Current Astrological Time


Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Blessing Psalter by St. Arsenios of Cappadocia



Blessing Psalter by St. Arsenios of Cappadocia
30/04/2013



This is my edition of the Blessing Psalter by St. Arsenios of Cappadocia.


(Versão editada sobre o uso dos salmos para benção e oração de acordo com a Igreja Ortodoxa Grega.)



This is a prayer guide to use in your life.

The text is simple and nice, with the use of each of the psalms as a form of prayer/blessing according to Greek Orthodoxy.

Saint Arsenios used to use the Psalms for blessings, especialy when there was no prescribed blessing for a particular occasion.




Free download here: Blessing Psalter



Note: The original non-formated text can be found anywhere at the web. I just done a new edition with formatting and minor corrections.



Copyright note: This edition is distributed for free. I searched a long time for the sources and the only material I found is the original editors notice: 
The Saint Pachomius Orthodox Library
Translated for the St. Pachomius Library by Vassilios Kollias and edited by Karen Rae Keck.
This document is in the public domain. Copying it is encouraged.




.'.


terça-feira, 12 de maio de 2015

New book: Ritual Offerings: Feeding Your Spirits, Empowering Your Magick




"Ritual Offerings: Feeding Your Spirits, Empowering Your Magick"
Edited by Aaron Leitch


Now Available, and with a text of mine too.


Spirits are not merely an option or tool to be utilized when the magician deems it necessary. Spirits are the very heart and soul of all magick. A consecrated talisman has a spirit attached to it that contributes to the talismans power, the incantations we use work because the spirits heard them and acted. We are not alone when cast cast our spells; our patrons and familiars are always present present casting the spells with us.

Throughout history, ritual offerings have been the central pillar of all magick and religion. Very often, a magickal ritual consists of nothing more than the making of a prescribed offering to a particular spirit in a specified time and place, yet here in the West, the making of an offering has been equated with the worship of the spirit receiving it. The act of offering a spirit something as payment for services rendered has a close association with the dreaded “pact with the Devil,” by which a magician surely sells his soul to damnation, but to the rest of the world an offering is intended to feed and empower a spiritual entity, and to pay it fairly for its aid.


The art of making proper offerings to the spirits is a complex one, rife with strict protocols and warnings, but if you take the time to learn this ancient and powerful art, it will supercharge your magick like nothing you’ve experienced before.


Strictly Limited to 900 numbered copies and filled with over 280 pages of essays and actual photos of author’s ritual altars, Ritual Offerings unites twelve practicing occultists who share their knowledge and experience with this fascinating and important subject. Traditions from around the world such as Solomonic magick, Tibetan Buddhism, New Orleans and Hatian Voudou, Western Hermetic Theurgy and more are discussed in great detail. Regardless of your tradition, Ritual Offerings will guide you in feeding your patrons and familiars safely and effectively and contribute to our overall success and growth as a practitioner.






Contributors:

  • Aaron Leitch: Introduction: Magickal Offerings in Western Occultism
  • Aaron Leitch: Liber Donariorum: the Book of Offerings
  • Zadkiel: The Elements of Making Offerings: The Offering as Sacrifice
  • Bryan Garner (Frater Ashen Chassan): Whispers from a Skull: Lessons in Spiritual Offerings from a Conjured Familiar
  • Brother Moloch: Ancestors & Offering
  • Frater Rufus Opus: The Back Yard Path toward the Summum Bonum
  • Denise M. Alvarado: Ritual Offerings in New Orleans Voudou
  • Jason Miller: Severed Head Cakes and Clouds of Dancing Girls: Offerings in Tibetan Buddhism
  • Nick Farrell: Offerings in Roman Deity Magic
  • Sam Webster, M.Div., Ph.D., founder OSOGD: Offerings in Iamblichan Theurgy
  • Chic Cicero and Sandra Tabatha Cicero: Ritual for the Declaration of Maa-Kheru
  • Gilberto Strapazon: Offerings in Ceremonial Magick and African Traditional Religions (Ideas and Practices: Risks and Influences of Integrating ATR)


Now, some comments about what I did here:

This book is a great news I'm sure.

