own energy and have done it using some kind of paint software, still is a mess of 0s and 1s. To have a better idea, just look closer the screen, better if you use a magnifying glass. You will see the same at a TV screen: a lot of light dots. That is not a draw in the magic(k) point of view! Its just a lot of electric points.
Get this? You can see an image at the computer, but that still is not information.
So, sorry to my university teachers and IT colleagues, it is not really information. That data is something that "appears to be" information.
But to magickal use, information must be a whole think by itself.
This is what Cybermagick will last to happens for a time. I have my ideas about what human kind need to learn before reach that. For example, our civilization technology started with the wheel and the levers. Even software still use such concepts. That is the problem. This may evolve to the next level. But let’s keep so for now.
As I see, what we have working today, using “cyber technology” and there are some good examples, are one and other good oracle software and websites. But what really work there? The intent of the reader. Get this? A bad reader with the best of all oracle tools will not get a decent result. So, there are no cyber way to do the same.
What is really acting is the intent of the reader, his expertise and capability to deal with the tools used.
And intent is just the main power behind magick.
Magicians learn about working with "The Will". AC and others in modern times just made the word more popular.
Ok, there are already many works about but I like the idea. The problem is a lot of stupid people think “do your will” means the same as “do whatever you think”.
So think on this: you only have rights when you recognizes that others also have rights. So your “Will” start in the point where you recognize others also have a Will (even if unused).
Using your Will means you must be the true owner of your intent. But what most happens is people who are ruled by politics, religions, prejudices, partial personal opinions, society, etc. They are not using their Will. They are acting like parrots. A drugs addicted is ruled by the drugs. Religion can be a drug, politics is a drug, etc. It is not you, it is someone else point of view. This is the difference.
Ok, let us keep in the “intent”. This is the needed to work on magick. Have an intent and be able to work with it for some time. This is why so many stupid people are able to make the “evil eye”, and do it often. A very negative thing for sure. They may be stupid, but still be able to fix an intent for the needed time over a target.
If the current technology is not able to even register “information” in a more decent aspect, not just data, why expect it will be able to “act” or even simulate intent?

Art: Rainforest Residence
by Matthew Attard - Australia
People who have gone deep in Crystal programming learn they are able to keep and even do more than any modern IBM computer. In the past, IBM had good evangelists who was not just promoting what they have to sell, some was real visionaries. I really miss this. I have not read something decent from them nor have seem this company nor the other big ones with interest to keep such works. Where are the good visionary’s works? I say people who works daily for the future, not immediate cheap results. Current computer companies are doing and promoting almost the same we saw at the 80s. Just with better graphics. Anything since then is just processing velocity and really few creativity nor true development.
But crystals, for example, use another methods and currently also need personal development to be able to connect and understand the information the crystal can register and process someway accordingly with the specific qualities each one may have. Sorry newagers, forgot the fantasy aspects even if that are always good to make movies and fairie tales. This is a technology still faraway of most scientist’s research. Well, I’m sure some may be trying to understand about psychometry, is a starting point. But again related to “whole information” idea.
And psychometry ideas and methods can be one of many ways to develop in the future a working Cybermagick.
The capability to a computer (with its software) to connect with the whole information related to some event.
This is the point when we will see something really new start: connect to information and be able to deal with it.
However, remember, as commented, magick is based on “intent”. And how you learned and develop to made it.

To finish, in my point of view, Cybermagick will become true when such mechanisms become able to “make and act” on an intent using “whole information”. Not just the current mess of 0s and 1s, but whole information under an intent.  
Easy to think a clay done Golem or Thralls are still more advanced in the aspect of “act”. The problem is how they work with the information they receive, and here become another point, how to ask or command, reasoning and etc. Uhm, remember HAL 9000 from the 2001 A Space Odissey?

P+

.'.


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Direitos do Cliente de Tarot - Comentado



Direitos do Cliente de Tarot - Comentado

Tarot é um espelho para a alma.

Nestes mais de 30 anos estudando este caminho do Tarot, concordo com este título de um livro muito acertadamente escolhido por Gerd Ziegler.

Existem muitos oráculos, dos quais fiz o Tarot minha principal escolha.

Outros oráculos são também muito eficientes, como as Runas que nos remetem a visão dos antigos para um mundo que requer nossa participação as vezes ativa e noutras mais contemplativa.

