English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!
Mostrar mensagens com a etiqueta . Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta . Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Changes in the Tarot Readings



Changes in the Tarot Readings

(Portugues: Use o botão Translate no lado esquerdo da tela)



Seat and let's me talk for you.

Once I read something like this:
When you are in front of a Master just ask:
- What to do.
Nothing else is necessary.

With time and personal experiences, I observed more and more I just talk what I see.

As I talk what I see also I observed people and their needs and the ways I can work with that.

Not all people are at spiritual paths. Most are just at normal lifes, have a company, or deal with their homework, or are at the school, whatever.

I'm not here to say you must follow a spiritual path.
But I'm sure anything you do, at some time will be your own path and this is a kind of being spiritual too.
Whatever happens, someday any people will find a main energy ruling life. 


So I did some changes in the Tarot readings I do.

As I work for guidance, at any reading I'm looking first who you are, your path and what to do about.

Then I will look for your questions and others life's areas.

But not all people are after all that information about self-knowledge areas in the same way many just want a guidance for their life or companies.

With time, I have commented more and more, so this make difficult to work with, as not all people are after all that material.

For example, when I comment about numerology, I will make more than a map of your life, but add a lot of information about many areas with suggestions and examples for each case and all that inside a Tarot reading.

And the Tarot part, may goes further a lot about questions and aspects related I'm exploring.

The result is too much work so I need to make some adapt to do it better.


So I found to make some changes and add the option for asking only the Extreme One Card Reading. This part is what demand more of me.


Choose what you need


I will be doing three types of readings:

The Extreme Tarot - One Card Reading.  
This is the extreme reading method I wrote an article times ago. 

Here you can just say what the area you want to know or ask an important question. 
Just seat in front of me and let me talk what is happening at your life and what to do. 
Anyway, I will look deeper at your life and soul for the reply. The result is shorter but focused at the main areas. 
Note: This option is not suitable for asking about works on magic as I need to explore what's happening. For such case use one of the two following complete readings option.


The Standard Tarot/Oracle reading.  
I comment only the oracle parts, so it's more objective but more focused on the practical aspects. 
This includes the extreme reading part plus I will be discussing your questions in many spreads as I found need to get information and present the best sugestions I can.
Note: If you are after woks on magic this is a proper reading.

The  Tarot/Oracle reading commenting Numerology aspects. 
This is also a self-knowledge reading. 
I will first comment your birthday numerology aspects, who you are and how that works as a map to your life. This is a personal study and I strongly suggest you to print it and save for future study. The material I write here are related to all your life and may be re-read and studied in the future many times. 
And this material I will use if you do another later readings as I will be commenting about the from the previous material you received.
The second part is the Tarot readings, plus I will be pointing what aspects of your personal numbers are acting there and why. 
It's become a long size work and unique to each case. 
Note: If you are after woks on magic this is also a proper reading.




Wish this for now help people to find better options.


P+
25/01/2017

.'.








quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Do Thick Salt Bath or Herbal Bath Over Your Head?

Photo: Gina Blank - Canada


Do Thick Salt Bath or Herbal Bath Over Your Head?
How to make a big mess just because a bath or an incomplete cleanup.


Portuguese resume: "Banho de Sal Grosso ou ervas pode e deve ser feito incluindo a cabeça. A estória sobre fazer só do pescoço para baixo é só repetição de algo que é para sacerdotes formalmente iniciados em religião africana. Se você não é de alguma religião destas (ou apenas frequenta mas não tem assentamentos de Orishas/Lwas), faça seu banho tranquilo. E depois faça um banho com ervas para fortalecimento das areas desejadas".


Spiritual baths are used at almost all traditions.

To start I took as example the very popular Thick Salt Bath.
Most of this apply to others baths types too.

Such baths have in basic one or more of these purposes, I just made a simple resume, not complete but that give an idea:

Cleaning baths:
  • Remove negative energy.
  • Banish some negative spirits and/or astral larvae.
  • Cleanup part of the negative influences due curses/magical attacks.
  • Neutralize some aspects due diseases.
Protective Baths:
  • To empower your body and soul. 
  • Keep away energies and spirits.  
  • To make strong your barriers.
Empowering baths:
  • Attract positive energy (love, health, wisdom, wealth, etc).
  • Add needed energy aspects. For example, some baths are good for mediumship or dreams.
  • Add protection power to body and soul.
  • Add specific powers like planetary aspects due proper correspondences.
  • Become in tune with some desired energies.
  • Healing.
  • Protection.


There are some similar results while washing your house/office with herbs or smoking with herbs for cleanup or attract desired energies.


For sure I won’t discuss about doing cleanups at large buildings, offices or land areas like farms. There are many other practices proper to such places, that need more power. But even so, the basic are related, so you will have an idea about what is to be done.


