English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Inteligência Artificial no Futuro - A Soma Que Multiplica.

Muito do que supostamente seria chamado de "inteligência", nada mais é do que simples repetição de padrões. Isto inclui boa parte das atividades diárias das pessoas.

Muitas das nossas decisões, também são mero fruto de procedimentos que inconscientes ou não, são automáticos.

Isto tudo é passível de ser reproduzido, basta que pensemos que os mecanismos de processamento de lógica, estarão sendo programados em partes, que não precisam estar juntas.

Temos hoje uma capacidade incrível de armazenagem de dados, coisa quase impensável pouco tempo atrás.

Claro que ainda convivemos com imensas bibliotecas de dados armazenados em fitas magnéticas, o mesmo ocorrendo, por exemplo, com o acervo das emissoras de TV e quaisquer outros ramos que necessitem armazenagem para eventual acesso.

Quanto maior for a quantidade de informações disponíveis, para acesso imediato, maior o conjunto de dados disponíveis para processamento e obtenção de um determinado resultado.

Se tomarmos a internet como exemplo, em que milhões de sites fornecem cada um, uma pequena fração de um determinado processo de análise, ao juntar tudo teremos o que pode parecer raciocínio lógico.

Por exemplo, um site fornece a condição da meteorologia para um determinado local. Outro site fornece o mapa da região. Outro ainda, fornece dados sobre condição de trânsito. Outro sobre quais estabelecimentos estão naquela zona. Pode-se ter, então, um programa, que vai buscar todos estes fragmentos, para responder a pergunta "Aonde estacionar em caso de chuva". Será uma única pergunta, envolvendo diversos computadores.

Multiplique isto pela disponibilidade de milhões de computadores em rede, rodando milhões de programas deste tipo, capazes, cada um, de solucionar uma questão básica. O conjunto resultante será capaz de fornecer resultados bastante próximos ao do cidadão médio comum.

Lembram do cachorro robot da Sony, o Toy Bot? Ele simula com bastante eficiência um animal de estimação e ainda, podia receber melhorias no seu software. Imagine ligar ele numa rede de processamento como a sugerida acima.

Ficção científica? Não. É só lembrar que muitas decisões em negócios, tem sido feitas automaticamente por programas de computador. Análise de crédito, compra e venda de ações na bolsa, atender clientes em lojas virtuais...

Claro que falta em muitas destas interfaces, um rostinho mais bonito do que aquelas telas com carrinho de compras, mas é só uma questão que o pessoal ainda não se deu muito em conta de melhorar. Felizmente, já existem várias empresas trabalhando nisto e dispondo no mercado, avatars que simulam a expressão humana de alguma maneira.

.'.


Comentário publicado em 10/09/2009 na Revista Info - O Futuro da Inteligência Artificial.

Mais um pouco sobre 2012 - Humor

Bem, do jeito que as coisas estão, o fim do mundo está aí (risos). 


Sobre o final, o calendário Maia é continuo, daí que tem previsões em várias áreas até aquela data. Não se trata de final de ano. 


Em todo caso, é uma informação que poderá servir para lembrete, de revisarmos sistemas para prevenir o "bug de 2012". 


Ainda não sei qual é, mas se tem a ver com alguma coisa estranha chegando de repente. 


Pode ser Nibiru, o famoso Planeta X que tem uma órbita de milhares de anos e que vai reaparecer.


Pode ser uma nova versão de sistema que vai cair como uma bomba sobre a web, provocando colapso nas comunicações que estarão bem mais centradas na web até lá. 


E também teremos as primeiras Olimpiadas Pós-Apocalipse. Será um evento histórico. 


Falando em apocalipse, vai ter queima de fogos em Copacabana para esperar o evento? 


.'.




Comentário publicado em 21/10/2009.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Será que Mudaram os Signos do Zodíaco?

Bem, estamos no início do ano de 2011 e temos um pouco de controvérsia: 


Mudar os signos do zodíaco?




Ophiuchus
O astrônomo Parke Kunkle, está defendendo esta questão. E também para que se adote um 13º signo zodiacal. 
Então como isto mexe com o "horóscopo" e o mapa astral  de todo mundo, deu notícia. 