O I-Ching, creio que foi meu primeiro oráculo ainda nos anos 70. Nos mostra o equilíbrio das energias mutantes do universo.É uma vasta escola de vida por si só.

O Tarot é uma ferramenta com séculos de existência e trabalho nas mais profundas escolas ocultistas ocidentais. Temos através dele, a visão da alma, mas principalmente, nosso próprio interior.

Chegamos ao macro e microcosmos. O que está acima é como está abaixo.

Por isso sua abordagem tão penetrante e abrangente. Da vida pessoal, chegando a visão maior da sociedade, das empresas, dos projetos, das grandes engrenagens que movem o universo.

O tarot engloba várias das principais ciências ocultistas. E da própria vida. Cada uma de suas cartas é um imenso tratado ocultista a ser explorado e descoberto.
E por isto, é sempre uma ferramenta fascinante e que requer estudos verdadeiros e dedicação.

Mas não é nada que se faça bem apenas com rápidas leituras de banca de revista.

Muito menos com a comodidade de jogar um copo de cachaça para alguma suposta entidade.

O conhecimento requer respeito ante de tudo.

A prática do Tarot nos leva a busca interior, a caminhada maior.


E todos fazemos parte da caminhada evolutiva deste imenso e maravilhoso planeta. Pessoas, empresas, projetos, artes, pesquisas. São vastos caminhos onde podemos aprender tanto.

E a caminhada do aprendizado é maravilhosa.



Muito bem, temos uma lista? 


Sobre esta lista de direitos. Encontrei num dos grupos independentes chamado Tarot Certification Board of America. Existem outros grupos, nalguns países que oferecem certificações. A lista original (que tem apenas os títulos de cada item) está em Tarot Certification Board of America. Client Bill of Rights
Atualização: Na verdade existem vários grupos de certificação nos EUA e Europa. 

Nota: Não tenho qualquer relação com tais grupos. Apenas acho interessante seu trabalho.



Bem, sobre "certificação em tarot", isto não é algo que seja como um teste de direção, ou um exame de matemática. Existem muitas coisas que devem ser aprendidas e praticadas e que dependem de uma avaliação pessoal por pessoas realmente mais graduadas na área.
Tarot é um trabalho de vida, não é apenas "decorar" cartas. É preciso viver cada uma delas e também, um intenso trabalho diário de autoconhecimento.

Imagem: thegreathorsecigar


Em todo caso, achei esta lista bem interessante, como referência e, a partir dos títulos apresentados, adicionei meus comentários a respeito dos vários pontos apresentados.



Observação importante: 
Repito, os comentários adicionados a cada um dos itens tratam-se de minha opinião pessoal, baseada na minha vivência e atividades de mais de trinta anos na área.
Os exemplos citados são baseados em fatos e situações reais. Nomes e quaisquer indicações de identificação foram omitidos para evitar de prejudicar ou denunciar quem seja.









 
Direitos do Cliente de Tarot
(uma sugestão prática)


* Você sempre tem o direito de exercer sua própria vontade e fazer suas próprias escolhas.
A leitura é para você, sua vida ou empresa. Portanto as decisões sobre o quê fazer serão suas. Só posso indicar, sugerir, falar do que estou vendo e apresentar minha opinião se adequado. 
Acho inaceitável, absurdo e manipulador, se durante uma consulta (com qualquer oráculo), forem colocadas opiniões, neuroses ou frustrações pessoais do tipo "achar que dinheiro é pecado", ou que "sou feliz sendo pobre e miserável" ou que "homem é tudo igual", ou que "nenhuma mulher presta", ou que não gosto da religião tal ou tal (que pode ser bem adequada para seu caso). Isto inclui fofocas, comentários perjorativos, opiniões políticas, religiosas, sexuais, esportivas, etc. Admite-se no entanto, comentar exemplos DESDE QUE não sejam identificadas as pessoas ou empresas a que se referem e sejam JUSTOS.Por exemplo: Para uma pessoa tal prática não foi adequada porque ela precisava trabalhar primeiro tal aspecto da vida dela. Ou, tal indicação ao meu ver não é adequada porque faltou isto e aquilo que deveriam ter sido notados, o que indicou falta de preparo de quem fez. Etc.


* Só você tem o direito de decidir se e quando quiser uma leitura de tarot.

