English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

O nome da Amy e o que se fala da idade

Amy Winehouse
Autor: Pandatails (Oliver - Estados Unidos)





Meu comentário publicado na matéria da Revista Veja: Tributo a Amy Winehouse:



Sobre o comentário do leitor,  que perguntou aos numerólogos se o nome da Amy Winehouse recentemente falecida, seria prejudicial (Winehouse = Vinho da Casa).


A expressão "vinho da casa" costuma ser usada para indicar algo bem feito.


A numerologia é o estudo das características pessoais, indicadas pela data de nascimento (e que devem coincidir com o mapa astrológico) e também das influências dadas pelo nome da pessoa.

Digamos que o nome é herdado "de fora", faz parte da cultura familiar e social, aquilo que nos ensinam que seja o mundo e como agir nele. Um nome como o dela, e outros, vão depender do contexto em que estão inseridos.

A pessoa vai fazer sua caminhada e se possível, aprender sobre estas qualidades e usá-las a seu favor.

É por isto que digo que o estudo numerológico é como um mapa. Mostra os caminhos e o que tem por lá. Mas é a pessoa quem escolhe. E sobre os comentários da morte pela idade dela, 27 anos, assim como outros, bem, morrem artistas de 26, 25, 28, 50...

Até pode ter uma certa coincidência, já que são milhões de pessoas com esta idade.

Wine cellar at Dinefwr, Wales.
Foto: daniel.d.slee
Ciclos vitais realmente existem, mas discordo de boa parte do que leio por aí. Além de não ter sentido, o que vi muitas vezes foi o mesmo texto copiado de um site para outro, as vezes mudando algumas palavras para disfarçar, e mudando o nome do autor.

Acho interessante que muitas pessoas não se dão conta de que uma mesma pessoa escreva de tantas maneiras diferentes, uma hora fala uma coisa, noutra fala outra.
Mais do que meras cópias, revela-se apenas lábia e decoreba.

Onde fica a coerência e o embasamento nalgo correto?

Numerologia lida com energias vivas, elementais, com as grandes forças naturais e nossa relação com elas.

Não se aprende isto apenas em livros.

É necessário meditar, vivenciar, praticar.

Amy faleceu, por sua própria caminhada pessoal. Não foi castigo de Deus. E a numerologia, vai até analisar o momento dela, mas as escolhas, ainda terão sido dela própria.

Procuramos ajudar, acender uma luz, mas não podemos obrigar nem escolher pelos outros.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Quem precisa de pirataria? O melhor software grátis para música

Free Minimoog and Arp 2600 Soft Synths
Foto: Matrixsynth
Quem precisa pirataria se tem ótimos softwares disponíveis para uso grátis?


Vai então uma super dica sobre os melhores software grátis para música.


Syntetizadores virtuais, pianos, VSTs, plugins, programas para gravar e editar, drums, efeitos, etc, etc, etc


No "Recording Forum" da Harmony Central, uma das maiores comunidades de músicos semi e profissionais do planeta, tem um tópico permanente dedicado a divulgar os melhores softwares grátis disponíveis.

Visite o fórum: "Who needs pirating...Best free stuff" (não precisa inscrição)

Lá tem praticamente de tudo que se possa imaginar, dos melhores softwares disponíveis em versões free.

E as avaliações são de profissionais de primeira linha, pessoal que usa estas ferramentas prá valer.

Altamente recomendado, vale a pena conferir:

"Who needs pirating...Best free stuff"


Divirtam-se!



segunda-feira, 25 de julho de 2011

Numerologia Com Sentido

Three Way Fortune Teller board game
Wishing Wheel - Fortune telling Astrology, Numerology and Cards
 
Photo: Antefixus21

Numerologia Com Sentido


Certa vez, no fórum de debates da Arte_Magicka, comentavamos sobre numerologia e astrologia e uma pessoa fez o seguinte questionamento:
 "Você disse num texto que para vc a astrologia não fazia sentido até um amigo lhe apresentar uma nova abordagem.
Bem isso não tem nada demais, mas vc disse confiar na numerologia, bem comigo ocorre o contrário, já tentei de tudo e os malditos números não me dizem nada de interessante rsrsrsr. Já andei conversando com um pessoal da lista sobre isso, mas fiquei na mesma.