What is the Thick Salt Bath? 

What is the Thick Salt Bath? It’s just a cleanup, most for eletronic type energy and low-level spiritual energies including astral larvaes. Start with the idea of the purifying aspects of the salt, plus the simple electronic results it has over any energy.

A salt bath is just a cleanup, not selective, to remove any energy, bad or good.

Such bath is very popular just because it’s used when people feel they are at bad times and need a cleanup of the bad aspects in life.

Many people use to do a sea bath at the New Year celebrations as a cleaning too.


You must get this: a Thick Salt Bath is not a banishing against strong spirits. Such cases need more to be done.


Many of such baths may have a prayer part, most used by former magicians and people who works at spiritual areas.

By other side, the common, “normal” person just is after a bath to cleanup the bad and they just think about to attract the good energies into their lives.

But the salt only remove and clean, so you need to do a second bath later to attract the good energies


A classic example used by many ceremonial magick practitioners is the Solomonic Bath, that uses consecrated water and salt, a lot of prayers and sometimes some herbs:
“…Enter the bath once again, recite Psalms 104 and 81 and pour the water over your head several times....”
 from: The Solomonic Bath – Aaron Leith


If you do not have a bathtub, you can use a bucket. 
Yes, this is a water with ice bath, and is a good spiritual bath too!

The problem

Too often I see people cite about doing cleanup baths and add a “warning” to not pour that over your head.
I fully disagree. Who are they? Do your herb or salt bath without fear from head to toes.


Such baths are part of the many ways for a spiritual cleanup, to remove bad energy, banish spirits, protection or to just to attract good energies into your life.

To be clear: as cited above there are baths to remove energies and the same there are baths to get energies.

And to be very clear: having a bath in a clear fall in the mountains, or in a stream, or a rain bath, including your bathtub or shower also have spiritual capabilities for cleanup!


Source: Spiritualjapan


Even a clear water is a cleanup or empowering bath if proper used. To be clear, do a prayer and consecrate the water.
It’s just a bath to make it simple. But with additional effects.
And many of that works near in the same way like doing smoking with herbs.
To repeat, some will banish energies and some will attract energies.
And for sure there are rituals to do since the basic to even more complete cleanups.



Why some people say to not pour the bath over your head?

Most of them does not know the why. They are just repeating like parrots. Someone told, or they read at any magazine, etc.

The most popular source for this idea in the western countries is because a mixing of practices with some from ATR (African Traditional Religions).

The idea presented is because the head is a kind of “property” of some spirits of that religions, the Orishas, Lwas or someone else. Some use a different word, but still the idea is “property”. Some even forbid their members to have a simple bath at the sea! Yes, you can’t swim in the ocean!



If you are not a former initiated member of such religions that in no ways apply for you. Dot.


Some religion say you can’t eat pork. Others say cow are sacred. Others are vegans and etc.

Each area have their practices.

So keep yours, just respect others the same way they have to respect you. .


If you are a client at some of that areas for sure be respectful, but they also must respect you too. That is their practice, their faith, not yours. You are not forced to enter into a religion if you are just a client.


You have to go after information too. Look for more sources.
For sure I respect the good and serious priestess and priestesses. I'm a Babalorixa at Candomble, so this is my opinion.
I just had too much bad experiences and knew so much bad corrupt ones to learn and think more what may be or not to be right. And be sure this happened at other areas I work for decades.


Do not act blind! If you do not receive a very clear and decent clear reply from spiritual mentors, or even become threated due asking, get out fast!

"No true spiritual ally, like a true friend in the land of the living, should treat you as a pet. Either they serve you or you're equals. - Gordon Finn” 
from the Ritual Offerings book.


This is something simple and is part of all I wrote about the risk of mixing practices for the Ritual Offerings book. The part I wrote is related to many other magical areas too. There are many ways to opportunists spirits (and the charlatans) get control and feed from your life. 99% of what I wrote most ATR priestess won’t tell you. That’s my practical experience, I went deep in the darkest corrupt areas, I learned under blood and tears. So please remember there are the good ones who are serious and do a good work. I'm just pointing the many traps.

The other problem as told above, are the people who just repeat things like parrots about magick and spirituality. They become victims too, just are working blind in the magic/spiritual because they don't know what's really behind that.

Holly Dip. A sadhu swings his head as he takes bath at Sangam in Allahabad.
Photo: Jagran.com - India


What may happens if you do not bath your head too?

To be simple, the bath will be incomplete and allow opportunists spirits to take you.

If you don’t bath your head, that important area become opened to any intrusive spirits and energies.
One simple idea to compare is doing unsafe sex. Would you trust if someone you just found, want sex at start without condoms and even get furious if you question that?
Think on risks. Have safe sex and the same way, have safe religion and spiritual practices.