Tem vários artigos na imprensa, vou citar apenas um: Astrônomo defende novo zodíaco.


Existem vários casos de pessoas querendo mudar o zodíaco. Inclusive tem livros publicados em que com uma argumentação muito insistente o autor "provar na marra" que os signos são invertidos no hemisfério sul.... 


Sobre esta inversão de direções, é certo que os povos do norte percebem a direção sul como a mais quente, por isso associada ao fogo.


Mas gostaria de lembrar, que se olharmos o nosso planeta do espaço, vamos perceber que o planeta gira na mesma direção. Não faz diferença para a astrologia (e magia em geral) se estamos no hemisfério norte ou sul.


Já vi astrólogos invertendo o mapa zodiacal, alguns tem até livro publicado, que gastam um muitos argumentos (forçando) dando explicação para provar o que acharam. Mas eles esquecem que as estrelas continuam no mesmo lugar. O Sol também continua no mesmo lugar. 


Os pontos de entrada e saída magnética do planeta estão nos polos, não no equador. É a metade do caminho.

O planeta gira na mesma direção, seja no hemisfério norte ou sul. 


Agora, se metade do planeta girar numa direção e a outra metade noutra, então seria interessante. Só que metade do espaço teria que estar do avesso também!


Sejamos corretos: O ângulo do planeta realmente mudou em relação aos demais planetas e as estrelas. É isto que determina o mapa astral e, sob este aspecto, devemos pensar e avaliar a questão.


Parke Kunkle também defende que seja adotado um 13º o signo, "Ophiuchus" (Serpentário), deslocando os demais signos


Bem primeiro, citando um artigo anterior: Há algo no universo que não se movimente segundo um "plano"?


Existem diversos sistemas astrológicos. E vários deles são corretos e válidos.


Ao que entendi, os autores da polêmica parecem querer entender que a posição dos astros seria baseada em antiquíssimos desenhos feitos lá nalgum passado distante. 
Bem, acontece que a maioria dos astrólogos usam as tabelas de Efemérides da Nasa para ter o cálculo correto.


As constelações já estavam lá, apenas algumas foram relevadas, ou consideradas não tão importantes. 


E claro, existem ramos da astrologia formal, que estudam muitos outros astros e estrelas. Quíron é um deles. E existem estudos sobre cometas inclusive pela astrologia.


O espaço é a própria fonte da vida. Dinâmico, infinito e eterno para nossa escala de tempo e compreensão. Então mesmo as mais tradicionais ciências ocultistas tomam isto em consideração.


Se a mudança fosse tão grande assim, creio que a ampla maioria por si só, a teria adotado, como tem ocorrido noutras oportunidades. 


Mas tudo bem, um astrônomo também olha as estrelas. Mas o olhar do astrônomo e do astrólogo, são diferentes. 


Veja, os orientais, como chineses e outros tem sistemas muito interessantes, extremamente válidos, ricos em sabedoria e bastante correto. Principalmente se você for oriental, nascido, criado e vive no oriente. Existe uma influencia cultural da nação, assim como da energia das forças naturais que regem uma determinada região, o que inclui as forças elementais, que também são percebidas de maneira diferente pelos diversos povos.


Na tradição ocidental temos os 4 elementos (terra, fogo, água e ar). Já no oriente, tem o quinto elemento, a madeira. Outro sistema fala em seis elementos, no caso, os metais são considerados a parte. E é muito interessante na minha opinião. Isto faz com que deixemos de ser ocidentais? Ou o nosso sistema tradicional está incorreto? 


Nada disto. Ambos estão corretos. Talvez alguns estejam mais completos ou mais detalhados que outros, ou tenham uma síntese maior.


Pintar o cabelo muda alguma coisa? Ir morar no Japão faz com que você se torne japonês?


Mas temos a famosa "sabedoria de banca de revista". E livros e mais livros que são apenas cópia da cópia da cópia sabe-se lá donde. E também os peritos instantâneos, que fazem um cursinho de fim de tarde, ou até pegam um trabalho de outra pessoa para assinar embaixo e se intitularem "mestres" dos incautos.