I say my thanks to Aaron Leitch as he is an honorable man.

Is not enough to have a great power if there is no wisdom and the courage of a spiritual warrior to put it into practice.

Those with vision, will know what I mean because this is an unique and unprecedented work that had an immense occult battle to be published.

Nephilim Press editors certainly are part of it I am very grateful to them.

I wrote just about a very sensible discussion: the risks of mixing practices. 

And I wrote about things I never found published before, from a practitioner point of view.

We have great authors in this work, all renowned and respected.
Even if you do not like some of their line of work, especially mine, all others are certainly highly qualified and has a gigantic work.



I participated in this book along with other great authors and I'm sure that almost everything I've written, no ATR priest will tell you. 
Hardly anyone will talk about the problems you may get when mixing these practices.
At most I found some disguised sentence. 

It is a fifteen years learning of hard work, going to the bottom of rot and the black side of things and literally my own blood and immense personal losses. 

It is a sensible discussion, but something people working serious on magick, as any one who become a client of any magicians services is searching for.  





Available at:  Nephilim Press





This is a comment from Brother Moloch about his contribution:

"See this book's cover? It's the book I submitted an essay for about Ancestors and Offerings. It's entitled "Ritual Offerings" and you can get it direct from Nephilim Press. Why should you get a copy? Well aside from yours truly's impressive missive in it, there are several other authors whose contributions you should know about as well. Order a copy. Read it. Study my section and learn how to get on your Ancestor's good side as well as how to work with them. Thereby amping up your sorcery and magic.

Trust me, I get $0 from this in royalties. In fact none of us make a dime from this except that old-skin-flint-stingy-bastard Aaron Leitch. Still it's going to be a legendary resource - the first of its kind. Oh yes there will be Johnny- Come-Latelies who will try to recreate what we do but we got there first and we set the stage. Nothing like being original. Emoticon smile

And seriously, screw all that Hoodoo, Voodoo, Santeria and McWiccan crap you see online about offerings and ancestors because it's all crap. If you are serious about wanting to know how to work with spirits of the land where you live, it's in here; if you want to know how to make offerings to spirits in Cermeonial Magick, it's in here; if you're interested in making offerings in the New Orleans Voodoo path, it's in here; if you want to know how I do it and how I teach my clients and students, like Ragu, it's in here.

The way I see it, you got two choices: 1. Continue on as you are and read from silly books and shitty misinformed websites on how to make offerings by people who were either only half-trained or never trained at all OR 2. Buy this book and learn how it's properly done. If I were you, I'd go with number 2 because it is much simpler and more reliable.

Brother Moloch 9.: 6.: 9.: . April, 11, 2015






 .'.

terça-feira, 24 de março de 2015

Um Dia Especial

Nepal 
Photo: Martin Lion and Sebastian Gypser


It's A Special Day.
40 years ago I started an endless walk.
The great journey of spirituality.
A curiosity through a book, produced in me the desire to find out what was beyond the illusion of reality in which we live.
I met some of the greatest wonders and darkness and what is beyond the abyss.
To all my beloved Masters and traveling companions, my eternal thanks.
 

.'.

É Um Dia Especial.
Faz 40 anos que eu comecei uma caminhada sem fim.
A grande jornada da espiritualidade.
Uma curiosidade através de um livro, despertou em mim o desejo de descobrir o que estava além da ilusão de realidade em que vivemos.
Conheci algumas das maiores maravilhas e trevas e aquilo que está mais além do abismo.
A todos meus amados Mestres e companheiros de jornada, meu eterno muito obrigado.


.'. 

25/03/2015
 

sábado, 4 de outubro de 2014

StudioArcanis - EvocationMagic forum gone at a new level.