So if you are not a former initiated member at such religions, and avoid doing a bath over your head because an idea that appears even a threat from an unknown source, guess what kind of spirit will find very easy to find an opened door and take that space? Uhm? The bath will cleanup the entire body, including any guardian for a time, and that space will be taken by any energies waiting safe in the head!

And more important: if you are not a former initiated and do not wash your head with the baths because fear some spirits, be sure that spirits won't be working to protect you. Forget the parrots talk, all that are incomplete. At any area, the spirits only will start to do some if you start working with them and doing offerings and even worship. At some areas this is the real purpose of tell you to not wash your head. A trap.



Higher spirits won’t destroy your life because a bath.

The higher ones spirits means to be powerful and able to keep some distance while you have a needed care. If some of that cause harm to your life because this, be sure you are not in a good area, so is better to get out and move to a safe place.


And see later the comment bellow about a needed second bath after the cleaning with salt or herbs.

I fully keep my position about anyone who is not an initiated at some religion. They have not to obey to some spirits that have nothing about their lives.The same if you eat pork, or like meat, is not a vegan, etc.


How baths work to make it simple:

If you do a cleanup (to remove energies), the only precaution is to remember if you have some kind of guardians. Just notify them so they will be apart for some time and return as you finished.

This is the same if you wash or smoke your house with herbs. Any spirit, angels, etc. will take distance. So if you have an altar for example, be sure the spirits/angels of the altar will also take a safe distance. Just remember to notify your guardians or altar spirits about the cleaning you will do and after some hours, call them back as commented bellow.

At the drawing I omitted any guardians just to make it more simple.

At the first, is an example of someone with all kind of bad energies, inside and outside.
The second, is what happens if you do not pour the bath over your head. That is simple: any energies at head level, inside and outside can stay there and later, will feed from the fertile area resulting bellow. This is why I used a grass area as example.
The third, is an example for a optimun full bath. In practice this is what is desired. To have a powerfull cleanup and empowerment and get good energy around.

Also, to make it simple, the idea here is doing a cleanup bath followed by an empowerment bath as cited next.





After the bath/cleaning remember to fill the place again

Once you had your bath, or did a house cleanup like smoke, etc., wait some few 3-4 hours so that have the needed effect and follow that with another bath or smoke with herbs to attract good energies.
Prayers are good too.

Get this? If it was a cleaning bath, just wait some 3-4 hours and do another bath, first just clean water to remove the salt and then bath with other herbs to attract the desired good energies.


As the cleaning salt/herbs bath can remove anything, so after you need to fill again the space with good energies.
And if you have guardians, altar spirits, etc., just light a candle, do a proper prayer and offer incense or smoke the place with positive herbs calling them to come back to the place you pointed to them at your house and life.

Note: sometimes after the first bath, when the person is to heavy due bad energies, the body will relax and need to sleep to rest. If this happens, is very Ok so have the needed sleep and then do the following bath.


This is the same basic idea for a general building cleaning. For sure these are other procedures and even stronger rituals to be done by a magician/priest. First banish the undesired spirits, then make a powering rite and invite the protection spirits to care of the place.
About buildings and land areas, for sure there are some extreme cases, where exorcism is needed and some of that can be really hard to deal.  To be sincere, some places are near impossible to cleanup again because is needed to negotiate with the spirits and what they ask may cost a lot, not just money for sure. So only mother nature will do that working for thousand years.


What herbs use later for an empowering bath?

That vary a lot.

Since the generic ones to specific areas, we have a lot of herbs to use and the choice sometimes is related with what area the person need more.

Some very easy to find:

  • Rose petals. For Spiritual and Love areas.
  • Bay Laurel. For protection and good to connect with higher levels of spirituality like spiritual mentors.
  • Cinammon. Body force and prosperity. Lavender. Peace and calm.
  • Rosemary. Mind focus. 
  • Hyssop. Cleanup physical and spiritual, remove negative energy and is also good for protection. See Psalm 51. You can use Mint in the same way.

You will find many herbs references. The important for the second bath is look for herbs to attract energies, not the cleansing ones. Remember, the idea is to add desired energies.

And repeating, always is good to do a prayer according your faith for your spiritual mentors bless the baths you are doing.


To resume

A spiritual cleanup bath can't be seen as a sin.
There are the cleanups, the protective and the empowering baths.

If you get all this, I’m sure some of you may start to think about some cases when people had did such baths not pouring the water over head and times later had the same or even worse effects as before. For example, some spirits asking for offerings to keep out.
It's easy to find people who started doing simple things and later they had to do more and more other works, too often to solve problems they had not before.
The same for buildings/houses cleanups when people do the banishing and don’t add the needed protection rite after the cleaning.

