Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Linux contra Windows mas a favor do quê mesmo?

Referente a matéria da Computerworld:

http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2009/08/27/grupo-a-favor-de-software-livre-faz-campanha-contra-windows-7

Me parece que a Free Software Foundation está dizendo: Não paguem pelo Windows, vocês devem pagar para nós!
São os detentores das malditas linhas de comando necessárias para instalar qualquer coisa no Linux é que querem seu dinheiro!
Só os legitimos possuidores da única verdade absoluta é que devem ser pagos para dar suporte a vocês míseros profanos incultos e sem faculdade paga pelo "papi, e que instalaram de graça uma cópia qualquer do Linux, (pois isto não é tão necessário para o usuário tradicional do Windows)!
Vamos vender suporte para Linux!
Vamos incentivar as inúmeras variações, muitas sem sentido, para se conseguir configurar qualquer coisa por mais simples que seja! Vamos incentivar o uso de software ruim, assim acabamos com a lista das 500, afinal, nenhuma empresa destas conseguiria se manter sem ter software bom e isto será finalmente a realização da grande obra, acabando com todos os hereges que não concordam com a verdade suprema!

Pagar pelo software deve ser um absurdo terrível, principalmente quando o que mais vejo, são pessoas que são sustentadas pela família, ou são funcionários públicos, ou deram sorte de ser muito amigos do chefe, para poderem trabalhar e ainda assim, receber dinheiro. Mas não por terem sido produtivas.
Sabe aquelas campanhas dos eco-chatos? Aquela turma que descobriu uma maneira bem legal de viver, mas que acham que devem bater na cabeça dos outros para serem convertidos! Pior ainda quando os mais fanáticos (e frustrados ao meu ver), descobrem que sexo deve ser só espiritual... mas porque então, costumam fazer TANTOS filhos? (risos)...

Deixando um pouco a brincadeira de lado, eu trabalho com Linux e Unix desde o século passado, tenho uma enorme bagagem em mainframes e muito Windows no caminho. Linux é uma ótima escolha se a empresa investir nele, no mínimo, tanto quanto vai gastar com a Microsoft.
Quer ter todos recursos mesmo? Compre uma versão Enterprise, pague salários dignos para ter pessoal de suporte capacitado. Vai gastar a mesma coisa ou mais.
A grande vantagem, ao meu ver, são características de estrutura, principalmente de servidor. O resto, vai depender, e muito, de você conseguir fazer o que quer neste ambiente.
Mas se a questão for ter que reinventar a roda, porque algo não funciona ou não existe ou vai ficar ruim no ambiente Linux, então é muito mais barato (e inteligente), usar o Windows.
A quantidade de ferramentas para Windows que me permitem uma produtividade muito maior é significante. Começando pela plataforma Ms-Office. Desenvolvo em Ms-Access (ótima plataforma de nível profissional, e fácil de usar até por novatos), façoo programação VBA avançada que me permite ter a imensa facilidade de trabalhar na parte de front-end com alta qualidade e sofisticação, ao mesmo tempo que posso controlar cada mínimo detalhe, incluindo integrando com outros bancos de dados, etc. A maioria das IDEs de desenvolvimento, são voltadas primeiro para ambiente Windows. Felizmente a maioria agora também são disponíveis para Linux. Mas na hora de configurar alguma coisa eu prefiro mil vezes o Windows.

Pessoal da FSF, Stallman, Peter Brown, respeito sua opinião, mas a minha é diferente. Trabalho nisto todos dias, faz décadas. E faz muito tempo que existe a funcionalidade de clicar no arquivo Setup e a coisa funcionar sózinha. Mas (na minha opinião), na ampla maioria de quase tudo que se possa imaginar em Linux, isto não existe e tem que ser na base da linha de comando e sair garimpando o que for diferente, porque sempre tem algum detalhe idiota que te faz perder tempo. É só olhar nos inúmeros fóruns de Linux, em que o pessoal troca idéias sobre como conseguir configurar as coisas mais absurdas. Acho que a inexistencia de instaladores automáticos é por puro relaxamento e preguiça. Quer ter seu software bem aceito pelo usuário médio, ou por gente como eu, que não aceita perder tempo e dinheiro com coisas primárias, então por favor, faça um instalador decente!

2 comentários:

Sérgio Ferraz disse...

Parei de ler aqui:
"Desenvolvo em Ms-Access (ótima plataforma de nível profissional, e fácil de usar até por novatos), façoo programação VBA avançada que me permite ter a imensa facilidade de trabalhar na parte de front-end com alta qualidade e sofisticação, ao mesmo tempo que posso controlar cada mínimo detalhe, incluindo integrando com outros bancos de dados, etc"
Querer comparar o Access com um banco de dados é forçar demais a barra!

Sérgio Ferraz disse...

Sem citar as falácias do tipo "Trabalho nisto todos dias, faz décadas."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...