Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Goetia é perigoso?

Invocation
Arte: Salaj Darjan - Austria


(Editado: acréscimos feitos ao texto).


A Goetia, e outras linhas de magia ritual, requer preparo e imenso respeito com as energias.

A preparação, que constitui toda uma disciplina própria, tem seus porques, mas principalmente, consiste em preparar a pessoa para o contato com as energias.

Graças a cultura do CTRL-C e CTRL-V, vejo pipocarem sites de rituais instantâneos de magia.

Pior, surgem os auto-proclamados praticantes da "Alta Magia" e sua decoreba misturada com lábia de vendedor.

Mas a lábia, a facilidade de falar e falar não tem nada a ver com conteúdo.

De nada adianta decorar textos sem praticar seu ensinamento. Quando o bicho pega, é muito feio de se ver.

Dá para simplificar alguns rituais? Até dá, se você tiver a bagagem efetiva de todo trabalho feito e crédito espiritual suficiente. E mesmo assim, continuamos tendo que treinar e ensaiar rituais vezes e mais vezes antes de fazer prá valer.

Goetia é perigoso? É sim.

Qualquer energia invocada de forma irresponsável, ou sem respeito, ou sem a necessária preparação, é como segurar uma vela acesa e entrar num tanque de combustível daqueles de refinaria.

Muito do que vejo primeiro de tudo, é falta de leitura completa e estudo dos textos. Infelizmente existe muita coisa mal escrita, adulterada ou então é uma bobagem só.

Também é costume a troca proposital de palavras, ingredientes, lugares, nomes, etc, para que apenas os que tenham a preparação (iniciação e trabalho) necessária identifiquem e possam ter uma idéia melhor do caminho mais correto. E um dos melhores caminhos de uma forma geral, é ficar bem longe! (risos....)

Uma vela em fé sincera, pode fazer muitas vezes, mais do que todo um elaborado e enfeitado ritual.


Magia não é algo que se possa começar pelo quinto andar.
Tentar atalhos para resultados imediatos e grandiosos é como tentar entrar num avião voando a grande altura.

Existem passos no aprendizado.

E Goetia é só um de tantos tratados antigos que contém uma série de etapas a serem aprendidas, ferramentas por preparar, estudar e entender o que está fazendo.

E principalmente, ter a base anterior necessária. 

A minha sugestão é que, antes de alguém tentar operações com a Goetia, aprenda algumas bases da magia. Trabalhar com espíritos angelicais e planetários, banimentos, rituais baseados em oração, banhos, etc.

Uma das mais importantes coisas em magia é: aprenda primeiro como terminar, desfazer, enfim,  fechar a operação.
Nunca tente chamar um espírito que você não sabe como fazer para mandar embora depois.

E também, entenda de uma vez que você pode chamar um determinado espírito, mas na prática, por uma série de razões, podem ocorrer interferências e outros espíritos intrusos poderão surgir.

A possibilidade de que outros espíritos indesejados estejam por perto, ou se aproveitem da abertura efetuada é mais um dos motivos para a existência dos círculos e a necessidade de saber usá-los corretamente.O círculos mágicos não são apenas um desenho no chão com alguns símbolos e palavras.O círculo mágico é uma ferramenta ritual e cada elemento deve ser preparado e carregado pelas energias divinas que fazem parte do arsenal de trabalho que o magista necessita para sua operação.

Mas na prática, o círculo não protege nada se o magista não fez seu trabalho de casa. De nada adianta entrar no círculo e fazer suas orações sem a devida e completa convicção no que está fazendo. Desenhar símbolos no ar de forma mecânica também e inútil se você não souber claramente o que são e tiver desenvolvido dentro de si a conexão com cada ponto representado.

Aprenda a se proteger.
Uma das mais importantes de todas proteções é sua disciplina, fazer seus preparativos da melhor maneira, confiar no poder do altíssimo e estar pronto e sem medo.

Em qualquer área da magia é necessário uma relação de profundo respeito com os espíritos com os quais você pretende trabalhar.
E respeito em hipótese alguma significa submissão.
Nunca se comprometa com qualquer espírito.
Apresente suas ordens de forma respeitosa, considerando os devidos graus hierárquicos que eles tenham, mas ainda assim, o controle deve ser seu.