Remember, an empty body or building or land area is a place to be filled.
So have control over your life and do a decent complete cleanup and follow that with a rite/bath to invite the desired good energy/spirits to care of that.

So just do the complete bath and add an empowering one after for a complete result

Get this? Simple, uhm?

So do your bath from head to toes without fear and later just do another one to get good energy.


Additional reading suggestions: 

The Uncrossing Ritual - A great resource and lots of information by Brother Moloch.
The Solomonic Bath – A complete review and step by step of this classic Grimoires procedure by Aaron Leith.



.'.

P+

26/12/2016


sexta-feira, 7 de junho de 2013

Sorte não é Acaso

Good Luck
Artista: Susan Hawkins - Germany



Sorte? Arrrrrggggg!!! Que misturada que fazem entre coincidência de energias e ciências antiquissimas.

Quando faço um estudo de numerologia, tarot, aconselhamento ou seja lá o que for, deixo bem claro que não tem milagre nenhum nisto. De nada adianta fazer um trabalho intenso para um empresa se esta continuar a fazer uma porcaria de produto, tratar mal os funcionários, lidar mal com o público.

De nada adianta eu avisar que a pessoa está pulando no abismo e achando que eu tenho de me atirar junto! Mas vou estar lá na borda para atirar a corda quando ela decidir olhar para cima de novo. Enquanto isto muitos olham quem está lá embaixo e jogam uma pá...

O termo Ciências Ocultas quer dizer apenas que são áreas de estudo discretas, não públicas, e que tem todo um porque e uma mecânica funcional. Mas nada de acaso, pelo contrário. Existem condições para que algo não atinja o resultado, mas na maioria das vezes, muito óbvias como os exemplos que citei. 

O primeiro de tudo, é que se você quer mudar sua vida, VOCÊ mesmo tem que mudar algo na sua vida.

Acha que seu marido/esposa não gosta de você? Pelo você menos se arruma direito ou aprendeu a não fazer da vida do outro um inferno? 

Quer resultados mas não tira a bunda da cadeira?

Citando uma frase muito usada mecanicamente por consultores de empresa: Sorte é preparo + oportunidade. Ou seja: entrar em sintonia com o momento e estar preparado (fazer o seu trabalho) para desfrutar da oportunidade. De que adianta aparecer uma vaga maravilhosa se você não tem aptidão nenhuma para a tarefa?

Então prepare-se para a sorte. Convide-a para entrar na sua vida.


.'.

P+
07/06/2013

quarta-feira, 9 de maio de 2012

O Caminho das Iniciações

Para o iniciado os símbolos são parte da linguagem de Deus.
A Alquimia é a transmutação do Ser.
By Patrick Joust


Existem várias iniciações. O ingresso, as conquistas, as revelações, os grandes e pequenos graus.

Realmente, ser iniciado é uma consequência. Em hipótese alguma é algo que se recebe para passar a estar nalguma condição.

Pelo contrário. A Iniciação só vem depois de muito trabalho sobre si mesmo.

Muitos grupos famosos até, usam a palavra "iniciação" com o significado de "praticar um ritual", mas isto está incorreto.

Iniciação significa empreender uma jornada.

E ninguém vai para uma jornada sem uma prévia preparação. Mesmo os afoitos que entram em qualquer ônibus que aparecem, logo precisam pedir para descer na primeira parada porque não tem nem uma muda de roupa de baixo. Ou vão ficar incomodando as demais pessoas do ônibus para "filar" as coisas que não tem. Pede um cigarro para um, o lanche do outro, o coberto de alguém mais e assim vão. Mas todos estes, quando chegam ao destino, chegam pior do que embarcaram, sem nada e sem crédito nenhum e pior, devendo favor para todos que o aturaram.

Quantos de vocês conhecem estes parasitas? São cheios de discursos sobre compartilhar as coisas (dos outros), sobre mil e uma façanhas (dos outros), mas são apenas ratazanas a espera de alguma migalha cair, ou então, roubam o que podem.

Para empreender uma jornada é necessário preparar-se. Conhecer seu corpo, sua respiração, como alimentar-se. Preparar-se aprendendo técnicas de massagem, relaxamento, exercícios. Conhecer melhor suas emoções e sua mente.

Descobrir a meditação e gradualmente chegar num estado mais calmo e silencioso.

Adquirir uma disciplina, ter compromisso consigo e com os demais.

Até que um dia começa a descobrir a fé. Mas não nalguma coisa externa inatingível, mas aquela certeza interior de que somos parte de um todo e, que podemos senti-lo e sermos unificados algum dia.

Antes da iniciação, a pessoa vai ser um curioso, um interessado. Começa a buscar informações.

