Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 31 de março de 2010

Preconceito contra quem fuma e perdão para quem Mata

Estudo publicado no site ligado a uma igreja escancaradamente preconceituosa e perseguidora de qualquer linha que não seja a deles: "Não é da minha igreja é burro, não é da minha religião é do diabo! Faz sexo fora do casamento é pervertido!!!"

Mas sobre tabagismo, acho interessante que além das idiotices facistas que andam circulando, ninguém lembra que o pessoal inteligente pode consumir bebidas alcoolicas inclusive em lugares públicos, como bares e boates, e depois, além de incomodaresm os outros, saem por aí praticando barbaridades, brigas, violencias, e no transito matando de forma absurda.

Mesmo no tempo de não fumante, eu sempre preferi um tabagista por perto do que mais um bebado (a) xarope por perto. Isto inclui os apreciadores de bebidas finas e os mais inteligente, porque bebado não tem condição social. E "puta bebada", pode ser qualquer patricinha também.... 

Acho gozado como colocam afirmações de quem é mais burro baseado numa sandice incrivelmente discriminatoria e tendenciosa destas. Algumas das pessoas mais burras que conheço são universitários, geração saúde, não fumam, praticam esportes, mas são de uma alienação, falta de cultura e de senso social absurdos.


Inteligência não se mede pelo preconceito.

E eu nunca soube de alguém que atropelou crianças na calçada porque era fumante.


Então podem beber o melhor whiskey, encher a cara com o melhor vinho, beber todas numa balada "XXXisquérrima", que isto vai ter muita gente elogiando, achando inteligente.



Link para a tal matéria:
Estudo (???) diz que fumantes são menos inteligentes

O que eu faço é no meu espaço, sem incomodar ninguém e não saio por aí pregando lição de moral de cuecas. 

A questão é ditar regra na vida dos outros. No meu comentário na revista Info (que está no link do comentário acima), fui claro em falar que este tipo de atitude é facista, é o mesmo que se intromete na vida das pessoas, é o mesmo que faz alguns acharem-se no direito de dizer que quem gosta de pagode é burro, quem gosta de música clássica é mais burro ainda e quem gosta de rock e new age pior ainda. Cada pessoa é um pequeno universo. 

Eu não saio por aí pregando que pintar o cabelo faz mal, ou que gostar deste ou daquele filme é coisa de retardado, ou que é preciso seguir tal moda para ser elegante, nem que toda loira é burra (existe pesquisa cientifica provando que é mas não concordo também), etc. 

Fumar faz mal sim. Comer alface demais também. Sexo faz mal e respirar pode ser perigosissimo!! 
O direito de um só começa quando este reconhece que os demais TAMBÉM tem direitos. Então se alguma pessoa quem nem coneço, enfia o nariz na minha cara dizendo que sou isto ou aquilo só porque ela não gosta do meu time, ou do meu cabelo, ou da minha crença espiritual, ou da roupa que uso, ou seja o que for mesmo que eu esteja no meu canto sem incomodar ninguém, vou considerar que esta pessoa não respeita outro ser humano. 


Tenho a MINHA opinião, que manifesto, mas não sou eu quem vai salvar o mundo, muito menos escrever uma matéria facista, discriminatória e racista do tipo "Quem não é concorda comigo é burro, se não for da minha igreja é satanista, se for loira é qualquer coisa". Ainda hoje, em pleno século XXI, pessoas são perseguidas e até assassinadas cruelmente só porque fazem algo que alguém acha que não deve ser assim ou assado. Isto se chama escravidão. 

Cada um no seu quadrado. 

E eu não sou do tipo que fuma com criança no colo, muito menos dirijo bebado, nem frequento vernissages ou badalações de socialites ao mesmo tempo que ignoram ou negam ajuda para melhorar um pouco que seja, as condições de vida de outras pessoas. 


Falar do tabaco (que faz mal sim), usando perfume testado em animais (crueldade), ou usando produtos que agridem a natureza sem se importar, etc, é demagogia. Vejo isto toda hora. 

Dificilmente podemos fazer tudo que seja ecologicamente correto, é praticamente impossivel, mas o pouco que fizermos, deve ser com consciência. 

Eu não sou perfeito, nem pretendo. Mas não saio na rua perserguindo quem está quieto no seu canto. 

 .'.
Leia também:

.'.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...