Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Como Consertar um Teclado DX7 (e quaisquer outros)

DX7 ouvert / Opened DX7 / DX7 aberto.
Foto: Paul Allais - França


Como Consertar um Teclado DX7 (e quaisquer outros)

Disclaimer: A leitura do seguinte texto pode causar danos e lesões, portanto, não me responsabilizo sobre quaisquer bobagens que o leitor venha a praticar, entendeu?




O Yamaha DX7 é um dos teclados mais famosos da história. Por causa do som, pelo design e pelo nome. Parece que DX7 veio de algum estudo numerológico ou de Feng Chuei que deu certo e as pessoas acham bonito e sexy.

Como todo equipamento pode ser que seu teclado um dia apresente problemas. Este artigo aborda o conserto doméstico, e vale para qualquer coisa quebrada na sua casa, incluindo televisor, motoserra ou aquela dor de cabeça da sua mulher que não tem jeito de passar, mesmo sem estar na TPM.

Mas voltemos ao nosso DX7. De repente o aparelho resolve parar de funcionar. Então temos certos pontos a verificar para ver se dá certo:

1) Ligar e desligar (botão Power On/Off) várias vezes muito rapidamente. O efeito pisca-pisca pode fazer com que o teclado "desengasgue";

2) Se não resolver, bata com força na parte de trás. Isto sempre resolve quando trata-se de "teclado engasgado";

3) Se ainda não deu certo, pode ser um problema simples de "mau jeito", vulgarmente chamado de "torcicolo de base". Neste caso, experimento bater alternadamente duas ou três vezes no lado direito e no lado esquerdo. Entre cada batida aperte várias vezes o botão de Liga/Desliga;

4) Ainda não funcionou? Parece um problema de teimosia aguda. Com as duas mãos bem abertas e espalmadas, bata nas teclas, tentando acertar o maior número possível de teclas de uma só vez. As vezes é necessário complementar com um leve tapinha atrás do teclado caso alguma tecla "engasgue" e fique abaixada (não voltar ao lugar correto);

5) Experimente ligar o cabo de força na tomada.

6) Se o cabo já está ligado na tomada, pode ser um problema de contatos meio frouxos.. Para verificar, puxe a tomada um pouco para fora, mas sem desconectá-la da parede, e aperte com os dedos os dois pinos metálicos que entram na parede. Com a outra mão vá enfiando suavemente a tomada no buraco da parede. Se você não sentir um formigamento e um puxão meio forte significa que não tem energia elétrica.

7) Se o caso foi falta de energia elétrica na tomada, faça o mesmo teste nas outras tomadas. A que funciona melhor é a do banheiro, mas neste caso, é melhor você encher a pia com água e deixar uma das mãos debaixo da torneira bem aberta, para usar da força da pressão da água, ajudando a "puxar" a eletricidade e desta maneira, desentupindo o fio.

8) Se você verificou que não tem eletricidade em nenhuma tomada da casa, experimente acender as luzes da casa. Se nenhuma acende, então a falta de energia é em toda casa. Verifique se você pagou a conta da luz, pois a sua eletricidade pode ter sido cortada por falta de pagamento.

DX7 em mau estado.
Foto: www.polynominal.com (ótimo site)
9) Verificados então exaustivamente estes pontos básicos, sem ninguém perceber, coloque seu irmãozinho mais novo, ou algum nenê da vizinhança, brincando sózinho perto do teclado e saia para dar uma looonga volta. Quando voltar, faça um escândalo porque a criança mexeu e estragou seu teclado!!! Cobre o conserto do vizinho irresponsável que botou esta criança dentro da sua casa...

10) Se nenhum dos passos anteriores deu certo, experimente ler o manual.

11) Se ainda assim não funcionou, repita as etapas 01 até 04, várias vezes, com intervalos para tomar mais uma cerveja.

12) Chegou a hora da decisão. Você esgotou todos passos lógicos, o negócio é catar algum vizinho daqueles que arrumam cortador de grama, rádio paraguaio, ar condicionado de automóvel, caixa de câmbio de colheitadeira, relógio de sol, etc. Elogie intensamente as capacidades dele, assim ele vai olhar o teclado de graça para você.

13) Se ainda não funcionar, pegue tudo o que sobrou do teclado, talvez misturado com peças do liquidificador que o cara tava consertando, e leve tudo para uma assistência técnica. Diga-lhes que o teclado parou de funcionar de repente e que você nem mexeu mais para evitar qualquer problema e que você acha que deve ser só o fusível queimado, mas em todo caso, faça um escândalo quando tentarem cobrar uma dúzia de molas quebradas, um visor partido, placas e componentes grudados com uma estranha meleca com cheiro de óleo de colheitadeira e outras coisas. Finque firme o pé no chão e assegure em voz alta (para os demais clientes ouvirem) que você levou o teclado até ali na asssistência autorizada porque recebe boas recomendações e só precisava trocar um fusível...

14) Se você acordar no meio da calçada com restos do que foi seu teclado espalhado na calçada e alguns pedaços entalados na sua boca e sentindo dores por todo corpo, pode ser que o pessoal da oficina não concordou com sua abordagem.

15) Se der certo, agora seu teclado está funcionando e você percebeu que estava apertando o botão Memory Protect ao invés do Power On/Off.

16) Se não der certo, sugiro que compre um bom estoque de esparadrapo, gaze e mercúrio... Ouvi dizer que tem um nenê, o pai do nenê, o tio do nenê que é alterofilista, o vizinho da tal oficina, e os caras da assistência autorizada te procurando aos gritos, por alguma coisa que não entendi bem... parece que tem a ver alavanca de câmbio com ajuste automático do sistema disgestivo e recalibração da posição da arcada dentária...

Em resumo: Não faça nada disto, pois se trata de uma paródia. Pega o teclado e leva na assistência técnica.

 22/Agosto/2004


Gilberto Strapazon é escritor, tecladista, compositor, analista de sistemas. Nunca teve um DX7 mas já abriu seu Roland JD-800 e JX10 só para ver o que tinha dentro.



Fonte: O site original da revista comentando, criado pelo Alex Saba, tem ainda uma versão arquivada no link: www.oocities.com/comentando

2 comentários:

klessa disse...

Olá,
Pesquisano no google sobre manuntenção de teclados, encontrei o seu blog. Seria possível consertar as teclado do teclado yamaha em casa? Tem cinco delas que deixaram de sair o som espontaneamente.
Abraços.
ro.lessak@yahoo.com.br

Gilberto disse...

Toda manutenção requer um pouco de cuidado.
Existem vários sites e creio que videos no Youtube a respeito.
Só para indicar um, no blog abaixo o autor tem vários tópicos a respeito de manutenção das teclas:
http://10-08.blogspot.com/2009/12/yamaha-dx7-screw-parts.html
http://10-08.blogspot.com/2009/11/yamaha-dx-7-key-repair-part-2.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...