Se você acha que não precisa de conselhos, então está bem. 
A vida é sua. Se você quer ajuda, procure e encontrará. 
Não se ajuda quem não pediu.


* Você tem o direito a uma leitura de tarot que seja útil e lhe dê apoio.

Primeiro, a vida é sua e nem sempre você aceitará as sugestões. 
Segundo, o que lhe for apresentado, mesmo que você decida não usar, deve-se mostrar correto. 
A informações devem estar de acordo com o que está sendo debatido (o tarot é como uma conversa a três), e fornecer indicações relativas para fundamentar e embasar uma continuidade do que você vai fazer. 
O que for falado tem que estar certo e ser útil, mesmo que as vezes a leitura não seja tão ampla quanto desejamos. Tem coisas que não se pode falar ou por algum motivo, ficam fora de alcance, ou pode ser algum assunto que tenha muita interferência pública, (inclusive suas) em certos casos.
Também pode ser seja um assunto que a pessoa que está lendo e interpretando o tarot não conheça, mas tenho tido sucesso em fornecer indicações claras e precisas sobre a que o assunto se refere, incluíndo até coisas relacionadas a ensinamentos secretos que a pessoa estava deixando de seguir. Digamos que vai ter uma espécie de "sinalização" apontando. Tarot é baseado em símbolos, então se eu disser que tem uma coisa ou situação com determinadas características, uito provavelmente o cliente saberá de que se trata.
Consulta de tarot não é lábia de vendedor. Vou dizer o mesmo que falo sobre numerologia: o que estou falando tem que lhe tocar direto no coração. Ponto. Até pode ser que você não concorde e proteste, como uma criança pega numa lorota, mas se for verdade, esta é imediata. No meu trabalho eu sei se a pessoa está mentindo ou não quer aceitar. Ficar inventando toda uma estória para empurrar algo, ou (como já vi muitas vezes) pegar cartas ao acaso para (forçar) montar um resultado conveniente é apenas mostra de que algo está (bem) errado. Já vi até livro ensinando como jogar cartas colocando armadilhas para fazer a pessoa falar o que quer ouvir sem perceber que está sendo enganada. Por exemplo, se eu disser que tem duas pessoas muito próximas com muita inveja de você, em 99% dos casos terei acertado (mas é puro chute).
Outro exemplo, posso achar que seria interessante por tais e tais motivos que você procure se dedicar numa determinada linha de atividades, seja profissionais, espirituais, intelectuais. Ou sugerir material de apoio (livros, filmes, cursos), etc. 
Meu trabalho principal com pessoas é indicar o caminho de cada uma. Alio a numerologia e o tarot (que são complementares) e busco identificar qual direção, desafios, o que trabalhar em si mesmo. Para isto incluo praticamente todas religiões e práticas profissionais possíveis (cada um tem seu caminho, suas aptidões). Chamo isto de tarot iniciático.


* Você tem direito a toda a atenção de seu leitor.

O tempo da consulta é para você. E também requer concentração para a leitura. Interrupções para fazer outras coisas, ficar atendendo telefone, etc, impedem a concentração e dificultam muito os resultados. 
Este também é um dos motivos pelos quais prefiro estar a sós com o consulente.


* Você tem direito a fazer perguntas durante a leitura para ganhar esclarecimentos.