EvocationMagic  just renamed to StudioArcanis!

After some days of reworking, EvocationMagic, for sure the most important advanced magicians foruns returns with a new name, StudioArcanis.com.
This was result of the serious work done and the full knowledge registered among more a hundred thousand posts. 

Thanks to all who worked hard on the task and thanks for all learning and help I have received all these years. 

And please: Use the SEARCH button! You will find tons of good information even before you deal to ask.
 

Portuguese text:

Depois de alguns dias de reformulação, a EvocationMagic, certamente o mais importante forum de magia avançada retornou com um novo nome, StudioArcanis.com.
Isto foi o resultado do trabalho sério realizado e pleno conhecimento registrado entre mais de cem mil postagens.

Obrigado a todos que trabalharam arduamente na tarefa e obrigado por todo o aprendizado e ajuda que recebi de todos por todos esses anos.


E por favor: Use o botão SEARCH! (Procurar)  Você vai encontrar toneladas de boas informações, mesmo antes de pensar em perguntar. 


News info at: Welcome to Studio Arcanis

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Dia Internacional do Amigo



Bem, esta pelo 20 de Julho, o Dia Internacional do Amigo.
Vou colocar este vídeo do YES como mensagem.
Primeiro porque acho uma ótima música.
Segundo, porque é uma versão acústica de um trabalho que mostra o quanto se pode fazer da mesma maneira, sem tantos acessórios.
E mesmo assim, ser fantasticamente sensacional como só aquela mensagem rápida e sincera de uma amigo de verdade consegue ter. Sabe quanto vale um simples "Oiiii!!!!"??
Ou como aquele simples café compartilhado a dois que pode ser tão intenso.
Terceiro, porque nem todos teus amigos te entendem, mas acham legal que você seja como é. Alguém é esquisito mesmo não é?
Quarto, pelos amigos que passam coisas boas e outras muito boas contigo. E continuam sendo teus amigos quando as coisas ruins acontecem.
Quinto, pelos teu amigos que continuam achando muito esquisitos os teus gostos, mas apreciam tuas qualidades.
Sexto, pelos que tem coragem de dizer que tu está errado e mostram o porque. Mesmo que tu não concorde.
Sétimo, pelos que tem coragem também de dizer que acham que tu está errado, mas porque não concordam com a tua escolha. Pode ser que eles torçam para outro time de futebol ou tenham outra religião!!! Mas não vão deixar de ser teus amigos porque vocês tem pontos de vista diferentes.
Oitavo, porque estes amigos todos, perto ou longe, mesmo que muitos anos sem estarem juntos, ainda pensam um no outro com carinho, pelas coisas boas e também pelas brigas. E se respeitam e valorizam e dão créditos a todos.
Nono, porque aconteça o que for, eles torcem pelo teu sucesso, tua alegria porque são parte do teu sangue, da tua vida.
Décimo, porque os amigos podem ter todas diferenças possíveis, mas sabem que só serão felizes quando todos formos felizes juntos!

.'.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

A Verdade! Copa 2014 - A Culpa é do Pessoal da Informática!

World Cup Italia
Foto: MrTiddleywinks

A Verdade! Copa 2014 - A Culpa é do Pessoal da Informática!


Está bem, não costumo comentar futebol, mas vou falar a verdade.

Apesar de alguns acharem engraçado quando falei da grande conspiração por trás da Copa do Mundo, que envolve muito dinheiro, política, religião, sexo, poder sem limites e a atuação silenciosa de grandes organismos internacionais e até dos extra-terrestres infiltrados, como os Reptilianos (sim eles estão lá) e dos grupos vindos de Nibiru (o Planeta X), tudo se encaminhou como falei anteriormente por alto nalguns fóruns de debates.

E o resultado é tremendamente óbvio. Publicarei mais nalgumas das revistas em que já participo como comentarista.