Sabe a astrologia para vc a entender vc tem que ver o todo da pessoa, e uma serie de relações. Bem mas isso para mim demorou um bom tempo, fui sempre um bom colecionador de livros até que tive um input. ...
 
Agradeceria muito se vc me ajuda se a compreender a númerologia, sei sobre os vários números básicos, mas não sei como relaciona-lo, se isso é preciso mesmo??? 
É que fico vendo o significado estático dos números e não tem nada a ver comigo."


Fiz algumas pequenas modificações, naquele tempo eu tinha o site "O Caminho do Sol"  na Geocities e aos poucos estou trazendo para cá, artigos publicados naquela época.
Nota: o link acima mostra a versão antiga, como era muitos anos passados.



Minha resposta sobre o assunto:


Você fala algo que aconteceu comigo, e que ainda acontece com qualquer coisa sobre a qual eu não tenha achado a chave. Meu aprendizado é baseado na vivência pessoal, em buscar e aprender na prática.

Não serei o primeiro a observar que quem diz que sabe tudo e que nunca erra é porque nunca tentou aprender ou fazer algo novo.

Descobrir em si mesmo, a relação com alguma das tantas áreas de estudo, representa um processo de iniciação. Ou seja, descobrir a chave que faz a portinha se abrir.

Descobri a numerologia, assim como outras áreas que estudo, praticando em mim mesmo. É um processo pelo qual eu sou a cobaia constante. É um processo que todo xamã também utiliza, quando aprende a curar as doenças através da cura de si mesmo.

Você fala sobre o significado estático dos números. Mas eu considero os números como energias vivas, que estão na raiz das manifestações dos elementos. Assim, cada número, indica como determinado elemento vai se manifestar dentro desta ou daquela área, ou então, quais características se apresentam.

O resultado será uma combinação de números, que pode ser lida, como uma frase.

Existem várias fórmulas de cálculo, inúmeras tabelas e variações. Algumas são baseadas em ciências antigas, outras nas ciências orientais, outras são baseadas em algum livro que nem se imagina donde tenha vindo :)

Pessoalmente, eu prefiro usar uma tabela que é elaborada em cima da qaballah, devido a razões bem simples: estamos no ocidente, nossa língua, tradição cultural e tecnológica são todas baseadas nas heranças ocidentais que, queiram ou não, derivam na sua maioria, das tradições hebraico-latino-cristianistas.

Com isto, quero dizer que a minha visão da numerologia como eu a pratico, está relacionada com a egrégora, com o ambiente, com o povo e seus costumes e, antes de tudo, com a data de nascimento.

Considero distintas, as análises da numerologia natal, feita sobre a data de nascimento, e análise numerológica do nome.

A data de nascimento contém tuas características pessoais, a energia com que vieste ao mundo. Tal como o mapa astral. Por isso afirmo que o mapa numerológico efetuado sobre a data de nascimento tem que estar de acordo com o mapa astrológico.

Quanto ao nome, este te foi dado pelos teus pais, pela sociedade, pelo mundo. É a herança familiar que tu passa a vestir, como uma roupa. Os números contidos do nome vão ajudar, atrapalhar, incentivar ou até bloquear as energias da data de nascimento. Seria o mesmo caso, por exemplo, da pessoa nascer muito inteligente, mas receber uma mordaça, ou uma pessoa de dons artísticos, e ter suas mãos amarradas, ou ter pernas saudáveis, mas ser criada presa numa cadeira de rodas.

Voltando às tabelas de equivalências de letras e números, eu vejo que as tabelas ditas como pitagóricas, não levam em consideração a diferença entre nosso idioma e a língua grega. Da mesma forma, o resultado seria estranho se você tentar calcular nomes japoneses com esta tabela :)) Ainda, existem tabelas para cálculo elaboradas especificamente para a língua inglesa. Acho que é algo a ser pensado.

Quanto aos significados de cada número, estes vêm da sua manifestação de acordo com o elemento (terra-ar-fogo-água), com o plano de manifestação, com a dimensão estudada (astral, física, mental, espiritual), etc. Mas acho mais importante, buscar as características pessoais, como o número de missão, que também é chamado número de destino, ou como eu costumo chamar, quem tu és no mundo.


Número Pessoal

Vamos ver um exemplo prático.