Pergunte. A oportunidade é esta. Posso estar falando sobre coisas que não estão claras ou você não tenha um entendimento a respeito. Muitas vezes uma consulta pessoal é uma aula de espiritualidade. 
MAS não seja repetitivo. Eu não vou apresentar trezentos exemplos da mesma coisa. Não faça perguntas só para TESTAR se vai ter uma resposta diferente sobre o mesmo assunto (o próprio tarot e seus anjos guardiões) muito provavelmente vai apresentar uma resposta bem direta lhe chamando atenção sobre isto ser uma atitude incorreta. 
A consulta é para você então não leve uma lista de perguntas de todas suas amigas que querem aproveitar que VOCÊ pagou (e vai gastar SEU tempo) para ver alguma "coisinha para elas".
Também não faço adivinhações. Pergunto idade, estado civil, profissão, etc. Leitura de tarot NÃO É adivinhação. Eu não faço número de circo. Ao invés de gastar tempo e energia para mostrar que adivinho que você gosta de pão com requeijão no lanche da tarde, prefiro utilizar estes recursos para analisar e fornecer orientações úteis.
E principalmente: não minta ou faça perguntas sem cabimento para testar a leitura do tarot. Se você acha que é mentira, ou brincadeira, melhor nem ir. Seja educado, agradeça, pague a consulta e vá embora. Todos os dias as pessoas pagam restaurantes, cinemas, roupas, etc para depois decidirem que não era o que deejavam.
E se você tem algo a esconder, também não minta. Você não precisa contar detalhes picantes da sua vida íntima, mas se estiver claro que você tem problemas de relacionamento, eu vou falar sobre isto dentro do que eu achar necessário procurando não invadir a sua privacidade e capacidade de entendimento. E se for uma questão que você não aceita nem ouvir, pode acontecer que eu me recuse a dar outras respostas.
Você paga pela consulta, mas não sou nem eu nem você quem escolhe o resultado. Se quiser ouvir mentiras, tem bastante gente sem escrúpulos por aí que vai gostar de pegar seu dinheiro.



* Você tem direito a respostas completas às perguntas feitas na sua leitura.

Dentro da esfera de competência da consulta, espera-se que a resposta mostre o quê, porquê e como da questão. Por exemplo, se for numa empresa, digamos que seja algo relacionado ao ambiente social ou do mercado. Claro que detalhes técnicos serão dados por especialistas. O tarot vai dar indicações o mais aproximadas possíveis.
Claro que existem questões que por princípios gerais e por ética não são abordadas ou não podem ser colocados diretamente. Se você acha que seu marido tem um caso, eu vou primeiro olhar se você parece um bagulho mal cuidado ou se a sua personalidade é difícil de aturar por algum motivo. 
Muitas questões na verdade, são de responsabilidade da própria pessoa. Se você não se cuida, não tenta ser uma pessoa agradável, acho que é bem claro que é você quem tem que mudar alguma coisa primeiro de tudo. Se a sua empresa vai mal, quem sabe trata mal os clientes e/ou funcionários, então este tipo de questão será abordado. Não dá para fazer milagre se o seu produto for ruim.
Tem situações que podem ser trabalhadas com aconselhamento. Outras podem ter ajuda por processos complementares, magia ritual, terapias, etc. Mas fazer isto é decisão sua.


* Suas leituras de tarot são privadas e confidenciais.

Isto é o mínimo. Uma consulta de tarot comigo é uma profunda varredura na sua alma. Isto pode ser muito mais íntimo que uma consulta médica (risos). É a sua vida, sua caminhada. 
Não pode virar assunto para fofoca, deboche e chacota generalizado. É mostra de falta de respeito pela vida dos outros. Lembre, quem muito critica, fala mal, ganha de tudo e sempre se mostra mau agradecido, certamente vai fazer o mesmo quando você não estiver presente. Ou pior, logo vai se achar tão confiante que vai fazer isto na sua cara, vai te ameaçar ou fazer algo para lhe prejudicar caso não aceite o abuso. Só quem é escravo das suas próprias falhas quer escravos.



Imagem: thegreathorsecigar
* Sua leitura é um serviço completo em si mesmo. Você não é obrigado a comprar qualquer outra coisa.

A consulta de tarot é um trabalho de orientação e aconselhamento. Só isto. 
Você não é obrigado a fazer "trabalhos", magias, nem comprar perfumes, cristais, livrinhos ou qualquer outra coisa.

Se for adequado para o caso, serão indicados que para esta ou aquela situação, se podem fazer tais e tais coisas, sejam banhos de ervas, rituais, terapias com especialistas nas areas indicadas, ir ao médico ou a um advogado, etc, etc. Pode ser também que você precise de algumas mudanças, tipo mudar a carga de trabalho, aprender a dividir o tempo e ir viajar com a família mais vezes (e isto pode incluir como necessário mudar algo na sua empresa).
Mas se você não quiser fazer, a vida é sua, a decisão é sua.Ou seja: problema seu!
Da mesma forma, eu também não sou obrigado a fazer nada para você além da consulta. Isto inclui principalmente coisas que sejam anti-éticas, imorais ou criminosas. Não faço qualquer coisa só porque o cliente quer. Muitas vezes vou indicar justamente uma direção ou mudança de atitudes para ter um resultado melhor, indicado pelo tarot como sendo um caminho de luz, prosperidade, amor, saúde, etc. 
Muitos problemas precisam apenas de uma limpeza geral.
Não ajudo em vingança contra alguém que você queira prejudicar. Por exemplo, seu ex-namorado que te deu um pé-na-bunda porque ele descobriu que estava sendo traído vergonhosamente por você. Nem vou ferrar seu credor porque você nunca quer pagar suas contas. Não vou ferrar seu funcionário ou seu chefe se você é um mau profissional e quer botar a culpa do que faz de errado noutra pessoa. 
Eu não acredito em gente sem escrúpulos que diz que"não faz escolha pelos outros" e aceita fazer qualquer patifaria em troca de uns tostões. Na espiritualidade nós pagamos junto pelo que se faz, temos responsabilidades.