A culpa é do pessoal da informática. Sim, aquele pessoal da empresa que vive reclamando das máquinas tão velhas que precisam aparelho auditivo, da falta de recursos, dos sistemas de pelo menos de uns dez a vinte anos atrás e sem investimentos sérios.
Todo mundo entende que automóvel sem manutenção quebra. Mas os sistemas de informática da empresa tem que evoluir de alguma maneira sózinhos não é?

Sim, a culpa é dos caras da informática.

Claro que isto não inclui aquele geniozinho, filho do amigo do primo do chefe que tem um super-mega-equipamento, dois monitores de 40 polegadas 3D só para video games e porno liberado na madrugada e que sabe "tudo" de rede social.

Claro que a culpa tem de ser do pessoal da informática.
A seleção brasileira assim como qualquer empreendimento precisa deles.
Foi o pessoal da informática que sabotou.
Se o pessoal da informática ajudasse, como dizem os oportunistas, todas partidas seriam ganhas sempre. Que absurdo eles reclamarem da falta de recursos. Se o carro para no meio da rua porque está sem gasolina, é pura má vontade do pessoal da informática. 

Vejam, é uma situação comum, mas mais uma vez ardilosamente utilizada pelos ambiciosos que não medem conseqüências contanto que satisfaçam sua luxúria por poder mesquinha e vil.

E por quê é culpa do pessoal da informática? É óbvio, os elementos são os mesmos de várias décadas. São quase quatro décadas que vejo o mesmo e estudando os trabalhos anteriores, isto apenas se confirma.

Tantas vezes, acionistas e diretores, preferem dar maior atenção para alguns queridinhos que prezam mais. Muitas vezes os mesmos que causam o maior prejuízo com negociatas absurdas. Mas ainda assim, são mais queridinhos por algum motivo.

Aqui uma dica importante de negócios: A pior coisa é apostar numa boa idéia se você só tem uma boa idéia.  Cadê o plano B, C, D???

Então o plano único dá algum problema. O grande astro do queridinho do chefe.

Na verdade, o pessoal da informática tem duas dúzias de ótimas alternativas, mas nããããooo!!!  O pessoal da informática nem é ouvido e muito menos consultado. Ora bolas, pensam eles, todo mundo sabe que computador é algo mais milagroso que todos Mestres da humanidade juntos. É só aprender alguma sigla como "XML" num cursinho que o queridinho ganhou (foi mesmo é bater papo) e isto é uma sabedoria suprema maior que tudo. Computador adivinha qualquer coisa, tem telepatia, cura leprosos e cegos e caminha sobre as águas. Aqueles acham que milagre é fácil, não precisa ter fé, apenas gritar bem alto sua pompa.

Aí chega o momento. Ignoram-se as idéias e alternativas, os preparativos,  e na última hora, sem aviso, quando muito ao final do dia anterior, aquele que se acha o eleito dos deuses aparece de repente com uma mudança geral, para trocar todos de lugar, surgem de repente funções que nunca foram tentadas.
Bota o cara da direita na esquerda, desorganiza tudo e não admite que o responsável pela área faça seu serviço.

E o único teste obviamente será justamente em tempo real, numa situação que pode prejudicar mais ainda o empreendimento. Ou enterrar de vez.
Teste? Bobagem. Computador faz milagre e se não fizer, é culpa do pessoal da informática que não ajuda. Mesmo que o ar condicionado da sala dos servidores tenha queimado faz dias e todas carcaças velhas que estão lá dentro comecem a cheirar a queimado.
Bobagem!


Obsolete
Foto: Dezeray - Tomrad Photography -Canada

Isto acontece nas mais diversas empresas, pequenas, grandes, "fashion", as que tem tecnologia atualizada (pelo menos nas matérias pagas), cadeiras decentes, onde o ar condicionado funciona, os salários são dignos e a equipe não é só de novatos, ou que trabalham enlouquecidos até pifarem e serem descartados. Acontece em toda parte. Com certeza é sabotagem do pessoal da informática.
Já comentei noutros artigos sobre o estrago que sofreram grandes fabricantes de tecnologia em situações semelhantes, perda de criatividade, má gestão, planejamento ineficaz.