Papus comentou sobre isto no século XIX, a verdadeira barbaridade que são boa parte dos escritos publicados. Textos são copiados sabe-se la donde, não se sabe mais por quem, nem quais as intenções de quem escreveu ou copiou. Citou até a mais famosa enciclopédia neste problema. Quem realmente escreveu originalmente tais coisas?


As vezes encontro encontro artigos meus copiados aqui e ali. Simplesmente deixar de dar créditos é uma coisa. Copiar e trocar o nome já é outra coisa bem feia. Houve até um site numa dada época, que colocava livros inteiros, mas cobrava uma mensalidade pela mão de obra que tiveram! Cobrar pelo trabalho em roubar o trabalho de outros! Vejo entrevistas em que colocam a íntegra de artigos meus, como se fosse outra pessoa falando. Imagine se forem dar palpite sobre mudar o zodíaco, ou falar de magia, numerologia, cabala, o que for. 


Felizmente, a vivência, a prática e o conhecimento do que se fala costumam revelar quem sabe o que fala e quem apenas repete o que copiou. A ganância costuma ser má conselheira.


Meu contato com a astrologia foi principalmente por causa do Tarot e dos estudos da magia e ocultismo, que englobam várias ciências diferentes e tornam necessário um estudo diversificado. Apesar de ter confeccionado mapas astrológicos por algum tempo e coisas assim, essa não é minha área. Preferi dedicar-me preferencialmente, além da magia cerimonial, ao Tarot e a Numerologia principalmente, além de outros oráculos nos últimos trinta e poucos anos, como Runas e I-Ching. Sistemas milenares e que na magia, tem ensinamentos interessantíssimos.


Nestas vivências, observo a relevância de você ser tocado pelo que lhe é dito. Quero dizer, que de nada adianta, como citado acima, um sujeito fazer uma ladainha, usar de muita lábia (típica de vendedores), ou até gritar que tem razão. Tudo isto vai apenas encher seus ouvidos. 


Quem muito grita, demonstra sua insegurança e a fraqueza do seu argumento. Força e poder, podem ser facilmente obtidos. Mas sem sabedoria, sem espiritualidade, são apenas poderes estúpidos que nada produzem. Uma semente precisa de boa terra e cuidados para crescer, tornar-se uma árvore e dar frutos.


Que argumentos vão mudar a personalidade de uma pessoa, indicada pelo seu signo?


O que é "ser tocado no espírito"? É quando o que falo toca diretamente seu coração. Você tem aquela sensação instantânea de que isto lhe transmite algo que pode ser verdadeiro.


Claro que tem os incrédulos, que prontamente acreditam em qualquer coisa, por mais absurda que seja. Fofoqueiros tem este mau costume e não pensam duas vezes antes de espalhar aquilo como se fosse uma grande verdade. Observe os olhos destas pessoas e verá um brilho, mas um brilho vazio, sedento por consumir, devorar. É o brilho que pegam do exterior tentando preencher um vazio interno.


E tem os que não acreditam de jeito nenhum. Fecham-se ao mundo. Os olhos novamente mostram isto. Tornam-se turvos, até raivosos. Na prática, não vão aceitar nada. Tem uma resposta pronta dentro de si e como Narciso, só acham bonito o que enxergam no próprio espelho. 


Nestes dois casos, nada é tocado, nada é ouvido, nada é vivenciado. Vivem numa ilusão que precisa se alimentar, como vampiros, da vida alheia.


Quem não aprende por amor, aprende pela dor? Tem quem tome remédios para fugir e fingir que aprenderam. Enganam apenas a si próprios.


Mudar o zodíaco não vai significar nada pois a característica de nascimento das pessoas continua a mesma. Pode-se amarrar alguém, obrigar a seguir uma determinada direção. Mas no seu íntimo, nada terá mudado.


Pode-se usar a força bruta. Mas está provado que vencer pela força, não significa a vitória. Um bandido derruba sua vítima pela força prova que é apenas um criminoso.


A data de nascimento e portanto, a numerologia continua a mesma!


Alguns astrônomos parecem desconhecer o que seja signo ascendente e outras influencias planetárias, assim como a numerologia. As ciências relacionam-se. O universo é um imenso organismo vivo. Se Deus é o universo, somos todos partes de Deus.