Abaixo tem uma tabela, aparentemente resumida, de significados numerológico. Esta tabela pode ser usada, junto a outros artigos que também estão no meu blog sobre numerologia aplicada. Apesar de pequena, ela é uma síntese chave de aspectos de cada número, e através de exercícios de observação e dedução, podem-se encontrar significados complexos a partir desta.

Não são citados neste artigo, mas consideramos as dezenas (11, 12, 13, 14...), os números primos, etc.

Vamos usar a numerologia para encontrar seu número pessoal, sua missão nesta vida.

Some todos os dígitos da sua data de nascimento. Pegue o resultado e torne a somar até que o total seja menor que dez.
1 = Ação, iniciativa;
2 = Intuição, equilíbrio;
3 = Positividade, comunicação;
4 = Lógica, administração;
5 = Criatividade, beleza;
6 = Parceria, comunhão;
7 = Disciplina, liberdade;
8 = Cura, realização;
9 = Altruísmo, compreensão.



Vejamos. Digamos que a pessoa nasceu em 25/05/1980 = 2+5+0+5+1+9+8+0 = 30 = 3+0 = 3

O resultado (3) indica que a pessoa busca ser comunicativa, e ver as coisas de forma positiva. Geralmente são pessoas que são bem relacionadas e que sabem onde estão as partes mais divertidas da cidade aonde vivem.

Se a pessoa for, por exemplo, número 1, significa que ela está aqui para trabalhar, para se dar bem na vida. São pessoas de ação.

Mas também, cada número tem sem complemento, seu aspecto negativo. Por exemplo, a pessoa de número 1, pode ter sérios problemas com a preguiça. O número 7 pode ser um líder ou alguém que tem medo da própria sombra.

Espero que você possa perceber a diferença entre o significado estático do número e sua manifestação dentro de cada área analisada.

E, por último, as inúmeras fórmulas matemáticas, usadas para calcular isto e aquilo, que você encontra em tantos livros, vão fornecer números para serem analisados a partir destas simples manifestações apresentadas nesta tabela. Claro que nem tudo que tem por aí é aplicável ou segue a mesma linha de estudo.


Ano Pessoal

Uma fórmula para calcular o ano pessoal, é pegar dia e mes de nascimento somados ao ano atual, da mesma forma que foi colocada acima.

Com a mesma data do exemplo anterior, teremos: 25/05/2002 = 2+5+0+5+2+0+0+2 = 16 = 7.

Para esta pessoa, este será um ano de busca da independência pessoal, de abrir caminhos, de buscar metas. Como? Usando sua energia de comunicação (3), alicerçada pelo seu natural senso de disciplina (7). Se esta pessoa trabalhasse na área de vendas, seria um bom vendedor, pois comunicação + liderança são pontos fortes desta área :)

Quando a pessoa encontra estas características, inicia então a descoberta pessoal. Encontra o mapa de si mesmo.

Mas o que é um mapa? É um guia, que te mostra quais caminhos e opções tu tem, mas quem escolhe por onde, e como, és tu mesmo. Lembra, a numerologia vai te apresentar informações de ti mesmo.

Mas és tu quem toma as decisões.


Mudanças Com a Numerologia

Estudar a numerologia do nome e, buscar modificações se necessário, representa em minha opinião, um processo de aprendizado, mudança e evolução pessoal.

Não adianta nada colocar letras no nome porque vão atrair mais a energia do dinheiro (8), por exemplo, se o que a pessoa busca na verdade, é a expressão da beleza (5), o que faria que esta pessoa estivesse em harmonia com suas atividades e consigo mesma, ou seja, fazendo o que gosta.

Da mesma forma não adianta colocar números para dinheiro apenas por cobiça, achando que existe alguma mudança na numerologia do aniversário que fará a pessoa ter mais e mais dinheiro.
A numerologia vai ajudar você a estar bem consigo mesmo, a conhecer e explorar profundamente seus potenciais.
E quem faz o que gosta, tem muito mais chance de estar bem financeiramente, uhm?

Vale o mesmo para numerologia empresarial. Não se trata de maquiar o andamento da empresa, mas de buscar o conhecimento da mesma que vejo como sendo um organismo vivo. Como seus produtos são vistos, a interação das pessoas, os eventos que ocorrem. A empresa é um organismo social.

