Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O ouvido dos Xamãs

O ouvido dos Xamãs
Gilberto Prabuddha

O xamã (ou shaman) é alguém que ouve a natureza e pergunta para a grande Mãe Terra sobre todas as coisas,
as criaturas que aqui vivem,
as pessoas e suas motivações, o porque de tudo.
O porque de cada coisa do universo é descoberto e sentido como parte da vida, da euforia, da alegria, da saúde.
A doença, quando surge, é porque por algum motivo, acontece um afastamento das fontes naturais de equilíbrio.
Cada estrêla do céu é uma luz que está dentro de cada ser. Toda pessoa nasce com luz própria.
Chame de energia vital, de espírito, de aura.
As diferentes manifestações do mesmo inegável princípio.
A ação daquele que tem muitos nomes.E se todos nomes são o nome de Deus,
então naturalmente o xamã veste-se como animal ou ave,
e cantando e dançando com alegria e verdadeira ciência, une-se ao tipo de energia de que precisa para trazer o equilíbrio e restaurar a saúde.

Saúde é muito mais do que um corpo sadio.
São as emoções, a alegria, os pensamentos equilibrados,
a prosperidade e abundância.
Porque pobreza e avareza são das piores doenças. Esbanjamento inútil também.
Mas desfrutar da abundância da qual fomos providos
pela existência, é a chave para a harmonia.
Equilibrar trabalho e repouso.
Repousar significa abastecer o corpo, a mente e o espírito com algo de verdadeiro valor, de acordo com sua espécie. Carinho, diversão, aventura, conhecimento, riso e canto.

Pobre do que olha uma ave feito gente
e não lhe compreende.
Um xamã aprendeu a arte de conversar com as coisas. 
Recorda São Francisco de Assis?
O santo xamã, que conversava com as plantas,
com os animais e aves.
Ele conversava com as pedras e estas lhe contavam as maravilhas dos outros lugares.
Talvez, o xamã ao invés de aprender mais e mais, simplesmente deixe de saber tanto,
e passe simplesmente a ouvir.
Um pássaro canta, o rio passeia.
Os livros também falam.
Mas a textura, está nas árvores.
O sentido, na vivência.

Paz no Coração.



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...