Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O Direito de Beber

Um funcionário da Ambev foi demitido porque teria bebido cerveja de outro fabricante. Será que é de rir?
Matéria publicada na Conjur: Empregado demitido por beber cerveja de concorrente ganha indenização


Meu comentário:




Direção versus Gerencias

Já prestei serviço como terceirizado para a Ambev, e fui colega de um de seus ex-diretores, bem como conheci pessoas que lá trabalham(ram). O que pode ter ocorrido, e é comum, é que a diretoria tenha uma percepção dos acontecimentos e baseia-se na confiança que deve(ria) existir entre os departamentos.
Porém, nem sempre as atitudes de um estão de acordo com o coletivo. Acredito na real possibilidade do ocorrido, o que é com certeza muito desagradável e deve ser severamente repreendido por caracterizar mais do que assédio moral, mas uma verdadeira afronta as liberdades pessoais duramente conquistadas pelos povos em séculos lutando contra a escravidão.
Também é possível que tenha sido algo a nível de departamento, que evolui de forma negativa dentro da empresa.
Já comentei, sobre noutras áreas, que muitas vezes falta justamente colocar o nome dos supervisores/gerentes responsáveis diretamente pelo ocorrido. Muitas vezes, apesar da responsabilidade que é própria, diretores/presidentes não sabem do que se passa.
Vide o caso das telefônicas em que gerentes anônimos criam programas que esculhambam com o mercado e ficam anonimamente contemplados com a impunidade de seus atos.

Certas punições deveriam ser solidarias. Empresas que tenham uma boa índole poderiam assim se destacar pela REAL qualidade de seus atos.

Por exemplo, um gremista não muda seu caráter por estar no restaurante de um colorado e vice versa.
.'.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...