Alguns se tornam turistas espirituais, vão frequentar todas as palestras, todos os workshops e até, vão ter fotos abraçados com todos seus gurus favoritos, na estante do escritório, como se isto lhes conferisse algum nível mais elevado.

Outros vão tropeçar aqui e ali, talvez fiquem nas primeiras armadilhas internas: O curso é "muito" longe. Aquele lugar tem pessoas que não combinam comigo. Posso fazer isto a qualquer hora, mas não hoje, pois não posso perder aquela liquidação. Seria ótimo se não fosse neste horário. Não tenho roupa para ir...

E alguns poucos, vão começar a praticar algum trabalho, um método. Tomar parte de algum grupo mais fixo uma escola de Yoga ou até um centro de meditação.

E enquanto fazem isto, também estão trabalhando no mundo. A sua vida pessoal também vai aos poucos sendo influenciada.

É muito fácil largar tudo e enfiar-se num mosteiro nalgum lugar remoto. Lá não tem perigo nenhum, a comida vai estar abençoada com certeza, tem quem cuide dos horários e, principalmente, aqueles perigos todos da civilização não estão lá dentro. Porém, bastam algumas horas depois do regresso para voltarem à mesma vidinha de antes. Apenas deixaram tudo esperando na porta.

A preparação para a iniciação é um aprendizado constante. Algumas escolas esotéricas tem níveis, ou degraus, assim como no Karatê.

De curioso a interessado. De interessado a neófito. De neófito a aprendiz e assim por diante. Até que um dia a pessoa chega num nível em que possui um pouco de energia pessoa, um pouco mais de clareza, sabe onde está seu centro.

A construção só começa quando as pedras estiverem entalhadas e prontas. O tijolo que sai do forno que lhe queimou as impurezas vai começar sua jornada para contruir algo e ser parte de algo maior.

Foto: Amanda Mabel


O trabalho pessoal confere luz e clareza, mais força disciplina que fortalecem nosso centro.

Quando se aproxima a iniciação, a pessoa não tem mais pequenas dúvidas idiotas, nem se perde divagando com coisinhas fúteis. Pelo contrário, as dúvidas e questionamentos são imensos e as coisas fúteis, são maiores ainda (risos). O que importa é o compromisso, a fé, a força interior.
 
A evolução não acontece em saltos. Assim é a iniciação. Ela vai preparando aos poucos.

Até que chega um momento, em que a pessoa está pronta e aí um Mestre lhe entrega as chaves. É uma experiência íntima e que externamente, só pode ser percebida pela energia que libera.

Pessoas que estejam num caminho, podem perceber isto, e estas cerimônias são muito especiais. Os locais aonde são feitas as iniciações mantém uma parte da energia. Por isto os antigos templos e locais de iniciação dos diferentes povos, sempre atraem tantas pessoas, por causa da energia que ali ficou.




Iniciar-se não é receber um diploma. É um início.

Menos ainda, fazer um cursinho de final de semana e achar que se tornou um super-mestre.

Iniciar-se é encontrar o fruto de uma semeadura feita dia a dia, com força, perseverança, vontade, fé, muita coragem e Amor.

Este fruto será apreciado e suas sementes deverão ser cultivadas e cuidadas. A terra precisará ser lavrada. As ervas daninhas extirpadas. Irrigar, podar se necessário, esperar.

Um dia seus primeiros frutos chegarão. E com cuidado e perseverança, muitos outros frutos virão a cada estação.


Sw. Gilberto Prabudda.'.
15/02/2006

Publicado originalmente no Orkut, na comunidade Sociedades Secretas

.'.

Leia também:

.'.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Fé só existe quando é voluntária