Se eu fizer algo que vai trazer luz, recebo um pouco desta luz. Se fizer algo para prejudicar, eu também sofro consequências. Entidades, deuses, energias estão num outro plano arquétipo onde as coisas talvez não tenham muita diferença para algumas destas energias. MAS AQUI no plano humano eu acredito que temos o direito e o dever de buscar e trabalhar num caminho luminoso. Posso ajudar você contra uma pessoa má, uma situação que precise de neutralizar alguém ou uma situação negativa. Mas não vou fazer isso para proteger bandido ou sem-vergonhice (sem falsos moralismos por favor).


Assim como você não é obrigado a fazer nada além da consulta, eu também não sou obrigado a fazer qualquer coisa OK? E lembre que as coisas tem preço. Se você não pode pagar por algo, não pense que alguém tem que lhe dar as coisas de graça. As coisas tem preço, e cada caso é um caso. Não vou usar calices de ouro se puder usar um copo de vidro normal é claro.


* Leitores de tarot não são qualificados para dar conselhos médicos a menos que sejam médicos.

O tarot pode indicar até com bastante clareza que é necessário um médico para seu caso. Mas diagnóstico e tratamento são especialidades médicas e você deve ser encaminhado para eles.
Da mesma maneira, se eu for lhe ajudar com hipnose, e você quiser por exemplo, ajuda desta prática para emagrecer, antes de tudo eu vou lhe pedir que visite um nutricionista.
Vale o mesmo para casos em que é adequado o trabalho de psicólogos e psiquiatras. Já vi muitas pessoas manifestarem algum tipo de surto psicótico até durante sessões de meditação em grupo, e isto é bem comum de acontecer. Dirigi grupos de meditação por anos e é necessário consciência e responsabilidade. Não se trata de apenas colocar uma musiquinha qualquer e mandar todos respirarem fundo para dormir.
É muito fácil botar a culpa nos outros, quem está lhe atendendo tem que ter, além do conhecimento no assunto, possuir caráter para assumir o que fizer ou não souber fazer. Se a pessoa sempre bota a culpa nos outros, pense muito a respeito. 

Gritar é falta de argumento e competência. Ninguém demonstra capacidade apenas destruindo, se alimentando de ruindade. Qualquer bandido analfabeto pega uma arma e vira "poderoso". 


Competência e merecimento são demonstrados pelas boas obras e retidão (positiva) de caráter.





Imagem: thegreathorsecigar
* Leitores de tarot não são qualificados para dar assessoria financeira a menos que sejam qualificados consultores financeiros.

Eu acredito que prosperidade e abundância são naturais de todo ser e faz parte de nossa jornada a realização nestas áreas. 
Em hipótese alguma alguém que acha que "500 reais" é um monte de dinheiro vai lhe ajudar quando for um negócio realmente de grande escala. Você pode acabar sendo convencido de que morar num cortiço foi um grande negócio (!!!).
A menos que seja uma situação de tragédia emergencial, eu sempre vou achar que você pode e merece se desenvolver e crescer mais. Conformar-se sem nunca tentar crescer é próprio de quem nunca tenta fazer algo a mais. 
Também não vou concordar se a pessoa tem um problema de milhões e não valoriza o que está sendo feito. Consertar um carrinho 1.0 é uma coisa. Um defeito semelhante numa Ferrari com certeza é mais delicado e um erro pode ser muito mais desastroso.
Quem nunca erra, quem acha que sabe mais que todo mundo, é porque nunca tentou ir além e porque parou de aprender a muito tempo. Se o argumento é ferrar com a vida dos outros, fica evidente.

