Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Dente do Siso Dói Por Juízo ou Karma?

Self dentistry handbook
Arte digital: Funkwood - Canada  



Dente do siso dói ao nascer?
É sinal de juízo?
Os meus nasceram quase na boa.
Em silêncio foram aparecendo.
Quer dizer, quase. As vezes uma dor aguda vinha do nada, como um prego de 20 cm enfiados do lado da orelha e saindo no ombro, mas que logo sumia.
Até que um dia, algo estranho começou a acontecer. Uma dor mais esquisita surgiu, passou para algo mais agudo e rapidamente virou um tormento.
Tive certeza de que era problema de canal. Latejava o corpo inteiro. Até o som de uma mosca voando por perto fazia doer mais.
Mas não, não era canal.
Descobri que um dos dentes de siso ainda estava dentro da gengiva e estava virado uns 45 graus na direção do molar, empurrando este e mais outro.
Três dentes comprometidos de uma vez só.
Doia muito, horrível, não tinha analgésico que funcionasse até que consegui o horário na odonto que fez uma anestesia mega-reforçada para eu conseguir parar de esmurrar tudo que tinha pela frente.
Meteu o bisturi e abriu minha gengiva e com a ajuda de outra auxiliar. Conseguiu pegar aquele treco de lado e puxar até que soltasse. Por pouco minha orelha não saiu junto de tanto que puxaram até afrouxar.
Meus pés formigavam de tanta dor, eu não sentia meus braços.
Se pudesee, eu voltava a fumar a mesma hora mas não dava com todo aquele sangue e minha gengiva aberta feito corte de cesariana de emergência.
Finalmente tiraram, reforçaram os anestésicos e costuraram tudo.
Fiquei uns quantos dias bochechando malva para ajudar a cicatrizar e tomando mais um monte de remédios.
Aquele tormento valeu no mínimo pelo pagamento de todos terríveis pecados de umas três vidas. Talvez como como assassino nazista, estrangulador serial na Sibéria e inventor da TPM.
Quando pensei que tinha terminado o suplício algo mais estranho aconteceu.
Um pedaço da raiz furou a gengiva ainda inchada. Ou era outro dente desaparecido?
Depois de dias e dias daquela dor de dente horrorosa que começava no último fio de cabelo e irradiava até a ponta do dedão do pé tive que correr para o consultório.
Mais radiografias e de novo o bisturi.
Muita anestesia e o resultado: não era raiz, nem outro dente esquecido.
Tive que dar crédito para tanta propaganda e alerta dos dentistas: aquilo era um pedaço de placa dentária, aquela mesma que vivem falando para se cuidar. Pô, eu escovo os dentes todo mês! Qualé?
Mas a porcaria estava por dento da gengiva grudada na porcaria do espaço entre o siso extraído e os outros que ele esculhambou, e que finalmente quando teve espaço, veio a tona. Parecia um dente de tão grande. Mas finalmente a dor passou.
Fiquem tranquilos. Nem sempre dói assim quando essa desgraça começa a nascer.
É só até criar juízo ou pagar o karma de algumas vidas. Rsssss....

.'.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...