Fé só existe quando é voluntária.
Foto: huragankatrina
Muitas coisas acontecem porque deixamos.
Ouvimos sem calar nossos pensamentos para avaliar o que está sendo falado.
Quem está falando de quem? Com qual intenção?
Quantas vezes somos enganados simplesmente porque estamos sendo corretos e pensamos que os outros também são.
Esquecemos que sorrisos as vezes servem para desviar nossa atenção de olhos que demonstram astúcia, inveja, ganância.
Queremos resultados, mudanças, e muitas vezes não percebemos que as pessoas simplesmente repetem as nossas próprias palavras. Acabamos crendo naqueles que repetem o que nós mesmos dissemos antes.
Concordamos com reclamações de quem passa o tempo criticando os que estão de pé, trabalhando.
Deixamos de nos perguntar como é que alguém "de repente" aparece com uma habilidade nova, e palavras que não fazem parte de sua formação, mas que sucumbe a qualquer pergunta mínima.
Deixamos nos confundir com a lábia que vem de revistinhas populares e livros escritos sabe-se lá por quem, vendidos baratinho como a qualidade do seu conteúdo.
Deixamos de perceber quem está ao redor, ignoramos sinais, avisos.
Somos nós mesmos quem permitimos boa parte das vezes, as perdas que sofremos. Muitas vezes, os problemas serão criados contra nós, justamente por quem logo ali adiante, estará oferecendo "muito amigavelmente" uma solução. E forma-se um ciclo de bem-estar e mal-estar.
As coisas andam um tempo, depois repentinamente, apesar do ciclo natural das estações e das colheitas, algo acontece e regredimos.
Só permanece a nossa desorientação, procurando lá fora, uma resposta, quando muitas vezes, ela está bem perto de nós, sentada a espreita, ao nosso lado.
É preciso buscar o aprendizado, ampliar nossa consciência.
E isto começa perguntando a nós mesmos:
-Quem está falando?
-De quem está falando?
-Por que está falando?
Osho nos dizia para sempre questionar. Começando por ele.
Só uma pessoa cega e tola aceita as coisas sem questionamento. Não se trata de simplesmente negar, mas de ponderar, avaliar se isto tem coração, se é algo novo e positivo em nossa vida.
A fé, não é cega. Não é aceitar qualquer coisa cegamente. Isto seria burrice. Confiança vem da certeza do questionamento. Questionar apenas sem chegar a uma conclusão é estupidez. A confiança vem da percepção muito clara das coisas.
Fé não é abaixar-se para quem só tem gritos e calúnias como argumentos.
A fé é a certeza nalgo maior. Que inclusive, por ser verdadeira, se permite ser questionada.
A fé, não é escravidão.
A fé é voluntária e nunca precisa ser convocada e não precisa provar nada para ninguém.


Gilberto Strapazon (Prabuddha)
.'.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Caminhar por Si e Ter o Mérito da Colheita

Chegar ao cume, por si mesmo!
Foto: Eric Lon

Nuvens que preenchem o céu nos mostram que a beleza da vida, assim como nossos ideais e pensamentos, tem uma duração passageira, mas que faz parte de uma continuidade.

Assim como nalgum momento as belas imagens que passam nos desenhos formados pelas nuvens, retornarão para a terra em forma de chuva, nosso pensamento algum dia deverá tornar-se realidade, seja pelas nossas ações, seja pela manifestação de nossos desejos que atraem as ocorrências.

Nestes anos todos, a vivência tem sido variada, e se por vezes o cotidiano nos faz revisar e questionar o que fazemos, por outro lado, esta mesma continuidade da vida nos mostra que, citando o I-Ching, "a perseverança num caminho correto é favorável".

E o que seria este caminho correto que alguns buscam?

Veja, para o preguiçoso, apenas o que é fácil e cômodo lhe parece bom.

Para o oportunista, nada melhor do que aproveitar-se do trabalho dos demais.

Assim como na natureza, as pessoas também manifestam estes comportamentos.

Outros anseiam por algo que lhes parece uma vida pacífica e sem problemas.

Mas a falta de problemas não indica necessariamente uma vida agradável. É necessário algum vento para que as sementes das árvores possam se espalhar e florescer.

Os aventureiros buscarão o estímulo da busca, do desafio. Alguns se arriscarão de forma imprudente. Outros serão buscadores da vitória interior, de conquistar a si mesmos.

É muito fácil para alguns, aprenderem algumas palavras vazias de alguma revista destas populares, e apregoar um aprendizado que não tem.

São os tais pseudo-pesquisadores de livretos de bancas de revista, os que fazem um curso  rápido qualquer, de preferência quase gratuito, ou que simplesmente tomam para si o trabalho de outros e se intitulam meritórios "mestres".

Lábia de vendedor é usada para inventar algo que parece "papo cabeça" e enganar os incautos iludidos com tantas estórias inventadas. Mas esquecem de observar como alguém de repente aparece apregoando milagrosos conhecimentos sem nunca ter estudado, ou sem que ninguém jamais soubesse. Relatos que mudam de palavras e conteúdos a cada dia sem qualquer consistência.

Mérito representa algo que é merecido. O grande mérito é a sucessão de méritos reconhecidos por outros que tenham tanto ou mais méritos. Só então, do acúmulo de grandes e merecidos méritos, chega-se a vislumbrar a glória.

E um dos primeiros passos é aprender a dar graças pelo aprendizado. Agradecer publicamente, dar os créditos a quem tem ensinou. Mesmo se fores fazer uma citação de um texto, deves agradecer dando os créditos senão tudo que obterá será mais e mais Karma. Então se podes ter Dharma, uma benção positiva, por que deixaria de fazê-lo? É acaso algum tipo raríssimo de semideus que herdou tantos poderes que não precisa de ninguém?