O que vai indicar qual mudança seria feita no nome da pessoa? Simples. Será indicado pela numerologia da data de nascimento.
O processo então vai ser procurar liberar as energias bloqueadas, fortalecer as que estiverem debilitadas, reordenar as diversas polaridades para que a pessoa entre literalmente, no caminho da sua própria vida.
Não se trata de interferência da numerologia na sua vida, mas o como você se relaciona com tuas características numerológicas.
Por isso considero este processo de mudança de nome, da maneira que o faço, como sendo de caráter iniciático. Tal qual receber um novo nome de um mestre místico. Quando eventualmente altero alguma coisa, estou trabalhando nos chakras da pessoa, nos seus corpos energéticos, por isto chamo a minha abordagem de "numerologia iniciática" e deve-se, não porque eu use alguma técnica oculta, mas à minha percepção pessoal na análise destes e aplicação dos resultados.
No caso de empresas, a numerologia também se aplica ao conhecimento da atuação das energias envolvidas, nomes e símbolos, produtos e pessoas. Observada como um organismo vivo, a empresa ganha outras feições e podemos ver seu próprio sistema nervoso, o relacionamento e interação das diversas áreas.

Dependendo do caso, ainda poderão ser realizados rituais para alinhamento da energia pessoal com a egrégora em questão.

Espero que este apanhado possa lhe dar mais ideias para seu estudo.

.'.

Gilberto Strapazon (Sw. Prabuddha)
@Direitos autorais reservados. Artigo publicado originalmente em 19/março/2002 na Arte_Magicka

.'.



Leia também:


.'.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Redes Sociais e a Memória da Internet

Foto: Jonty Hurwitz

"...a internet não é uma rede de computadores, é uma rede de pessoas. Analisando detalhadamente tal afirmação, podemos perceber que o relacionamento na web tem se tornado cada vez mais "real"..."

Fonte: Redes sociais: o novo marketing pessoal e empresarial do século XXI - por Conrado Adolpho



Meu comentário sobre o artigo:

Concordo e destaco as observações sobre a "memória da internet", em que as informações, uma vez postadas, estarão disponíveis por muito tempo. Constato isto com frequencia, ao encontrar textos que publiquei a muito tempo, ou mesmo músicas minhas (sou também compositor), nos mais inesperados sites do mundo.

Santo Google Batman! As empresas precisam estar atentas, pois tudo que é dito, feito, escrito, vai ficar disponível para qualquer pessoa. Atitudes e iniciativas, não podem mais ser apenas no ilusório mundo da propaganda. As pessoas conversam entre si e pela web e, quaisquer divergências entre o que a empresa "quer mostrar" e o que realmente está acontecendo, é rapidamente descoberta.
Operações plásticas para esconder problemas, deixam de ser sigilosas. As listas de "Maiores e Melhores", quando comparadas de um ano para outro, revelam se ouve coerência ou até mesmo, alguma tentativa de manipulação.

Fazendo um comparativo, sempre gostei muito de usar, em viagens, o famoso "Guia 4 Rodas", uma excelente publicação para apoiar todo tipo de viagem, a lazer ou a trabalho. Rapidamente percebi que comparando a edição de anos diferentes, certos locais subiam ou desciam da classificação. Por exemplo, um determinado restaurante que visitei em Joinville, havia ganho estrêlas de premiação. Mas logo no ano seguinte, não conseguiram outra estrêla e o resultado na má qualidade do serviço revelava o declínio. Além do cheiro de mofo no ambiente (ecaaaa!).

As pessoas cada vez mais, antes de fazer qualquer negócio, ou sobre qualquer assunto, procuram na internet informações a respeito. Seja sobre o produto, seja sobre as empresas, de tudo.

As grandes corporações deixam de ser anônimas. Os administradores, proprietários ou acionistas, deixam de ser ilustres desconhecidos. Passam a ser visualizados, procurados e cobrados por quem quiser saber mais. Omissão torna-se um pecado maior ainda. Ao deixarem de ser invisíveis, são mais cobrados quanto a coerência de suas atividades. E isto afeta a percepção que temos destas pessoas e das empresas.

As empresas podem duvidar e não acreditar que não existam trens. Mas então, é melhor sairem de cima dos trilhos.

.'.

Publicado originalmente em Outubro/2009 

.'.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Astrologia funciona?