Tenho uma vida de trabalho de várias décadas em computação, já fui empresário, participei de associações de dirigentes e meu trabalho inclui portanto conhecimentos bem variados. Mas isto não quer dizer que eu seja um especialista em finanças ou administração, ok? Tenho como fruto destes anos, visão de empresa e de como esta funciona como um grande organismo até os planos mais sutis. Esse é um dos motivos pelo qual criei o termo "informática esotérica".
Vou procurar orientar nesta e naquela direção, mas assim como a medicina, o mecanismo financeiro tem suas especialidades. em certos casos vamos ter um debate a respeito. Exemplos são as reuniões de "brainstorming", ou em que se precise de sugestões para novas alternativas, questionar. Ou elaborar e ponderar sobre os tempos que virão, as energias que se apresentam, explorar possibilidades do futuro. Não se trata de fazer profecias, mas de olhar para mais além. Muito do trabalho empresarial é de assessoria senior, levar uma luz sobre as questões maiores. Levar um grupo de empresários para fazer longas caminhadas e atividades na Chapada Diamantina pode ser uma grande oportunidade de evolução pessoal e profissional, por exemplo. A natureza é uma grande instrutora.


* Leitores de tarot não são qualificados para dar assessoria jurídica a menos que sejam advogados.

Mesmo que eu tenha um senso de certo e errado, as leis tem um grande emaranhado de possibilidades. Nem sempre a legislação local, estadual, nacional vai lhe dar cobertura de uma maneira simplista. Posso mostrar se algo está certo ou se precisa mudar/melhorar, mas de nada vai adiantar se isto não for apresentado de forma clara e correta perante o juiz. Existem magias para ajudar nestes casos, especialmente se você estiver do lado do que é certo. Buscar um resultado justo e perfeito para todos é uma forma de nos libertar de laços kármicos.



Foto: Lorenzo Borghi - Itália


* Leitores de tarot não são qualificados para prever o futuro.

Comentei antes que não faço adivinhação. O futuro é uma possibilidade variável que muda a todo instante, mas como um grande rio, que distinguimos seu trajeto, porém cheio de detalhes. 
Algumas coisas vão mudar com certeza e de uma forma geral, implicam toda humanidade, já tenho comentado, inclusive sobre o que virá depois de 2012.Por isto falei da imagem de ser um grande rio. Os antigos egípcios já falavam do Rio da Vida.
Certos eventos podem ser influenciados, por nós ou de alguma outra forma, mas ainda assim, eventos individuais são afetados por decisões individuais.
Você pode ter no seu caminho o príncipe encantado de seus sonhos. Três meses depois descobre que a oportunidade se perdeu, porque desprezou aquele simpático rapaz correndo de bicicleta no parque, achando que iria aparecer algum sujeito famoso numa Ferrari para lhe levar direto ao melhor restaurante da cidade... (risos...)

Se eu lhe avisar para não pular do precipício e você insistir em fazer isto, com toda certeza não vou pular junto. E não reclame dos maus resultados. Tem ocasiões em que é necessário ser objetivo. E também porque alguém tem que ficar lá em cima para lhe alcançar uma mão (ou jogar uma corda).




* Leitores de tarot não são qualificados para tomar decisões por você.
Tarot é um trabalho que busca ajudar na evolução, a elevar o nível de consciência. 
O aprendizado é seu, as escolhas serão suas.

Eu só posso acender uma luz, mostrar caminhos, apresentar sugestões. 
Se sua mente estiver lotada de perguntas não vai ter espaço para as respostas. 
Quando algo precisa mudar na sua vida, isto significa que você tem que mudar algo na sua vida.

 P+
18/11/2011 

.'.

Leia também:

.'. 


segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Novas Idéias Fazem as Cidades Inteligentes

Foto: The Idea Desk


Precisamos de mais pensadores, visionários, gente que olhe para o futuro.

Cidades grandes tem o potencial financeiro para alicerçar grandes investimentos, mas é oportuno lembrar, que as pequenas e médias cidades oferecem enormes possibilidades em termos de funcionamento inteligente.

As cidades menores, geralmente possuem características sociais mais destacadas, costumes, tradições, determinadas atividades típicas ou oportunidades que o ambiente natural em que estão permitem.