Quando faço um mapa numerológico, aviso que o que estou fazendo "tem quê" obrigatoriamente coincidir com as características que sejam mostradas pelo mapa astral. Se isto não ocorrer, com certeza o seu mapa astral estará errado. Ou então a data está errada.


Se você nasce numa determinada data, os números, que são energias vivas, mostram todo uma significado. E esta tem a ver com as correspondências planetárias.


E mais importantes, a astrologia em questão tem milhares de anos. Mas são amplamente utilizadas as efemérides astronômicas reais da posição dos planetas. A própria NASA publica livros com a posição de todos os planetas e constelações e que também, estão disponibilizados na internet.


Temos um simbolismo com milhares de anos, que descreve características e influências que se aplicam a cada pessoa, utilizando os conhecimentos atuais, e que servem para descrever perfeitamente toda uma gama de informações que podem orientar a vida de cada um, como um legítimo mapa.


A astrologia e a numerologia vão descrever a pessoa com suas características tal como são.


As características de uma pessoa de bons princípios não mudaram. Uma pessoa pode ser amorosa, sincera, leal, infiel, etc. Podemos estar propensos a este ou aquele tipo de estudos, trabalhos, relacionamentos. São coisas que não mudaram por milhares de anos. 


A tecnologia evoluiu, mas certas características continuam sendo descritas basicamente da mesma maneira.


Como é que alguém simplesmente pegaria uma descrição até completamente oposta e forçaria alguém a ser desta ou daquela maneira?


A posição dos astros mudou sim. Isto está correto. Mas o intervalo de tempo sideral, as civilizações e a própria humanidade, não mudou tanto assim. São preciso milênios e milênios.


Nalgum tempo um sistema diferente será utilizado. Mas de forma alguma isto significará transformar alguém de uma característica, um signo, para outro com características diferentes. Uma lavagem cerebral maciça, ao estilo dos filmes, poderia até conseguir algo parecido. Mas a força da natureza, creio eu, imporia suas tendências e gradualmente, mesmo as características próprias do signo original seriam manifestadas.


Já comentei no passado que durante anos eu não entendia meu mapa astral. Nada daquilo fazia muito sentido, por mais que insistissem. Até que um dia, descobri que o mapa estava completamente errado. O cálculo foi refeito e numa questão de poucos minutos descobri que o novo mapa parecia um grande tratado enciclopédico sobre a minha vida.


Dados os argumentos, como pode alguém pretender que pessoas que mesmo sem nunca terem ouvido sobre astrologia ou qualquer outro sistema de estudos, e que naturalmente tem todas as características de um determinado signo, passem a agir de maneira totalmente diferente?


Usar um sistema astrológico diferente, mas equivalente é muito diferente de mudar as regras da existência. Existem correspondências entre os diversos sistemas. Existem LEIS universais, não interessa sua raça, crença, religião ou não. 






A Terra se move ao redor do Sol. Isto é uma Lei. O Sol é a fonte de vida deste sistema. Se alguém quer dar um nome diferente, tudo bem. Mas o funcionamento continuará sendo o mesmo.


Sei de autores que mudam até o sentido dos arcanos do Tarot, ou que acham que ler as cartas é tudo igual. Cada sistema tem seu método, princípio, ensinamento. Uns mais completos, outros superficiais que não enxergam a alma das pessoas.


Mas se não existir uma correspondência correta, poderá ser apenas uma falácia.


O Tarot tem em seu sistema, as correspondências com planetas e signos. Mudar o zodíaco seria também, dar um significado totalmente diferente para os símbolos dos arcanos. Faz sentido?


Se um determinado sistema tocar realmente seu coração, investigue, seja curioso. 


Não existe aventura maior do que a da auto-descoberta.


Quando isto ocorre, você percebe que a vida é uma caminhada sem fim, e que cada passo é uma estrela.


.'.