Aliás, é bom lembrar, está prometido por mim faz muito tempo um artigo chamado "Por que os grandes talentos não querem trabalhar na sua empresa". É um trabalho já publicado internacionalmente e que terá acréscimos meus.

Na hora de tirar vantagem e jogar a culpa, não muda muito. Empresa pobre, empresa rica. Time grande ou pequeno. É tudo empreendimento e que precisa de administração decente.

Claro que ajuda muito a equipe, ter algum tipo de motivação. Falo de motivação de verdade e não de "tapinha de merda" nas suas costas quando os queridinhos se deram bem com seus trambiques e a equipe se ferra.

Vide artigo "A Turma da Arquibancada" que dedico aos que fazem por merecer, os que batalham por mérito de ideais verdadeiros. 

Mas o que vemos é que interessa mesmo é o resultado individual para os queridinhos, o prazo e a promoção da vaidade de uns poucos. Dane-se a empresa. Os planos ficam por meses escondidos na gaveta de quem vai se promover, já com a intenção de ser ganhador em qualquer situação.E faturam seu dinheirinho sujo.
Na hora do jogo, pressão e mais pressão. Obviamente os queridinhos gritam que estão sendo pressionados.

Mandam o chefe da equipe calar a boca e acatar a opinião dos assessores e consultores  que estão a serviço sabe-se lá quem, mas foram postos ali por algum motivo, quem sabe, ter certeza de que o plano verdadeiro vai dar certo.

Se por acaso o milagre acontece, a máquina não quebrou, mesmo com programas feitos com a tecnologia mais obsoleta possível, e ainda funcionarem de algum jeito, ou então a mais moderna tecnologia mas sem treinamento e recursos necessários der algum resultado, um golzinho individual no fim do jogo, mas que os oportunistas usam para fazer uma maquiagem... então, é óbvio que o resultado positivo foi obtido "apesar" do pessoal da informática.

Uns poucos ganham. E danem-se os outros. A champagne está garantida para os queridinhos. 

E aí o resultado. Os adversários chegam treinados, preparados, com uma tecnologia usada seriamente, investimentos e abordagem sérias. Valorização da equipe como equipe. E sem mudanças de última hora.
E o chefe da equipe deles não teve um machado no pescoço no último momento, apresentado pelos queridinhos e seus amigos.

Mas o treinador, digo, o chefe da informática seguidamente sofre isto, em tantos e tantos empreendimentos. E a equipe vai junto. Depois se a empresa é vendida para a rival por falta de criatividade, é porque o mercado pressionou muito.

Se o programa, digo, o jogo não funcionou milagrosamente, sem nenhum teste prévio, é claro que a culpa é do pessoal da informática.

Mas e tudo o mais que houve? Danem-se! A culpa é do pessoal da informática e pronto. Todos os outros, principalmente os queridinhos, estes não aparecem. Ficam posando apenas para as fotos bonitas e bebem champagne, independente to resultado.

Se você usa computador, é claro que sabe que a culpa de todos seus problemas é do pessoal da informática, aqueles malvados preguiçosos que não pensam no bem estar dos queridinhos, digo, da empresa, e que acham que merecem comer, vestir, ter uma vida digna. Bobagem.

Fui aluno do Luis Felipe nos anos 70 e por todas estas décadas, ele sempre me cumprimentou como a todos. E sempre fez seu papel. E lá ficou agora segurando o pincel.

Perdeu o jogo por que? Óbvio, o pessoal da informática é culpado por tudo.

E mais uma vez, o encarregado tenta segurar a bomba sózinho.


.'.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...