Ao invés de simplesmente dar ordens, experimente perguntar primeiro se o que você deseja é da esfera de trabalho deles e pergunte como isto pode ser feito. Isto poderá lhe poupar tempo pois não existe nenhuma garantia de resultados e os espíritos poderão lhe indicar antecipadamente o quê e porque de alguma situação.

Esta abordagem respeitosa é parte também da sua proteção pessoal.

E não seja estúpido pensando que pode usar de conversa suave e mentiras para enganar estes espíritos. Você não está lidando com algum tipo de entidade que diz fazer qualquer coisa em troca de uma garrafa de bebida barata.

Ao abordar os espíritos goéticos de forma respeitosa, tenha em mente que eles são antiquíssimos. Muitos foram deuses de outras culturas e estão neste planeta a tanto tempo que já viram todo tipo de mudanças. Eles conhecem as pessoas pois já viram todo tipo de situação e de pessoas. Então seja verdadeiro com eles.

Agir de forma desrespeitosa ou falsa com estes espíritos, o que inclui o preparo mal feito do ritual, uma das causas de problemas. Eles vão lhe dar algum tipo de lição para você aprender alguma coisa. Normalmente nada muito destrutivo é claro, eles são espíritos com consciência e se você observar suas descrições, a maioria deles tem funções de ensinar.

Preparativos mal feitos são algo a observar. Um ritual completo da Goetia é bastante complexo. Mas vários magistas modernos tem trabalhado no estudo e prática de algumas formas mais simples. Porém, preste bem atenção: a maioria destas funciona SE e sómente se a pessoa já tem alguma experiência anterior. EM hipótese alguma as simplificações que temos observado são uma maneira para qualquer novato começar de zero e tentar invocar "grandes poderes".

Vou repetir então: é necessário fazer o trabalho básico antes. Goetia é algo que vem depois de todo um longo trabalho de aprendizado nas várias áreas da magia.
A Goetia é parte de um trabalho maior, as Claviculas de Salomão, encontrada em várias edições. O que se observa imediatamente e muitos não observam é: Primeiro vem todo trabalho de preparação, os rituais planetários, angélicos, etc. Só depois disto vem o Lemegeton, a Goetia. Entende isso? Primeiro você precisa formar uma base sólida para estar preparado para lidar com os espíritos da Goetia.

Um ritual pode ser feito apenas com seus elementos mais básicos, mas devem ser bem feitos. Preguiça não combina com magia ritual. Fazer de qualquer jeito, ou mandar outros fazer o que você não fez também é uma maneira garantida de causar um belo e merecido estrago.

Magia não é para preguiçosos, oportunistas ou charlatões. O único resultado que estes conseguem, quando acontece algum, é por pura coincidência ao se aproveitar de alguma situação e cantar vantagem. Na verdade é um falso resultado, ou falando claramente, mais um golpe. Ou ainda, pode ser um falso espírito preparando uma armadilha para o magista. É muito fácil botar nome em cima do trabalho dos outros, mas isto tem limite e ninguém consegue enganar todas pessoas o tempo todo. E muito menos os espíritos da Goetia. Mérito nunca pode ser roubado e muito menos creditado por comparsas. O reconhecimento do mérito sempre vem de cima, do mais alto.


Veja, que com estes tópicos, podemos apontar que um dos grandes riscos da Goetia é justamente a falta de preparo, respeito ou dedicação.


Então:
1) Estude. Leia, faça anotações;
2) Aprenda quais são as áreas que você precisa saber antes de iniciar este trabalho.;
3) Trabalhe cada passo com dedicação. Tudo isto faz parte do ritual final;
4) Faça sua parte. O trabalho de casa é seu; Em magia é impossível sucesso verdadeiro montando nas costas dos outros; 
4) Faça o melhor que puder, mas sem fanatismo;
5) Quando finalmente começar seus trabalhos rituais, escolha espíritos que vão ajudar nas atividades básicas e trazer ensinamentos. Só muito depois vá subindo degraus para os espíritos "mais quentes";
6) Seja verdadeiramente respeitoso sempre e isto deve também ocorrer da parte dos espíritos. 
7) Sempre seja sinceramente agradecido.