Tintoretto - Criação

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Manifesto - O Caminho ao Sol



O plano do "Caminho ao Sol" começa na terra. É na terra que plantamos nossas raízes, crescemos, nos alimentamos, florescemos e damos frutos, para então, poder lançar novas sementes nesta mesma terra que trarão nova vida.
Raízes significam capacidade de sustento, abundância material, riquezas, dinheiro, sustento pessoal, boa moradia, alimentação adequada, necessidade pessoais básicas atendidas, como bom vestuário, diversão, livros, revistas, acesso aos meios de comunicação, viagens, meios de transporte. São nossos laços com este planeta. É impossível pensar em meditação ou qualquer coisa mais elevada com a conta da luz atrasada, a despensa vazia. O corpo não deixa.

O crescimento no "Caminho ao Sol", é o nosso corpo, cuidado, nossas atividades diárias, o trabalhar de forma consistente em metas, em ter o ideal estabelecido de encontrar um caminho pessoal, de descobrir a felicidade e a realização. São nossas atividades profissionais, é o nosso trabalho criativo, é a nossa participação na vida de outras pessoas. São os sentimentos estabelecidos. É o afeto.


O tronco da nossa árvore é a família. Nossa família começa por nós mesmos, o que sentes por ti mesmo é o que sentes pelos demais. Amar-se é fundamental. Depois vêm nossos laços próximos, a irmandade, a fraternidade. Nossos amigos, companheiros, amantes, colegas, os seres amados.
Os galhos são nossas criações. Nossas ramificações no mundo.


As flores, nossas obras primas. Nosso convite para que outros seres venham polinizar, venham compartilhar de seu trabalho para gerarmos uma nova vida. Abelhas, colibris, todos insetos e animais que polinizam as plantas são exemplo da comunhão entre vários reinos. Da mesma forma vamos intercambiar nossos esforços.


Os frutos, são a benção gerada. É algo novo, que será entregue livre para o mundo, para ser apreciado. Boas plantas são úteis ao universo. Dão bons frutos.


Esta é minha proposta, de transformar nosso mundo, a partir de nós mesmos, num pomar maravilhoso.


Gilberto Prabuddha, 1996

.'.

Sementes de Alegria: Fale Uma Coisa Boa Por Dia

Foto: sheilaz413 - Beijing, China
Todo dia, em qualquer lugar, sempre vamos encontrar alguém pronto a dizer algo negativo, sobre si próprio, sobre o mundo, sobre nós.

É fácil encontrar alguém que vai te dizer que tu não podes, não merece, que já viu outros quinhentos mil fracassados como ele tentarem o que tu está fazendo e se frustrarem.

Nossa mente é condicionada pelo não, pelo feio, pela miséria.

Minha sugestão permanente, como forma de reprogramação pessoal é bem simples:
"Fale uma coisa boa por dia".

Isto vale para qualquer pessoa. E vale também para qualquer empresa. 

Não precisa ser várias coisas, apenas uma. Acho que podemos lembrar-nos de falar algo bom, sobre algo, ou alguém, a cada dia.

Se você acha difícil, e realmente é muito difícil mudar nossa estrutura de pensamento, procure falar uma coisa boa por semana.

Apenas uma! São alguns segundos que farão diferença.

Falar uma coisa boa por dia pode ser um comentário positivo, uma poesia para animar o coração, uma piada para liberar os músculos no trabalho, uma elogio fazendo carícia em alguém.

Se cada pessoa falar uma coisa boa, imagine a força que isto traz numa população de milhões!

Coloque um papel na parede, ou no espelho do banheiro, para lembrar. 

Mas atenção, o cérebro quando está negativo é astuto: Se você colocar no espelho do banheiro, poderá evitar ir ao banheiro!

Mas nunca desista. É apenas um comentário, uma única frase por dia.

Faça apenas com a intenção de manifestar Luz e positividade.  .

É como plantar flores e frutas que trarão boas coisas para você e para todos.

Eu sinto falta de mais Empresários (com "E" maiúsculo), pessoas de empreendimento, visão, criatividade, construtores de mundos.

Simplesmente administrar um "business" qualquer e com isto faturar alto é fácil apenas enquanto durar a "boquinha", pois logo a concorrência arrasa com a empresa. Vide por exemplo, o que escrevi quando o Steve Jobs se foi e o que está acontecendo, uma mediocridade muito previsível e um final logo a seguir que será patético.

Difícil é fazer da sua atividade algo que traga progresso e evolução verdadeiros (nada a ver com oportunismo) e abra novos horizontes.