E mesmo assim, se agradeceres falsamente, achando que de uma vez apenas tiras o peso do karma de tuas costas, se engana. O falso agradecimento, a pessoa mal agradecida, apenas coleta mais e mais karma e a pouca energia que pensa ter tomado, correrá para longe e será muito mais difícil reconquistar.

Neste muitos anos, décadas, foram incontáveis os milhares de banhos de água fria, jejuns, purificações, caminhadas na mata, metas a buscar, etc., para aprimoramento e aprendizado das energias. Exercícios, estudos.

Reinícios fazem parte da busca.

Certos aprendizados não são apenas intelectuais, não podem ser apenas anotados.

Isto se deve a correspondência e a relação direta entre os diferentes reinos.

Se falo por décadas de tarot, numerologia, práticas de magia, meditação, etc., falo também de atividades que são absolutamente básicas e que dependem umas das outras para o efetivo aprendizado.

É muito fácil eu colocar a mão na sua testa e lhe dar a visão para jogar cartas. Você pode até pegar meus escritos e intitular-se perito em ocultismo, numerologia, magia, o que for. É como uma pessoa comum pegar a roupa de um soldado e ir direto para o front de guerra! Ou vestir-se de policial por conta própria. Mas qual será a raiz, o que realmente estará dentro de você? Respondo: Só aquilo que tu cuidares por ti mesmo.

Pode-se ganhar um brinde espiritual. Trata-se disto. Adquire-se um talismã, uma benção.

Mas mesmo assim, será necessário o trabalho prático com os elementos, as direções, os planos e dimensões.

Se não cuidares do que recebeste, ao cabo de pouco tempo perderás o presente. Lembre, não é teu, é do universo e a ti é dado para que cuides bem e trabalhe para fixar e aprimorar!

É necessária a prática de algum tipo de disciplina adequada a você para que aquilo não sejam apenas palavras que se falam ao vento ou nas rodas de bate-papo. E que serão perdidas e esquecidas.

Mesmo que você escute as palavras verdadeiras de um mestre, lembre que estas são como sementes que devem ser plantadas num solo preparado, cuidado e regado regularmente. E os frutos, deverão seguir também este ciclo até que em você, seja gerada sua própria plantação, sua própria floresta, seu próprio lugar no mundo.

Um dom que não é usado é apenas um grande peso nas suas costas!

Um dom, uma iniciação que não forem preservados, será perdido, mas ainda assim, estará sujeito a responsabilidade! Deixaste o bastão atirado pelo caminho, mas mesmo assim, logo adiante já estarão te esperando os momentos em que precisarás deste bastão que desdenhaste.

E não importa se já tens títulos e mais títulos nalguma outra área. Poderá ser teu maior castigo ou então, isto poderá lhe ajudar, se tiver humildade, para o aproveitamento e aprendizado das lições que lhes forem passadas.

Sem humildade, de nada adianta, por exemplo, se você for mestre em Karatê e buscar o aprendizado em panificação! Terá que começar de zero, lavando panelas como qualquer aprendiz de cozinha.

Ninguém chega algum dia a ser mestre sem a capacidade de ajoelhar-se para iniciar um novo aprendizado com respeito e perseverança.

E o que um valoroso faixa preto em Karatê teria a ver com saber preparar deliciosos pães, doces, bolos? Simplesmente por primeiro, ser perito em tratar os outros na pancada tem sua serventia quando se usa este conhecimento para controlar e disciplinar a si mesmo, ao invés de impor-se na marra. E porque mesmo o mais valente lutador (poder físico) terá que saber alimentar os demais (poder espiritual).

Tens mais amigos se fores um bom padeiro e cativares pela gentileza, pelo coração (sabedoria), do que se tornar um tirano (vaidade) e fazer as coisas serem a sua maneira na marra, como uma criança teimosa e mimada, quebrando tudo quando contrariado.

Muitos são os que querem o conhecimento, o poder, alguma meta. Mas sem alicerces verdadeiros, tudo que conseguirão será uma efêmera e falsa passagem por algum degrau um pouco mais alto, mas jamais conhecerão o cume da montanha.

Os mestres, de todas as escolas esotéricas e linhas de espiritualidade se conhecem entre si e só os tolos vestem trajes que não lhes cabem.

Pode-se roubar um diploma, um livro, mas nunca o verdadeiro mérito de saber e criar realmente seu conteúdo e assim, poder tranquilamente recriá-lo a qualquer momento.

Quando tens tua própria caminhada, então começará, a saber, como flui o rio da vida e beber de suas águas.

 
.'.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Apedrejamento - Manifesto

É tão pervertido que especifica o tamanho das pedras e quanto
do corpo deve ficar de fora, para que o sofrimento dure mais.

