Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Fé só existe quando é voluntária

Fé só existe quando é voluntária.
Foto: huragankatrina
Muitas coisas acontecem porque deixamos.
Ouvimos sem calar nossos pensamentos para avaliar o que está sendo falado.
Quem está falando de quem? Com qual intenção?
Quantas vezes somos enganados simplesmente porque estamos sendo corretos e pensamos que os outros também são.
Esquecemos que sorrisos as vezes servem para desviar nossa atenção de olhos que demonstram astúcia, inveja, ganância.
Queremos resultados, mudanças, e muitas vezes não percebemos que as pessoas simplesmente repetem as nossas próprias palavras. Acabamos crendo naqueles que repetem o que nós mesmos dissemos antes.
Concordamos com reclamações de quem passa o tempo criticando os que estão de pé, trabalhando.
Deixamos de nos perguntar como é que alguém "de repente" aparece com uma habilidade nova, e palavras que não fazem parte de sua formação, mas que sucumbe a qualquer pergunta mínima.
Deixamos nos confundir com a lábia que vem de revistinhas populares e livros escritos sabe-se lá por quem, vendidos baratinho como a qualidade do seu conteúdo.
Deixamos de perceber quem está ao redor, ignoramos sinais, avisos.
Somos nós mesmos quem permitimos boa parte das vezes, as perdas que sofremos. Muitas vezes, os problemas serão criados contra nós, justamente por quem logo ali adiante, estará oferecendo "muito amigavelmente" uma solução. E forma-se um ciclo de bem-estar e mal-estar.
As coisas andam um tempo, depois repentinamente, apesar do ciclo natural das estações e das colheitas, algo acontece e regredimos.
Só permanece a nossa desorientação, procurando lá fora, uma resposta, quando muitas vezes, ela está bem perto de nós, sentada a espreita, ao nosso lado.
É preciso buscar o aprendizado, ampliar nossa consciência.
E isto começa perguntando a nós mesmos:
-Quem está falando?
-De quem está falando?
-Por que está falando?
Osho nos dizia para sempre questionar. Começando por ele.
Só uma pessoa cega e tola aceita as coisas sem questionamento. Não se trata de simplesmente negar, mas de ponderar, avaliar se isto tem coração, se é algo novo e positivo em nossa vida.
A fé, não é cega. Não é aceitar qualquer coisa cegamente. Isto seria burrice. Confiança vem da certeza do questionamento. Questionar apenas sem chegar a uma conclusão é estupidez. A confiança vem da percepção muito clara das coisas.
Fé não é abaixar-se para quem só tem gritos e calúnias como argumentos.
A fé é a certeza nalgo maior. Que inclusive, por ser verdadeira, se permite ser questionada.
A fé, não é escravidão.
A fé é voluntária e nunca precisa ser convocada e não precisa provar nada para ninguém.


Gilberto Strapazon (Prabuddha)
.'.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...