Imagem: Antiquus-Astrology.com
Que excelente questão.
Durante anos eu achei astrologia a coisa mais confusa do mundo. Nada fechava com nada.
Acontece que eu aprendo praticando em mim mesmo. Então, tomei o caminho que achei mais correto: pedi para alguém da área calcular para mim. O resultado foi muito estranho. Sómente alguns anos depois descobri que o mapa foi calculado errado.
Esqueci de buscar uma segunda opinião para saber mais. 
E aprendi algo importante: este é um motivo pelo qual digo sempre que as coisas devem tocar teu coração. Não adianta alguém me encher de explicações para me "convencer" de algo. Tem de ser claro e imediato.
Bom, finalmente, um amigo que é profissional da área, me olhou, fez uma descrição astrológica minha sem ter feito qualquer cáculo, apenas pelos traços físicos. Depois pegou meus dados, e de cabeça já tinha uma idéia do mapa. O que ele falou, foi confirmado depois pelo cálculo das casas celestes. 

Desde aquele dia, como por encanto, tudo passou a fazer sentido.
Sabe, é que sou muito menos do que um mero curioso pela astrologia. Estudo quase nada e pratico menos ainda.
Mas praticamente, é só por causa do tarot e suas correspondências e também, por causa da energia dos planetas que me interessam na magia ritual, e claro, também por causa da numerologia.
Mas vejo na astrologia uma interessante relação direta com a numerologia, tema que me agrada mais.
Aparentemente, ao nascer, a pessoa traz consigo, um esquema geral do universo, no momento de seu nascimento.
Isto é válido na astrologia e na numerologia.
Para exemplificar, imagine um vaso de barro confeccionado usando-se um molde. Ao ser derramado dentro do molde vazio, o barro mole recebe todas as marcas e contornos do molde. Cada detalhe e aspecto será refletido no novo objeto criado.
Da mesma maneira, ao nascer, ser humano "entra" nesta dimensão em que o tempo nos governa. Note que acredito que o alma, a essência, já está encarnada no feto, desde o momento da concepção. Mas sómente ao sair do útero materno, daquele ambiente aquático, o novo ser vai separar-se da aura materna e ter seu próprio espaço pessoal.
Mesmo que a criança tenha uma ligação energética com seus pais, pois herda uma parte de suas energias vitais, ao nascer, ela constitui-se num ser individual e, é esta individualidade que recebe as características, como de um molde, presentes no seu nascimento.
Tanto é, que tenho colocado para todas pessoas, que o perfil numerológico que faço apenas pela data de nascimento, deve corresponder exatamente com a análise do mapa astrológico da pessoa. Caso isto não aconteça, significa que o mapa foi feito de forma incorreta, muitas vezes devido à erro na hora de nascimento, ou então, nos casos em que a pessoa têm mais de uma data de nascimento.
Estas características, que aparecem na pessoa, como se frutos de um molde, são reflexos da manifestação da vida, do universo.
Muito afortunadamente, Carlos Castañeda nos brindou com os ensinamentos de seu mestre Don Juan, que apresentou os conceitos do "molde do homem", e do "ponto de aglutinação da consciência", que seriam mais ou menos como o ângulo de visão que temos da vida. Uma das grandes obras a serem realizadas, é justamente de modificar conscientemente este ponto, para adentrar noutras dimensões, e ainda manter a integridade energética. Não é por nada que está cheinho de gente no hospício por aí, que acharam que o negócio seria tão simples quanto se encher de cogumelo e de mescalina para ter uma experiência mística transcedental e escapar das "garras" da percepção comum. Bom, por outro lado, eles andam exergando estrêlas e cometas a brilhar até hoje... (risos)
Voltado à astrologia. Acho importante que cada pessoa conheça pelo menos seus aspectos básicos. 
Vale a pena fazer algumas visitas à um bom astrólogo, primeiro, para começar a conhecer um pouco mais de si, segundo para dar uma acompanhada, pelo menos de vez em quando, nos "trânsitos", ou acontecimentos celestes ao longo da vida. 
E terceiro, para fazer uma revisão e aprender mais um pouco, já que cada vez, nos abrimos para um aprendizado maior.


Gilberto Strapazon (Sw. Prabuddha)

@Publicado originalmente na Arte Magicka em 23/outubro/2002


.'.
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...