As notícias sobre uma mulher que foi condenada a morte por apedrejamento no Irã, são pelo menos, a chance desta mulher ter uma morte menos violenta nalgum outro momento, ou como é comum de acontecer, simplesmente desaparecer.

Tento entender, como o islamismo, uma religião que tem nos seus escritos sagrados, algumas das mais belas palavras sobre a vida humana, tem dentro de si, tamanha crueldade e barbarismo.


Animalesco é o mínimo que posso pensar sobre tais atitudes. Mas observando um pouco mais, pelo tamanho da reação que certos assuntos causam naqueles povos, a coisa mais parece uma imensa aberração sexual, típica das maiores perversões.

As leis de cada país a muito deixaram de ser apenas coisas resolvidas a portas fechadas.

O mundo todo está em comunicação, e as pessoas não aceitam mais coisas como comprar produtos feitos pelo trabalho escravo, ou sentar-se a mesa de alguém que acha normal ficar mais de uma hora jogando pequenas pedras, para aumentar sadicamente o sofrimento de um apenado.



Homens e mulheres sofrem semelhante bárbaro e covarde martírio.

O Cristianismo, através da Inquisição praticou algumas das maiores atrocidades já vistas.

A culpa não é do estado se a religião é quem dita as regras.

Que mundo viveremos logo adiante?

Que mundo semeamos para nossos filhos?

Apedrejamento é uma ação tão pervertida quanto a pedofilia.
Covarde, cruel, bárbara, animalesca, primitiva e sub-humana.

Somos cidadãos do mundo, podemos dizer que buscamos uma vida honrada, ou apenas passamos um dia após o outros, inventando estórias para esconder nossos defeitos?

Alguns sites sobre o assunto, com textos e vídeos, inclusive de dissidentes. Opiniões políticas a parte, leia, olhe, pondere e chegue as suas próprias conclusões.

Atenção: os vídeos e imagens são realmente fortes.

Video of Stoning to Death 

6 Muslim Countries Inflict Death by Stoning

Afghan couple stoned to death by Taliban after their families turned them in when they tried to elope


Mais imagens no Google

.'.

Leia outros artigos relacionados clicando nas tags abaixo:

sábado, 28 de agosto de 2010

Ufo não existe? Magia não existe? Deus não existe?

Não vejo, não existe.

Arte: The drowning artist (O artista se afogando)
Óleo sobre madeira, 60 x 60 cm.
Artista: Linnea Strid - Stockholm, Sweden




Alguém diz que estudou isto ou aquilo por anos então não existe!

Respondo:

O padre Quevedo estuda uma vida inteira um assunto então afirma que "isto não ecziste"!

Eu pessoalmente discordo quando pude conhecer algo por ambos os lados da questão, de forma proporcional. Caso contrário, estou aberto a dúvidas e questionamentos.

Por exemplo, Fumei durante muitos anos. Parei de fumar. Só depois que tive o mesmo tempo entre não-fumante e fumante, é que tive uma visão de ambos os lados. Atualmente fumo. Faz mal? sim, e daí?  Meu médico bebe nas refeições, e daí?

Questões que tornam-se dogmáticas, correm o risco de perderem o questionamento. O sinal mais importante da nossa linguagem é o ponto de interrogação: ?.

Quando paramos de questionar, abandonamos uma questão. Tem casos em que consideramos menos necessário o aprofundamento num determinado âmbito, enquanto noutras vezes, a investigação pode nos levar a lugares totalmente novos, experiências e aprendizados.

Quando afirmamos que algo "não ecziste", estamos cerrando nossos olhos, encarceramos a alma, acorrentamos o cérebro. Como um cão de caça, que ao invés de correr livre pelos campos, fica amarrado numa corrente, ao confortável alcance de seu dono.

Explorar o desconhecido, significa ir aonde não existem mapas. Algumas técnicas, assim como para andar na selva, ajudam um pouco, mas algumas vezes, será necessário largar a corda, arriscar a passar por águas escuras, caminhar na escuridão, tatear e abrir bem os ouvidos procurando um sopro de ar que indique a direção.

Loucura, é quando simplesmente se vai por aí, batendo a cara em qualquer árvore. Se temos olhos, audição, intuição, enfim, diversos sentidos, devemos usá-los.

E um dos princípais sentidos que o buscador possui, é justamente o coração. Se algo toca instantaneamente seu coração, observe, esteja atento.

Mas se é necessário uma enxurrada de palavras, cuidado! Temos muitos vendedores profissionais, peritos na arte da lábia, que lhes convencem que isto e aquilo é do jeito que eles falam.

Não se aprende nada de olhos fechados.



.'.
Leia outros artigos relacionados clicando nas tagas abaixo:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...