Portanto, para as empresas, simplesmente divulgar algo realmente positivo, sem usar isto como propaganda ou institucional, traz bons resultados crescentes. Veja bem: não se trata de usar marketing para inventar frases de efeito. Tem de ser algo pessoal, verdadeiro. Isto se multiplica por toda sua área de negócios.

Pense por um instante o que representará alguns segundos de cada um, colocando luz no trabalho, na comunidade, no mercado.  

Primeiro serão sementes de alegria, que como as gotas de chuva, criarão rios e mares luminosos. 

Serão as sementes das árvores da fortuna, da saúde, da alegria, da Luz. 

Depois a cada dia, serão a irrigação das sementes plantadas e o próprio cuidado para que continuem a crescer e trazer frutos.


.'.

12/Abril/2002 - Originalmente publicando na Arte_Magicka

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

"Simplisticamente" O Preço Alto dos Importados Não É Só Culpa do Governo

O pessoal olha o preço final de venda de algo no exterior, e aqui chega entre 60%70% até 100% mais. Se comprar direto dá um pouco menos. 

Veja bem, se você comprar direto de um lojista lá de fora paga o preço de consumidor não é?

Aqui, lojistas e distribuidoras compram NO ATACADO, portanto, por bem menos do que o preço lá de fora. 

Coloque impostos em cima e mais a margem de comercialização, daria um valor muito menor, para a maioria dos produtos que se vendem. MUITO MENOR.

Mas na hora de falar, sempre se fala de tarifas e margens como se comprassem as coisas no varejo.

Digamos que um produto, por exemplo, um lindo Tech-Laser-Magic (sei lá o que é, estou inventando), custa Us$ 100 no comércio exterior. No atacado pode tanto custar de Us$ 10 a Us$ 80. Mas digamos que a bagaça tem preços enxutos e que no atacado custe Us$ 80. Ou seja, sobre o preço de atacado, o lojista de lá tem uma margem de apenas %25 para cobrir frete, impostos, custos fixos e tirar seu lucro. 

O lojista daqui compra um lote, vai ter despesas de frete, impostos de importação, vamos esquecer por uns momentos que existem horrores de isenções e incentivos fiscais, etc, etc. Digamos que vai ter uns 70% de custo total em tudo. O preço aqui se fosse num parâmetro de mercado semelhante ao exterior (alto consumo), daria então algo em torno de Us$ 134 (Us$ 80 + 70%), mas claro, aqui vende menos então vamos colocar o problema do estoque que demora a sair e o lucro. 

Para simplificar vamos colocar logo 100% sobre o preço de ATACADO que é o que o cara pagou lá no inicio. Então o preço seria Us$ 160 colocado AQUI no balcão com todos impostos, lucro, despesas, etc.

Lembram que falei do preço de comércio? O que se pratica é colocar estes %100 (exemplificando) sobre o preço de varejo lá de fora. Portanto, os Us$ 80 chegam aqui por Us$ 200 (100% sobre os Us$100 do preço de comércio lá de fora).

E falam a culpa é do governo, do presidente, do partido... isto tudo geralmente alimentado aos brados pelos próprios comerciantes e importadores.

Está na hora de mudar isto. O comerciante que se alertar que um lucro mensal de 20% sobre uma quantidade muito maior é muito melhor do que um lucro de 60% sobre uma quantidade ridícula, vai tomar conta do mercado.

O governo tem culpa também mas não é do jeito que falam. Mas isto é outro assunto. Se cobrassem os sonegadores que roubam toda a nação (o povo) já seriam uma melhoria gigantesca.

Corram antes que os chineses (ou outros concorrentes) TAMBÉM façam isto, legalmente. 

Sem tempo, os valores são chutados e nomes de produtos inventados. Se tiver algum erro de cálculo não encha o meu saco mostrando que sabe contar até três porque eu só passei uma idéia da coisa e não um tratado. Se quiser algo mais elaborado para se aconselhar podemos negociar uma consultoria empresarial, tipo assessor da diretoria ou algo assim.

E sobre os chineses, a referência é por causa de sua forte penetração no mercado. E também a cultura milenar  e aquelas chinesinhas lindas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...