Citando o Mago Quakestars num grupo do Yahoo: "Invoque, receba os favores, e agradeça. A palavra mais poderosa na prática da Goetia é "obrigado."


Mas então, existe perigo com os espíritos da Goetia?

Pense assim, é perigoso acender uma vela em cima de um tanque de gasolina? É perigoso bater de propósito numa colméia de abelhas? É perigoso atravessar uma movimentada avenida de olhos fechados?

Se você tiver um preparo e abordagem corretos, isto vai oportunizar uma experiência melhor.
Mas com certeza não elimina os riscos.
Estes riscos começam pela sua própria condição pessoal, por exemplo, não estar adequadamente alimentado ou num estado de espírito equilibrado.
A preparação e o próprio ritual como já citado, pode ter a presença de energias intrusivas que vão tentar causar todo tipo de problema.
Não saber como encerrar adequadamente o ritual pode resultar também na presença continuada de energias no local ou junto da pessoa.
E é claro, as próprias características do espírito invocado. As formas de manifestação nem sempre são visíveis, mas seja qual for, isto pode ser perturbador. Não se trata de cenas de filme de fantasia, mas de sensações reais que podem ser estranhas, ou belíssimas. Noutras vezes algum tipo de desconforto.

E outra coisa muito importante e muito perigosa é que se os espíritos concordarem em realizar o que foi pedido, isto é o que poderá ocorrer.Mas a tendência é que seja pelo caminho mais curto. O exemplo clássico é da pessoa que pede dinheiro e recebe uma indenização por perder uma perna num acidente.

Cuidado com o que pedir e o como pedir são absolutamente necessários. Muitos dos problemas que vejo após rituais goéticos mal feitos ou de novatos com pouca experiência, são facilmente reconhecidos como sendo exatamente o que a pessoa pediu.
E também, boa parte das vezes o resultado são os meios para se obter o que se deseja. Se você pedir dinheiro, é mais provável que receba uma possibilidade de emprego melhor. Quer sexo? Prepare-se para ter de sair de casa, conhecer pessoas, se vestir melhor e cuidar da aparência...


Ok?

Então por enquanto encerro apenas dizendo que o primeiro grande perigo é justamente a falta de preparo e o mau uso.



.'.


Algumas referências e sugestões de leitura:


EsotericArchives - O famoso site de Joseph H. Peterson, com diversos grimórios na íntegra. Incluindo Key of Solomon (A Grande Chave) e The Lesser Key of Solomon (Lemegeton - Goetia).


Edições impressas: 


Three Books of Occult Philosophy (Llewellyn's Sourcebook) - Henry Cornelius Agrippa. Leitura básica e altamente recomendada para o aprendizado da Magia Natural, referências planetárias, correspondências magicas, etc. 

The Clavis or Key to the Magic of Solomon - Joseph H. Peterson

The Lesser Key of Solomon (Lemegeton) - Joseph H. Peterson

Secrets of the Magickal Grimoires: The Classical Texts of Magick Deciphered - Aaron Leitch. Excelente referência para entender o que são e como trabalhar com os grimórios. 

The Goetia of Dr. Rudd (Sourceworks of Ceremonial Magic) - Stephen Skinner, um dos grandes autores ocultistas de nossa época.


The Complete Magician's Tables - Stephen Skinner. Excelente obra de referência.


The True Grimoire: The Encyclopaedia Goetica Volume 1  - Jake Stratton-Kent. Edição do Grimorium Verum. Jake é um dos mais experientes e renomados autores na área. 


The Goetia: The Lesser Key of Solomon the King: Lemegeton - Clavicula Salomonis Regis, Book 1 - Versão de Aleister Crowley. Esta versão segue uma linha diferente, e é citada para quem segue aquela linha de pensamento ou para fins de estudo e comparação.


.'.


Leia também:
.'.
+
'.'

1 comentário:

Gilberto Strapazon (Sw. Prabuddha) disse...

Alguém anônimo postou o seguinte comentário:
"Vc poderia me indicar bons materiais para estudos e posteriormente a prática da goétia?"
Como o mesmo tinha um número de Whatsapp, portanto preferi não publicá-lo.

O texto foi editado nalgumas partes para frizar a necessidade de estudo prévio e foram acrecentadas algumas sugestões de leitura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...