Empresas e cidades de sucesso tem estimulado o trabalho de pessoas que trabalham interagindo com seu ambiente, explorando possibilidades, desenvolvendo e aplicando novas idéias, formando opiniões.

Colocar em prática é uma questão de permitir que essas idéias sejam ouvidas para que de tempos em tempos, grandes melhorias aconteçam, em todas as áreas.

.'.


Meu comentário publicado na Revista Amanhã: A era das cidades de alto QI


.'.
Leia outros artigos clicando nas tags abaixo:

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Finalmente Teletransporte: Primeiros Passos

A respeito de matéria na Revista Info, Teletransporte Quântico é Realizado no Japão"

Ao que entendi, o que os cientistas conseguiram foi realizar com sucesso mais um passo do processo de teletransporte. Digamos assim, demonstraram na prática que é possível operar de uma determinada maneira.

Existem outros métodos, outras possibilidades que o tempo irá tornar acessíveis.

A religiosidade, o desenvolvimento espiritual tem muitas coisas a acrescentar, basta ser vista e trabalhada desencapada de fanatismos e ceticismos. É apenas um método de se fazer as coisas.

O que é feitiçaria numa época, tempos todos tem-se tornado ciência.

Quem leu Castaneda, num de seus primeiros livros em que cita aprendizados sobre a arte de sonhar de forma consciente, vai lembrar que num dado momento, seu mestre, Don Juan, lhe disse que após sonhar de forma consciente, vendo a si próprio noutro lugar, o grande feito seria acordar "naquele lugar".

Isto sem falar de casos de bilocação (estar em dois lugares ao mesmo tempo), amplamente relatados.

Dimensões paralelas, o que for, são possibilidades a serem exploradas pela mente lúcida, não escravizadas pelas regras e leis que conhecemos até agora.

O universo é imenso e misterioso, com certeza muito temos por descobrir. Algumas das maiores invenções, vieram de coisas muito simples, bem debaixo de nossos olhos.

Precisamos apenas mudar o foco.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Apedrejamento - Manifesto

É tão pervertido que especifica o tamanho das pedras e quanto
do corpo deve ficar de fora, para que o sofrimento dure mais.

As notícias sobre uma mulher que foi condenada a morte por apedrejamento no Irã, são pelo menos, a chance desta mulher ter uma morte menos violenta nalgum outro momento, ou como é comum de acontecer, simplesmente desaparecer.

Tento entender, como o islamismo, uma religião que tem nos seus escritos sagrados, algumas das mais belas palavras sobre a vida humana, tem dentro de si, tamanha crueldade e barbarismo.


Animalesco é o mínimo que posso pensar sobre tais atitudes. Mas observando um pouco mais, pelo tamanho da reação que certos assuntos causam naqueles povos, a coisa mais parece uma imensa aberração sexual, típica das maiores perversões.

As leis de cada país a muito deixaram de ser apenas coisas resolvidas a portas fechadas.

O mundo todo está em comunicação, e as pessoas não aceitam mais coisas como comprar produtos feitos pelo trabalho escravo, ou sentar-se a mesa de alguém que acha normal ficar mais de uma hora jogando pequenas pedras, para aumentar sadicamente o sofrimento de um apenado.



Homens e mulheres sofrem semelhante bárbaro e covarde martírio.

O Cristianismo, através da Inquisição praticou algumas das maiores atrocidades já vistas.

A culpa não é do estado se a religião é quem dita as regras.

Que mundo viveremos logo adiante?

Que mundo semeamos para nossos filhos?

Apedrejamento é uma ação tão pervertida quanto a pedofilia.
Covarde, cruel, bárbara, animalesca, primitiva e sub-humana.

Somos cidadãos do mundo, podemos dizer que buscamos uma vida honrada, ou apenas passamos um dia após o outros, inventando estórias para esconder nossos defeitos?

Alguns sites sobre o assunto, com textos e vídeos, inclusive de dissidentes. Opiniões políticas a parte, leia, olhe, pondere e chegue as suas próprias conclusões.

Atenção: os vídeos e imagens são realmente fortes.

Video of Stoning to Death 

6 Muslim Countries Inflict Death by Stoning

Afghan couple stoned to death by Taliban after their families turned them in when they tried to elope


Mais imagens no Google

.'.

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...